A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

TRANSIÇÃO DO FEUDALISMO PARA O CAPITALISMO FEUDALISMO Do séc. V ao séc. X Alta Idade Média ECONOMIA DE SUBSISTÊNCIA Só plantavam para comer PODER DESCENTRALIZADO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "TRANSIÇÃO DO FEUDALISMO PARA O CAPITALISMO FEUDALISMO Do séc. V ao séc. X Alta Idade Média ECONOMIA DE SUBSISTÊNCIA Só plantavam para comer PODER DESCENTRALIZADO."— Transcrição da apresentação:

1 TRANSIÇÃO DO FEUDALISMO PARA O CAPITALISMO FEUDALISMO Do séc. V ao séc. X Alta Idade Média ECONOMIA DE SUBSISTÊNCIA Só plantavam para comer PODER DESCENTRALIZADO Cada feudo exercia o seu poder O REI ERA UMA FIGURA POLÍTICA Não tinha poder econômico

2 Renascimento comercial e urbano Baixa Idade Média – séculos XI ao XV Cessa as invasões bárbaras; Cresce a população (falta alimentos); Volta o comércio; Surgem as feiras (origem dos burgos); Ampliação do consumo = aumento da produção; Ressurge, assim, as cidades (antigos burgos).

3 A igreja por sua vez fortalecia o comércio através das CRUZADAS. O FEUDALISMO ERA UM ENTRAVE PARA O COMÉRCIO: SOBREGARCA DE IMPOSTOS, DIFERENTES MOEDAS, HAVIAM PEDÁGIOS

4 A FORMAÇÃO DAS MONARQUIAS NACIONAIS A burguesia, que se formava e se fortalecia dentro dos burgos, tinha dinheiro e queria mais lucro. Os reis, que tinham apenas prestígio, queriam retomar os poderes político e econômico. Assim, rei e burguesia (que representavam o capitalismo) fazem uma aliança contra os senhores feudais.

5 O que queriam: Rei – centralizar o poder; Burguesia – liberdade para comercializar; Surge então a formação do Estado moderno = monarquia absolutista. Principais monarquias nacionais: Portugal, Inglaterra, França e Holanda.

6 AS GRANDES NAVEGAÇÕES Os europeus faziam navegação costeira; Acreditavam que a terra era plana e que havia monstros no mar; Os instrumentos de navegação eram poucos e precários; O mar Mediterrâneo estava tomado pelos árabes e italianos.

7 AS GRANDES NAVEGAÇÕES FATORES ECONÔMICOS: Renascimento comercial (as feiras) e urbano (os burgos e as cidades). Crises do século XIV: Fomes; Peste Negra (conhecida peste bubônica); Guerras.

8 AS GRANDES NAVEGAÇÕES FATORES POLÍTICOS: Aliança entre o rei e a burguesia; Formação dos Estados Nacionais; Centralização do poder; Invasão de Constantinopla em 1453 pelos turcos otomanos, o que encareceu as especiarias. Temos aqui o fim da Idade Média e o início da Idade Moderna, que vai até 1789.

9

10 AS GRANDES NAVEGAÇÕES FATORES SÓCIO-ECONÔMICOS: Ideais renascentistas; Espírito de aventura e esperança de riqueza; Religiosidade = Igreja Católica queria ampliar seus domínios; Avanço das técnicas de navegação – Caravelas com velas triangulares, bússola, astrolábio, novos mapas marítimos.

11 Astrolábio planisférico de Nicol Patenal 1616 (frente) existente no Museu da Marinha, Lisboa Astrolábio Náutico de fabrico português existente no Museu de Marinha de Lisboa Bussola Chinesa A bússola é um instrumento muito antigo que permite ao homem orientar-se quando se desloca. Não se sabe ao certo se foram os Árabes ou os Chineses que a divulgaram na Europa.


Carregar ppt "TRANSIÇÃO DO FEUDALISMO PARA O CAPITALISMO FEUDALISMO Do séc. V ao séc. X Alta Idade Média ECONOMIA DE SUBSISTÊNCIA Só plantavam para comer PODER DESCENTRALIZADO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google