A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O PROCESSO DE IMIGRAÇÃO PARA O BRASIL. Introdução Apresentaremos o contexto histórico da imigração para o Brasil, priorizando a contribuição dos italianos,alemães.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O PROCESSO DE IMIGRAÇÃO PARA O BRASIL. Introdução Apresentaremos o contexto histórico da imigração para o Brasil, priorizando a contribuição dos italianos,alemães."— Transcrição da apresentação:

1 O PROCESSO DE IMIGRAÇÃO PARA O BRASIL

2 Introdução Apresentaremos o contexto histórico da imigração para o Brasil, priorizando a contribuição dos italianos,alemães e japoneses na formação sócioeconômica e cultural do nosso país. Apresentaremos o contexto histórico da imigração para o Brasil, priorizando a contribuição dos italianos, alemães e japoneses na formação sócioeconômica e cultural do nosso país.

3 Contexto geral da imigração no Brasil A imigração foi incentivada pelo fim do tráfico internacional de escravos, pela expansão da economia e pela necessidade de mão-de-obra. Visando substituir os escravos, o governo brasileiro incentivou a entrada de estrangeiros no País para trabalhar nas fazendas de café do interior de São Paulo, nas indústrias e na zona rural da Região Sul. De 1872 (ano do primeiro censo) até o ano 2000 entraram cerca de seis milhões de imigrantes no Brasil.

4 ção no Brasil por nacionalidade (1884 a 1933) Imigração no Brasil por nacionalidade (1884 a 1933) Fonte: Brasil: 500 anos de povoamento. Rio de janeiro : IBGE, Apêndice: Estatísticas de 500 anos de povoamento. p. 226

5 Imigração no Brasil por nacionalidade (1945 a 1959) Fonte: Brasil: 500 anos de povoamento. Rio de janeiro : IBGE, 2000.

6 Motivos da emigração A emigração européia se explica pelas grandes transformações socioeconômicas pelas quais passava a Europa no século 19. Com o desenvolvimento da industrialização, a grande quantidade de trabalhadores, antes necessária para o trabalho agrícola, se tornava esxedente. No mesmo período, o Brasil interessava-se fortemente pela imigração européia, destinada a prover mão-de-obra para as lavouras do café e para a indústria nascente.

7 A imigração Alemã Os primeiros alemães chegaram no Brasil ainda no reinado de D. Pedro I. Estabeleceram-se no Sudeste e no Sul do país onde em 1824 fundaram a colônia de São Leopoldo (RS), no entanto, foi só no século 20 que chegou a maior parte de imigrantes alemães e quase todos eles não iam mais para as colônias rurais, pois eram trabalhadores urbanos.

8 Quantidades de imigrantes alemães que chegaram no Brasil entre 1824 e 1969 Fonte: Mauch, Claudia. Vasconcelos.Naira(Org). Os alemães no sul do Brasil: cultura, etnicidade e história. Canoas: Ed. Ulbra, p. 165 Imigração alemã no Brasil PeríodoTotal

9 Regiões de origem e destino A Região Sul foi destinada pelo governo brasileiro para o povoamento de colonos alemães. Os colonos alemães adptaram-se ao Brasil sem abdicar de sua cultura, por isto construíram um novo espaço onde mantiveram seu própio estilo de vida, integrando a ele traços da cultura brasileira.

10 A imigração Italiana Os italianos, como todos os demais imigrantes, deixaram seu país basicamente por motivos socioeconômicos. A emigração era não só estimulada pelo governo, como era, também, uma solução de sobrevivência para as famílias. Assim, é possível entender a saída de cerca de 7 milhões de italianos no período compreendido entre 1860 e 1920.

11 Imigração italiana para o Brasil Período Nº Fonte: (IBGE)

12 Imigração subvencionada A imigração subvencionada se estendeu de 1870 a 1930 e visava estimular a vinda de imigrantes através do financiamento das passagens bem como da provisão de alojamento e o trabalho inicial. Os imigrantes se comprometiam através de contratos que envolviam o pagamento da passagem com seu trabalho.

13 Contribuição cultural para a cultura brasileira A contribuição dos imigrantes extrapolou as atividades profissionais; foi imensa a sua repercussão na culinária, vestuário, língua, esportes, etc. As raízes culturais eram preservadas em todas as colônias. Em São Paulo, nos bairros do Brás e do Bexiga, a cultura italiana está por toda a parte: nos santos de devoção, nas inúmeras cantinas e no time de futebol Palestra Itália, hoje Palmeiras. As raízes culturais eram preservadas em todas as colônias. Em São Paulo, nos bairros do Brás e do Bexiga, a cultura italiana está por toda a parte: nos santos de devoção, nas inúmeras cantinas e no time de futebol Palestra Itália, hoje Palmeiras. O mesmo se pode observar em relação à cultura japonesa no bairro paulistano Liberdade. O mesmo se pode observar em relação à cultura japonesa no bairro paulistano Liberdade.

14 A imigração japonesa A emigração de trabalhadores japoneses para outros países teve início na década de 1870, bem antes de sua vinda para o Brasil, que ocorreu a partir de O governo brasileiro não incentivou a imigração de trabalhadores japoneses, ao contrário do que ocorreu em relação aos europeus, que eram considerados o povo ideal para o branqueamento do Brasil, visto pelas elites como forma de civilizar o país.

15 Os primeiros imigrantes japoneses Em 2008, comemoramos 100 anos da imigração japonesa. Foi em 18 de junho de 1908, que chegou ao porto de Santos o Kasato Maru, navio que trouxe 165 famílias de japoneses. A grande parte destes imigrantes era formada por camponeses de regiões pobres do norte e sul do Japão, que vieram trabalhar nas prósperas fazendas de café do oeste do estado de São Paulo. A grande parte destes imigrantes era formada por camponeses de regiões pobres do norte e sul do Japão, que vieram trabalhar nas prósperas fazendas de café do oeste do estado de São Paulo.

16 Principais regiões de destino Distribuição dos imigrantes oriundos do Japão, naturais e brasileiros, segundo as Unidades da Federação /1950 (Regiões selecionadas) Unidade da Federação Dados absolutosProporções por Amazonas Pará Minas Gerais Rio de Janeiro Distrito Federal São Paulo Paraná Mato Grosso Brasil Fonte: Brasil: 500 anos de povoamento. Rio de Janeiro: IBGE, 2000

17 Conclusão O processo imigratório foi de extrema importância para a formação social, econômica e cultural brasileira, que ao longo dos anos, incorporou características dos quatro cantos do mundo. Basta pararmos para pensar no idioma português, na culinária italiana, nas técnicas agrícolas alemãs e japonesas... Esse amplo processo histórico gerou um país diversificado e de ampla riqueza cultural. Esse amplo processo histórico gerou um país diversificado e de ampla riqueza cultural.


Carregar ppt "O PROCESSO DE IMIGRAÇÃO PARA O BRASIL. Introdução Apresentaremos o contexto histórico da imigração para o Brasil, priorizando a contribuição dos italianos,alemães."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google