A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Cuidado com a criação Estudo do Livro: O discípulo radical de John Stott Marcos Alejandro Badra.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Cuidado com a criação Estudo do Livro: O discípulo radical de John Stott Marcos Alejandro Badra."— Transcrição da apresentação:

1 Cuidado com a criação Estudo do Livro: O discípulo radical de John Stott Marcos Alejandro Badra

2 John Stott aborda o cuidado com o meio ambiente como um dever nosso com Deus e com nosso próximo.

3 ecossiste ma cultura oceanos atmosfera chuva legislação água transito pobreza flora conhecimento terremotos cresciment o energia ar ozônio oxigénio elementos tecnologia ciência vulcões indústria agricultura cidade economia arvores produção vento O que é meio ambiente ou ambiente? clima fauna diversidad e bosques energia comercio sol o território saúde demografia alimentos precipitações lagos geleiras selva

4 Meio Ambiente Podemos definir ao meio ambiente como a resultante das interações entre os sistemas ecológicos e os sistemas antrópicos, susceptíveis de provocar efeitos sobre os seres vivos e as atividades humanas (Brailovsky, 1991). Meio Ambiente Podemos definir ao meio ambiente como a resultante das interações entre os sistemas ecológicos e os sistemas antrópicos, susceptíveis de provocar efeitos sobre os seres vivos e as atividades humanas (Brailovsky, 1991).

5 Elementos do Meio Ambiente Sistemas antrópicos Sistemas ecológicos Meio ambiente Industria; Cultura; Economia; Cidades; Legislação; Tecnologia; Ciência; Agricultura; Comercio; Etc. Fauna; Flora; Bosques; Geologia; Etc. Clima; Ciclo dos elementos; Atmosfera; Precipitações; Interações – Interrelações constantes e permanentes entre os sistemas e subsistemas. A nossa mordomia compreende a conservação do meio ambiente.

6 DEu S homemMeio ambiente Os três relacionamentos foram distorcidos pelo pecado do homem. Adão e Eva foram banidos da presença do Senhor no jardim......culparam um ao outro pelo que aconteceu e a boa terra foi amaldiçoada devido à desobediência.

7 Os problemas ambientais estão fundados: Na alienação do homem por causa do pecado; No analfabetismo ambiental (alienado da criação); Na incapacidade de se relacionar com o Criador; Nos relacionamentos distorcidos do proposito original de Deus (glorificar a Deus).

8 ...Porque sabemos que toda a criação geme e está juntamente com dores de parto até agora... (Romanos 8.22) Tsunami – Japão 2010

9 Qual deveria ser nossa atitude para com a terra? 1.A criação pertence ao Senhor; o homem é um administrador em nome do Criador....porque nele (Cristo) foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades; tudo foi criado por ele e para ele. E ele é antes de todas as coisas, e todas as coisas subsistem por ele. Colossenses Do Senhor é a terra e a sua plenitude, o mundo e aqueles que nele habitam. Salmos24.1 Os céus são os céus do Senhor; mas a terra, deu-a ele aos filhos dos homens. Salmos porque meu é todo animal da selva e as alimárias sobre milhares de montanhas. Conheço todas as aves dos montes; e minhas são todas as feras do campo. Salmos

10 Qual deveria ser nossa atitude para com a terra? 2.Desde o principio os seres humanos fomos dotados de uma dupla unicidade: Somos imagem e semelhança de Deus (com qualidade s morais, racionais, sociais e espirituais... Biologicamente somos semelhantes aos animais (respiramos, comemos, nos reproduzimos, entre outras características)... Gozamos de um nível superior de existência, somos diferentes dos animais e semelhantes a Deus: capazes de escolher, amar, pensar, criar, orar, exercer domínio. O caráter único de nosso domínio sobre a terra se deve ao caráter único de nosso relação com Deus.

11 DEu S homemMeio ambiente...porque foi do agrado do Pai que toda a plenitude nele habitasse e que, havendo por ele feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, tanto as que estão na terra como as que estão nos céus. Colossenses

12 Como então devemos nos relacionar com a terra? 1.Evitar deificação da natureza Neoreligiões onde a natureza é colocada em lugar de Deus: Wicca, Nova Era, entre outras.

13 Como então devemos nos relacionar com a terra? 2. Evitar a exploração exaustiva Exploração além da capacidade da resiliência dos ecossistema naturais atuais. E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; macho e fêmea os criou. E Deus os abençoou e Deus lhes disse: Frutificai, e multiplicai- vos, e enchei a terra, e sujeitai-a; e dominai sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre todo o animal que se move sobre a terra. Como então devemos nos relacionar com a terra? 2. Evitar a exploração exaustiva Exploração além da capacidade da resiliência dos ecossistema naturais atuais. E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; macho e fêmea os criou. E Deus os abençoou e Deus lhes disse: Frutificai, e multiplicai- vos, e enchei a terra, e sujeitai-a; e dominai sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre todo o animal que se move sobre a terra.

14 Como então devemos nos relacionar com a terra? 2. Evitar a exploração exaustiva. Earth Overshoot Day: 22 de agosto de A humanidade consumiu os recursos naturais disponibilizados para um ano. 22 de agosto de 2012 Earth Overshoot Day

15 Mandato cultural: E tomou o Senhor Deus o homem e o pôs no jardim do Éden para o lavrar e o guardar. Genesis O que Deus nos deu foi a natureza, e o que fazemos com ela é cultura. Como então devemos nos relacionar com a terra? 3. O relacionamento correto entre os seres humanos e a natureza é a de cooperação com Deus.

16 Em termo gerais o homem tem obedecido o mandato de Deus de encher a terra e sujeita- la. Desde a simples recolecção de frutos até a incrível desenvolvimento da nano tecnologia. Na pesquisa, no descobrimento e na investigação; em biologia, química, física e em outras áreas; e em todos os triunfos da tecnologia o homem tem obedecido a Deus e exercido o domínio que recebeu dele. No seu progressivo controle da terra o homem não arrebatou a esfera privada de Deus para lhe arrebatar o poder. Como então devemos nos relacionar com a terra? 3. O relacionamento correto entre os seres humanos e a natureza é a de cooperação com Deus.

17 E disse Deus: Eis que vos tenho dado toda erva que dá semente e que está sobre a face de toda a terra e toda árvore em que há fruto de árvore que dá semente; ser-vos-ão para mantimento. E a todo animal da terra, e a toda ave dos céus, e a todo réptil da terra, em que há alma vivente, toda a erva verde lhes será para mantimento. E assim foi. E viu Deus tudo quanto tinha feito, e eis que era muito bom; e foi a tarde e a manhã: o dia sexto. Genesis Como então devemos nos relacionar com a terra? 3. O relacionamento correto entre os seres humanos e a natureza é a de cooperação com Deus.

18 Como então devemos nos relacionar com a terra? 3. O relacionamento correto entre os seres humanos e a natureza é a de cooperação com Deus. Não devemos apenas conservar o ambiente, mas também desenvolver ser recursos para o bem comum.

19 A crise ecológica Demográficos (aumento da população, pobreza e população em grandes centros urbanos). Resíduos Mudança climáticas Perda da diversidade cultural (degradação humana), Depleção dos recursos naturais, etc.

20

21 Como seguidores de Jesus Cristo, cremos que a Bíblia nos leva a responder de quatro formas: Primeira – Deus chamou-nos para que confessássemos e nos arrependêssemos das nossas atitudes que desvalorizam a criação, e que torcem ou ignoram a revelação bíblica para apoiar o mau uso que fazemos dela. Esquecendo que a terra é do Senhor, temos frequentemente usado a criação sem nos lembrarmos da nossa responsabilidade pelo seu cuidado.

22 Segunda – As nossas ações e atitudes para com a terra têm de vir do centro da nossa fé, e estar enraizadas na plenitude da revelação de Deus em Cristo e nas Escrituras. Resistimos a ideologias que: a) presumem que o Evangelho nada tem a ver com o cuidado com as criaturas que não são humanas e b) ideologias que reduziriam o Evangelho a nada mais que cuidado com a criação. Como seguidores de Jesus Cristo, cremos que a Bíblia nos leva a responder de quatro formas:

23 Terceira – Procuramos diligentemente aprender tudo quanto a Bíblia nos diz acerca do Criador, criação e tarefa humana. Na nossa vida e nas nossas palavras declaramos que as Boas Novas são para toda a criação que ainda espera a manifestação dos filhos de Deus (Romanos 8:19). Como seguidores de Jesus Cristo, cremos que a Bíblia nos leva a responder de quatro formas:

24 Quarta – Procuramos entender o que a criação revela acerca de divindade de Deus, Sua presença sustentadora, e poder eterno, e o que a criação nos ensina sobre a ordem apontada por Deus e os princípios segundo os quais se rege. Como seguidores de Jesus Cristo, cremos que a Bíblia nos leva a responder de quatro formas:

25 Bibliografia: O discípulo radical – John Stott La fe cristiana frente a los desafios contemporaneos – John Stott Foot Print Network - Uma Declaração Evangélica sobre o Cuidado com a Criação – Aliança Evangélica Europeia. Memoria verde de la Argentina - Brailovsky


Carregar ppt "Cuidado com a criação Estudo do Livro: O discípulo radical de John Stott Marcos Alejandro Badra."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google