A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

IX Semana de Biologia da UFPB Mini-curso

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "IX Semana de Biologia da UFPB Mini-curso"— Transcrição da apresentação:

1 IX Semana de Biologia da UFPB Mini-curso
Laboratório de Genética de Microrganismos - DBM

2 Microbiologia de Bactérias Gram-positivas:
Microbiologia de Bactérias Gram-positivas: Uma Abordagem Etnofarmacológica Microbiologia de Bactérias Gram-positivas: Uma Abordagem Etnofarmacológica Equipe • Profa. Dra. Maria do Socorro V. Pereira • Ms. Henrique Douglas M. Coutinho (Biólogo, Doutorando - LTF) • Amely B. Martins (Bióloga, Mestranda - LTF) • Itácio Q. M. Padilha (Biólogo)

3 Conhecimento Científico
Microbiologia de Bactérias Gram-positivas: Uma Abordagem Etnofarmacológica Conhecimento Popular X Conhecimento Científico

4 Conhecimento Popular X Conhecimento Científico
Microbiologia de Bactérias Gram-positivas: Uma Abordagem Etnofarmacológica Conhecimento Popular X Conhecimento Científico ► O que é o “Conhecimento Popular”? ● Conhecimento vulgar ou de senso comum; ● “Conhecimento observado ou passado de geração em geração através da educação informal ou baseado em imitação ou experiência pessoal”; ● Para Lakatos & Marconi (1991) o conhecimento do senso comum caracteriza-se por ser: 1) Superficial: conforma-se com a aparência; 2) Sensitivo: refere-se a vivências e emoções diárias; 3) Subjetivo: é o próprio sujeito que organiza suas experiências e conhecimentos, que os adquire por vivência própria; 4) Acrítico: “verdadeiros” ou não , esses conhecimentos não se manifestam de uma forma crítica.

5 Conhecimento Popular X Conhecimento Científico
Microbiologia de Bactérias Gram-positivas: Uma Abordagem Etnofarmacológica Conhecimento Popular X Conhecimento Científico ► O que é o “Conhecimento Científico”? ● “Ciência é todo conjunto de atitudes e de atividades racionais, dirigidas ao sistemático conhecimento com objetivo limitado, capaz de ser submetido a verificação”; ● Critérios científicos: ► Objeto de estudo bem definido; ► Objetivação: evitando contaminação com ideologias, valores, opiniões ou preconceitos; ► Testa hipóteses; ► Metodologia; ► Terminologia técnica; ► Acumulativo: tem como base a literatura;

6 Conhecimento Popular X Conhecimento Científico
Microbiologia de Bactérias Gram-positivas: Uma Abordagem Etnofarmacológica Conhecimento Popular X Conhecimento Científico ►O Conhecimento do cotidiano pode gerar conhecimento válido?

7 Etnobiologia Etnofarmacologia Etnoecologia
Microbiologia de Bactérias Gram-positivas: Uma Abordagem Etnofarmacológica Estudo do complexo conjunto de relações de plantas e animais com sociedades humanas, presentes e passadas. Etnoentomologia Etnobotânica Etnobiologia Etnozoologia Etnoecologia Etnofarmacologia É a exploração científica interdisciplinar dos agentes biologicamente ativos, tradicionalmente empregados ou observados pelo homem.

8 Microbiologia de Bactérias Gram-positivas: Uma Abordagem Etnofarmacológica
Plantas medicinais ● Início provavelmente na pré-história na busca pela cura de doenças; ● No Brasil  Diferentes origens culturais: indígenas, escravos e imigrantes;  campo  urbana. ● 50% da população  plantas medicinais  como forma terapêutica complementar; ● OMS: 80% da população dos países em desenvolvimento: medicina popular na atenção primária à saúde, tendo as plantas como principais componentes;

9 O exemplo da Jurema-preta
Microbiologia de Bactérias Gram-positivas: Uma Abordagem Etnofarmacológica O exemplo da Jurema-preta Mimosa tenuiflora (Willd.) Poir. ● Família: Mimosaceae ● Planta xerófila, arbustiva com 1-8 metros de altura, raízes longas, frutos são legumes lanceolados; ● No Brasil está presente nas regiões centrais da caatinga; ● Outros locais: Venezuela, Colômbia, América Central e principalmente no México.

10 Mimosa tenuiflora (Willd.) Poir.
Microbiologia de Bactérias Gram-positivas: Uma Abordagem Etnofarmacológica Mimosa tenuiflora (Willd.) Poir.

11 Mimosa tenuiflora (Willd.) Poir.
Microbiologia de Bactérias Gram-positivas: Uma Abordagem Etnofarmacológica Mimosa tenuiflora (Willd.) Poir. ► Tribos indígenas nordestinas: os Kariri-Xoco, os Pankararu, os Xurucu e os Fulni-ô; Uso do “vinho da jurema ou ajucá” É usado na comunicação com o mundo dos espíritos, diagnósticos de doenças, conselhos e visões. ► Afro-brasileiros  Cauim, usados em cultos. ► No México, (Tepescohuite) é usado em rituais.

12 Cuidado!! Mimosa tenuiflora (Willd.) Poir. Âmbito comercial:
Pó  queimaduras (2º e 3º grau); Sabão  dermatoses, acne, manchas, rugas e estrias; Pomadas  queimaduras leves, manchas, fungos e herpes; Extratos  alergias, eczemas e tônico capilar; Cápsulas  hiperacidez, gastrite, úlceras, colite, hemorróidas e dor de cabeça; Cremes  regenera a pele, fortalece o couro cabeludo, evita caspas e queda de cabelo; Carvão (alto poder calorífero); Manejo florestal.

13 Compostos químicos isolados de M. tenuiflora (Willd.) Poir.
Microbiologia de Bactérias Gram-positivas: Uma Abordagem Etnofarmacológica Compostos químicos isolados de M. tenuiflora (Willd.) Poir. Parte da Planta Classe do Composto Composto Referência Casca (região da planta especificada) Esteróides Terpenóides CAMPESTEROL-3-O-β-D-GLUCOPIRANOSIL ESTIGMATEROL-3-O-c-D-GLUCOPIRANOSIL β-SISTEROL--3-O-β-D-GLUCOPIRANOSIL TRITERPENO MIMOSÍDEO A TRITERPENO MIMOSÍDEO B TRITERPENO MIMOSÍDEO C SAPONINAS TRITERPÊNICAS (ANTON et al,1993) (JIANG et al, 1991) (JIANG et al, 1992) (MECKES-LOZOYA, 1990b) Casca do tronco Alcalóide Indólico 5-HIDROXI-TRIPTAMINA N,N-DIMETILTRIPTAMINA (MECKES-LOZOYA, 1990a) Casca da Raíz Extração com CH2CL2-hexano-MeOH e fração de hexano-Me2CO Chalconas KUKULKANO A : (2’,4’-dihidroxi-3’,4’dimetoxichalcona) KUKULKANO B: (2’,4’,4’-trihidroxi-3’metoxichalcona) (DOMÍNGUEZ, 1989 et al apud CAMARGO-RICALDE, 2000) Casca pulverizada Tanino Flavonóides (CAMARGO-RICALDE, 2000)

14

15 Microbiologia de Bactérias Gram-positivas: Uma Abordagem Etnofarmacológica
Programa 28/09 Técnicas Microbiológicas • Experimentação • Resultados já obtidos Aplicações • Biotecnologia • Desenvolvimento de fitofármaco e fitoterápico 26/09 Introdução • Apresentação • Relevância da abordagem Etnofarmacologia • Etnofarmacologia, por que? • O uso popular de plantas medicinais • Da planta ao composto isolado • Compostos naturais bioativos 27/09 Microbiologia • Taxonomia bacteriana • Cocos gram-positivos • Staphylococcus sp. e Streptococcus sp. • Importância biológica • Agentes antimicrobianos Técnicas Microbiológicas • Rotina laboratorial • Biossegurança

16

17 Links

18 Continuando...


Carregar ppt "IX Semana de Biologia da UFPB Mini-curso"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google