A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

FÓRUM COMO VIVER COM O SEU CORPO Eduardo Mendes 30 DE MAIO DE 2012 ( con )

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "FÓRUM COMO VIVER COM O SEU CORPO Eduardo Mendes 30 DE MAIO DE 2012 ( con )"— Transcrição da apresentação:

1 FÓRUM COMO VIVER COM O SEU CORPO Eduardo Mendes 30 DE MAIO DE 2012 ( con )

2

3 Stephen Hawking, n: 1942 Retirada da Internet - leitorescinefilos.com

4 Downloads do RealPlayer\Depoimento do maestro João Carlos Martins no último capítulo de Viver a Vida - YouTube222.flv

5 Retirada da Internet - pinbrasil.blogspot.com

6 " Eu, fulano, recebo cicrano, como marido/mulher e prometo ser-te fiel, amar-te e respeitar-te, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, por todos os dias da nossa vida, até que a morte nos separe. Retirada da Internet - pinbrasil.blogspot.com

7 Retirada da Internet

8 Recebo este corpo e prometo ser-lhe fiel, amá- lo e respeitá-lo, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, até que a morte nos separe. Retirada da Internet

9 A relação que cada um de nós establece com o seu corpo revela como se percebe, como orienta o seu comportamento e como estabelece relações interpessoais. Superestimar ou subestimar a dimensão corporal indica uma distorção da percepção, que se expressa por uma insatisfação corporal. Existe um corpo físico, observável e um corpo físico, sentido.

10 A saúde, é um estado transitório, que não augura nada de bom Eduardo Barroso

11 Quino – Quinoterapia, 2008

12 Factores que interferem com a saúde Retirado da Internet

13 Retirada da Internet - guardian.co.uk

14

15 Não há mal que sempre dure, nem bem que não se acabe. Provérbio popular

16

17 Giuseppe Cocco – é grave, doutor?, 1982

18 Se ao acordar de manhã e não sentir alguma dor, belisque-se! Pode estar morto!

19

20

21 Retirada da Internet - clinicadeckers.com.br

22 Fontes/Entidades: INE–DGS/MS, INE, PORDATA

23

24

25

26

27

28

29 A morte traz sempre uma desculpa Provérbio popular

30 Fontes/Entidades: INE–DGS/MS, INE, PORDATA

31 Para se chegar à velhice é preciso não morrer novo!

32 Taxa de mortalidade padronizada por acidentes com veículos a motor antes dos 65 anos / habitantes Fonte: INE (2010). Elaborado por GIP/ACS a partir de informação disponível e não publicada

33 Fontes/Entidades: INE–DGS/MS, INE, PORDATA

34 Mais vale prevenir que remediar !?

35 UE: Portugueses são os que mais exames médicos fazem Os portugueses são dos europeus que fazem mais exames médicos de rastreio (check-up), sendo mesmo «campeões» em radiografias e exames ao coração, mas descuram os dentes, revela um inquérito sobre saúde preventiva divulgado hoje pela Comissão Europeia. De acordo com o «Eurobarómetro» hoje divulgado em Bruxelas, ………. Copyright Diário Digital, 20/09/2007

36 ….. De acordo com o «Eurobarómetro», 58% dos portugueses realizaram uma radiografia, ecografia ou outro exame deste tipo nos últimos 12 meses, o valor mais elevado da União Europeia a 25, muito acima da média comunitária, de 38%... ….. Quase metade dos inquiridos, 46%, fez um exame cardíaco, também o valor mais alto, bastante acima da média de 27%... ….. O estudo sobre saúde preventiva revela que os portugueses, por própria iniciativa ou do médico, são bastante cuidadosos com o nível de colesterol – 56% dos inquiridos fizeram este teste específico no último ano, contra 38% da média da UE – e 71% mediram a tensão arterial, acima da média comunitária de 59%... Copyright Diario Digital, 20/09/2007

37 Revista da Ordem dos Médicos, Março 2009

38 …Não admira que Portugal esteja cada vez mais hipocondríaco: "Num país em que a ocupação geral é estar doente Eça de Queiroz. Os Maias (1888) Os portugueses são hipocondríacos – 29% consideram que o seu estado de saúde é "mau" ou "muito mau", em contraste com 9% dos espanhóis… A Península Ibérica em Números 2007 (INE). E que um quarto esteja em sofrimento psicológico (Inquérito Nacional de Saúde) Carmona da Mota - Revista da Ordem dos Médicos, Março 2009

39 O envelhecimento começa no final da adolescência, assim que o ser humano pára de crescer e quando os processos normais de reparação do organismo assumem um ritmo mais lento. O corpo vai mudando devagar, sem que a pessoa se dê conta. De repente, já não se consegue fazer algo que antes era tão fácil.

40

41 J.G. Jordão, utentes 46 anos média etária

42 Giuseppe Cocco – é grave, doutor?, 1982

43

44 Factores Associados à Intervenção Médica Excessiva: Dos cidadaõs: Falsas expectativas Promoção da Doença – Marketing do medo Ideia que se pode prevenir tudo Falta de conhecimentos sobre saúde Pressão consumista Queixas vagas: somatização, hipocondria, neurose, etc. Rev Port Clin Geral 2007;23:289-93

45 Factores Associados à Intervenção Médica Excessiva Dos médicos: Desactualização Influências da indústria Medicalização Incerteza, medicina defensiva Rev Port Clin Geral 2007;23:289-93

46 Giuseppe Cocco – é grave, doutor?, 1982

47 Fontes/Entidades: INE–DGS/MS, INE, PORDATA

48

49 COM

50 Quando a velhice chegar, aceita-a, ama-a. Ela é abundante em prazeres se souberes amá-la. Os anos que vão gradualmente declinando estão entre os mais doces da vida de um homem. Mesmo quando tenhas alcançado o limite extremo dos anos, estes ainda reservam prazeres. Sêneca

51 Não quero adultos, nem chatos. Quero-os metade infância e outra metade velhice! Crianças, para que não esqueçam o valor do vento no rosto e velhos, para que nunca tenham pressa. Oscar Wilde

52 Os que se amam profundamente, jamais envelhecem; podem morrer de velhice, Mas morrem jovens. Martinho Lutero

53 Retirado da Internet

54 Não nos podemos contentar com o acrescentar de anos à vida. Precisamos, sobretudo, de acrescentar mais vida aos anos!

55 A velhice não é sinônimo de doença, tristeza e inactividade. Pode ser plena em saúde, disposição e alegria. O primeiro e mais importante passo é compreender e aceitar o processo.

56 LEMBRE-SE: Ao sair da cama, sente-se, espreguice-se, respire fundo e, aí sim, inicie o seu dia; Tome o pequeno-almoço lembrando-se que essa é a refeição mais importante do dia; Actualize-se, leia o jornal ou ouça as notícias no rádio ou na televisão;

57 Faça uma atividade física em conjunto; Evite o sol entre as10 e as16 horas; Tome um bom banho de chuveiro; Faça uma rigorosa higiene da boca; O almoço deve ser leve, rico em fibras, prefira o peixe e as carnes magras. Se mora sozinho, não simplifique as refeições, vai acabar mal alimentado; No meio da manhã e da tarde, faça um lanche, coma uma fruta, um iogurte; O jantar deve ser leve, mas nutritivo;

58 Ocupe-se, trabalhe, estude, seja produtivo e torne-se útil para alguém; Encontre-se com os amigos e escreva aos que estão longe; Cultive, reforçe, estreite os seus afectos, faça novos amigos; Namore;

59 Encerre o dia com uma boa conversa, a leitura de um bom livro ou um bom filme; Não fique sentado por longos períodos de tempo, levante-se de vez em quando; Não vá para a cama se não estiver com sono e evite deitar-se muito cedo; Se tem dificuldade para adormecer, gaste o máximo de energia durante o dia em longas caminhadas;

60 Consulte o seu Médico de Família duas ou três vezes no ano; Crie com ele uma relação de confiança, mas desconfie quando ele lhe disser então por cá outra vez!? ou o que o traz hoje por cá!?, pode estar mais interessado nas suas queixas que em si; Peça esclarecimentos sobre os diagnósticos e as terapêuticas, da sua necessidade, qual o resultado esperado e ao fim de quanto tempo;

61 Não medicalize, nem deixe medicalizar, a sjua vida e tudo o que sente. Muitas vezes é como a prata do chocolate – vem com; Não abuse de análgésicos, ansioliticos ou inductores do sono, mas se tornarem a sua vida melhor não deixe de os tomar;

62 Nunca se esqueça que: …nem todas as intervenções dos cuidados médicos beneficiam todas as pessoas da mesma forma, e muitas delas, porque excessivas ou desnecessárias, podem originar prejuízo e morbilidade. Não nos podemos esquecer que a Medicina tem também o potencial de provocar prejuízo ao doente. Os cuidados médicos, preventivos e curativos, têm sido excessivos e agressivos, comportando-se também como um Factor de Risco de doença. A intervenção médica excessiva representa uma ameaça para o doente uma vez que o balanço dos benefícios e dos prejuízos pode ficar desequilibrado, violando assim o primado do primum non noccere. Rev Port Clin Geral 2007;23:289-93

63 O jogging é bom para a sua saúde, mas os abraços e beijos, também!

64 António Alves Martins /1882 Bispo de Viseu Na estátua em sua homenagem, figura uma citação sua: «A religião deve ser como o sal na comida: nem muito nem pouco, só o preciso». O mesmo se aplica à Medicina! pt.wikipedia.org

65 Downloads do RealPlayer\João Carlos Martins ao piano - YouTube.flv

66 OBRIGADO


Carregar ppt "FÓRUM COMO VIVER COM O SEU CORPO Eduardo Mendes 30 DE MAIO DE 2012 ( con )"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google