A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Uma Analise da Mortalidade No Brasil e Regiões Secretaria de Vigilância em Saúde Ministério da Saúde.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Uma Analise da Mortalidade No Brasil e Regiões Secretaria de Vigilância em Saúde Ministério da Saúde."— Transcrição da apresentação:

1 Uma Analise da Mortalidade No Brasil e Regiões Secretaria de Vigilância em Saúde Ministério da Saúde

2 Brasil óbitos nascimentos Óbitos e nascimentos foram coletados pelos Sistemas de Informação sobre Mortalidade e sobre Nascidos Vivos (SIM e SINASC). Estes sistemas pertencem ao Ministério da saúde, sendo gerenciados pela Secretaria de vigilância em Saúde. O SIM é o sistema mais antigo, está informatizado desde O SINASC funciona desde 1996

3 A cobertura do sistema de Informações sobre Mortalidade tem aumentado ao longo dos anos, em 2004 mostrou cobertura de 89,9% da população. Cobertura do sistema de Informações sobre Mortalidade. Brasil e Regiões a 2004

4 Cobertura do sistema de Informações sobre Mortalidade. Brasil e Regiões a 2004 Regiões2000 % 2002 % 2004 % Norte Nordeste Centro-Oeste Sudeste Sul Brasil estados tiveram cobertura de pelo menos 80% em 2004.

5 Distribuição das causa mal definidas de morte – Cap.XVIII: Sintomas, Sinais e Achados Anormais Exames Clínicos e Laboratoriais – Brasil e Regiões, 2000 a 2004 CID-10 Cap.XVIII Sintomas Sinais e Achados Anormais Exames Clínicos e Laboratoriais Região%n%n%n Região Norte 24, , , Região Nordeste 28, , , Região Sudeste 9, , , Região Sul 6, , , Região Centro- Oeste 8, , , Brasil14, , , Fonte: Secretaria de Vigilancia em Saude - MS

6 Projeto de Redução das causas mal definidas de óbito Fonte: Secretaria de Vigilancia em Saude - MS

7 Projeto de Estimativa de causa de óbito Objetivo é estimar causa de óbito para 19 estados e para três regiões.

8 Sistema de Informações sobre Nascido Vivos (SINASC) Cobertura A cobertura do SINASC esta sendo medida através de duas estimativas, ambas demográficas, mas com estratégias diferentes em relação a série de anos considerada. Em ambas estimativas o SINASC vem aumentando a cobertura. Sendo que em 2004 quatro regiões alcançaram cobertura de pelo menos 90%, nas duas estimativas.

9 Cobertura do Sistema Nacional sobre Nascido Vivos (SINASC) por estimativa de nascido vivo realizada pelo IBGE ou pela SVS/MS. Brasil e regiões a IBGESVS/ MS IBGESVS/ MS IBGESVS/ MS BRASIL90,090,286,488,989,494,4 NORTE77,879,884,086,490,991,4 NORDES TE 84,982,281,085,582,488,9 SUDESTE95,697,789,593,991,998,9 SUL94,095,090,185,296,297,9 CENTRO- OESTE 91,992,390,989,294,094,1

10 F:\apresentacao\IBGE_01.pdf


Carregar ppt "Uma Analise da Mortalidade No Brasil e Regiões Secretaria de Vigilância em Saúde Ministério da Saúde."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google