A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

. Cálculos Financeiros Profª Karine R. de Souza AULA 5.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: ". Cálculos Financeiros Profª Karine R. de Souza AULA 5."— Transcrição da apresentação:

1 . Cálculos Financeiros Profª Karine R. de Souza AULA 5

2 Introdução Estudamos, no segundo bimestre, o regime de capitalização simples, no qual o juros produzido por um capital é sempre o mesmo, qualquer que seja o período financeiro, pois ele é sempre calculado sobre o capital inicial, não importando o montante correspondente ao período anterior. Assim, um capital de R$ 100,00, aplicado a 2% ao mês, tem a seguinte evolução no regime de juro simples: ANO JURO Montante 0 100 1 100*0,02*1 =2 102 2 100*0,02*1 =2 104 3 100*0,02*1= 2 106 Juros Compostos

3 Juro Composto é aquele que em cada período financeiro, a partir do segundo, é calculado sobre o montante relativo ao período anterior. Assim, no regime de juro composto o juro produzido no fim de cada período é somado ao capital que o produziu, passando os dois, capital e juro, a render no período seguinte. Cálculo do montante Ano Juro Montante 0 100,00 1 100*0,02*1 =2,00 102,00 2 102*0,02*2=2,04 104,04 3 104,04*0,02*1 =2,08 106,12

4 Fórmula do Juros Compostos: M=C(1+i)^n Esta é a formula do montante em regime de juro composto, também chamada fórmula fundamental do juro composto, para um número inteiro de períodos. O fator (1+i)^n é denominado fator de capitalização ou fator de acumulação de capital.

5 Exercícios: 1) Calcule o montante produzido por R$ 20.000,00, aplicados a 5% ao mês durante 2 meses: Resolução: M = ? C = 20.000,00 i = 5% a.m = 0,05 a.m n = 2 meses M=C(1+i)^n M = 20.000 ( 1+0,05)^2 = 20.000 *1,05^ 2 = 20.000 * 1,1025 = 22.050 Logo, o montante é R$ 22.050,00

6 Determinação do fator de capitalização: A única dificuldade que existe no cálculo do montante em regime de juro composto é a determinação do fator de capitalização ( 1+i)^n Se dispomos de uma calculadora cientifica que apresente a tecla x^y, o cálculo é bem tranqüilo. Exemplo: Queremos determinar (1+0,2)^5 = 2,48832 Digitamos 1,2 pressionamos a tecla de elevação à potencia x^y, introduzimos o valor 5 e finalmente pressionamos a tecla =

7 . Exemplo utilizando a HP12 C: Um investidor possui um capital de $ 10.000,00 para ser aplicado a uma taxa de juros compostos de 1% ao mês durante 12 meses. Calcular o montante considerando a taxa mensal?. Com a HP12C temos: Montante com capitalização mensal: f CLX limpa a memória da HP12C 10.000,00 CHS PV 1 i 12 n FV Montante = 11.268,25

8 . Exercícios propostos 1)Uma pessoa toma emprestado R$ 30.000,00 emprestados, a juro de 3% ao mês, pelo prazo de 10 meses, com capitalização composta. Qual o montante a ser devolvido? 2)Calcule o montante de R$ 50.000,00, a juros compostos de 2,25% ao mês, no fim de 4 meses. 3)Calcule o montante de uma aplicação de R$ 8.200,00, por um prazo de 8 meses, no regime de juros compostos, a taxa de 1,5 % ao mês. 4)Qual o montante produzido por R$12.000,00, em regime de juro composto, à taxa de 2% ao mês durante 40 meses? 5) Calcular o montante da aplicação de R$ 10.000,00 à taxa composta de 8% ao trimestre durante um ano. 6) Guilherme aplicou R$ 1.000,00 por um ano e meio à taxa de juros compostos de 6% ao bimestre. Qual o montante desta aplicação?

9 Solução: 1) C = 30.000,00 i = 3% a.m = 0,03 a.m n = 10 meses M = C ( 1+i)^n M = 30.000 ( 1+0,03)^10 M = 30.000 ( 1,03) ^10 M = 30.000 * 1,34392= 40.317,60 2) C = 50.000 I = 2,25% a. m = 0,0225 a.m N = 4 meses M = C ( 1+i)^n M = 50.000 ( 1+0,0225)^4 M = 50.000 ( 1,0225) ^4 M = 50.000 * 1,09308= 54.654,00

10 . 3) C = 8.200,00 i = 1,5% a.m = 0,015 a.m n = 8 meses M = C ( 1+i)^n M = 8.200 ( 1+0,015)^8 M = 8.200 ( 1,015) ^8 M = 8.200 *1,126 = 9.237,24 4) C = 12.000,00 i = 2% a.m = 0,02 a.m n = 40 meses M = C ( 1+i)^n M = 12.000 ( 1+0,02)^40 M = 12.000 ( 1,02) ^40 M = 12.000 *2,208 = 26.496,48

11 5) C = 10.000,00 i = 8% a.t = 0,08 a.t n = 1 ano = 4 trimestres M = C ( 1+i)^n M = 10.000 ( 1+0,08)^4 M = 10.000 ( 1,08) ^4 M = 10.000 * 1,360488= 13.604,88 6) C = 1.000,00 i = 6% a.b = 0,06 a.b n = 1 ano e meio =18 meses = 9 bimestres M = C ( 1+i)^n M = 1.000 ( 1+0,06)^9 M = 1.000 ( 1,06) ^9 M = 1.000 * 1,689479= 1.689,48


Carregar ppt ". Cálculos Financeiros Profª Karine R. de Souza AULA 5."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google