A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Vitória, 15 de agosto de 2007 Perspectivas do Mercado de Energia Elétrica no Brasil Perspectivas do Mercado de Energia Elétrica no Brasil Miroel Makiolke.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Vitória, 15 de agosto de 2007 Perspectivas do Mercado de Energia Elétrica no Brasil Perspectivas do Mercado de Energia Elétrica no Brasil Miroel Makiolke."— Transcrição da apresentação:

1 Vitória, 15 de agosto de 2007 Perspectivas do Mercado de Energia Elétrica no Brasil Perspectivas do Mercado de Energia Elétrica no Brasil Miroel Makiolke Wolowski Diretor de Comercialização e Negócios e Diretor de Implantação de Projetos

2 2 Agenda A Tractebel Energia e o Grupo SUEZ Atendimento à Demanda do SIN Perspectiva de Preços para o ACR Perspectiva de Preços para o ACL

3 3 Agenda A Tractebel Energia e o Grupo SUEZ Atendimento à Demanda do SIN Perspectiva de Preços para o ACR Perspectiva de Preços para o ACL

4 4 O Grupo SUEZ no Brasil: Tractebel Energia MW instalados –Maior produtor independente de energia elétrica no Brasil –~ 7% da capacidade total do Brasil GWh produzidos em 2005 –Hidrelétricas –Termelétricas à gás, carvão, óleo e biomassa Mais de 100 clientes livres colaboradores Valor dos Investimentos atuais no Brasil: US$ 3,5 bilhões Novos Investimentos –São Salvador 241 MW –Estreito MW –Usina São João 70 MW

5 5 Agenda A Tractebel Energia e o Grupo SUEZ Atendimento à Demanda do SIN Perspectiva de Preços para o ACR Perspectiva de Preços para o ACL

6 6 Necessidade de Expansão da Oferta Investimento Requerido em Geração: R$ 10,6 bilhões / ano* (*) Plano Decenal

7 7 Necessidade de Expansão da Oferta Curto prazo –A condição hidrológica favorável descarta a possibilidade de racionamento até 2008 Médio prazo –Suprimento de 2009 depende do cumprimento do Termo de Compromisso para fornecimento de gás natural Longo Prazo –Balanço já considera as principais usinas hidrelétricas registradas para o próximo leilão (A-5) –Não há novos projetos hidrelétricos relevantes para serem leiloados –Projetos do Rio Madeira (*) e Angra 3 deverão iniciar a operação comercial a partir de 2012 Espera-se a participação de projetos termelétricos para o atendimento à demanda em 2012 »Carvão »Óleo Combustível »Biomassa (*) Em virtude da motorização das usinas do Rio Madeira, grande parte da energia só estará disponível a partir de 2013

8 8 Agenda A Tractebel Energia e o Grupo SUEZ Atendimento à Demanda do SIN Perspectiva de Preços para o ACR Perspectiva de Preços para o ACL

9 9 Perspectiva de Preços para o ACR R$ 89,19 / MWh CCEAR En. Nova: R$ 131,98 / MWh CCEAR En. Existente: R$ 73,32 / MWh ? Base Monetária: Junho/2007

10 10 Perspectiva de Preços para o ACR Energia existente forma, hoje, o colchão da modicidade tarifária – MWmed deste colchão deverá ser recontratado entre 2013 e 2014 Tarifa para o consumidor cativo dependerá das condições desta recontratação Preços do mercado livre devem pressionar o preço da energia existente

11 11 Perspectiva de Pre ç os para o ACR

12 12 Perspectiva de Preços para o ACR Ciclo Tarifário R$/MWh

13 13 Agenda A Tractebel Energia e o Grupo SUEZ Atendimento à Demanda do SIN Perspectiva de Preços para o ACR Perspectiva de Preços para o ACL

14 14 Perspectiva de Preços para o ACL

15 15 Perspectiva de Preços para o ACL O aumento da participação termelétrica na matriz energética implicará em elevação do CMO –Crescimento da oferta hidrelétrica entre 2000 e 2011 » MWmed para MWmed MWmed (18%) –Crescimento da oferta termelétrica entre 2000 e 2011 »3.250 MWmed para MWmed MWmed (300%) Esgotamento da sobreoferta da energia existente –Escassez de contratos (lastro) –Falta de liquidez Energia nova direcionada para o ACR –Necessidade do mercado livre colaborar para a expansão da oferta

16 16 Projetos da Tractebel Energia Hidrelétrica de São Salvador –148 MW médios já comprometidos com o ACR Hidrelétrica de Estreito –585 MW médios a contratar Termelétrica de Pampa –290 MW médios para suprimento ao Uruguai Usina São João da Boa Vista –23 MW médios, a bagaço de cana, em parceria com a Dedini Açucar e Álcool

17 17 Miroel Makiolke Wolowski Diretor de Comercialização e Negócios e Diretor de Implantação de Projetos (48) Obrigado !


Carregar ppt "Vitória, 15 de agosto de 2007 Perspectivas do Mercado de Energia Elétrica no Brasil Perspectivas do Mercado de Energia Elétrica no Brasil Miroel Makiolke."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google