A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Nascer num outro corpo, novamente constituído, e que nada tem a ver com o antigo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Nascer num outro corpo, novamente constituído, e que nada tem a ver com o antigo."— Transcrição da apresentação:

1

2

3

4 Nascer num outro corpo, novamente constituído, e que nada tem a ver com o antigo

5

6

7 ...a consagração do principio da preexistência da alma, e por conseguinte da pluralidade das existências.

8 Oportunidade para o aprendizado e evolução do ser. Oportunidade para o aprendizado e evolução do ser.

9 A reencarnação fortalece os laços de família, e trabalham juntos para o seu progresso comum.

10 Com a reencarnação o progresso é conseqüência

11 Oportunidade do Espírito se purificar, através do progresso MORAL, tarefa inadiável e intransferível. O ESE ensina a Moral Cristã

12 A passagem dos Espíritos pela vida corpórea é necessária, para que eles possam realizar, com a ajuda do elemento material, os propósitos de vida e exercício do seu livre arbítrio.

13 O ESE Trata da parte ético-moral da doutrina espírita

14 Mas a encarnação, para todos os Espíritos, é apenas um estado transitório. Os que executam essa tarefa com zelo, progridem rapidamente, os que, ao contrário, fazem mau uso da liberdade que Deus lhes concede, retardam o seu progresso. A reencarnação propicia vivência dentro da lei natural e dos princípios de solidariedade, fraternidade e igualdade. Mas a encarnação, para todos os Espíritos, é apenas um estado transitório. Os que executam essa tarefa com zelo, progridem rapidamente, os que, ao contrário, fazem mau uso da liberdade que Deus lhes concede, retardam o seu progresso. A reencarnação propicia vivência dentro da lei natural e dos princípios de solidariedade, fraternidade e igualdade.

15 trabalhar nossas imperfeições, vencer as más inclinações, além de ser a oportunidade de buscar a reforma moral que o mundo necessita para sua paz e progresso. Regra da boa conduta. Lei de Deus

16 Somos portadores de grandes vícios e distúrbios, visíveis e invisíveis, que nos caracterizam como sendo espíritos imperfeitos. Aqueles que os nossos sentidos já podem perceber, dado sua materialidade. Ex: o adultério, a homossexualidade, o materialismo, a gula, o uso de tóxicos, narcóticos e alcoólicos. Aqueles que nos são indiferentes. Ex: orgulho, egoísmo, presunção etc. Sem dúvida, os mais difíceis de serem combatidos.

17 Allan Kardec

18 CréditosTexto: Allan Kardec, O Evangelho Segundo o Espiritismo. Imagens: Internet. Música: Conquest Of Paradise Formatação: Kaoma


Carregar ppt "Nascer num outro corpo, novamente constituído, e que nada tem a ver com o antigo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google