A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS CONTEMPORÂNEA. Ovide Decroly (1871-1932)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS CONTEMPORÂNEA. Ovide Decroly (1871-1932)"— Transcrição da apresentação:

1 TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS CONTEMPORÂNEA

2 Ovide Decroly ( )

3 O médico belga, a partir de suas experiências com crianças normais e anormais, se preocupou com o processo que integra toda a aprendizagem em certa unidade da experiência infantil. Segundo Decroly, os "centros de interesse", devem ser determinados de acordo com as necessidades primordiais da criança - alimentação, respiração, asseio, proteção contra as intempéries e os perigos, jogo e trabalho - e todas as atividades escolares, em todas as matérias, devem girar em torno de tais centros.

4 O Método Decroly dos "centros de interesse" partia da idéia da globalização do ensino para romper com a rigidez dos programas escolares. Para ele, existem 6 centros de interesse que poderiam substituir os planos de estudo construídos com base em disciplinas: a)a criança e a família; b)a criança e a escola; c)a criança e o mundo animal; d)a criança e o mundo vegetal; e)a criança e o mundo geográfico; f)a criança e o universo.

5 Os centros de interesse são uma espécie de idéias-força em torno das quais convergem as necessidades fisiológicas, psicológicas e sociais do aluno. Freinet e Paulo Freire, nesse sentido, partindo da leitura do mundo, do respeito à cultura primeira do aluno, buscaram desenvolver o aprendizado através da livre discussão dos temas geradores do universo vocabular do aluno. Em relação a cada um desses centros de interesse, seguem-se três etapas de aprendizagem: observação direta das coisas, associação das coisas observadas e expressão do pensamento da criança através da linguagem, do desenho, da modelagem e de outros trabalhos manuais.

6 Georg Kerschensteiner ( )

7 O professor alemão propõe a escola do trabalho educativo em oposição à escola intelectualista e memorista. Com um mínimo de matéria instrutiva, a escola do trabalho procura obter um máximo de habilidade. O trabalho educativo não é simplesmente um trabalho em sentido físico. Também não coincide apenas com o trabalho em sentido espiritual, como a criação artística. O trabalho pedagógico supõe o predomínio de interesses objetivos, analisados através do critério da utilidade. O trabalho é um exercício para preparar cidadãos úteis. Para Kerschensteiner qualquer outro imperativo - liberdade, espontaneidade, criatividade, autonomia, etc. - deve subordinar-se ao dever para com o Estado nacional. A escola deve formar cidadãos úteis ao Estado.

8 Kerschensteiner atribui três características principais à escola do trabalho: 1. A Escola do Trabalho é uma escola que enlaça, na medida do possível, sua atividade educativa às disposições individuais em seus alunos, e multiplica e desenvolve para todos os lados possíveis estas inclinações e interesses mediante uma atividade constante nos respectivos campos de trabalho. 2. A Escola do Trabalho é uma escola que trata de conformar as forças morais do aluno, destinando-se a examinar constantemente seus atos de trabalho, para ver se expressam com a maior plenitude possível o que o indivíduo sentiu, pensou, experimentou e desejou, sem enganar-se a si mesmo nem aos outros. 3. A Escola do Trabalho é uma escola de comunidade de trabalho na qual os alunos, enquanto seu desenvolvimento é suficientemente alto, aperfeiçoam-se, ajudam e apóiam, recíproca e socialmente, a si mesmos e às finalidades da escola, para que cada indivíduo possa chegar à plenitude de que é capaz por sua natureza".

9 Anton Makarenko ( )

10 O professor soviético propõe a substituição da escola burguesa baseada nos métodos lúdicos - o jogo - pela escola baseada no trabalho produtivo. A escola seria uma comunidade, um "coletivo", que produza bens econômicos. Os educandos não vivem isoladamente, mas fazem parte de uma comunidade de vida. Sua liberdade se acha limitada pelos interesses do grupo, que pertence a uma comunidade maior. O "coletivo" é uma célula da grande sociedade comunista. No "coletivo" não se prepara para a vida, mas vive-se através do trabalho, da disciplina e do sentimento do dever, que constituem as bases da solidariedade humana.

11 Para Makarenko, "um coletivo feliz é uma sociedade feliz"- A vontade do grupo deve prevalecer sobre a vontade individual. O principal postulado das reformas foi o de que a escola deve ser única, para todos. Assim, em quase todas as partes foi criada a escola única de sete anos, depois estendida para dez anos. Deu-se ao ensino um caráter politécnico, para familiarizar os alunos com as bases científicas e os aspectos técnico- práticos das atividades produtivas industriais e agrícolas. A educação, em todos os níveis, tomou-se gratuita. Para a reorganização da educação, as idéias de Makarenko - exigir muito, disciplina, serviço ao "coletivo" - foram de grande utilidade e predominaram não só na organização das escolas, mas também na organização da juventude comunista e em outras associações de jovens.

12 John Dewey ( )

13 O professor norte-americano preocupou-se com o lado prático, pragmático, da educação. A educação não só deve adequar-se ao mundo em que se verifica, como também é fator de progresso desse mundo O processo educativo tem dois aspectos: um psicológico, que consiste na exteriorização das potencialidades do indivíduo, e outro social, que consiste em preparar o indivíduo para as tarefas que desempenhará na sociedade. Cabe à escola tentar harmonizar os dois aspectos, tendo em vista que as potencialidades do aluno só encontram significado dentro de um ambiente social.

14 Mas, como preparar o aluno para viver e atuar num mundo em constante mudança? Prepará-la para a vida futura significa fazê-la dona de si; significa educá-la de modo que consiga rapidamente o governo completo e rápido de todas as suas capacidades; que seu olho, seu ouvido e sua mão possam ser instrumentos de mando sempre ágeis; que seu juízo seja capaz de avaliar as condições nas quais deve trabalhar e as forças que deve colocar em movimento para poder atuar econômica e eficazmente.

15 William Kilpatrick ( )

16 Embora em seu início o projeto sempre envolvesse uma atividade manual, com o correr do tempo passou a incluir mesmo atividades não-manuais. Kilpatrick indica quatro grupos de projetos: projetos de produção, projetos de consumo (nos quais se aprende a utilizar algo já pronto), projetos para resolver um problema e projetos para aperfeiçoar uma técnica de aprendizagem. Um bom projeto didático apresenta quatro características: atividade motivada; plano de trabalho, de preferência manual; diversidade globalizada de ensino; ambiente natural.

17 William Kilpatrick deu prosseguimento ao trabalho de Dewey, dando-lhe uma configuração mais prática.Tendo em vista um ensino mais global e menos segmentado e disperso, Kilpatrick propôs o método dos projetos. Inicialmente, projeto era a tarefa manual que a criança realizava fora da escola: semear, cultivar e colher cereais, criar animais, etc.; com Kilpatrick esse termo adquire um sentido mais amplo. Como método didático, passou a significar uma atividade intencional, que consiste em fazer algo num ambiente natural, integrando e globalizando todo o estudo com base nessa atividade. Construir uma casinha de coelhos, por exemplo, pode ser uma oportunidade para a aprendizagem de Geometria, desenho, cálculo, História Natural, ciências, Estudos Sociais, etc.

18 O Método dos Projetos de Kilpatrick parte de problemas reais, do dia-a-dia do aluno. Todas as atividades escolares realizam-se através de projetos, sem necessidade de uma organização especial. Originalmente ele chamou de projeto à "tarefa de casa" de caráter manual que a criança executava fora da escola. O projeto como método didático era uma atividade intencionada que consistia em os próprios alunos fazerem algo num ambiente natural, por exemplo, construindo uma casinha poderiam aprender geometria, desenho, cálculo, história natural etc.

19 Kilpatrick classificou os projetos em quatro grupos: a) de produção, no qual se produzia algo; b) de consumo, no qual se aprendia a utilizar algo já produzido; c) para resolver um problema e d) para aperfeiçoar uma técnica. Quatro características concorriam para um bom projeto didático: a)uma atividade motivada por meio de uma conseqüente intenção; b)b) um plano de trabalho, de preferência manual; c)c) a que implica uma diversidade globalizada de ensino; d)d) num ambiente natural.

20 Célestin Freinet ( )

21 Para o professor francês a atividade natural da criança se desenvolve no grupo, em cooperativa. Por isso mesmo, não se deve nem coagir a criança, obrigando-a a tarefas não-naturais, nem deixá-la por completo entregue à atividade espontânea do jogo. A sociedade funda-se sobre a exploração do trabalho, principalmente o menos qualificado, e tende a separar o jogo do trabalho, reservando o primeiro às profissões "liberais". Cabe à pedagogia social ou popular opor-se a essa pedagogia dos ricos, promovendo a integração do jogo com o trabalho na atividade escolar.

22 A principal técnica utilizada por Freinet e seus seguidores é a imprensa na escola, que só adquire significado em conexão com as outras técnicas, que são: o texto livre elaborado pelos alunos para ser impresso; a correspondência interescolar, enviando-se os textos escritos aos alunos de outras escolas; o desenho livre; o cálculo vivo, sobre problemas levantados no trabalho de imprensa; o livro da vida, em que os alunos compilam os textos livres sobre sua vida e a vida da escola, e que substitui o livro didático; os fichários e a biblioteca de trabalho, em que são preparados materiais de consulta por alunos e professores, tanto com textos impressos quanto com recortes de jornais, etc. Durante a sessão da tarde as equipes se revezam: a metade da classe trabalha com o professor enquanto a outra realiza uma atividade livre e vice-versa. Quando os que imprimem terminaram o trabalho verifica-se uma sessão de leitura coletiva. Cada aluno recebe uma folha impressa, que coloca no Livro da Vida.


Carregar ppt "TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS CONTEMPORÂNEA. Ovide Decroly (1871-1932)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google