A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CURSO: PEDAGOGIA Profª Ms.: Solange Brito Avaliação Educacional.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CURSO: PEDAGOGIA Profª Ms.: Solange Brito Avaliação Educacional."— Transcrição da apresentação:

1 CURSO: PEDAGOGIA Profª Ms.: Solange Brito Avaliação Educacional

2 Eixo Temático: Ação Docente e Sala de Aula; Núcleo de Fundamentos, Organização e Gestão do Trabalho Pedagógico; Tema: Categorias da Avaliação Educacional Conteúdo : - CRITÉRIOS AVALIATIVOS:. Processual. Global. Contextual

3 O ato de avaliar trabalha com a qualidade atribuída por sobre um desempenho que se manifesta com características quantitativas, ou seja, sobre um determinado montante de aprendizagem atribui-se uma qualidade. (Luckesi, 2009)

4 A educação e a avaliação cidadãs devem levar em conta dois lados: não há mudança sem a consciência de permanência; não há processo de estruturação-desestruturação-reestruturação sem domínio teórico das estruturas – a reflexão exige fixidades históricas para se desenvolver; não há percepção da dinâmica sem a consciência crítica da estática; o desejado, o sonho e a utopia só começam a ser construídos a partir da apreensão crítica e domínio do existente, e o processo não pode desconhecer o produto para não condenar seus protagonistas ao ativismo sem fim e sem rumo. (Romão, 1998)

5 critérios avaliativos Princípios básicos para o julgamento da qualidade do processo do Ensino e Aprendizagem. Os critérios definidos serão os balizadores da construção dos instrumentos de avaliação.

6 O que são INSTRUMENTOS AVALIATIVOS? Formas que o professor estabelece previamente para avaliar um conteúdo.

7 CARACTERÍSTICAS DOS INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO: coerentes com o que e como foi trabalhado em sala de aula adequados para coletar os dados necessários sobre a aprendizagem do estudante apresentar boa linguagem, clareza e precisão

8 significar um aprofundamento das aprendizagens do aluno e não um meio de dificultar sua compreensão a respeito de um conteúdo ligados aos critérios avaliativos previamente definidos no Plano de Trabalho do professor Dimensão transformadora do conteúdo como conhecimento histórico, concreto, objetivo e crítico.

9 Exemplos de critérios avaliativos correspondentes aos conteúdos de disciplinas (6º Ano do EF): LÍNGUA PORTUGUESA: Conteúdo: Linguagem gramatical – substantivo Critério de avaliação: Reconhecer os substantivos em um texto

10 Instrumento avaliativo: Neste mês estudamos sobre substantivos e recordamos que eles são palavras variáveis que servem para dar nome às pessoas, às qualidades,aos sentimentos, aos objetos, aos lugares e a todos os seres, sejam reais ou imaginários. Do texto a seguir, marque os substantivos, circulando-os: Lembrança do mundo antigo Clara passeava no jardim com as crianças. O céu era verde sobre o gramado, a água era dourada sobre as pontes, outros elementos eram azuis, róseos, alaranjados, o guarda-civil sorria, passavam bicicletas, a menina pisou a relva para pegar um pássaro, o mundo inteiro, a Alemanha, a China, tudo em tranquilo em redor de Clara. Carlos Drummond de Andrade. Antologia poética. Rio de Janeiro, José Olympio, 1983.

11 MATEMÁTICA: Conteúdo: Expressões numéricas Critério de avaliação: Resolver expressões numéricas com as quatro operações Instrumento avaliativo: Gabriela está brincando de esconde-esconde com seus colegas. Para ajudar Gabriela a encontrar os colegas, calcule as expressões e localize seus esconderijos: Luciana: 1100 – 220 X 4 Alexandre: : 8 Ricardo: 306 X X 14 Priscila: 32 : ( 4 X 2 ) + ( 32 : 4 ) X 2 Mauricio: 113 – 7 X 8 : ( 3 – 1 X 2 ) André: ( 607 – 388 ) X 8 – : 102 Esconderijos Resultados Nomes dos Colegas: Atrás da árvore 20 Atrás da porta 85 Atrás do muro 845 No porão 220 Embaixo da escada 57 Dentro do carro 2736

12 IMPORTANTE!!! SELECIONAR CONTEÚDOS.

13 O docente que planeja suas ações, com segurança e conhecimento dos conteúdos, definindo bem os objetivos (sabendo onde se quer chegar) e como alcançar esses objetivos (metodologia), que segue critérios fidedignos e viáveis, sob uma forma de cobrança precisa (controle), analisando frequentemente os resultados, replanejando sua prática educativa, ratifica que conhece sobre a construção da real aprendizagem dos educandos e que destaca sobre o aprender a aprender em suas ações educacionais e avaliativas.

14 AVALIAÇÃO PROCESSUAL base em critérios claros e que vise,sobretudo, melhorar o desempenho do estudante, e não somente examinar o quanto sabe em função da produção de um resultado levar em consideração o Projeto Político- Pedagógico e o Regimento Escolar das Unidades Escolares.

15 AVALIAÇÃO GLOBAL aluno é avaliado segundo as competências, parâmetros e critérios definidos para as disciplinas, por ano de escolaridade, de forma individual e o seu desempenho não deve ser comparado com o dos demais estudantes. 3 domínios devem ser levados em consideração: Cognitivo (conhecimentos/competências), Sócioafetivo (atitudes e valores) e Psicomotor (aptidões e capacidades); deve ser valorizada a progressão do aluno;

16 AVALIAÇÃO CONTEXTUAL o avaliador deve conhecer os princípios básicos daquilo que se queira avaliar, colhendo informações para elaborar uma proposta. importante que se proceda a uma cuidadosa análise de situação, contextualizando-a, em relação ao projeto a ser avaliado.

17 A avaliação deve centrar-se em toda a informação recolhida no âmbito da avaliação diagnóstica, formativa e somativa. Seja qual for o critério de avaliação, o avaliador deverá participar ativamente do processo, conhecendo sobre o projeto/proposta. Desta forma terá elementos que permitirão contextualizar a avaliação.


Carregar ppt "CURSO: PEDAGOGIA Profª Ms.: Solange Brito Avaliação Educacional."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google