A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL Profa. Eliany Alvarenga de Araújo Faculdade de Comunicação.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL Profa. Eliany Alvarenga de Araújo Faculdade de Comunicação."— Transcrição da apresentação:

1 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL Profa. Eliany Alvarenga de Araújo Faculdade de Comunicação e Biblioteconomia - FACOMB Universidade Federal de Goiás - UFG

2 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL Estrutura da palestra: Primeiro momento – Reflexão sobre o futuro das bibliotecas universitárias Segundo Momento- Reflexão sobre o Programa Nacional de Bibliotecas Universitárias - PNBU Considerações finais – Apresentação de uma proposta de ação.

3 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL Evolução Social da Biblioteca Universitária Transformações: Dinâmica de Renovação de suas funções tradicionais de preservação, organização e tratamento e disseminação da informação ; Dinâmica de Incorporação de novos serviços e produtos de informação, em grande parte, baseados em tecnologias de informação.

4 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL Qual o Futuro da Biblioteca Universitária?

5 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL Pesquisa apresentada em abril de 2007, nos Estados Unidos da América, pela Association of College and Research Libraries - ACRL. Salientamos: Diferenças contextuais entre a realidade da Biblioteca Universitária Norte-Americana e a realidade da Biblioteca Universitária Brasileira. ENTRETANTO, existem semelhanças entre tais realidades, uma vez que, os usuários destas duas bibliotecas são membros de uma comunidade internacional- a comunidade científica.

6 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL 1)Haverá um incremento na digitalização das coleções,preservação de arquivos digitais e melhoria nos métodos de armazenamento e recuperação de dados; 2) O conjunto de habilidades dos bibliotecários deverá continuar a evoluir em resposta às necessidades e expectativas das mudanças demográficas (estudantes e docentes);

7 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL 3)Os estudantes e docentes aumentarão suas demandas para uma mais amplo e rápido acesso aos serviços; 4)Discussões sobre a propriedade intelectual serão cada vez mais comum no ensino superior; 5)A demanda para serviços tecnológicos crescerá e irá requerer verbas adicionais; 6)A educação superior cada vez mais será vista como um negócio;

8 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL 7)Os estudantes, cada vez mais, se considerarão como clientes e consumidores, esperando encontrar instalações e serviços de alta qualidade; 8)O ensino à distancia será visto como uma opção comum no ensino superior e irá coexistir sem ameaçar o modelo tradicional de ensino presencial;

9 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL 9)Continuará a crescer o acesso livre e público à informação gerada por instituições de pesquisas que recebem apoio governamental; 10)A privacidade continuará a ser um importante assunto no mundo dos usuários de redes de comunicação eletrônica.

10 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL Pontos de transformação: Serviços e Produtos de Informação: Digitalização Usuários: Perfil de clientes/qualidade Bibliotecários: Funções renovadas/educação continuada

11 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL Como estamos planejando a biblioteca universitária brasileira do futuro?

12 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL 1- Planejamento bibliotecário Processo metódico de abordagem racional e científica que tem como objeto de trabalho/estudo a biblioteca e suas dinâmicas (Baptista apud Almeida, 2000). Ação continuada sobre um conjunto dinâmico de variáveis relativas a criação, desenvolvimento e manutenção de bibliotecas em um determinado momento histórico (Almeida, 2000). Instrumentos do planejamento bibliotecário: planos, programas, projetos, objetivos, metas, diretrizes, regras, procedimentos técnicos etc.

13 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL Programa Nacional de Bibliotecas Universitárias - PNBU Portaria Ministerial nº 287 de abril de 1986 As diretrizes e ações do 1º PNBU trataram das seguintes dimensões da Biblioteca Universitária: Planejamento organizacional, Planejamento Financeiro, Planejamento de Recursos Humanos e Físicos, Formação e Desenvolvimento de Coleções, Processamento Técnico dos Documentos, Automação, Usuários e Serviços de Informação, Atividades Cooperativas.

14 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL 1.1- Planejamento Organizacional DIRETRIZ I – Estabelecer e/ou fortalecer uma estrutura de sistema de biblioteca e documentação em cada universidade. AÇÕES: a) Instituir, junto ao Ministério da Educação/SESu, um órgão central; b)Estimular a criação e/ou fortalecimento do sistema de bibliotecas e documentação de cada universidade.

15 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL c) Definir dados estatísticos mínimos a serem coletados sistematicamente pelas bibliotecas universitárias, orientados para a elaboração de indicadores e estudos comparativos; d) Operacionalizar, em nível institucional, um mecanismo de coleta de dados estatísticos relevantes; e) Realizar estudos, por amostragem, daqueles serviços que por sua natureza não necessitam de uma coleta contínua e rotineira de dados estatísticos.

16 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL 1.2- Planejamento Financeiro DIRETRIZ III – Dotar as bibliotecas universitárias de recursos financeiros adequados à prestação de serviços de informação. AÇÕES: a) Definir as bibliotecas universitárias como centros de custo no planejamento orçamentário da Universidade;

17 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL e) Estabelecer tetos orçamentários para dispêndio de divisas estrangeiras na aquisição de materiais documentais em consonância com as necessidades efetivas de desenvolvimento dos acervos; f) Propor cotas de importação compatíveis com os tetos pretendidos no sentido de garantir a concretização dos planos de desenvolvimento do acervo; g) Criar mecanismos para captação de recursos externos, visando ao desenvolvimento das bibliotecas universitárias.

18 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL 1.3- Planejamento de Recursos Humanos DIRETRIZ IV – Dotar as instituições universitárias de condições para formação e qualificação adequada de recursos humanos para as bibliotecas. AÇÕES: a) Proporcionar o aperfeiçoamento contínuo do pessoal profissional e de apoio;

19 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL b) Estabelecer padrões mínimos para a composição do quadro funcional (profissional e de apoio), levando em consideração acervo, serviços, usuários, horário de funcionamento etc; c) Determinar critérios específicos de seleção de pessoal profissional e de apoio às atividades técnicas para a efetivação de um recrutamento qualificado;

20 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL d) Estudar a reestruturação da carreira em níveis escalonados que permita a progressão funcional do pessoal, prevendo a concessão ao pessoal profissional das vantagens salariais ocasionadas por obtenção de títulos pós- graduados, produção cientifica, experiência profissional acumulada etc; e) Promover estudos, visando a criação de curso de especialização especificamente voltado para as necessidades de desenvolvimento dos técnicos das bibliotecas universitárias;

21 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL f) Desenvolver um programa de estudos, visando a otimização e harmonização de técnicas e procedimentos bibliotecários, em áreas de interesse do Plano; g) Estabelecer um programa de cooperação técnica voltado para as necessidades do desenvolvimento do Sistema.

22 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL 1.4- Planejamento de Recursos Físicos DIRETRIZ V – Dotar as bibliotecas universitárias de estrutura física adequada às condições de conforto e segurança para coleções, usuários e funcionários. AÇÕES: a)Estabelecer critérios para construção, reestruturação e modernização de bibliotecas universitárias, adequados às condições ambientais e culturais do local.

23 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL 2. Formação e desenvolvimento de coleções DIRETRIZ VI – Favorecer a formulação de políticas institucionais de formação, desenvolvimento e conservação de coleções de materiais informacionais, embasadas nos objetivos da universidade e em suas características particulares. AÇÕES: a) Elaborar instrumentos básicos para formação e desenvolvimento de coleções: definição de padrões mínimos para formação de acervo de bibliotecas universitárias, critérios para descarte etc;

24 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL b) Definir diretrizes e modelos básicos para a orientação das bibliotecas universitárias na estruturação de seus processos de seleção e aquisição, de forma sistemática e com a participação da comunidade de usuários; c) Elaborar instrumentos para avaliação do uso das coleções de modo a subsidiar os programas institucionais de desenvolvimento do acervo; d) Desenvolver programas de fomento no âmbito do MEC, articulando-os com aqueles das demais agencias de C&T, de maneira a apoiar as IES na formação e desenvolvimento de seus acervos.

25 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL DIRETRIZ VII – Estimular o estabelecimento de programas de aquisição cooperativa e planejada, possibilitando o acesos comum às coleções. AÇÕES: a) Estabelecer, a nível institucional, um catálogo central do acervo das bibliotecas e centros de documentação da Universidade, como instrumento para o estudo e implantação da política institucional de aquisição planificada;

26 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL b) Promover a atualização e desenvolvimento da lista de periódicos resultante do Projeto CAPES/FINEP; c) Definir e implantar uma política de aquisição cooperativa e planificada de periódicos para as bibliotecas universitárias; d) Elaborar bibliografias mínimas, por cursos, a serem periodicamente atualizadas; e) Definir uma política para armazenagem, controle e divulgação das teses e demais documentos gerados pelas IES.

27 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL 3. Processamento técnico dos documentos DIRETRIZ VIII – Assegurar que sejam adotados padrões, normas e metodologias para o tratamento dos documentos, de modo a racionalizar procedimentos e facilitar intercâmbio visando o rápido acesso do usuário ao acervo. AÇÕES: a) Definir normas, padrões e metodologias compatíveis, principalmente no que se refere à catalogação bibliográfica e cabeçalhos de assuntos padronizados, visando sua adoção pelas BU´s;

28 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL b) Estimular as unidades isoladas de ensino superior a compatibilizarem seus procedimentos técnicos, possibilitando sua integração a programas cooperativos. 4. Automação de bibliotecas DIRETRIZ IX – Estimular a automação dos procedimentos técnicos e administrativos das bibliotecas universitárias, visando a facilitar o atendimento aos usuários.

29 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL AÇÕES: a) Desenvolver uma rede de intercâmbio de dados bibliográficos e documentários, com um grande banco de dados central, para viabilizar serviços de catalogação cooperativa, empréstimo, comutação, bibliográfica etc., considerando, entre outros, fatores como: - localização da unidade central em instituição com vocação para o serviço; utilização de computador de grande porte, iniciando ao operações com os maiores acervos de bibliotecas universitárias (preferencialmente as que adotem normas semelhantes para processamento técnico) e com o acervo de documentos nacionais da Biblioteca Nacional;

30 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL b) Manter um centro referencial de informação sobre automação de bibliotecas, que assegure também orientação à implantação de projetos de automação de bibliotecas; c) Estimular o desenvolvimento de softwares integrados para automação de todas as funções de bibliotecas; d) Apoiar a adoção de formato de intercâmbio CALCO, estimulando seu constante aprimoramento, de maneira a assegurar sua compatibilidade aos padrões internacionais.

31 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL 5. Usuários e serviços de informação DIRETRIZ X – Assegurar o desenvolvimento e divulgação de métodos e técnicas que facilitem o levantamento de necessidades de informação das instituições universitárias e de seus usuários para garantir o uso adequado dos acervos, produtos e serviços disponíveis a nível institucional ou externo.

32 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL AÇÕES: a) Divulgar metodologias testadas de levantamento de necessidade de informação e estudo de usuários das bibliotecas universitárias, ou se necessário, criar e/ou adaptar outras metodologias; b) Desenvolver programas de educação de usuários e elaborar matérias instrucionais;

33 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL c) Oferecer regularmente programas de capacitação em metodologia da pesquisa documentária, através das bibliotecas universitárias ou em colaboração com cursos de graduação e pós-graduação, de modo a conscientizar os usuários para o uso adequado da informação.

34 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL DIRETRIZ XI – Assegurar o planejamento e oferecimento dos serviços de informação de acordo com os diversos segmentos de usuários, utilizando-se de recursos informacionais internos e externos. AÇÕES: a) Promover treinamento sobre fontes de informação, nas áreas de assunto de interesse para a comunidade universitária;

35 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL b) Divulgar os produtos e serviços existentes nas bibliotecas universitárias; c) Planejar e oferecer serviços a partir do acervo de documentos primário (alertas, sumários correntes, divulgação de pesquisas, etc.) e a partir de documentos secundários (levantamento bibliográfico), considerando as necessidades dos usuários e os serviços externos disponíveis;

36 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL d) Assegurar o acesso à documentação primária, através do fortalecimento e desenvolvimento do Programa COMUT. 6. Atividades cooperativas DIRETRIZ XII – Estimular a participação de bibliotecas universitárias em atividades cooperativas, visando ao aproveitamento racional e eficiente dos recursos informacionais disponíveis.

37 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL AÇÕES: a) Integrar cada biblioteca universitária, quando adequado, em programas cooperativos, tais como: aquisição cooperativa e planificada, catálogo coletivo de periódicos, catalogação cooperativa, sistemas especializados, COMUT; b) Criar um veículo comum de divulgação das atividades de interesse das bibliotecas universitárias.

38 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL Relação das instituições convidadas a apresentar respostas ao documento: Universidade Federal de Alagoas, Universidade Federal da Bahia, Universidade Federal do Ceará, Universidade Federal do Espírito Santo, Universidade Federal Fluminense, Universidade Federal de Goiás, Universidade Federal de Juiz de Fora, Universidade Federal de Minas Gerais, Universidade Federal do Pará, Universidade Federal da Paraíba, Universidade Federal do Paraná, Universidade Federal de Pernambuco,

39 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Universidade Federal de Santa Catarina, Universidade Federal de Santa Maria, Fundação Faculdade Federal de Ciências Medicas de Porto Alegre, Fundação Universidade do Amazonas, Fundação Universidade de Brasília, Fundação Universidade do Maranhão, Fundação Universidade do Rio Grande, Fundação Universidade Federal do Acre,

40 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL Fundação Universidade Federal de Mato Grosso, Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Fundação Universidade Federal de Ouro Preto, Fundação Universidade Federal de Pelotas, Fundação Universidade Federal do Piauí, Fundação Universidade Federal de São Carlos, Fundação Universidade Federal de Sergipe, Fundação Universidade Federal de Uberlândia, Fundação Universidade Federal de Viçosa, Fundação Universidade do Rio de Janeiro – UNIRio, Fundação Universidade Federal de Rondônia, Universidade Metodista de Piracicaba, Universidade Católica de Pernambuco Universidade Católica de Salvador, Universidade Católica de Minas Gerais, Universidade Católica de Petrópolis, Universidade Católica do Paraná, Universidade Católica de Pelotas,

41 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL Fundação Universidade Federal de Mato Grosso, Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Fundação Universidade Federal de Ouro Preto, Fundação Universidade Federal de Pelotas, Fundação Universidade Federal do Piauí, Fundação Universidade Federal de São Carlos, Fundação Universidade Federal de Sergipe, Fundação Universidade Federal de Uberlândia, Fundação Universidade Federal de Viçosa, Fundação Universidade do Rio de Janeiro – UNIRio, Fundação Universidade Federal de Rondônia, Universidade Metodista de Piracicaba,

42 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL Universidade Católica de Pernambuco Universidade Católica de Salvador, Universidade Católica de Minas Gerais, Universidade Católica de Petrópolis, Universidade Católica do Paraná, Universidade Católica de Pelotas, Universidade Católica de Goiás, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Pontifica Universidade Católica do Rio de Janeiro, Universidade Passo Fundo, Universidade de Taubaté, Universidade de Fortaleza, Universidade Gama Filho,

43 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL Universidade Santa Úrsula, Universidade de Mogi das Cruzes, Universidade Mackenzie, Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Universidade de Caxias do Sul, Universidade Estadual do Ceará, Universidade Estadual de Feira de Santana, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Universidade de São Paulo, Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho Universidade Estadual de Campinas, Universidade Estadual de Ponta Grossa, Universidade Estadual de Londrina, Universidade Estadual de Maringá, Universidade Estadual do Maranhão, Universidade Regional do Nordeste,

44 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL Escola de Farmácia e Odontologia de Alfenas, Escola Federal de Engenharia de Itajubá, Escola Paulista de Medicina, Escola Superior de Agricultura de Lavras, Escola Superior de Agricultura de Mossoró, Faculdade de Ciências Agrárias do Pará, Faculdade de Medicina do Triangulo Mineiro, Faculdade de Odontologia de Diamantina, Centro Federal de Educação Tecnológica do Rio de Janeiro, Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais, Centro Federal de Educação Tecnológica do Paraná, Centro de Educação Tecnológica da Bahia, BIREME, BICENGE, IBICT e Biblioteca Nacional.

45 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL PROGRAMA NACIONAL DE BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS - PNBU O PNBU atuou durante sete anos (1986/1993); Neste período foram investidos 7 (sete) milhões de dólares para a implementação das diretrizes e ações do PNBU; Em 1993 o PNBU foi extinto;

46 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL As atribuições do PNBU foram transferidas para o Serviço de Desenvolvimento das Bibliotecas das Instituições Federais de Ensino do Ministério da Educação (SDBIB/MEC); O SDBIB/MEC foi extinto em A partir desta data nenhuma ação planejada, que atuasse de forma coordenada com as bibliotecas universitárias, foi desenvolvida.

47 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL Última indagação: Como tem se dado a reestruturação das Bibliotecas Universitárias Brasileiras no atual contexto de reestruturação do ensino superior no Brasil?

48 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL PROPOSTAS: Solicitar, à Comissão Organizadora do XVI SEMINÁRIO NACIONAL DE BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS, que a temática: A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO ATUAL CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL – seja adotada como um dos subtemas deste evento que se realizará em outubro de 2010, no Rio de Janeiro, sob a temática: Bibliotecas Universitárias: Onde estamos? Aonde vamos?

49 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL Solicitar, que sejam convidados para participar das discussões relativas a este subtema representantes da Secretaria de Educação Superior/MEC e da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior- ANDIFES (Especificamente a presidência da Comissão de Desenvolvimento Acadêmico), visando transformar as reflexões formuladas neste evento em ação política conseqüente em favor das Bibliotecas Universitárias Brasileiras.

50 23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL AGRADEÇO A ATENÇÃO!!! Profa. Eliany Alvarenga de Araújo


Carregar ppt "23/04/10 A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL Profa. Eliany Alvarenga de Araújo Faculdade de Comunicação."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google