A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

I Domingo da Quaresma Ano A SEDE A ROCHA DO MEU REFÚGIO SENHOR E A FORTALEZA DA MINHA SALVAÇÃO PARA A GLÓRIA DO VOSSO NOME, GUIAI-NOS E LIBERTAI-NOS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "I Domingo da Quaresma Ano A SEDE A ROCHA DO MEU REFÚGIO SENHOR E A FORTALEZA DA MINHA SALVAÇÃO PARA A GLÓRIA DO VOSSO NOME, GUIAI-NOS E LIBERTAI-NOS."— Transcrição da apresentação:

1

2

3 I Domingo da Quaresma Ano A

4 SEDE A ROCHA DO MEU REFÚGIO SENHOR E A FORTALEZA DA MINHA SALVAÇÃO PARA A GLÓRIA DO VOSSO NOME, GUIAI-NOS E LIBERTAI-NOS

5 Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amén! A graça de Nosso Senhor Jesus Cristo, o amor do Pai e a Comunhão do Espírito Santo estejam convosco. Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo. Irmãos, para celebrar dignamente os Santos Mistérios reconheçamos que somos pecadores (momento de silêncio)

6 Confessemos os nossos pecados: Confesso a Deus Todo-Poderoso e a vós, irmãos, que pequei muitas vezes por pensamentos e palavras, atos e omissões, (batendo no peito) por minha culpa, minha tão grande culpa. E peço à Virgem Maria, aos Anjos e Santos, e a vós, irmãos, que rogueis por mim a Deus, Nosso Senhor. Deus Todo-Poderoso tenha compaixão de nós perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna. Ámen!

7 Senhor tem piedade, Senhor tem piedade Senhor tem piedade de nós. Cristo tem piedade, Cristo tem piedade Cristo tem piedade de nós. Senhor tem piedade, Senhor tem piedade Senhor tem piedade de nós.

8 ORAÇÃO COLECTA Concedei-nos, Deus omnipotente, que, pela observância quaresmal, alcancemos maior compreensão do mistério de Cristo e a nossa vida seja dele um digno testemunho. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo. Amén.

9 Gen 2, 7-9; 3, 1-7 «A criação e o pecado dos nossos primeiros pais»

10 LEITURA I Gen 2, 7-9; 3, 1-7 Leitura do Livro do Génesis O Senhor Deus formou o homem do pó da terra, insuflou em suas narinas um sopro de vida, e o homem tornou-se um ser vivo. Depois, o Senhor Deus plantou um jardim no Éden, a oriente, e nele colocou o homem que tinha formado. Fez nascer na terra toda a espécie de árvores, de frutos agradáveis à vista e bons para comer,

11 LEITURA I Gen 2, 7-9; 3, 1-7 entre as quais a árvore da vida, no meio do jardim, e a árvore da ciência do bem e do mal. Ora, a serpente era o mais astucioso de todos os animais dos campos que o Senhor Deus tinha feito. Ela disse à mulher: «É verdade que Deus vos disse: Não podeis comer o fruto de nenhuma árvore do jardim?». A mulher respondeu:

12 LEITURA I Gen 2, 7-9; 3, 1-7 «Podemos comer o fruto das árvores do jardim; mas, quanto ao fruto da árvore que está no meio do jardim, Deus avisou-nos: Não podeis comer dele nem tocar-lhe, senão morrereis». A serpente replicou à mulher: «De maneira nenhuma! Não morrereis. Mas Deus sabe que, no dia em que o comerdes, abrir-se-ão os vossos olhos e sereis como deuses,

13 LEITURA I Gen 2, 7-9; 3, 1-7 ficando a conhecer o bem e o mal». A mulher viu então que o fruto da árvore era bom para comer e agradável à vista, e precioso para esclarecer a inteligência. Colheu fruto da árvore e comeu; depois deu-o ao marido, que comeu juntamente com ela. Abriram-se então os seus olhos e compreenderam que estavam despidos.

14 LEITURA I Gen 2, 7-9; 3, 1-7 Por isso, entrelaçaram folhas de figueira e cingiram os rins com elas. Palavra do Senhor. Graças a Deus

15

16 Salmo 50 (51), a (R. cf. 3a)Refrão: Pecámos, Senhor: tende Piedade de nós.

17 Rom 5, «Onde abundou o pecado, superabundou a graça»

18 LEITURA II Rom 5, Leitura da Epístola do apóstolo São Paulo aos Romanos Irmãos: Assim como por um só homem entrou o pecado no mundo e pelo pecado a morte, assim também a morte atingiu todos os homens, porque todos pecaram. De facto, até à Lei, existia o pecado no mundo. Mas o pecado não é levado em conta, se não houver lei.

19 LEITURA II Rom 5, Entretanto, a morte reinou desde Adão até Moisés, mesmo para aqueles que não tinham pecado por uma transgressão à semelhança de Adão, que é figura dAquele que havia de vir. Mas o dom gratuito não é como a falta. Se pelo pecado de um só todos pereceram, com muito mais razão a graça de Deus, dom contido na graça de um só homem, Jesus Cristo, se concedeu com abundância a todos os homens.

20 LEITURA II Rom 5, E esse dom não é como o pecado de um só: o julgamento que resultou desse único pecado levou à condenação, ao passo que o dom gratuito, que veio depois de muitas faltas, leva à justificação. Se a morte reinou pelo pecado de um só homem, com muito mais razão, aqueles que recebem com abundância a graça e o dom da justiça, reinarão na vida por meio de um só, Jesus Cristo.

21 LEITURA II Rom 5, Porque, assim como pelo pecado de um só, veio para todos os homens a condenação, assim também, pela obra de justiça de um só, virá para todos a justificação que dá a vida. De facto, como pela desobediência de um só homem, todos se tornaram pecadores, assim também, pela obediência de um só, todos se tornarão justos. Palavra do Senhor. Graças a Deus

22 Aclamação Misericórdia Domini im aeternum Cantabo Nem só de pão vive o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus.

23 Mt 4, 1-11 «Jesus jejua durante quarenta dias e é tentado»

24 EVANGELHO Mt 4, 1-11 O Senhor esteja convosco, Ele está no meio de Nós. Evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo segundo S. Mateus Glória a Vós, Senhor!

25 EVANGELHO Mt 4, 1-11 Naquele tempo, Jesus foi conduzido pelo Espírito ao deserto, a fim de ser tentado pelo Diabo. Jejuou quarenta dias e quarenta noites e, por fim, teve fome. O tentador aproximou-se e disse-lhe: «Se és Filho de Deus, diz a estas pedras que se transformem em pães». Jesus respondeu- lhe: «Está escrito: Nem só de pão vive o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus».

26 EVANGELHO Mt 4, 1-11 Então o Diabo conduziu-O à cidade santa, levou-O ao pináculo do templo e disse-Lhe: «Se és Filho de Deus, lança-Te daqui abaixo, pois está escrito: Deus mandará aos seus Anjos que te recebam nas suas mãos, para que não tropeces em alguma pedra». Respondeu-lhe Jesus: «Também está escrito: Não tentarás o Senhor teu Deus».

27 EVANGELHO Mt 4, 1-11 De novo o Diabo O levou consigo a um monte muito alto, mostrou-Lhe todos os reinos do mundo e a sua glória, e disse- Lhe: «Tudo isto Te darei, se, prostrado, me adorares». Respondeu-lhe Jesus: «Vai-te, Satanás, porque está escrito: Adorarás o Senhor teu Deus e só a Ele prestarás culto».

28 EVANGELHO Mt 4, 1-11 Então o Diabo deixou-O e aproximaram-se os Anjos e serviram-n'O. Palavra da salvação. Gloria a Vós, Senhor.

29

30 Segundo são Mateus Jesus enfrentou no fim da sua estadia do deserto três tentações graves. As respostas de Jesus ao tentador referem-se a três acontecimentos do Êxodo: a murmuração do povo pela falta de alimento e o dom do maná, os protestos pela falta de água e a idolatria representada pelo vitelo de ouro.

31 A primeira tentação de Jesus foi transformar a pedra em pão. O diabo é oportunista e aproveitou quando Jesus sentiu fome. Se as pessoas de Israel no antigo testamento foram alimentadas milagrosamente com o maná, porque não o Filho de Deus? Deus pôs Israel perante o maná para o educar no uso dos bens terrenos e a confiar Sua providência. A utilização egoísta das riquezas é diabólica:

32 acumular para si próprio, viver do trabalho dos outros, desperdiçar em luxos e em coisas desnecessárias, enquanto as outras pessoas falta o necessário. Somos postos à prova da mesma maneira quando trabalhamos dia e noite para ganhar pão e não consideramos a responsabilidade de ter vida e atividades espirituais.

33 A segunda tentação de Jesus começou no templo de Jerusalém, chamado casa de meu Pai. Jesus foi solicitado a atirar-se abaixo do pináculo. O diabo utiliza até o templo e a sagrada escritura para tentar. Às vezes zangamo-nos com Deus, quando Ele não responde e pomo-lo á prova. As provas podem ser uma cura ou ganhar uma profissão de que se gosta, ou a solução para um problema da vida, etc.

34 e na falta, muitos abandonaram a sua fé ou prática da vida crista. Deus não nos esconde da tentação, antes espera que nos confrontemos com ela, a fim de vencê- la e nos tornarmos mais fortes e aptos para o Reino de Deus. Na última tentação o diabo oferece a Jesus a terra inteira como recompensa por adorá-lo, escondendo que Jesus é o criador de toda a terra.

35 Assim no Éden, o diabo mentiu, pois este mundo não lhe pertence. O diabo promete sempre mais do que pode dar. A felicidade está muito longe das suas mãos. Toda a tentação é sempre um engano miserável. Fazemos tantas ações para ganhar coisas materiais! Jesus nunca se inclinou perante nenhuma tentação, não se deixou seduzir. Ele resistiu à tentação com o Espírito Santo, que recebeu no dia do batismo no rio de Jordão, e fazendo longas orações.

36 Aceitemos um destes desafios: participar todos os dias na santa missa, ou rezar o terço com a emissão no rádio ou com familiares ou fazer uma via-sacra diariamente. Neste tempo vamos procurar salvar ao menos uma alma, trazendo-a à Igreja e, se possível, à catequese dos adultos, que é nas quartas-feiras às

37 Lembramos o desafio que Moisés nos lançou: Ponho hoje diante de ti a vida e a felicidade, a morte e a infelicidade.(1Deut.30/15) Escolhemos o bem para vivermos e ser felizes. Assim Seja!

38 «Se verdadeiramente acreditais anunciai-me»

39 Apresentação dos novos Ministros Extraordinários da Comunhão

40

41 Creio em um só Deus, Pai todo-poderoso, Criador do céu e da terra De todas as coisas visíveis e invisíveis. Creio em um só Senhor, Jesus Cristo, Filho Unigénito de Deus, nascido do Pai antes de todos os séculos: Deus de Deus, Luz da Luz, Deus verdadeiro de Deus verdadeiro; Gerado, não criado, consubstancial ao Pai. Por Ele todas as coisas foram feitas. E por nós, homens, e para nossa salvação

42 desceu dos céus (Faz-se inclinação) E encarnou pelo Espírito Santo, no seio da Virgem Maria. e Se fez homem. Também por nós foi crucificado sob Pôncio Pilatos; padeceu e foi sepultado. Ressuscitou ao terceiro dia, conforme as Escrituras; e subiu aos céus, onde está sentado à direita do Pai.

43 De novo há-de vir em sua glória, para julgar os vivos e os mortos; e o seu reino não terá fim. Creio no Espírito Santo. Senhor que dá a vida, e procede do Pai e do Filho; e com o Pai e o Filho é adorado e glorificado: Ele que falou pelos Profetas.

44 Creio na Igreja una, santa, católica e apostólica. Professo um só batismo Para remissão dos pecados. E espero a ressurreição dos mortos, e vida do mundo que há-de vir. Amén.

45

46 C aríssimos irmãos e irmãs: Oremos por todos aqueles que se preparam para celebrar a Páscoa, conduzidos pela Palavra e pelo Espírito, dizendo Senhor, tende piedade de nós. Pela santa Igreja, pelos seus fiéis e catecúmenos, para que a vitória de Jesus sobre o Maligno lhes dê a graça de vencer as tentações, oremos, irmãos. Senhor, tende piedade de nós.

47 Pelos homens e mulheres de todo o mundo, para que saibam descobrir a dignidade que Deus lhes deu, ao criá-los à sua imagem e semelhança, oremos, irmãos. Senhor, tende piedade de nós. Por aqueles que o Demónio tenta enganar, para que encontrem nas palavras de Jesus a força para escolher sempre a vontade de Deus, oremos, irmãos. Senhor, tende piedade de nós.

48 Pelos que não têm paz ou estão doentes, para que os discípulos de Jesus sejam para eles testemunhas diligentes do Evangelho, oremos, irmãos. Senhor, tende piedade de nós. Por nós próprios e pela nossa comunidade (paroquial), para que o caminho de conversão que iniciámos nos conduza à vida em Cristo e à sua Páscoa, oremos, irmãos. Senhor, tende piedade de nós.

49 Senhor, nosso Deus e nosso Pai, que nos ensinastes pela palavra de Jesus que o homem não vive só de pão, conduzi-nos pelo Espírito ao deserto, para escutarmos sempre mais a sua voz. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.Amén.

50

51 DE MANHÃZINHA MAL DESPONTA O SOL, CAMINHANDO COM O SEU AR LGEIRO PARA OS CAMPOS QUE DELE PRECISAM, DIRIGE-SE O VINHATEIRO NÃO DESANIMA NO SEU CAMINHAR, NEM O CANSAM A SEDE E O CALOR HÁ UMA VINHA QUE QUER CULTIVAR, UMA VINHA QUE É TODO O SEU AMOR DEUS É TEU AMIGO, O VINHATEIRO. QUE TE CULTIVA DE SOL A SOL DEUS É TEU AMIGO, O VINHATEIRO, QUE TE RECLAMA o TEU SER INTEIRO

52 PROTEGE A VINHA COM FORTE VALADO, CERCANOO-A A TODO O REDOR TIRA DE DENTRO AS PEDRAS DO MAL E ESCOLHE A TERRA MELHOR PLANTA AS CEPAS COM TODO O CUIDADO E REGA-A O DIA INTEIRO DIZ-ME SE PODE FAZER AINDA MAIS, PELA VINHA O VINHATEIRO DEUS É TEU AMIGO, O VINHATEIRO. QUE TE CULTIVA DE SOL A SOL DEUS É TEU AMIGO, O VINHATEIRO, QUE TE RECLAMA o TEU SER INTEIRO

53 Orai, Irmãos para que o meu e vosso sacrifício seja aceite por Deus Pai todo-poderoso. Todos: receba o Senhor por tuas mãos este sacrifício, para honra e glória do seu nome, para nosso bem e de toda a santa Igreja

54 (Todos de pé) ORAÇÃO SOBRE AS OBLATAS Fazei que a nossa vida, Senhor, corresponda à oferta das nossas mãos, com a qual damos início à celebração do tempo santo da Quaresma. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo. Amén.

55 Prefácio V. O Senhor esteja convosco. R. Ele está no meio de nós. V. Corações ao alto. R. O nosso coração está em Deus. V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus. R. É nosso dever, é nossa salvação.

56 Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramente nosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças, sempre e em toda a parte, por Cristo nosso Senhor. Jejuando durante quarenta dias, Ele santificou a observância quaresmal e, triunfando das insídias da antiga serpente, ensinou-nos a vencer as tentações do pecado, para que, celebrando dignamente

57 o mistério pascal, passemos um dia à Páscoa eterna. Por isso, com os Anjos e os Santos, proclamamos a vossa glória, cantando numa só voz: Santo, Santo, Santo.

58

59 SANTO, SANTO É O SENHOR É O SENHOR DEUS DO UNIVERSO O CÉU E A TERRA PROCLAMAM A VOSSA GLÓRIA BENDITO AQUELE QUE VEM EM NOME DO SENHOR HOSSANA LÁ NAS ALTURAS HOSSANA AO CRISTO SENHOR SANTO….

60 Sac: Vós, Senhor, sois verdadeiramente santo, sois a fonte de toda a santidade. Reunidos na vossa presença, em comunhão com toda a Igreja, ao celebrarmos o primeiro dia da semana, em que Nosso Senhor Jesus Cristo ressuscitou dos mortos, humildemente Vos suplicamos: Santificai estes dons, derramando sobre eles o Vosso Espírito, de modo a que se convertam para nós, no Corpo e Sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo.

61 (Todos ajoelham) Na hora em que Ele Se entregava, para voluntariamente sofrer a morte, tomou o pão e, dando graças, abençoou-o partiu-o e deu-o aos seus discípulos, dizendo: Tomai, todos, e comei: isto é o meu Corpo que será entregue por vós.

62 De igual modo, no fim da Ceia, tomou o cálice e, dando graças, deu-o aos seus discípulos, dizendo: Tomai, todos, e bebei: este é o cálice do meu Sangue o Sangue da nova e eterna aliança, que será derramado por vós e por todos, para remissão dos pecados. Fazei isto em memória de mim.

63 Mistério da Fé! Anunciamos, Senhor, a vossa morte, proclamamos a vossa ressurreição. Vinde, Senhor Jesus!

64 Sac. Celebrando agora, Senhor, o memorial da morte e ressurreição de vosso Filho nós Vos oferecemos o pão da vida e o cálice da salvação e Vos damos graças porque nos admitistes à vossa presença para Vos servir nestes santos mistérios. Humildemente Vos suplicamos que, participando no Corpo e Sangue de Cristo, sejamos reunidos, pelo Espírito Santo, num só corpo.

65 Lembrai-Vos, Senhor, da vossa Igreja, dispersa por toda a terra, e tornai-a perfeita na caridade em comunhão com o Papa Francisco, e o nosso Patriarca Manuel, os bispos auxiliares e todos aqueles que estão ao serviço do vosso povo. Lembrai-Vos também dos nossos irmãos que adormeceram na esperança da ressurreição, e de todos aqueles que na vossa misericórdia partiram deste mundo:

66 admiti-os na luz da vossa presença. Tende misericórdia de nós, Senhor, e dai- nos a graça de participar na vida eterna, com a Virgem Maria, Mãe de Deus, São José seu esposo, os bem-aventurados Apóstolos e todos os Santos que desde o princípio do mundo viveram na vossa amizade, para cantarmos os vossos louvores, por Jesus Cristo, vosso Filho.

67 Por Cristo, com Cristo, em Cristo, a Vós, Deus Pai todo-poderoso, na unidade do Espírito Santo, toda a honra e toda a glória agora e para sempre… Amén.

68

69 Pai Nosso, que estais nos céus, santificado seja o Vosso nome. Venha a nós o Vosso Reino. Seja feita a Vossa vontade, assim na Terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje. Perdoai-nos as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido. E não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal.

70 Sac. Livrai-nos de todo o mal, Senhor, e dai ao mundo a paz em nossos dias, para que, ajudados pela vossa misericórdia, sejamos sempre livres do pecado e de toda a perturbação, enquanto esperamos a vinda gloriosa de Jesus Cristo nosso Salvador. Vosso é o reino e o poder e a glória para sempre.

71 Sac. Senhor Jesus Cristo, que dissestes aos vossos Apóstolos. Deixo-vos a paz, dou-vos a minha paz: não olheis aos nossos pecados mas à Fé da vossa Igreja e dai-lhe a união e a paz, segundo a Vossa vontade. Vós que sois Deus com o Pai na unidade do Espírito Santo. Amén. A paz do Senhor esteja sempre convosco. O amor de Cristo nos uniu.

72

73 CORDEIRO DE DEUS, QUE TIRAS O PECADO DO MUNDO. TENDE PIEDADE DE NÓS - TENDE PIEDADE DE NÓS TENDE PIEDADE DE NÓS CORDEIRO DE DEUS, QUE TIRAS O PECADO DO MUNDO. DAI-NOS A TUA PAZ - DAI-NOS A TUA PAZ DAI-NOS A TUA PAZ

74 Sac. Felizes os convidados para a Ceia do Senhor. Eis o Cordeiro de Deus, que tira os pecados do mundo. Senhor, eu não sou digno de que entreis em minha morada, mas dizei uma só palavra e serei salvo

75

76 O SENHOR ALIMENTOU-NOS COM A FLOR DA FARINHA E SACIOU-NOS COM O MEL DOS ROCHEDOS LOUVAREI O SENHOR DE TODO O CORAÇÃO, NO CONSELHO DOS JUSTOS E NA ASSEMBLEIA

77 O SENHOR ALIMENTOU-NOS COM A FLOR DA FARINHA E SACIOU-NOS COM O MEL DOS ROCHEDOS GRANDES SÃO AS OBRAS DO SENHOR ADMIRÁVEIS PARA OS QUE NELAS ACREDITAM

78 O SENHOR ALIMENTOU-NOS COM A FLOR DA FARINHA E SACIOU-NOS COM O MEL DOS ROCHEDOS DEU SUSTENTO ÀQUELES QUE O TEMEM E JAMAIS ESQUECERÁ A SUA ALIANÇA

79

80 O silêncio está cantando uma canção de amor e paz O silêncio está rezando uma oração por meu irmão Muita gente vive sem amor e tem solidão Mas aqui nesta casa do senhor, Solidão não existe não, solidão não existe não O silêncio está rezando pedindo paz, gritando amor O silêncio está falando põe teu amor no teu senhor!

81 Oração depois da comunhão Saciados com o pão do Céu, que alimenta a fé, confirma a esperança e fortalece a caridade, nós Vos pedimos, Senhor: ensinai-nos a ter fome de Cristo, o verdadeiro pão da vida, e a alimentar-nos de toda a palavra que da vossa boca nos vem. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo. Amén.

82 Dia 10, Segunda-feira haverá missa às Dia 11 3ªf. às Reunião do Grupo Bíblico Dia 13, 1º Aniversário da eleição do Papa Francisco. Dia 14, Sexta- feira Via- Sacra às 21.00; Dia 14, Sexta- feira Via- Sacra às 21.00; Dia 15 Sábado Festa de Catequese "Pai Nosso" ; No tempo da quaresma a seguir a missa será projectado um filme religioso.

83 Sac. O Senhor esteja convosco. Ele está no meio de nós. Sac. Abençoe-vos Deus todo-poderoso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amén. Sac. Ide em paz e o Senhor vos acompanhe. Graças a Deus.

84 O SENHOR CONDUZ A MARCHA DESTE MUNDO, CADA DIA, CADA INSTANTE. ELE ESTÁ PRESENTE, ESTÁ CONNOSCO AQUI, PORQUE UNIDOS NO AMOR PORQUE UNIDOS NO AMOR POQUE UNI... DOS NO A... MOR O SENHOR CRIOU O HOMEM E LHE DEU GRANDE TAREFA, DE COLABORAR COM ELE NA OBRA DA CRIAÇÃO

85

86 Ficha técnica : Eucaristia Celebrada por : Fr. Jacob Puthiyaparampil Animada por : Grupo Coral Dominical Realização : A. Alberto Sousa Imagens recolhidas : Via Google Projeção disponível : www. mcccastanheira. blogspot. pt www. mcccastanheira


Carregar ppt "I Domingo da Quaresma Ano A SEDE A ROCHA DO MEU REFÚGIO SENHOR E A FORTALEZA DA MINHA SALVAÇÃO PARA A GLÓRIA DO VOSSO NOME, GUIAI-NOS E LIBERTAI-NOS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google