A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA A CRISE DA MONARQUIA Base de sustentação – Partidos políticos (liberal e conservador), que representavam a aristocracia rural,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA A CRISE DA MONARQUIA Base de sustentação – Partidos políticos (liberal e conservador), que representavam a aristocracia rural,"— Transcrição da apresentação:

1 A PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA A CRISE DA MONARQUIA Base de sustentação – Partidos políticos (liberal e conservador), que representavam a aristocracia rural, as forças armadas e a Igreja Católica. QUESTÃO MILITAR: descaso com os salários, pensões e promoções; militares criticam a Monarquia em público. QUESTÃO RELIGIOSA: D. Pedro II manda prender o bispo de Olinda e Recife, porque não aceitava maçons na igreja (era uma ordem papal). QUESTÃO RURAL: Com a abolição dos escravos o Império perdeu o apoio dos barões do café.

2 A REPÚBLICA VELHA Manteve a estrutura agrária centrada na produção cafeeira. Na cultura, o fato mais importante foi a Semana de Arte Moderna de 1922, em São Paulo. Foi um movimento artístico literário que mobilizou grande parte dos intelectuais brasileiros, que tentavam romper com os padrões estéticos brasileiros.

3 O GOLPE DE 15 DE NOVEMBRO Auge da crise do Império: transformações socioeconômicas e avanço do capitalismo; aspirações políticas da burguesia cafeeira; desconfiança em torno dos sucessores de Pedro II (princesa Isabel e Conde D Eu); enfraquecimento das bases de apoio da monarquia (Exército, Igreja e aristocracia rural). Visconde de Ouro Preto tentou fazer algumas reformas liberais que não foram aceitas pelos conservadores da Câmara dos Deputados, e piorou as coisas. Favorável ao Estado republicano, o Exército assumiu a liderança da luta contra a monarquia e preparou o golpe militar que deu origem à República (Marechal Deodoro da Fonseca, 15 de novembro de 1889).

4 A REPÚBLICA VELHA Manteve a estrutura agrária centrada na produção cafeeira. REPÚBLICA DA ESPADA – 1889 A 1894 – FASE MILITAR GOVERNO PROVISÓRIO(1889 a 1891) - Marechal Deodoro da Fonseca. Primeiras Medidas: dissolução da Câmara dos Deputados, das Assembléias Provinciais e das Câmaras Municipais; Extinção do Conselho de Estado e da vitaliciedade dos senadores; separação entre Igreja e Estado e liberdade de culto; transformação das províncias em estados; criação da bandeira republicana e expulsão da família real. Promulgação da Constituição de 1891, cujas principais características eram: sistema presidencialista; três poderes: Executivo, Legislativo e Judiciário; eleições diretas para cargos do Executivo e do Legislativo; federalismo: autonomia administrativa e financeira para os Estados; voto descoberto e permitido apenas aos homens alfabetizados maiores de 21 anos, excluindo soldados, mendigos e religiosos. Crise do encilhamento (ministro Rui Barbosa): emissão de moeda e facilidade de crédito visando incentivar a industrialização; desvalorização da moeda, inflação alta e especulação;

5 GOVERNO DE DEODORO DA FONSEÇA Foi eleito indiretamente pelo Congresso Nacional, enfrentou forte oposição do Poder Legislativo e renunciou após uma frustrada tentativa de ocupar e fechar o Congresso; o vice-presidente Floriano Peixoto resistiu à dissolução do Legislativo e assumiu o poder. Primeira Revolta da Armada (RJ), movimento monarquista; reação da Marinha contra a proclamação da República. O GOVERNO DE FLORIANO PEIXOTO – 1891 a 1894 Consolidação do regime republicano e vitória sobre os movimentos monarquistas. Segunda Revolta da Armada (RJ): novo levante da Marinha.

6 O GOVERNO DE FLORIANO PEIXOTO – 1891 a 1894 Consolidação do regime republicano e vitória sobre os movimentos monarquistas. Segunda Revolta da Armada (RJ): novo levante da Marinha. Revolução Federalista (RS): defendiam reformas na Constituição estadual, limitação do poder presidencial e não aceitavam o governo de Júlio de Castilhos. Apesar da expansão do movimento para Santa Catarina e Paraná, o movimento federalista foi detido pelas tropas de Floriano Peixoto na cidade paranaense da Lapa.


Carregar ppt "A PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA A CRISE DA MONARQUIA Base de sustentação – Partidos políticos (liberal e conservador), que representavam a aristocracia rural,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google