A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

AULA: 26/02/2014 TEMA: ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS: DAS ORGANIZAÇÕES BUROCRÁTICAS ÀS ORGANIZAÇÕES DE APRENDIZAGEM PERÍODO 3 PROFESSOR WASHINGTON BRUM.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "AULA: 26/02/2014 TEMA: ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS: DAS ORGANIZAÇÕES BUROCRÁTICAS ÀS ORGANIZAÇÕES DE APRENDIZAGEM PERÍODO 3 PROFESSOR WASHINGTON BRUM."— Transcrição da apresentação:

1 AULA: 26/02/2014 TEMA: ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS: DAS ORGANIZAÇÕES BUROCRÁTICAS ÀS ORGANIZAÇÕES DE APRENDIZAGEM PERÍODO 3 PROFESSOR WASHINGTON BRUM

2 Como Uma Onda Lulu Santos Nada do que foi será De novo do jeito que já foi um dia Tudo passa Tudo sempre passará A vida vem em ondas Como um mar Num indo e vindo infinito Tudo que se vê não é Igual ao que a gente Viu há um segundo Tudo muda o tempo todo No mundo Não adianta fugir Nem mentir Pra si mesmo agora Há tanta vida lá fora Aqui dentro sempre Como uma onda no mar Como uma onda no mar Como uma onda no mar

3 Reflexão da música apresentada Entendemos que as organizações devem seguir as orientações apresentadas na canção: Nada pode e deve ser permanente ou para sempre; As coisas são móveis e não estáticas; É preciso sofrer transformações e adaptações constantemente. Atividade em grupo Um breve debate: 1.Como são os processos e as inovações na empresa/escola que você trabalha? 2.A escola de hoje é a mesma do século passado? Quais são as principais mudanças? 3.Você já participou ou vivenciou alguma mudança significativa na empresa/escola que você trabalha?

4 Estudaremos nesta aula dois modelos de administração de uma organização: Para relembrar: Conceitos e elementos que caracterizam as organizações, segundo Chiavenato (2009) e Silva (2005). Instituições complexas e dinâmicas; São constituídas por pessoas, sendo assim, toda a complexidade das relações humanas são vivenciadas no interiro das organizações; Trabalho em equipe com um único objetivo; É necessário coordenação, orientação, planejamento e controle; Necessita de um administrador que orienta as atividades executadas, a partir da divisão do trabalho, desde a mais simples até a mais complexa. BUROCÁTICO - APRENDIZAGEM

5 MAX WEBER Como afirma Chiavenato (2003), Max Weber foi o primeiro teórico da abordagem burocrática. Ele acreditava que a burocracia era a organização por excelência e a mais eficiente. Sua preocupação está na racionalidade, entendida como a adequação dos meios aos fins. No entanto, como ressalta Maximiniano (2000, p.88), Weber não defendia um modelo padrão para ser aplicado, apenas esquematizou as principais características da burocracia existente. ADMINISTRAÇÃO CLÁSSICA Foi inaugurada por engenheiros e industriais, sua preocupação era com a técnica e a mecanização, pois visavam a produção em larga escala e a eficiência.

6 MODELO BUROCRÁTICO Nascida no início do século XX na Europa, agregou técnica e pessoas, sendo a organização pessoal um dos aspectos valorizados. Ressaltou a racionalidade técnica, sem abdicar das relações humanas. Segundo Silva (2005), a escola da burocracia abriu uma nova visão na perspectiva administrativa, introduzindo o estudo do seu aspecto institucional (p.159). Com o crescimento das Instituições e a intensificação de sua complexidade, a operacionalização técnica e mecânica já não atendia mais as necessidades das instituições. Alguns teóricos afirmam que a burocracia trouxe para a administração as papeladas e os documentos como resultado de sua reorganização do trabalho nas organizações.

7 CONTRIBUIÇÕES DE WEBER PARA A ORGANIZAÇÃO BUROCRÁTICA DIVISÃO DO TRABALHO Atividades desmembradas em tarefas simples. HIERARQUIA DE AUTORIDADEEmpregados organizados de modo a formar hierarquia. RACIONALIDADETodos os membros são selecionados com base na qualificação técnica para um desempenho adequado. REGRAS E PADRÕESDecisões gerenciadas por regras, disciplinas e controle. COMPROMISSO PROFISSIONALTrabalham em troca de salários fixos e não são os donos do negócio. REGISTROS ESCRITOSDetalhamento das transações da organização. IMPESSOALIDADERegras aplicadas de modo uniforme e imparcial para todos os funcionários. (Fonte: Silva, 2005, p.161 – 162).

8 ORGANIZAÇÕES DE APRENDIZAGEM Através da música do início da aula, constatamos que nada é permanente, tudo se transforma, afinal nada do que foi será igual ao que a gente viu a um segundo; Em função das mudanças sociais e inovações tecnológicas, novas demandas são introduzidas nas organizações; Ela representa as transformações ocorridas, novas dimensões ganham centralidade, como a capacidade de adaptação e mudanças; As organizações que não se adaptarem as transformações, correm risco de falência. É aquela que desenvolve capacidade contínua de adaptação e mudança; É aquela que está continuamente desenvolvendo e mudando a forma de manter a empresa competitiva no futuro (CHIAVENATO, 2009, p.245); A teoria é recente, mas é direcionada a toda e qualquer instituição capaz de criar, adquirir, transferir conhecimento e modificar seu comportamento; Tal organização tem seu fundamento na transformação; Reconhece a visão compartilhada, abandonam a padronização na execução de trabalhos, os interesses pessoais são considerados.

9 DOMINIO PESSOALAspiração, consiste em aprender a gerar e manter criativa. MODELOS MENTAISReflexão e questionamentos VISÃO COMPARTILHADAVisão coletiva que visa estabelecer objetivos comuns. APRENDIZADO EM EQUIPEInteração grupal para aprendizagem em grupo. RACIONCÍNIO SISTÊMICOVisão da globalidade. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA: Parte II. In. CHIAVENATO. Idalberto. Administração de Recursos Humanos: Fundamentos básicos. 7. Ed. Ver. E atual. – Barueri, SP: Manole, IN. SILVA, R. O. Teorias da Administração. São Paulo: Pioneira, 2001.


Carregar ppt "AULA: 26/02/2014 TEMA: ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS: DAS ORGANIZAÇÕES BUROCRÁTICAS ÀS ORGANIZAÇÕES DE APRENDIZAGEM PERÍODO 3 PROFESSOR WASHINGTON BRUM."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google