A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Porque ele é como a árvore plantada juntos as águas. (Jr 17.8.) As árvores que conseguem suportar a força das tempestades não são as cultivadas em.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Porque ele é como a árvore plantada juntos as águas. (Jr 17.8.) As árvores que conseguem suportar a força das tempestades não são as cultivadas em."— Transcrição da apresentação:

1

2

3

4 Porque ele é como a árvore plantada juntos as águas. (Jr 17.8.) As árvores que conseguem suportar a força das tempestades não são as cultivadas em estufa

5 As plantas mais resistentes não são as que crescem no meio da floresta, ao abrigo das tormentas. São as que se encontram na periferia e recebem ventanias de todos os lados. Os ventos as encurvam e as retorcem, e é assim que elas se tornam gigantescas.

6 Para que as raízes se fortaleçam, é preciso que as plantas sejam açoitadas por ventos e temporais.

7 E é essa planta que no meio das campinas, se mostra adequada para abrigar o rebanho. A terra ao seu redor é dura. A chuva é de pouca valia para ela, pois a água vai embora, escorre. E então vêm as tempestades.

8 A árvore se contorce, se retorce e verga, é quase arrancada pelas raízes. Se ela falasse, certamente iria reclamar amargamente deste castigo. E será que, nesse caso, a natureza deveria atende-la e fazer cessar a tempestade ?

9 A ventania quase faz a planta dobrar ao meio, Parece enraivecida. Será que tanta crueldade tem algum propósito ? Seria isto amor ? ESPERE!

10 O solo ao redor da árvore, está todo aberto. Há grandes e profundas rachaduras por alí. Um desavisado talvez as veja como dolorosas feridas. Então vem a chuva, com sua abençoada missão.

11 As feridas se enchem então de água, que penetra profundamente na terra, alcançando até as mais distantes pontas da raiz. O Sol, volta a brilhar. Uma nova e vigorosa vida brota na planta.

12 As raízes vão cada vez mais ao fundo. Os ramos crescem e se distendem. De vez em quando, ouve-se um estalo, como um tiro Suas roupas ficaram pequenas para ela. Está crescendo como um gigante. Está se aprofundando cada vez mais !

13 É desta árvore que se quer extrair a madeira, que o mecanico quer tirar material para suas ferramentas, Que o artesão precisa para suas obras… que todos que precisam de qualidade, resistencia, beleza… buscam.

14 Sempre que encontrarmos um gigante espiritual, pensemos nos caminhos que já palmilhou. Certamente, não foi uma estrada ensolarada, ladeada de flores silvestres.

15 Deve ter sido uma trilha estreita, íngreme,pedregosa, onde as rajadas de ventos do inferno quase derrubam o caminhante. Alí as rochas pontiagudas nos ferem os pés, os espinhos nos arranham o rosto e as serpentes venenosas sibilam a todo o momento.

16 Deus coloca raízes profundas Nas árvores que precisam ter galhos longos, bem amplos. Senhor tu criaste as grandes plantas, Da-nos força semelhante. Da-nos o mesmo valor que concedes A essas valorosas fortalezas. Somos as árvores que cultivas, Senhor, As plantas de tua floresta.

17 Então, que a seiva da vida venha circular Livremente em todas as nossas veias. Aperfeiçoa aquilo que começaste, Senhor, Deus do Sol e da Chuva. Tu, que sabes o peso dos ventos, Capacita-nos para encarar os problemas e as provações.

18 Por Angela C. A. Antonicelli. Parte do texto extraído de Mananciais no Deserto. Música : Chariots of Fire. Nov/2005.


Carregar ppt "Porque ele é como a árvore plantada juntos as águas. (Jr 17.8.) As árvores que conseguem suportar a força das tempestades não são as cultivadas em."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google