A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ANÁLISE DE BALANÇOS ANÁLISE A Análise de Balanços é possível só quando termina a contabilidade, ou seja, só poderá ser elaborado um parecer sobre a situação.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ANÁLISE DE BALANÇOS ANÁLISE A Análise de Balanços é possível só quando termina a contabilidade, ou seja, só poderá ser elaborado um parecer sobre a situação."— Transcrição da apresentação:

1 ANÁLISE DE BALANÇOS ANÁLISE A Análise de Balanços é possível só quando termina a contabilidade, ou seja, só poderá ser elaborado um parecer sobre a situação financeira econômica da empresa após a análise de todas as demonstrações contábeis da empresa. RELATÓRIOS O produto da análise são os relatórios escritos em linguagem corrente, recomendando-se o uso de gráficos como auxiliares para simplificar as conclusões mais complexas. LINGUAGEM Devem se elaborados como se fossem dirigidos a leigos, sua linguagem deve ser entendível por qualquer dirigente, seja ele, de uma outra empresa, bancos, governo, investidores, etc. O relatório deve fornecer informações.

2 ANÁLISE DE BALANÇOS RELATÓRIO Situação econômica Desempenho Eficiência na utilização dos recursos Pontos fortes e fracos Tendências e perspectivas Quadro evolutivo Adequação das fontes às aplicações de recursos Causas das alterações na situação financeira Causas das alterações na rentabilidade Evidência de erros da administração Providências que devem ser tomadas e não foram Avaliação de alternativas econômico financeiras futuras

3 ANÁLISE DE BALANÇOS METODOLOGIA A Análise de Balanços baseia-se em raciocínio científico: Etapas: ESCOLHA DOS INDICADORES COMPARAÇÃO COM PADRÕES DIAGNÓSTICOS OU CONCLUSÕES DECISÕES

4 ANÁLISE DE BALANÇOS Extraem-se índices das demonstrações Comparam-se os índices com os padrões Ponderam-se as informações e chega- se a um diagnóstico ou conclusões Tomam-se decisões

5 ANÁLISE DE BALANÇOS TÉCNICAS DE ANÁLISE A análise de balanços surgiu por motivos práticos e tornou- se instrumento de grande utilidade para a previsão de insolvência. A técnica empírica de extração de índices de balanços ganhou embasamento científico e teve sua utilidade comprovada. Os índices-padrão permitem adequada avaliação de qualquer índice de determinada empresa e proporcionam ao usuário da análise informação objetiva do seu desempenho. A principal preocupação dos índices de balanço é fornecer avaliações genéricas sobre diferentes aspectos da empresa em análise, sem um nível maior de profundidade, que será alcançada com a combinação de outras técnicas. ANÁLISE ATRAVÉS DE ÍNDICES

6 ANÁLISE DE BALANÇOS ANÁLISE VERTICAL E HORIZONTAL Presta-se fundamentalmente ao estudo das tendências. Grande utilidade na análise de pequenas e médias empresas.

7 ANÁLISE DE BALANÇOS ANÁLISE DO CAPITAL DE GIRO Através do cálculo dos índices de rotação ou prazos médios ( recebimento, pagamento e estocagem), é possível construir um modelo de análise de investimentos e financiamentos de capital de giro, de grande utilidade gerencial, bem como para a avaliação da capacidade de administração do capital de giro por parte da empresa.

8 ANÁLISE DE BALANÇOS ANÁLISE DE RENTABILIDADE ANÁLISE DO ROI ( RETORNO OPERACIONAL DOS INVESTIMENTOS) ANÁLISE DA ALAVANCAGEM FINANCEIRA ANÁLISE DA DEMONSTRAÇÃO DO FLUXO DE CAIXA ANÁLISE PROSPECTIVA

9 AJUSTES NAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS RECLASSIFICAÇÃO DAS CONTAS Padronização das demonstrações financeiras As demonstrações financeiras devem ser preparadas para a análise. Devem-se examinar detalhadamente as demonstrações financeiras.

10 AJUSTES NAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS A Padronização é feita pelos seguintes motivos: Simplificação: um balanço apresentado segundo a Lei das SA,compreende cerca de 60 contas, dificultando a visualização como um todo; Comparabilidade: com exceção das companhias que operam em ramo onde existe um plano de contas legal obrigatório ( bancos, seguradoras, etc), toda empresa tem seu próprio plano de contas, com maior ou menor grau de detalhes e com títulos de contas que pode ser difícil determinar sua origem. Como a análise se baseia em comparação, só faz sentido analisar um balanço após o enquadramento num modelo que permita comparação com outros balanços.

11 AJUSTES NAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS Adequação aos objetivos da análise: há pelo menos uma conta que deve ser reclassificada: Duplicatas Descontadas; do ponto de vista contábil é uma dedução de Duplicatas a Receber; do ponto de vista de financiamentos, é um recursos tomado pela empresa junto aos bancos, devido a insuficiência de recursos próprios. Em nada se distingue de empréstimos bancários. Por isso Duplicatas Descontadas devem figuram no Passivo Circulante. Precisão na classificação das contas: é freqüente encontrarem-se balanços e demonstrações de resultados com falhas nas classificações de contas, como por exemplo, investimentos de caráter permanente registrados no Ativo Circulante, despesas do próprio exercício, classificadas na conta de Despesas do Exercício Seguinte, etc...

12 AJUSTES NAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS Descoberta de erros: há casos de erros intencionais ou não, verificadas nas demonstrações financeiras, como por exemplo: Estoques iniciais ou finais das Demonstrações do Resultado do Exercício não coincidem com os estoques do balanço. Provisão para Devedores Duvidosos do balanço não coincide com a que foi constituída na Demonstração de Resultado do Exercício; Impossível conciliar o Patrimônio Líquido Final com os resultados do exercício mais o Patrimônio Líquido Inicial. Intimidade do analista com as demonstrações financeiras da empresa: a padronização obriga o analista a pensar em cada conta das demonstrações financeiras e a decidir sobre sua consistência com outras contas, sobre a classificação que deve dar a ela, enquanto transcreve para o modelo pré definido de padronização.

13 AJUSTES NAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS As principais características desse modelo de padronização são: O ativo apresenta apenas as contas essenciais O Passivo Circulante é dividido em Operacional e Financeiro, sendo que as Duplicatas Descontadas fazem parte deste último; No lado do Passivo, acha-se um sub total representado por Capitais de Terceiros ( Passivo Circulante + Passivo Exigível de Longo Prazo); No Patrimônio Líquido aparecem apenas o Capital Social, já deduzidos os eventuais Capital a Realizar e somado às Reservas; A Demonstração do resultado evidencia apenas os valores fundamentais para análise, já considerando as correções ( dólares); A Receita Líquida de Vendas está deduzida as devoluções, abatimentos e impostos; As Receitas e Despesas Financeiras estão líquidas.

14 VERIFICAR MODELO DE PADRONIZAÇÃO


Carregar ppt "ANÁLISE DE BALANÇOS ANÁLISE A Análise de Balanços é possível só quando termina a contabilidade, ou seja, só poderá ser elaborado um parecer sobre a situação."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google