A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Software Básico Silvio Fernandes 2010.1 Universidade Federal Rural do Semi-Árido Departamento de Ciências Ambientais Ciência da Computação Aula 02: Introdução.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Software Básico Silvio Fernandes 2010.1 Universidade Federal Rural do Semi-Árido Departamento de Ciências Ambientais Ciência da Computação Aula 02: Introdução."— Transcrição da apresentação:

1 Software Básico Silvio Fernandes Universidade Federal Rural do Semi-Árido Departamento de Ciências Ambientais Ciência da Computação Aula 02: Introdução aos Softwares Básicos 1

2 Introdução aos Softwares Básicos Uma das características que distingue a maioria dos softwares básicos dos softwares aplicativos é a sua dependência ao equipamento Os programas aplicativos se concentram na solução de algum tipo de problema, utilizando o computador como ferramenta, o foco está na aplicação, e não no computador propriamente dito 2

3 Introdução aos Softwares Básicos Softwares básicos têm como objetivo possibilitar a operação e o uso do computador, seja qual for a aplicação utilizada. Ele possuem um relação muito próxima com o equipamento no qual devem ser executados. Ex: – Assemblers traduzem instruções mnemônica para código de máquina – Compiladores geram código levando em consideração características do hardware – SO se concentram diretamente no gerenciamento de quase todos os recursos de um computador 3

4 Introdução aos Softwares Básicos Alguns aspectos são independentes da máquina – Projeto global e lógica de um assembler – Técnicas de otimização de código dos compiladores – Link de subprogramas montados separadamente 4

5 Introdução aos Softwares Básicos Contexto 5

6 Introdução aos Softwares Básicos Pré-processadores – Produzem as entrada para compiladores – Processamento de macros: usuário define abreviações para construções mais longas – Inclusão de arquivos. Ex: arq. cabeçalho – extensores de linguagens: maior poder para as linguagens através de macros embutidas 6

7 Introdução aos Softwares Básicos Compilador – Lê um programa escrito em uma linguagem (ling. fonte) e o traduz para um programa equivalente em outra linguagem (ling. alvo) relatando ao usuário a presença de erros no prog. fonte – Análise: divide o prog. fonte nas partes constituintes e cria uma representação intermediária do mesmo – Síntese: constrói o programa alvo desejado, a partir da representação intermediária 7

8 Introdução aos Softwares Básicos Montador (assembler) – A maioria dos compiladores geram código em linguagem de montagem, que é uma versão mnemônica do código de máquina, na qual são usados nomes em lugar de códigos binários para as operações e fornecidos nomes aos endereços de memória – O montador deve transformar essa linguagem de montagem na linguagem de máquina relocável MOV a, R1 ADD #2, R1 MOV R1, b 8

9 Introdução aos Softwares Básicos Carregador – Duas funções: carga e edição de ligações – Carga: toma um código relocável de máquina, altera os endereços relocáveis e coloca as instruções alteradas e os dados na memória nas localizações apropriadas – Edição de ligação: permite criar um único programa a partir de diversos arquivos de código relocável de máquina 9

10 Referências Leland L Beck.. Desenvolvimento de software básico. 2ª ed. Rio de Janeiro: Campus, p. Alfred V. Aho et al. Compiladores: princípios, técnicas e ferramentas. LTC,


Carregar ppt "Software Básico Silvio Fernandes 2010.1 Universidade Federal Rural do Semi-Árido Departamento de Ciências Ambientais Ciência da Computação Aula 02: Introdução."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google