A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Sustentabilidade é a nossa natureza

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Sustentabilidade é a nossa natureza"— Transcrição da apresentação:

1 Sustentabilidade é a nossa natureza
O que nos dá o direito de afirmar isso?

2 Sustentabilidade em forma de metal
O aluminio é infinitamente reciclável, por isso não permanece como resíduo na natureza, transformando-se seguidamente em novos produtos úteis ao dia-a-dia da humanidade. Por isso o aluminio é a própria sustentabilidade em forma de metal. A Alcoa nasceu por iniciativa do inventor do processo de produção do alumínio, que, por ser eternamente reciclável, preserva e reutiliza para sempre o minério e a energia extraidos da natureza para sua produção.

3 Nosso dia-a-dia precisa de muito alumínio
Os aviões só existem porque existe o alumínio Rodas, motores e peças de alumínio proporcionam economia de combustivel e veiculos menos poluidores O alumínio viabiliza as embalagens longa-vida, garantindo a integridade dos produtos alimentícios embalados Cabos de aluminio transmitem a energia elétrica a grandes distâncias Panelas, carrocerias de caminhões, vagões de trens, tintas para automóveis, combustíveis para foguetes, embalagens de remédio, latinhas de cerveja… Uma infinidade de produtos indispensáveis ao nosso quotidiano torna o aluminio tão integrado à nossa existencia diária que é impossível imaginar a vida moderna sem esse metal.

4 Reciclando para sempre a natureza
E o círculo virtuoso do aluminio se fecha com a reciclagem de tudo isso, eternizando a terra e a eletricidade que lhe deram vida. Tanto assim que mais de 70% de todo o alumínio produzido no mundo desde 1888, quando a Alcoa iniciou a sua fabricação industrial, continua em uso até hoje.

5 A Alcoa em São Luís do Maranhão
No Brasil, 30 anos atrás a Alcoa decidiu construir uma grande fábrica em São Luis. Habitantes da Ilha muito ciosos de seu territorio Localidade sem tradição industrial – e sim de letras e humanidades População muito preocupada com o meio ambiente Temor em grande parcela da população – Reações negativas, críticas Começo dos anos 80, ocaso da ditadura militar – Fase de distensão, todos queriam fazer-se ouvir: políticos, imprensa, ambientalistas

6 Alavancas para a qualidade de vida
Ninguém se sensibilizava com o fato da construção da Fábrica ter assegurado duas coisas básicas para melhorar a qualidade de vida da população: A energia elétrica firme de Tucuruí, trazida pela Eletronorte para São Luis, graças a ter como âncora a fábrica da Alcoa (Consórcio Alumar) E a água para a população, proporcionada pelo aqueduto Italuís, que até hoje transporta para a ilha a água trazida do continente (e não usada pela fábrica) Tudo isso sem contar as perspectivas de emprego, progresso, aumento da receita de impostos e melhora da educação e saúde etc.

7 Compromissos éticos e “políticos”
Para tranquilizar a população, firmamos publicamente três compromissos éticos: Ajudar a elevar a qualidade de vida da população Alavancar o avanço da economia local Empregos locais, fornecedores locais, melhora da educação e saúde etc. Cuidar da conservação do meio ambiente

8 Comunicação intensa Todas as ferramentas foram usadas:
Divulgação jornalística Press releases Entrevistas Visitas Palestras, apresentações, descrições, explicações – inclusive na Assembléia Legislativa Pesquisa Gallup Promoção pro-ativa de visitas à obra da fábrica Publicidade em TV mostrando Poços de Caldas

9 A São Luis de hoje Quem conheceu São Luís naquela época nota facilmente a diferença hoje Não só graças à fábrica do Consórcio Alumar: Vale: Porto de Ponta da Madeira escoa o minério de ferro de Carajás Porto de Itaqui

10 Ambiente conservado Construida quase 30 anos atrás, a fábrica de São Luis tem conceito ambiental muito sofisticado Situada hoje dentro de um verdadeiro parque ecológico que recebe milhares de visitantes todos os anos Animais silvestres da ilha migram para o parque, fugindo da urbanização

11 Poços de Caldas, há quase meio século
Recuando um pouco mais na História… Na década de 1960 a Alcoa chega ao Brasil em Poços de Caldas para minerar e refinar a bauxita e fabricar alumínio Momento histórico: instalação da ditadura militar Legislação não previa revegetação das áreas mineradas Nesse quadro, mesmo cumprindo a lei a empresa não necessitava preocupar-se em cuidar dessas áreas para o futuro

12 Poços de Caldas, há quase meio século
Inconformada com esse quadro a Alcoa criou um sistema de revegetação das áreas mineradas com árvores de especies nativas Com apoio de técnicos em reflorestamento da Austrália… Parcerias com as Universidades de Viçosa e Lavras, USP, Unicamp, UNESP… O humus da superfície é coletado e preservado e, após a retirada da bauxita, é recolocado e nele se cultivam árvores nativas

13 Poços de Caldas, há quase meio século
A legislação sobre a revegetação de áreas mineradas só surgiu na Constituição de 1988 O primeiro manual do IBAMA sobre o assunto foi publicado em 1990 O editor desse manual foi Don Williams, então gerente de Mineração da fábrica da Alcoa em Poços de Caldas

14 Poços de Caldas após a mineração
1999/2000 2000/2001 1988/1989

15 Quando nem se falava em ecologia
Pela preservação ambiental, há quase meio século, a Alcoa investiu pesadamente e foi além do que a lei exigia. E isso numa época de ditadura, quando cumprir a lei era o que bastava. Porque a Alcoa trabalha com terra água gente As três coisas mais fundamentais do planeta. Por isso a sustentabilidade tem de ser um valor fundamental para a Alcoa. O sistema de reabilitação de Poços de Caldas é hoje referência mundial, tendo sido reconhecido duas vezes pelo Prêmio Mundial de Excelência Ambiental, em 1993 e 1999, concedido pela Alcoa Inc.

16 E hoje, à beira do Rio Amazonas…
A Alcoa instala uma nova mina de bauxita em Juruti, no Oeste do Pará Tendo a sustentabilidade como valor fundamental, o projeto visa a se constituir em modelo mundial de mineração no Século 21 Num momento sócio-político de absoluta liberdade de expressão e manifestação tolerância institucional com movimentos sociais de todo tipo (até para compensar o passado) comunicação global, instantânea e frenética

17 Modelo de implementação de agenda de desenvolvimento local sustentável para Juruti face à instalação de um empreendimento de mineração de grande porte na região. Criado pela FGV-SP, FUNBIO e Alcoa: conceito de um tripé de intervenção Criação de Conselho de desenvolvimento local sustentável, com efetiva participação do poder público, empresas e organizações da sociedade civil, discuta um futuro comum de interesse público, priorize ações e formule agenda de longo prazo Construção de indicadores de desenvolvimento sustentável e aferição do território a ser monitorado, que instrumentalize o monitoramento do desenvolvimento de Juruti e entorno e informe o Conselho para tomada de decisões Criação de um fundo de desenvolvimento local e regional, que capte recursos financeiros e invista em ações de desenvolvimento a partir do diagnóstico de Juruti e entorno e priorização definida pelo Conselho

18 A única novidade: um neologismo
Do início até o hoje, a única coisa que mudou para a Alcoa: Surgiu uma palavra que não existia SUSTENTABILIDADE Sucesso econômico Progresso social Excelência ambiental (os três compromissos éticos firmados publicamente em São Luis, 30 anos atrás; praticados em Poços de Caldas, há quase meio século; e hoje em Juruti, como em todas as demais unidades da Alcoa)

19 Atitudes das partes interessadas
Sustentabilidade Expectativas cada vez mais complexas Fornecedores e ciclo de vida Eu quero participar Social Responsabilidade Social Empresarial Mostre-me Meio Ambiente Responsabilidade Produtos Economia Conte-me One of the key societal changes during this period that has impacted business is the change in stakeholder expectations. The complexity and level of societal /stakeholder expectations of corporations has increased significantly over the last few decades: Issues have evolved from primarily economic and environmental concerns to social responsibility and governance Performance expectations have evolved from regulatory compliance to stakeholders wanting companies to take on a stewardship role (expanding responsibility beyond the gate) and more recently there is a growing expectation that companies will take on Corporate Citizenship/ Responsibility (be active and ethical participants in the social, environmental and economic development of the communities they operate) While the initial focus of stakeholders was on facilities and operations, many stakeholders are now concerned with environmental, social and economic development issues associated with supply chains and product systems (i.e. cradle to grave) Stakeholders are demanding more transparency and accountability of corporations. Rather than accepting the company saying, “trust us” stakeholders are moving beyond wanting to be informed to wanting to participate in decisions that affect them or the issues they are concerned about. Conformidade Fábrica Confie em mim Tempo Fonte: Five Winds International

20 Modelo de Sustentabilidade Alcoa
Transparência Ética Governança Partes Interessadas Clientes Funcionários Comunidades Acionistas Fornecedores Parceiros ABS PESSOAS é que fazem acontecer PRODUTOS fazer para o uso PROCESSOS eliminando desperdícios Excelência Ambiental Princípios Valores Integridade Saúde, Segurança e Meio Ambiente Cliente Excelência Pessoas Lucratividade Responsabilidade Sucesso Econômico Responsabilidade Social Description of Model The business case is is reflected in the Alcoa sustainability model It has Alcoa’s values at the center – these values reflect the key elements of sustainability Sustainability is the interface between Alcoa’s internal values and society – The left side of the model show how we use ABS to drive sustainability performance The right side shows our interaction with external stakeholders,

21 Visão Global de Sustentabilidade da Alcoa

22 Visão Global de Sustentabilidade da Alcoa

23 Visão Global de Sustentabilidade da Alcoa

24 Visão Global de Sustentabilidade da Alcoa

25 Sustentabilidade na estratégia empresarial
Modelo 6+2

26 Alguns reconhecimentos
Entre muitos outros: Empresa Sustentável – 2010 Guia Exame de Sustentabilidade Presidente da Alcoa Cidadão Paraense Diploma de Gratidão (Poços de Caldas) Selo de Empresa Amiga da Cidade(São Luís) Empresa-cidadã (Poços de Caldas) Por tudo isso, por sua postura e comportamento em quase meio século de Brasil, é que a Alcoa julga ter o direito de usar este slogan

27 Obrigado!


Carregar ppt "Sustentabilidade é a nossa natureza"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google