A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Aula 12 REPÔR AULA. Aula 13 Orçamento de Vendas e Orçamento de Produção.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Aula 12 REPÔR AULA. Aula 13 Orçamento de Vendas e Orçamento de Produção."— Transcrição da apresentação:

1 Aula 12 REPÔR AULA

2 Aula 13 Orçamento de Vendas e Orçamento de Produção

3 ORÇAMENTOS

4 ORÇAMENTO DE ESTOQUES

5 É de grande relevância para a organização. Através dele é possível identificar o excesso ou a falta de itens disponíveis. Quando não se verifica a falta desses itens, frequentemente resulta na impossibilidade de cumprir datas de entrega.

6 ORÇAMENTO DE ESTOQUES Representam um investimento substancial e afetam de maneira específica ao setor de vendas, pois os estoques são necessários para atender as exigências do mercado com rapidez. No tocante à produção, os estoques são necessários para assegurar disponibilidades para a fabricação. Quanto às compras, quando são adquiridas em maior volume, há uma redução dos custos devido a descontos e melhor forma de pagamento.

7 Os objetivos das políticas de estoques devem ser: (1) Planejar o nível ótimo do investimento em estoques; e (2) Por meio de controle, manter os níveis ideais planejados tanto quanto for possível. ORÇAMENTO DE ESTOQUES

8 ORÇAMENTO DE MÃO DE OBRA

9 Deve estar harmonizado à estrutura do plano anual de resultados; Deve especificar o número planejado de horas de mão de obra direta e o custo por área de responsabilidade (departamento ou centro de custos), período (mês e/ou trimestre) e produto.

10 ORÇAMENTOS

11 ORÇAMENTO DE MARKETING

12 É possível identificar os gastos necessários para implementação do plano de marketing, bem como efetuar as análises de lucros/perdas e de retorno/viabilidade do plano de marketing. Em muitos ramos de atividade, os gastos de marketing representam uma porcentagem substancial do custo total das empresas.

13 A definição sobre o montante de gastos em marketing é uma decisão difícil e de elevado risco. Trata-se de uma decisão que requer muita análise e informações, e cujo resultado pode afetar seriamente o desempenho de marketing e a rentabilidade desejada pela empresa. ORÇAMENTO DE MARKETING

14 Para estruturação e implementação de uma sistemática de orçamento de despesas de marketing, há necessidade de discutir sobre várias questões, sendo as principais as seguintes: a) Qual deve ser a amplitude do orçamento de despesas de marketing? b) Quais os tipos e itens de despesas que compõem o orçamento de despesas de marketing? ORÇAMENTO DE MARKETING

15 c) Qual a abrangência e o formato de apresentação do orçamento de despesas de marketing? d) Como devem ser contabilizadas as despesas de marketing? e) Quem deve ser o responsável pela elaboração e aprovação do orçamento de despesas de marketing? ORÇAMENTO DE MARKETING

16 f) Qual o método utilizado para definição do montante de gastos de marketing e como distribuir a verba pelas diversas ferramentas/ atividades de marketing? g) Como serão efetuados o controle e monitoramento do orçamento de despesas de marketing? ORÇAMENTO DE MARKETING

17 ORÇAMENTO DE VENDAS

18 ORÇAMENTOS DE VENDAS Estimando as quantidades de cada produto que a empresa planeja vender e o preço praticado, é necessário determinar o valor da receita total que será obtida, como condições básicas desta venda, a vista ou a prazo, desencadeando os custos de fabricação e despesas de venda.

19 ORÇAMENTOS DE VENDAS A primeira coisa a fazer é definir os fatores limitadores e as restrições, verificando o ambiente interno e externo que podem interferir na previsão das vendas da empresa. O orçamento de vendas constitui um plano das vendas da empresa, para determinado período de tempo. Sua função principal é a determinação do nível de atividades futuras da empresa.

20 – Restrições Internas Capacidade produtiva insuficiente Estrutura administrativa inadequada Pessoal interno inabilitado Insuficiência de capital de giro – Restrições Externas Política de comércio exterior desfavorável Política monetária (crédito e taxa de juros) desfavorável Mercado fornecedor precário Restrição de mão-de-obra externa ORÇAMENTOS DE VENDAS

21 FATORES E FONTES DE INFORMAÇÕES dados históricos, como tendências de vendas da empresa, competidores e a indústria (se disponíveis); tendências econômicas gerais ou fatores como taxas inflacionárias, taxas de juros, crescimento da população e gasto pessoal.; fatores regionais e locais que afetam as vendas; mudanças de preço previstas, em custos de compras e de vendas; planos de marketing previstos; o impacto de novos produtos ou mudanças na linha de produtos inteira; e outros fatores, como eventos políticos e legais e mudanças de tempo. ORÇAMENTOS DE VENDAS

22 São as previsões de vendas para um determinado período orçamentário. Estima-se: as quantidades de cada produto e serviço que a empresa planeja vender ou prestar; define o preço a ser praticado; impostos incidentes; a receita a ser gerada; a quantidade de clientes a serem atendidos; as condições básicas das vendas, a vista ou a prazo. ORÇAMENTOS DE VENDAS

23 Todos os demais orçamentos parciais são desenvolvidos em função do orçamento de vendas, ou seja, tendo-se determinado o que será vendido, em que quantidade e quando, e conta-se com informações principais para a determinação dos recursos necessários para o atendimento dessas vendas em quantidade, qualidade e por período de tempo. ORÇAMENTOS DE VENDAS

24 O primeiro orçamento é o de vendas. A partir dele pode-se elaborar todos os outros. Ao elaborar o orçamento de vendas, a empresa deve considerar os seguintes aspectos: Orçamento de quantidade: quantidade real vendida no ano anterior; previsão de aumento da demanda; Orçamento de preços: preço de venda real; estimativa de aumento de preços.; Orçamento da Receita de vendas: impostos sobre as vendas; devoluções, descontos e deduções; Orçamento de clientes: percentual de vendas a prazo; prazo médio para recebimento de duplicatas; provisão para créditos incobráveis. ORÇAMENTOS DE VENDAS

25 EXEMPLO

26 Orçamento de quantidades Orçamento de quantidade Dados Produto A Produto B Total Quantidade realunidades Aumento previsto7%6% Quantidade orçadaunidades Aumento de 7% nas vendas Aumento de 6% nas vendas

27 Orçamento de preços Produto AProduto B Preço de venda realR$ 12,00R$ 21,00 Estimativa de reajuste4%5% Preço de venda orçadoR$ 12,48R$ 22,05 Aumento de 4% no preço Aumento de 5% no preço

28 Orçamento da Receita de Vendas Orçamento da Receita de Vendas DadosProduto AProduto BTotal Receita operacional brutaR$ , , ,50 Impostos sobre vendas26.25% , , ,93 Receita operacional líquida R$ , , ,57

29 Orçamento de clientes DadosProduto AProduto BTotal Prazo médio de recebimentodias Saldo de duplicatas a receberR$55.640, , ,13 Provisão para créditos incobráveis2%1.112, , ,32 Saldo de duplicatas a receber líquidoR$54.527, , ,80 Separar as vendas à vista das vendas a prazo, se for o caso. O orçamento é anual, portanto, dividir o prazo das duplicatas pelos dias no ano.

30 RESUMODadosProduto AProduto BTotal 1 - Orçamento de quantidade Quantidade realunidades 50,00066,500116,500 Aumento previsto7.0%6.0% Quantidade orçadaunidades 53,50070, , Orçamento de preços Preço de venda atual $12.00 $21.00 Estimativa de reajuste4.00%5.00% Preço de venda orçado $12.48 $ Orçamento da Receita de Vendas Receita operacional bruta $667,680.00$1,554,304.50$2,221, Impostos sobre vendas26.25% $175, $408, $583, Receita operacional líquida $492,414.00$1,146,299.57$1,638, Orçamento de clientes Prazo médio de recebimentodias Saldo de duplicatas a receber $55, $388, $444, Provisão para créditos incobráveis2% $1, $7, $8, Saldo de duplicatas a receber líquido $54, $380, $435, Orçamento geral


Carregar ppt "Aula 12 REPÔR AULA. Aula 13 Orçamento de Vendas e Orçamento de Produção."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google