A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Virgem Venerável Quando nós católicos veneramos Maria, não fazemos nada mais do que repetir o gesto de sua prima Santa Isabel que disse: Bendita és tu.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Virgem Venerável Quando nós católicos veneramos Maria, não fazemos nada mais do que repetir o gesto de sua prima Santa Isabel que disse: Bendita és tu."— Transcrição da apresentação:

1

2 Virgem Venerável

3 Quando nós católicos veneramos Maria, não fazemos nada mais do que repetir o gesto de sua prima Santa Isabel que disse: Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre (Lc 1,42). Logo em seguida a própria Maria profetiza por ação do Espírito Santo: Sim! Doravante todas as gerações me chamarão de bendita, pois o todo-poderoso fez grandes coisas em meu favor! (Lc 1,48).

4 Fazemos parte desta geração que tem coragem de cumprir a profecia bíblica e chamar Maria de bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus. Este é o fundamento do culto mariano. A Igreja Católica pratica o culto em espírito e verdade (cf. Jo 4,24), no qual adora o Pai, o Filho e o Espírito Santo, e venera com particular amor Maria Santíssima, Mãe de Deus (Sacrosanctum Concilium 103),

5 e honra com religioso obséquio a memória dos mártires e dos outros santos, conforme proclamou o Papa Paulo VI na sua Encíclica Marialis Cultus, em Em hipótese alguma podemos admitir a acusação superficial de alguns evangélicos de que os católicos adoram Maria. Se algum membro da Igreja Católica comete este desvio deve ser advertido. Maria, juntamente com todos os mártires e santos… o céu inteiro se une à terra para prestar um culto de adoração à Deus.

6 Assim como na Bíblia, no culto cristão, Maria e os santos aparecem como setas que apontam para o endereço da salvação: Jesus. Maria não é ponto de chegada. Ela é uma dica para os que querem encontrar Jesus. É bendita, abençoada, cheia de graça. Não é possível simplesmente ignorar Maria como alguns pretendem fazer, como se isso fosse diminuir a figura de Jesus. Pelo contrário, qual é o filho que não fica feliz ao ouvir elogios feitos à sua mãe?

7 Um evangélico certa ocasião encontrou um conhecido bispo e reclamou: - Tenho um pouco de inveja de vocês católicos. Eu não consigo viver em minha igreja o versículo da bíblia em que Maria profetiza que todas as gerações a chamarão de bendita. Nós não conseguimos rezar a ave-maria. Temos um bloqueio histórico. Isso é verdade. E é verdade também que já aconteceram na história da Igreja alguns abusos em que a figura de Maria acabava sendo colocada acima da de Cristo.

8 Contra estes abusos alguns evangélicos com justiça reagiram. Mas daí a excluir completamente o culto mariano é um exagero que também eles poderiam aos poucos corrigir. Na verdade, Lutero, o pai da reforma protestante, não tinha esse bloqueio e chegou a compor músicas em honra a Maria. Não tenho ouvido essas canções nos cultos evangélicos de hoje. Certamente lá no céu Jesus se pergunta: -Porque será que alguns dos que se dizem meus discípulos lá na terra, nunca elogiam a minha mãe?

9 Venerar Maria não é adorar. É simplesmente elogiar a ação de Deus nesta criatura. Ela é a obra-prima do Criador. Como não reconhecer tamanha ação da graça? No fundo não veneramos Maria, mas a ação de Deus em sua vida.

10 Maria é para nós um exemplo de mulher que sabia ouvir, responder, rezar, obedecer, entregar- se a Deus, interceder, servir, seguir Jesus até a cruz, estar presente no pentecostes. Ela é nosso primeiro exemplo de alguém que viveu o culto em espírito e verdade proposto por Jesus. É mãe e discípula. Venerar Maria é reconhecer essas virtudes e estar disposto a imitá-las em nossa vida.

11 Devemos purificar nosso culto mariano evitando todos os exageros para edificar os irmãos na fé até o dia em que ecumenicamente possamos rezar juntos a ave-maria, como o anjo Gabriel não teve vergonha de fazer, afinal, até os céu proclamam: AVE! Virgem Venerável, rogai por nós.

12 Texto – Pe. Joãozinho – Música – Ave Maria F. P. Tosti – Imagens Google Formatação – Altair Castro


Carregar ppt "Virgem Venerável Quando nós católicos veneramos Maria, não fazemos nada mais do que repetir o gesto de sua prima Santa Isabel que disse: Bendita és tu."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google