A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A construção de indicadores: Lógica, método e prática Maria das Graças Rua 61-3963-4617

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A construção de indicadores: Lógica, método e prática Maria das Graças Rua 61-3963-4617"— Transcrição da apresentação:

1 A construção de indicadores: Lógica, método e prática Maria das Graças Rua

2 n Indicadores são uma balança que nos permite pesar os dados; ou uma régua, que nos permite aferir os dados em termos de qualidade, resultado, impacto, etc., dos processos e dos objetivos das intervenções. n Os indicadores não são simplesmente dados: são medidas, ou seja, são uma atribuição de números a objetos, acontecimentos ou situações, de acordo com certas regras. n Enquanto medidas, os indicadores devem ser definidos em termos operacionais: por meio das categorias pelas quais eles se manifestam e podem ser mensurados.

3 Conceito de Indicador: apresenta algumas variações que expressam os modos como são usados. Podem ser expressos apenas como instrumento de medida Podem ser expressos associados às metas que se pretende atingir com uma intervenção Os indicadores podem ser expressos em número, percentual, descrição de processos, percepções ou fatos que indiquem a mudança qualitativa e/ou quantitativa de uma condição ou situação específica.

4 Indicadores são medidas que representam ou quantificam um insumo, um resultado, uma característica ou o desempenho de um processo, de um serviço, de um produto ou da organização como um todo. Um indicador pode ser: simples (decorrente de uma única medição) ou composto; direto ou indireto em relação à característica medida; específico ( relativo às atividades ou processos específicos) ou global (resultados pretendidos pela organização como um todo);

5 OS INDICADORES SERVEM PARA: Internalizar na organização pública as necessidades e expectativas dos cidadãos; n Possibilitar o estabelecimento e desdobramento das metas de uma intervenção; n Embasar a análise crítica dos resultados da intervenção e do processo de tomada de decisão; n Contribuir para a melhoria contínua dos processos organizacionais; Facilitar o planejamento e o controle do desempenho, pelo estabelecimento de métricas-padrão e pela apuração dos desvios ocorridos com os indicadores; e n Viabilizar a análise comparativa do desempenho da organização em intervenções diversificadas; e do desempenho de diversas organizações atuantes em áreas ou ambientes semelhantes.

6 n Indicadores de Processos ou Desempenho Destinam-se a apontar e medir características que devem ser acompanhadas ao longo do tempo. São eles: n a) indicadores da qualidade eficácia b) indicadores de produtividade eficiência n c) indicadores de capacidade

7 n Os Indicadores da Qualidade ou Indicadores de Eficácia medem: n 1-como o produto ou serviço é percebido pelos usuários e se atende os requisitos desses usuários. Podem ser aplicados para a organização como um todo, para um processo ou para uma área. n 2-em que medida uma ou várias ações produzem os resultados pretendidos. n Ex: Percentual de Atendimento= n número de pessoas atendidas/total de pessoas necessitando atendimento X 100 n Ex: Indicador de Pontualidade= n Número de atendimentos pontuais/total de atendimentos X 100 A comparação dos índices com um parâmetro ou padrão ideal é que vai indicar a eficácia

8 Indicadores de Produtividade são ligados à eficiência, e tratam da utilização dos recursos para a geração de produtos e serviços. Medem o que se passa no interior dos processos e atividades, permitindo identificar problemas, preveni-los e corrigi-los. n Os Indicadores de Produtividade permitem uma avaliação do esforço empregado para gerar os produtos e serviços. Devem andar lado a lado com os de Qualidade ou Eficácia. n Expressam a relação entre: n Total produzido/recursos utilizados (custo dos recursos de todo tipo)

9 Indicadores da Capacidade: medem a capacidade de resposta de um processo por meio da relação entre as saídas produzidas por unidade de tempo. Exemplos: n.º de atendimento / mês n.º de correspondências enviadas / dia n.º de clientes atendidos / ano

10 Indicadores de Projeto: são assim chamados porque são os mais usados para monitorar os projetos de todos os tipos Indicadores de Produtos (outputs) Indicadores de Resultados (outcomes) Indicadores de Impactos: expressam as consequências dos resultados obtidos por uma ou mais ações em períodos de médio e longo prazo. Geralmente são indicadores compostos ou índices agregados.

11 Exemplo Número de mulheres matriculadas em cursos de educação básica em 2004/Número de mulheres matriculadas em cursos de educação básica em Número médio de anos de estudo das mulheres em 2005/Número médio de anos de estudo das mulheres em Aumento da escolarização feminina. IndicadorObjetivo de Resultado ou Efeito Variação, entre 1995 e 2005, do número de mulheres que concluíram a escolaridade básica e ocupam empregos formais no mercado de trabalho/ Total de mulheres adultas. Melhoria da escolaridade básica completa das mulheres, repercutindo no aumento das oportunidades de emprego feminino. IndicadorObjetivo de Impacto

12 Currículo escolar alterado Grade horária das aulas alterada Objetivo de Produtos Ajuste dos horários e conteúdos escolares às novas orientações da Secretaria da Educação Estadual. Número de homens/mulheres no quadro de pessoal docente/Número total de homens/mulheres Eqüidade na contratação de professores de ambos os sexos. IndicadorObjetivos de Resultado ou Efeito Exemplo

13 Principais Atributos dos Indicadores Adaptabilidade – capacidade de resposta às mudanças do ambiente, como o comportamento e exigências dos clientes. Representatividade – captação das etapas e atributos ou características mais importantes que se pretende avaliar. Significa fidedignidade e abrangência: Os indicadores devem ser precisos e atender aos objetivos. Os dados devem corresponder à quantidade necessária e ser buscados na fonte correta.

14 Principais Atributos dos Indicadores Simplicidade – facilidade de ser compreendido e aplicado tanto pelos executores quanto pelos que receberão seus resultados. Os nomes e expressões devem ser conhecidos e entendidos por todos os envolvidos de forma homogênea, garantindo ampla validade. Rastreabilidade – facilidade para identificação da origem dos dados, seu registro e manutenção. Disponibilidade – facilidade de acesso para coleta dos dados, estando disponíveis a tempo, sem distorções, servindo de base para que decisões sejam tomadas.

15 Principais Atributos dos Indicadores: Economia – o indicador não deve requerer tempo demasiado na busca de dados, pesquisando ou aguardando novos métodos de coleta. Os benefícios trazidos com os indicadores devem ser maiores que os custos incorridos na medição. Economia – o indicador não deve requerer tempo demasiado na busca de dados, pesquisando ou aguardando novos métodos de coleta. Os benefícios trazidos com os indicadores devem ser maiores que os custos incorridos na medição. Praticidade – garantia de que realmente funciona na prática e permite a tomada de decisões gerenciais. Para isso, deve ser testado no campo e, se necessário, modificado ou excluído. Praticidade – garantia de que realmente funciona na prática e permite a tomada de decisões gerenciais. Para isso, deve ser testado no campo e, se necessário, modificado ou excluído. Estabilidade – garantia de que é gerado em rotinas de processo e permanece ao longo do tempo, permitindo a formação de série histórica. Estabilidade – garantia de que é gerado em rotinas de processo e permanece ao longo do tempo, permitindo a formação de série histórica.

16 TIPOS DE INDICADORES: a)Indicadores simples ou brutos: a)Indicadores simples ou brutos: são aqueles expressos em valores absolutos, que só permitem comparação se forem referidos a um parâmetro externo. Exemplo: número de matrículas no ensino fundamental em Brasília. b) Indicadores relativos: b) Indicadores relativos: São também chamados de índices relativos ou índices simples e consistem em relações observáveis entre variáveis ou entre uma variável e uma constante. São expressos como razão ou proporção, permitindo comparações entre situações no tempo e no espaço. Exemplo: número de analfabetos por grupos de 100 indivíduos é uma relação entre uma variável e uma constante. A informação proporcionada por este tipo de índice mostra-se mais útil quando é possível estabelecer comparações.

17 Os índices que expressam relações entre variáveis contêm, em si mesmos, informações relevantes. Por exemplo, a proporção de alunos aprovados sobre alunos matriculados expressa a relação entre duas variáveis e traz informação sobre o desempenho de uma classe, uma escola, um professor, uma metodologia, etc Os índices relativos servem, entre outras coisas, para avaliar uma situação específica em relação às suas congêneres e para estimar o avanço ou retrocesso em relação a uma meta. c)Indicadores complexos ou Índices Agregados. c)Indicadores complexos ou Índices Agregados. São sintéticos e multidimensionais: combinam um conjunto de dimensões e suas respectivas variáveis. Podem envolver – ou não - a ponderação dessas dimensões.

18 Podem reunir um grande conjunto de indicadores, com o objetivo de aumentar a precisão das avaliações. Ex: Índice de Progresso Social (IPS), que tem 44 indicadores e vários sub- indicadores. Podem ter como estratégia a simplicidade na composição dos índices. Ex: Índice de Qualidade de Vida Física (IQVF), composto por Mortalidade Infantil, Esperança de Vida ao Nascer e Analfabetismo entre Adultos. Um índice é também um indicador, mas é assim denominado quando apresenta as seguintes características: a) quando é um indicador composto, isto é, construído a partir da combinação de outros indicadores ou variáveis; b) quando expressa seus resultados de modo a construir uma ordem e/ou hierarquia de situações, que é o seu principal objetivo: o de criar parâmetros de comparação e ordenação entre diferentes realidades.

19 Este ordenamento pode se dar através do uso de uma escala numérica (de 0 a 1, como no caso do IDH; percentuais no caso de analfabetismo e de evasão escolar) ou através de uma escala qualitativa. n Uso estratégico dos índices: n a) amplia-se o conjunto de sub-índices e variáveis que compõem um índice, com o objetivo de aumentar a precisão das avaliações; n OU n b) busca-se a simplicidade na composição dos índices para minimizar problemas conceituais e metodológicos de sua composição, viabilizar sua difusão e adoção (ser calculados para um grande número de regiões, permitindo comparações), facilitar sua compreensão e reduzir o seu custo

20 Como elaborar Indicadores 1-Definir precisamente o problema a ser enfrentado, seguindo uma lógica de árvore de problemas 2-Perguntar: qual o sinal concreto, objetivo e real, de que este problema existe? ANOTAR 3-Identificar e selecionar as soluções a serem adotadas, seguindo uma lógica de árvore de objetivos 4-Desdobrar cada objetivo em tantas metas parciais e setoriais quantas forem necessárias para realizá-lo

21 Como elaborar Indicadores 5-Expressar metas SEMPRE em termos de: uma quantidade, um objeto e um espaço de tempo 6-Diante de metas e objetivos, perguntar: COMO POSSO SABER SE ISTO FOI REALIZADO? COMO POSSO DISTINGUIR SE ISSO OCORREU OU NÃO? 7-Identificar e isolar a unidade mínima a ser definida como objeto: uma ação, um produto, um resultado. 8-Averiguar a possibilidade de expressar essa unidade em números absolutos ou relativos

22 Como elaborar Indicadores 9-Averiguar a possibilidade de estabelecer relações numéricas (proporção, razão, média, etc) usando essa unidade 10-Quando o indicador tiver sido formulado preliminarmente, perguntar a seu respeito: O QUE ISTO ME PERMITE SABER? 11-Identificar onde (em que fontes) estarão os dados disponíveis para alimentar o indicador. Caso não existam, prever como obtê-los.

23 Diagrama da Cadeia de Resultados/Indicadores do Projeto Atividade Atividade Atividade Atividade Atividade Atividade Atividade Atividade Produto 3.3 Produto 3.1 Produto 3.2 Produto 2.2 Produto 2.1 Produto 1.1 R1 R3 R2 Impacto Atividades Produtos EfeitosImpacto


Carregar ppt "A construção de indicadores: Lógica, método e prática Maria das Graças Rua 61-3963-4617"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google