A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Orientações para Elaboração de Projetos. Elaborar projetos é uma forma de independência.É uma abordagem para explorar a criatividade humana, a mágica.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Orientações para Elaboração de Projetos. Elaborar projetos é uma forma de independência.É uma abordagem para explorar a criatividade humana, a mágica."— Transcrição da apresentação:

1 Orientações para Elaboração de Projetos

2 Elaborar projetos é uma forma de independência.É uma abordagem para explorar a criatividade humana, a mágica das idéias e o potencial das organizações. É dar vazão para a energia de um grupo, compartilhar a busca da evolução. (Kisil R., 2001)

3 Um projeto compreende a utilização coordenada de recursos humanos, financeiros e materiais dentro de um período de tempo para alcançar objetivos definidos.

4 Elaborar um projeto é visualizar e fomentar todos os recursos necessários ao desenvolvimento de um conjunto de atividades a serem executadas, apresentando os objetivos, os meios que serão utilizados para atingi-los, as fontes de financiamento, e como serão avaliados os resultados.

5 Elementos do Projeto Elementos devem ser observados na formulação de projetos: 1) IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO Necessário apresentar o título do projeto, o local em que será implementado, a duração do projeto e o início previsto. Título do Projeto - deve indicar de maneira sintética o conteúdo do projeto a ser apoiado (fornecer uma idéia inicial). Ex.: Capacitação para Elaboração de Projetos.

6 Elementos do Projeto 2) IDENTIFICAÇÃO DO PROPONENTE/EXECUTOR Necessário conter as seguintes informações: nome, endereço completo, forma jurídica, CGC, representante legal e ato que lhe atribui competência, coordenador do projeto e seu endereço. Deve-se mencionar todos os parceiros do projeto, destacando quem é o proponente e quem participará da execução.

7 Elementos do Projeto 3) HISTÓRICO DE EXPERIÊNCIA DA INSTITUIÇÃO PROPONENTE/EXECUTORA Necessário apresentar uma descrição sucinta dos trabalhos realizados pela instituição, principais resultados e conquistas realizadas. Demonstrar a experiência e a aptidão da instituição em desenvolver trabalhos semelhantes ao proposto, razão porque irá obter sucesso.

8 Elementos do Projeto 4) CARACTERIZAÇÃO DO PROBLEMA Neste campo é fundamental destacar que o projeto é uma resposta a um determinado problema percebido. É, freqüentemente, um dos elementos que mais contribui na aprovação do projeto pela(s) entidade(s) financiadora(s). Neste campo é importante apresentar o problema central do projeto, ou seja, qual a questão ou situação que motivou a sua realização. A clara formulação da questão central do projeto é importante para o seu planejamento e execução.

9 Elementos do Projeto 5) JUSTIFICATIVA Deve-se apresentar ao leitor o porquê é importante realizar o projeto. A justificativa deve apresentar respostas a questão POR QUE? Por que executar o projeto? Por que ele deve ser aprovado e implementado?

10 Elementos do Projeto 5) JUSTIFICATIVA Qual a relevância desse problema/questão? Qual o alcance do projeto diante do problema que será/foi abordado? Quais os benefícios econômicos, sociais e ambientais a serem alcançados pela comunidade e os resultados para a região? Atenção: deve-se estar atento para o número de caracteres determinado nos Editais. Recomenda- se, objetividade, clareza e coerência.

11 Elementos do Projeto 6)METODOLOGIA Neste campo faz-se necessário descrever de maneira clara e definida, as formas e técnicas que serão utilizadas para implementar o projeto. A metodologia responde as questões como: a)Como o projeto vai atingir seus objetivos?; b)Como começarão as atividades?; c)Como serão coordenadas e gerenciadas as atividades?;

12 Elementos do Projeto 6)METODOLOGIA e) Como e em que momentos haverá a participação e envolvimento direto do grupo social?. Recomenda-se ainda, apresentar o tipo de atuação a ser desenvolvida: pesquisa, diagnóstico, intervenção ou outras; que procedimentos (métodos, técnicas e instrumentos, etc.) serão adotados e como será a avaliação e a divulgação.

13 Elementos do Projeto 6)METODOLOGIA Atenção: orienta-se que a metodologia compreenda alguns pontos: a gestão participativa, o acompanhamento técnico, sistemático e contínuo e o desenvolvimento de ações de socialização, informações e de conhecimentos entre a comunidade envolvida.

14 Elementos do Projeto 7) PÚBLICO-ALVO Compreende o conjunto de pessoas que se pretende atender com a execução do projeto, em relação ao qual serão avaliados os resultados. Atenção: recomenda-se para a definição do público-alvo evitar generalizações que não correspondam efetivamente ao grupo de pessoas contempladas pelos resultados do projeto.

15 Elementos do Projeto 8) OBJETIVO GERAL Apresenta a finalidade principal do projeto, com clareza e objetividade. Trata-se do alvo que se deseja atingir; e, desta forma, deve possuir uma ligação direta com as necessidades do público-alvo. Neste sentido, o objetivo geral compreende uma síntese da transformação desejada no público-alvo ou junto a ele.

16 Elementos do Projeto 8) OBJETIVO GERAL Atenção: o objetivo geral deve ser descrito em um texto que se inicie por um verbo no infinitivo indicando a transformação (benefício) almejada.

17 Elementos do Projeto 9) OBJETIVOS ESPECÍFICOS Compreende todos os demais objetivos periféricos que serão atingidos e que beneficiarão o público alvo e são decorrentes das atividades ou ações desenvolvidas no projeto. Atenção: não confundir objetivos específicos com resultados; pois os resultados esperados estão diretamente relacionados aos objetivos específicos.

18 Elementos do Projeto 10) META Compreende uma definição precisa dos objetivos específicos do projeto e constitui uma forma de descrever os resultados esperados a partir das intervenções realizadas. Recomenda-se que as metas devem quantificar os resultados esperados, estabelecendo prazos para a sua realização; desta forma, quanto melhor descrita e dimensionada for apresentada uma meta, mais fácil será definir os indicadores que irão permitir evidenciar o seu alcance.

19 Elementos do Projeto 10) META Atenção: para cada objetivo específico é apresentada uma ou mais metas. Contudo, nem todas as instituições financiadoras exigem a descrição de objetivos específicos e metas separadamente.

20 Elementos do Projeto 11) PLANO DE IMPLEMENTAÇÃO Apresenta as ações para o alcance de determinado objetivo específico, identificando o tempo de execução de cada atividade.

21 Elementos do Projeto 12) RECURSOS Compreende os recursos de pessoal, meios físicos, logísticos, informacionais e financeiros necessários para a realização das ações, com suas respectivas fontes.

22 Elementos do Projeto 13) CRONOGRAMA O cronograma é a disposição gráfica do tempo em que as atividades/ações serão realizadas, permitindo uma visualização da seqüência em que acontecerão. Neste sentido, o cronograma responde a pergunta QUANDO?

23 Elementos do Projeto 14) ORÇAMENTO O orçamento é um cronograma financeiro do projeto, onde estão indicados os recursos e suas respectivas fontes. Resumidamente, pode-se destacar que o orçamento responde as questões: quanto custará o projeto, quando se darão as despesas e quando os recursos deverão estar disponíveis.

24 Elementos do Projeto 14) ORÇAMENTO Atenção: existem diferentes tipos de despesas que podem ser agrupadas, como por ex.: material de consumo; custos administrativos; serviços de terceiros; diárias e hospedagem; material permanente; obras e instalações. No orçamento as despesas devem ser descritas de forma agrupada; contudo, os agentes de fomento solicitam uma descrição detalhada de todos os custos, que é chamada memória de cálculo..

25 Elementos do Projeto 14.1) Contrapartida A contrapartida representa todas as despesas que ficam sob a responsabilidade da instituição proponente do projeto. As contrapartidas podem existir em qualquer categoria de despesas, pois todo recurso a ser utilizado deve ter o valor financeiro citado claramente, sejam recursos humanos ou recursos materiais. Desta forma, as tabelas orçamentárias devem apresentar a fonte de recursos: da instituição financiadora ou como contrapartida da instituição solicitante.

26 Elementos do Projeto 15) REVISÃO BIBLIOGRÁFICA É importante apresentar algumas referências bibliográficas que possam conceituar o problema, ou servir de base para a ação. Estas referências permitirão que os agentes de fomento percebam a interação ao nível conceitual/teórico do(s) autor(es) do projeto em questão.

27 Bibliografia Recomendada: COHEN, Ernesto e FRANCO, Rolando. Avaliação de Impacto de Projetos Sociais. Rio de Janeiro: editoraVozes, GIL, A C. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo:Atlas,1988. GIL, Antônio Carlos. Métodos e técnicas de Pesquisa Social. São Paulo: Atlas, KIDDER, Louise H. Métodos de Pesquisa nas Relações Sociais. São Paulo: EPU, 2.v., KISIL, Rosana. Elaboração de Projetos e Propostas para Organizações da Sociedade Civil. São Paulo. Global, KISIL, Rosana. Manual de Elaboração de Projetos e Propostas. Universidade de São Paulo, l995. LAKATOS, Eva M ; MARCONI, Marina de Andrade. Fundamentos de Metodologia Científica. São Paulo: Atlas, LUNKES, R. J. Manual de orçamento. São Paulo : Atlas, TENÓRIO, Fernando F. G. Elaboração de Projetos Comunitários. Rio de Janeiro: Loyola, 1995.


Carregar ppt "Orientações para Elaboração de Projetos. Elaborar projetos é uma forma de independência.É uma abordagem para explorar a criatividade humana, a mágica."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google