A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CURSO: PEDAGOGIA Profª Ms.: Solange Brito Políticas Públicas, Organização e Funcionamento da Educação Básica.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CURSO: PEDAGOGIA Profª Ms.: Solange Brito Políticas Públicas, Organização e Funcionamento da Educação Básica."— Transcrição da apresentação:

1 CURSO: PEDAGOGIA Profª Ms.: Solange Brito Políticas Públicas, Organização e Funcionamento da Educação Básica

2 Eixo Temático: Sociedade, Educação e Cidadania; Núcleo de Fundamentos, Organização e Gestão do Trabalho Pedagógico; Tema: Organização do Sistema Escolar Brasileiro: níveis e modalidades de ensino Conteúdo: - Educação de Jovens e Adultos - histórico da EJA no Brasil: dificuldades de implantação Referência Bibliográfica: OLIVEIRA, R. P. de & Adrião, T. (orgs.) Organização do ensino no Brasil: níveis e modalidades na Constituição Federal e na LDB. São Paulo : Xamã, p O Ensino Fundamental é uma etapa obrigatória da Educação Básica, sendo dever do Estado e direito público subjetivo, apresenta como objetivo dar a formação básica do cidadão (LDB Art. 32).

3 A Educação de Jovens e Adultos está no contexto das políticas públicas sociais de melhoria da qualidade de vida, que visam à inserção de milhares de pessoas numa sociedade de direitos. Na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional nº 9.394/96, constam no Título V, Capítulo II, Seção V, dois Artigos relacionados, especificamente, à Educação de Jovens e Adultos:

4 Art A educação de jovens e adultos será destinada àqueles que não tiveram acesso ou continuidade de estudos no ensino fundamental e médio na idade própria. § 1º Os sistemas de ensino assegurarão gratuitamente aos jovens e aos adultos, que não puderam efetuar os estudos na idade regular, oportunidades educacionais apropriadas, consideradas as características do alunado, seus interesses, condições de vida e trabalho, mediante cursos e exames. § 2º O Poder Público viabilizará e estimulará o acesso e a permanência do trabalhador na escola, mediante ações integradas e complementares entre si.

5 No Plano Nacional de Educação, temos como um dos objetivos e prioridades: Garantia de Ensino Fundamental a todos os que não tiveram acesso na idade própria ou que não o concluíram. A erradicação do analfabetismo faz parte dessa prioridade, considerando-se a alfabetização de jovens e adultos como ponto de partida e intrínseca desse nível de ensino. A alfabetização dessa população é entendida no sentido amplo de domínio dos instrumentos básico da cultura letrada, das operações matemáticas elementares, da evolução histórica da sociedade humana, da diversidade do espaço físico e político mundial da constituição brasileira. Envolve, ainda, a formação do cidadão responsável e consciente de seus direitos. (Plano Nacional de Educação - introdução: objetivos e prioridades dois).

6 As Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação de Jovens e Adultos,são regulamentadas através do Parecer CEB 11/2000. Diante da criação deste Parecer aconteceu o I ENEJA (Encontro Nacional de Educação de Jovens e Adultos). A Educação de Jovens e Adultos (EJA) perde a função de suprir, de compensar a escolaridade perdida, como mencionado no Parecer 699/72 para reparar, equalizar e qualificar, segundo estudos de Leôncio Soares (2002).

7 A LDBEN 9394/96 fixa a idade de 14 anos para o ingresso na EJA e estabelece uma política de metodologias criativas, criando, de fato uma modalidade de desafios. É neste momento que as idéias de Freire se fortalecem ao pensar a Educação de Jovens e Adultos como uma leitura de mundo, de forma consciente e crítica. Em 1980 há o lançamento do MOBRAL (Movimento Brasileiro de Alfabetização) e em 1988 com a Constituição Federal vigente há o estabelecimento do Direito à Educação de Jovens e Adultos (Art. 208)


Carregar ppt "CURSO: PEDAGOGIA Profª Ms.: Solange Brito Políticas Públicas, Organização e Funcionamento da Educação Básica."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google