A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Compreender que o sucesso de um discípulo não depende de títulos nem de símbolos de autoridade. Aceitar que o Espírito Santo colocará nos discípulos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Compreender que o sucesso de um discípulo não depende de títulos nem de símbolos de autoridade. Aceitar que o Espírito Santo colocará nos discípulos."— Transcrição da apresentação:

1

2

3

4

5 Compreender que o sucesso de um discípulo não depende de títulos nem de símbolos de autoridade. Aceitar que o Espírito Santo colocará nos discípulos um desejo de servir para a vida dirigindo-os a pessoas e lugares onde possam realizar o maior bem.

6 1º PASSO Compreender que o sucesso de um discípulo não depende de títulos nem de símbolos de autoridade

7 Jesus é inequívoco. O nosso sucesso como discípulos gira em torno de estar nEle. Por outras palavras, a ligação com Cristo resulta em fruto. Infelizmente, muita instrução dada consiste em encorajar as pessoas a serem bem-sucedidas, a darem fruto e a obedecerem a Deus. O problema que temos hoje é que muitas dessas pessoas não são ensinadas sobre a forma de permanecer ligadas a Ele. Permanecemos ligados a Cristo mediante o cultivo de disciplinas espirituais que têm sido úteis aos Cristãos ao longo dos séculos: estudo da Bíblia, oração, testemunho e serviço. Uma vida Cristã que englobe estas disciplinas não pode deixar de revelar resultados.

8 As chaves do reino dos Céus são as palavras de Cristo. Todas as palavras da Santa Escritura são Suas e estão aqui incluídas. Estas palavras têm poder para abrir e fechar os Céus. Elas declaram as condições sob as quais os homens são recebidos ou rejeitados. Assim, a obra dos que pregam a Palavra de Deus é um cheiro de vida para vida ou de morte para morte. A sua missão está cheia de resultados eternos. – Ellen G. White, O Desejado de Todas as Nações, p. 350, Ed. P. SerVir.

9 2º PASSO Aceitar que o Espírito Santo colocará nos discípulos um desejo de servir para a vida dirigindo-os a pessoas e lugares onde possam realizar o maior bem

10 Os discípulos sentiram a sua necessidade espiritual, e suplicaram do Senhor a santa unção que os devia capacitar para o trabalho de salvar os homens. Não suplicaram essas bênçãos apenas para si. Sentiam a responsabilidade que lhes cabia nessa obra de salvação dos outros. Compreendiam que o Evangelho devia ser proclamado ao mundo, e pediam o poder que Cristo tinha prometido. – Ellen G. White, Atos dos Apóstolos, p. 28, Ed. P. SerVir.

11 O apóstolo Paulo traçou planos ambiciosos para entrar na Bitínia; mas mesmo alguém tão insistente como Paulo foi sensível à direção de Deus e aceitou-a, em vez de resistir à interferência por parte do Espírito. O apóstolo aceitou, de boa vontade, a diretriz do Espírito, que, contrariamente, o enviou para a Macedónia. Muitos milagres acompanharam os seus trabalhos nestas terras. Se Paulo se tivesse precipitado em seguir os seus projetos, a missão europeia poderia ter ficado paralisada indefinidamente.

12 Jesus foi capaz de dizer que a seara é realmente grande (v. 37), pois Ele tinha aplicado muitíssimo tempo e esforço de modo a chegar a esse ponto. Os discípulos dos nossos dias prestam a si mesmos um mau serviço, se imaginarem que tudo o que é necessário para uma colheita é ter mais ceifeiros. No entanto, a agricultura é dura e difícil, não porque a ceifa seja dura, mas porque são requeridos muito tempo e energia para preparar as coisas para a ceifa. Os agricultores anseiam pela ceifa, porque esta significa o fim de um trabalho árduo e cansativo. É isso que o Salmista descreve nas suas famosas palavras: Aquele que leva a preciosa semente, andando e chorando, voltará, sem dúvida, com alegria, trazendo consigo os seus molhos (Salmo 126:6).

13

14

15 Desejo esperar pelo Espírito Santo? Desejo procurar trabalhar na Ceifa?

16 Já plantou algo? Quanto tempo demorou até colher o fruto? Foi você que colheu ou foi outra pessoa?

17 Que princípio bíblico da lição podemos usar hoje?

18 A Ceifa de Deus é fruto do Seu trabalho árduo. 1. Estar ligado ao Senhor da Ceifa. 2. Deixar que Ele me guie para o trabalho que escolher para mim. Escolher onde quero trabalhar sem perguntar ao Senhor. Durante a próxima semana, vou procurar reservar tempo para perguntar ao Senhor onde Ele quer que eu ajude na Ceifa.


Carregar ppt "Compreender que o sucesso de um discípulo não depende de títulos nem de símbolos de autoridade. Aceitar que o Espírito Santo colocará nos discípulos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google