A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Drogas?! Para quê?? Introdução Este tema surgiu da curiosidade dos elementos do grupo acerca dos perigos que a noite oferece. Achámo-lo interessante,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Drogas?! Para quê?? Introdução Este tema surgiu da curiosidade dos elementos do grupo acerca dos perigos que a noite oferece. Achámo-lo interessante,"— Transcrição da apresentação:

1

2 Drogas?! Para quê??

3

4 Introdução Este tema surgiu da curiosidade dos elementos do grupo acerca dos perigos que a noite oferece. Achámo-lo interessante, uma vez que é um problema que, cada vez mais, abrange os jovens da sociedade actual. É preocupante, deve ser estudado, visto que hoje em dia, diversão nocturna pode ser sinónimo de ameaça, violência, agressividade e insegurança.

5 Objectivos do Trabalho Conhecer melhor o Mundo Nocturno; Sensibilizar a comunidade escolar para os perigos provenientes da noite; Identificar os conhecimentos dos estudantes acerca deste tema; Identificar os meios de intervenção médica no caso de violência ocorridas na noite; Dar a conhecer os perigos das drogas e do álcool;

6 Conhecer as preocupações dos pais quando os filhos saem à noite; O que para os pais significa a expressão confiar; Revelar as possíveis consequências de actos ilegais cometidos pelos jovens; Identificar as principais ilegalidades praticadas pelos adolescentes na noite; Dar a conhecer as entidades que podem disponibilizar apoio aos jovens no caso de consumo de drogas e álcool. Realizar uma campanha de sensibilização contra o consumo de drogas.

7 Definição de Droga… Na linguagem do quotidiano, a palavra droga, tem o significado de coisa má, sem qualidade. Mas a verdade, é que a palavra droga está associada à medicina, que a define como qualquer substância capaz de modificar a função dos organismos vivos, provocando mudanças fisiológicas ou de comportamento.

8 Efeitos da Droga Provoca: Alucinações auditivas e visuais; Flashbacks; Paranóia; Confusão; Depressão; Ansiedade; Euforia; Despreocupação; Auto-confiança; Desinibição e sociabilidade; Agitação.

9 Álcool Nome Químico: Etanol O álcool é um líquido incolor produzido a partir de cereais, raízes e frutos. A sua comercialização e consumo são legais. O álcool é consumido por via oral e é um desinibidor e depressor. Após a sua ingestão, começa a circular na corrente sanguínea, afectando todo o organismo, em especial o fígado. Este é a droga mais conhecida e aceite socialmente e não proibida por lei.

10 Efeitos do álcool Efeitos Psicológicos e Físicos: Desinibição; Euforia; Falsa segurança em si próprio; Agressividade; Relaxamento; Sonolência; Turvação da visão; Descoordenação muscular; Diminuição da capacidade de reacção; Diminuição da capacidade de atenção e compreensão; Períodos de amnésia; Fadiga muscular;

11

12

13 o Realizámos: Inquérito; Entrevistas; Pesquisa e Análise de artigos sobre o nosso tema; Conferências; Artigo para o site da Escola; Barraca informativa com a Dr.ª Mónica do IDT.

14 Realização de Inquéritos e sua análise

15 Destacamos os seguintes dados: Ao analisarmos o gráfico chegámos à conclusão que 65,2% dos inquiridos entraram pela primeira vez num bar/discoteca entre os anos. A maioria dos inquiridos (79%) respondeu que sim, as pessoas com que foram a um bar/ discoteca tinham idade para entrar. Apenas 14% responderam que não.

16 Ao observarmos o gráfico, concluímos que 72% dos inquiridos nunca ingeriram drogas e 27,7% dos inquiridos já ingeriram drogas. Ao analisarmos o gráfico chegamos á conclusão que 80,5% dos inquiridos tem conhecimento de pessoas que consomem droga.

17 Entrevistas Realizámos ao longo de todo o nosso projecto várias entrevistas, entre elas: no Hospital de Faro, ao Enfermeiro Argel; à PSP, ao Comandante José Leonel; ao IDT, à Dr.ª Mónica; e a alguns pais e algumas mães.

18 Entrevista ao Enfermeiro Argel Grupo de Área De Projecto – No Hospital Central de Faro nos serviços de urgências dão entrada, muitos adolescentes vindos da noite? Quais são as principais causas dessa vinda?

19 Grupo de Área De Projecto - Dá entrada nos serviços de urgência muitos jovens vítimas de violência em bares ou discotecas? Fazem queixa formal nos serviços policiais?

20 Grupo de Área De Projecto - Normalmente os pais ou familiares têm conhecimento do que se passa com o adolescente, que entra nas urgências? Como reagem estes?

21 Entrevista ao Comandante Leonel, da PSP Violência… Grupo de Área De Projecto – É frequente violência em bares, discotecas ou na via pública? E os pedidos de intervenção partem dos gerentes dos bares ou de pessoas que assistem ao acto?

22 Grupo de Área De Projecto - Quem mais se mete em confusões os jovens ou adultos? Grupo de Área De Projecto - No geral, como é o perfil do agressor? Comandante José Leonel, da PSP

23 Droga... Grupo de Área De Projecto - Recebem muitas chamadas a denunciar posse de droga em bares\discotecas? O que acontece à droga apreendida e a quem é apanhado?

24 Entrada de menores em bares/discotecas… Grupo de Área De Projecto -Se encontrarem um jovem menor de 16 anos num bar ou discoteca, como procedem? Existe alguma multa relativa á entrada destes jovens menores em discotecas? Qual a sua quantia quer para o adolescente, quer para a discoteca?

25 Entrevista aos Pais Para si, o que significa confiança?. Nela as resposta não foram muito variadas, pois a maioria respondeu-nos que confiar no seu/sua filho(a) é acreditar nele(a), dar-lhe liberdade para que seja ele(a) a decidir as suas acções, embora com limites. Caso o seu filho o desiludisse, qual a sua reacção? A esta as resposta foram um pouco mais diversificadas. Uns disseram que seria complicado voltar a confiar, pois ele(a) havia ido contra aquilo que sempre acordaram. Outros por sua vez utilizariam os castigos como melhor opção.

26 Pesquisa de artigos e notícias de situações de violência na noite portuguesa e elaboração dos respectivos comentários. Realizámos estas pesquisas com o intuito de sabermos se os meios de comunicação social nos informam dos casos ocorridos durante a noite e também para termos presente alguns casos verídicos no nosso trabalho, de forma a enriquecê-lo Pesquisámos estes artigos em revistas, em jornais e na Internet.

27

28 Ocorreu-nos a ideia de publicar um artigo no site da escola, onde informaríamos, com maior precisão alguns dos perigos que a diversão nocturna pode trazer de forma a tocar os alunos. Podem consultar este artigo visitando o site da escola através do endereço: Realização de um artigo a ser colocado no site da Escola

29 Palestra com o Subcomissário Brás A realização de uma palestra destinada aos 12º anos foi outro dos trabalhos pensados e cuja realização ocorrerá no dia 13 de Maio, pelas 10.20h, e será dada por um agente da autoridade. Terá como fim alertar e esclarecer os jovens presentes dos perigos provenientes da noite.

30 Barraca sobre as Drogas No dia 16, será possível aos alunos do 11º ano dirigir-se, pelas 14.30h, a uma barraca que contará com a presença da psicóloga Mónica para clarificar algumas ideias e alertar para os perigos que a diversão nocturna traz. Esta será maioritariamente sobre o tema Drogas?!Não.

31

32 Professora Eurídice Paula Emídio Conselho Executivo da Escola Dr.ª Mónica, do IDT Comandante José Leonel Subcomissário Brás Professor Décio Sofia Domingues Professora Dulce Campina E a todo o 12º E

33 Rita TrindadeAna RaquelTiago RamosDenise SousaNadine Centeio

34


Carregar ppt "Drogas?! Para quê?? Introdução Este tema surgiu da curiosidade dos elementos do grupo acerca dos perigos que a noite oferece. Achámo-lo interessante,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google