A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Prof. Dr. Marco Antonio Chaves

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Prof. Dr. Marco Antonio Chaves"— Transcrição da apresentação:

1 Prof. Dr. Marco Antonio Chaves
APRENDIZAGEM Prof. Dr. Marco Antonio Chaves

2 Aprendi que se aprende errando.
Que crescer não significa fazer aniversário. Que o silêncio é a melhor resposta, quando se ouve uma bobagem. Que trabalhar não significa só ganhar dinheiro. Que amigos a gente conquista mostrando o que somos. Que os verdadeiros amigos sempre ficam com voce até o fim. Que a maldade se esconde atrás de uma bela face. Que não se espera a felicidade chegar, mas se procura por ela. Que quando penso saber de tudo, passo a ter certeza que ainda não aprendi nada. Que a natureza é a coisa mais bela da Vida. Que amar significa se dar por inteiro. Que um só dia pode ser mais importante que muitos anos. Que se pode conversar com as Estrelas. Que se pode confessar com a Lua. Que se pode viajar além do infinito. Que ouvir uma palavra de carinho faz bem à saúde. Que dar carinho também faz... Que sonhar é preciso. Que se deve ser criança a vida toda. Que nosso ser é livre. Que Deus não proibe nada em nome do amor. Que julgamento alheio não é importante. E finalmente, aprendi que não se pode morrer para se aprender a viver...

3 A APRENDIZAGEM O “todo” ajuda a aprender as partes, não são as partes que ajudam a aprender o “todo”, portanto não se deve procurar aprender por “pedaços”. Toda aprendizagem é uma “estrutura” que deve ser assimilada globalmente, portanto, deve-se pensar sempre em termos de totalidade e relação das partes entre si.

4

5 A APRENDIZAGEM O “todo” ajuda a aprender as partes, não são as partes que ajudam a aprender o “todo”, portanto não se deve procurar aprender por “pedaços”. Toda aprendizagem é uma “estrutura” que deve ser assimilada globalmente, portanto, deve-se pensar sempre em termos de totalidade e relação das partes entre si.

6 A APRENDIZAGEM Um estudo eficiente passa necessariamente por três etapas que, articuladas, levarão o educando a atingir com mais eficiência a aprendizagem desejada, denominada aqui de síncrese, a primeira etapa, análise, a etapa intermediária, e síntese, a etapa final.

7 A APRENDIZAGEM • Síncrese - Antes de começar o estudo, marcar o objetivo, dizer a si mesmo até onde vai chegar, realizar pequenos objetivos de cada vez. Os planos muito arrojados terminam por desencorajar. Começar o estudo por uma “visão de conjunto” sincrética ou global, como quem lê uma carta de um fôlego, vá até o fim, não pare no meio, em seguida faça um resumo do que ficou, não pensando que isto foi aprendizagem. Todo trabalho que não é encadeado facilmente se perde. Aprender mediante uma esquematização lógica, pois a inteligência é que é o verdadeiro instrumento da aprendizagem, é fundamental.

8 A APRENDIZAGEM • Análise – Na fase analítica, procura ver e compreender todos os detalhes. Mas ficando nisso não há aprendizagem, são apenas informações, sem, contudo virá perder a noção de conjunto adquirida na fase da síncrese. No esquema analítico, procura-se criar um esquema utilizando diagramas, esboços dos assuntos, flechas, círculos, quadros onde entrem todos os detalhes, de modo que se coloque em ordem crescente ou decrescente os itens do texto, valorando cada um deles. A melhor forma para isso é você quem vai decidir.

9 A APRENDIZAGEM • Síntese – Nesta etapa deve-se procurar as leis que regem o fenômeno, procurar os princípios, as causas e estabelecer os pontos-chaves. Conclusões, regras, definições, princípios, esquemas, diagramas são sínteses.

10 A APRENDIZAGEM Estudar é, pois, ir do sincrético (global) pelo analítico (pesquisa e investigação) para o sintético. Ninguém pode fazer isso por ninguém, se o fizer estará traindo a boa-fé do estudante, só a pessoa pode aprender, ninguém aprende por ninguém.

11 PLANEJAMENTO E ORGANIZAÇÃO
Não se pode esperar ter êxito nos estudos sem planejamento e organização. O planejamento diz respeito ao tempo disponível, enquanto a organização se refere à utilização eficiente deste tempo em termos de estudo. Estudo exige, por sua própria natureza, autodisciplina e disponibilidade. Devemos garantir o espaço de tempo necessário para a atividade intelectual através de um horário elaborado a partir da situação pessoal.

12 PLANEJAMENTO E ORGANIZAÇÃO
Devemos garantir o espaço de tempo necessário para a atividade intelectual através de um horário elaborado a partir da situação pessoal. Elaborar um “Quadro de Horário” prevendo a distribuição do tempo dedicado ao estudo é um excelente recurso para otimização do tempo, possibilitando o acompanhamento das tarefas a médio e longo prazo. Também no sentido de contribuir na organização das atividades seria bom elaborar um “Quadro de Tarefas”, possibilitando acompanhar as atividades.

13 REGRAS GERAIS DE ESTUDO:
As regras que se seguem ajudam a melhorar o rendimento do estudo. Conheça-as e use-as com bom senso. • estude individualmente, salvo se tiver a certeza de que estudando com outros você aumenta a própria eficácia (discutindo pontos de dúvidas, por exemplo); • tenha idéia clara dos resultados que você deseja alcançar e afaste do seu pensamento tudo o que seja alheio ao seu estudo; • aprenda os conceitos, princípios e regras gerais antes de tentar aplicá-los;

14 REGRAS GERAIS DE ESTUDO:
As regras que se seguem ajudam a melhorar o rendimento do estudo. Conheça-as e use-as com bom senso. • destaque os aspectos importantes de sua tarefa, seja ela qual for, e considere-os de acordo com essa importância; • faça constantes revisões, aproveitando tais oportunidades para eliminar os seus pontos fracos; • procure resolver as suas dificuldades sozinho, mas não deixe de pedir auxílio se perceber que ele é mesmo necessário;

15 REGRAS GERAIS DE ESTUDO:
As regras que se seguem ajudam a melhorar o rendimento do estudo. Conheça-as e use-as com bom senso. • distribua bem os seus esforços durante o estudo, ou seja, estude por etapas a matéria muito vasta, importante ou difícil. Distribua as etapas por mais de um período de estudo; • aprenda a matéria estudada de modo a poder reduzi-la a uma unidade; • aplique o aprendido, usando sempre que lhe seja possível.

16 REGRAS GERAIS DE ESTUDO:
As regras que se seguem ajudam a melhorar o rendimento do estudo. Conheça-as e use-as com bom senso. Não se esqueça de que os bons resultados do seu estudo dependem de sua capacidade de concentrar-se. A concentração é um dos grandes segredos da superioridade intelectual. Concentrado, você estará desperto, ativo e consciente, pronto para compreender, aprender e pensar. Aí está a chave do sucesso: use-a!

17

18


Carregar ppt "Prof. Dr. Marco Antonio Chaves"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google