A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

.... e a prevenção das doenças sexualmente transmissíveis. Nádia Carolina Machado Enfermeira.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: ".... e a prevenção das doenças sexualmente transmissíveis. Nádia Carolina Machado Enfermeira."— Transcrição da apresentação:

1 .... e a prevenção das doenças sexualmente transmissíveis. Nádia Carolina Machado Enfermeira

2

3 É uma forma de manifestação do prazer

4 QUEM POSSUI ? QUE IDADE ELA APARECE?

5

6

7

8

9 Quais as conseqüências positivas da relação sexual?

10

11 Quais as conseqüências negativas da relação sexual?

12

13

14 Corrimentos Feridas Vesículas ou bolhas Verrugas

15 CORRIMENTOS

16 Secreção uretral amarelo-esverdeada acompanhada com freqüência de ardência e dor à micção.

17 Quando não detectada a tempo, a infecção sobe atingindo a cavidade pélvica, provocando a Doença Inflamatória Pélvica (DIP).

18

19

20

21

22

23 CONCEITO: Doença infecciosa, sistêmica, de evolução crônica, sujeita a surtos de agudização e períodos de latência. AGENTE ETIOLÓGICO: treponema pallidum. SÍFILIS PRIMÁRIA OU CANCRO DURO:

24

25

26 Lesões cutâneo-mucosas, não ulceradas, após 6 a 8 semanas do aparecimento da sífilis primária. Geralmente vem acompanhada de artralgias, febrícula e cefaléia. A localização destas lesões nas superfícies palmo-plantares sugere fortemente o diagnóstico de sífilis secundária.

27

28 Os sinais e sintomas geralmente ocorrem após 3 a 12 anos de infecção com lesões cutâneo-mucosas, neurológicas, cardiovasculares e articulares.

29

30 É uma afecção de transmissão exclusivamente sexual, provocada pelo Haemophilus ducreyi. O período de incubação é geralmente de 3 a 5 dias, podendo se estender por até 2 semanas. O cancro mole é muito mais freqüente no sexo masculino. QUADRO CLÍNICO: Lesões dolorosas, geralmente múltiplas devido a auto-inoculação. Recoberto por exsudato necrótico, amarelado, com odor fétido que pode sangrar facilmente. Em 30 a 50% dos pacientes o bacilo atinge os linfonodos inguinais havendo fistulização em 50% dos casos por orifício único.

31

32

33

34

35

36

37 HPV – PAPILOMA VÍRUS HUMANO Doença infecciosa de transmissão sexual, também conhecida como condiloma acuminado, verruga genital ou crista de galo. AGENTE ETIOLÓGICO Atualmente são conhecidos mais de 70 tipos, 20 dos quais podem infectar o trato genital. Estão divididos em 2 grupos, de acordo com seu potencial de oncogenicidade.

38

39

40 Colo útero normal Colo útero com alteração

41

42 A Aids é uma doença infecciosa que foi conhecida em Ela se espalhou rapidamente, sendo considerada uma pandemia. A Aids já matou mais de 20 milhões de pessoas desde o início da epidemia.

43 A doença é causada pelo vírus HIV (sigla em inglês para vírus da imunodeficiência humana), que compromete o funcionamento do sistema imunológico, impedindo-o de executar sua tarefa de proteger o organismo contra as agressões externas (por bactérias, outros vírus e parasitas).

44

45 Década 80: Década 90: 20 casos 10 casos 1 caso 1 caso

46 Nos dias atuais: 1,5 caso 1 caso

47 Hoje

48 É definida como inflamação do fígado causada por uma infecção pelo Vírus da Hepatite B (HBV). A transmissão acontece da mesma forma da Aids, através do sangue, esperma, secreção vaginal e leite materno. Há vacina específica para este tipo de hepatite.

49 Causada por um vírus transmitido principalmente pelo sangue contaminado, mas a infecção também pode passar através da via sexual. O portador do vírus da hepatite C pode desenvolver uma forma crônica da doença que leva a lesões no fígado (cirrose) e câncer hepático. Não há vacina contra essa hepatite.

50 Selecionar as relações sexuais e emocionais de forma racional. Através de uso de preservativo em todas as relações sexuais.

51

52

53 OBRIGADA !


Carregar ppt ".... e a prevenção das doenças sexualmente transmissíveis. Nádia Carolina Machado Enfermeira."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google