A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

FÓRUM COMO VIVER COM O SEU CORPO Eduardo Mendes 30 DE MAIO DE 2012 ( con )

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "FÓRUM COMO VIVER COM O SEU CORPO Eduardo Mendes 30 DE MAIO DE 2012 ( con )"— Transcrição da apresentação:

1 FÓRUM COMO VIVER COM O SEU CORPO Eduardo Mendes 30 DE MAIO DE 2012 ( con )

2

3 Stephen Hawking, n: 1942 Retirada da Internet - leitorescinefilos.com

4 Downloads do RealPlayer\Depoimento do maestro João Carlos Martins no último capítulo de Viver a Vida - YouTube222.flv

5 Retirada da Internet - pinbrasil.blogspot.com

6 " Eu, fulano, recebo cicrano, como marido/mulher e prometo ser-te fiel, amar-te e respeitar-te, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, por todos os dias da nossa vida, até que a morte nos separe. Retirada da Internet - pinbrasil.blogspot.com

7 Retirada da Internet

8 Recebo este corpo e prometo ser-lhe fiel, amá- lo e respeitá-lo, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, até que a morte nos separe. Retirada da Internet

9 A relação que cada um de nós establece com o seu corpo revela como se percebe, como orienta o seu comportamento e como estabelece relações interpessoais. Superestimar ou subestimar a dimensão corporal indica uma distorção da percepção, que se expressa por uma insatisfação corporal. Existe um corpo físico, observável e um corpo físico, sentido.

10 A saúde, é um estado transitório, que não augura nada de bom Eduardo Barroso

11 Quino – Quinoterapia, 2008

12 Factores que interferem com a saúde Retirado da Internet

13 Retirada da Internet - guardian.co.uk

14

15 Não há mal que sempre dure, nem bem que não se acabe. Provérbio popular

16

17 Giuseppe Cocco – é grave, doutor?, 1982

18 Se ao acordar de manhã e não sentir alguma dor, belisque-se! Pode estar morto!

19

20

21 Retirada da Internet - clinicadeckers.com.br

22 Fontes/Entidades: INE–DGS/MS, INE, PORDATA

23

24

25

26

27

28

29 A morte traz sempre uma desculpa Provérbio popular

30 Fontes/Entidades: INE–DGS/MS, INE, PORDATA

31 Para se chegar à velhice é preciso não morrer novo!

32 Taxa de mortalidade padronizada por acidentes com veículos a motor antes dos 65 anos / 100 000 habitantes Fonte: INE (2010). Elaborado por GIP/ACS a partir de informação disponível e não publicada

33 Fontes/Entidades: INE–DGS/MS, INE, PORDATA

34 Mais vale prevenir que remediar !?

35 UE: Portugueses são os que mais exames médicos fazem Os portugueses são dos europeus que fazem mais exames médicos de rastreio (check-up), sendo mesmo «campeões» em radiografias e exames ao coração, mas descuram os dentes, revela um inquérito sobre saúde preventiva divulgado hoje pela Comissão Europeia. De acordo com o «Eurobarómetro» hoje divulgado em Bruxelas, ………. Copyright Diário Digital, 20/09/2007

36 ….. De acordo com o «Eurobarómetro», 58% dos portugueses realizaram uma radiografia, ecografia ou outro exame deste tipo nos últimos 12 meses, o valor mais elevado da União Europeia a 25, muito acima da média comunitária, de 38%... ….. Quase metade dos inquiridos, 46%, fez um exame cardíaco, também o valor mais alto, bastante acima da média de 27%... ….. O estudo sobre saúde preventiva revela que os portugueses, por própria iniciativa ou do médico, são bastante cuidadosos com o nível de colesterol – 56% dos inquiridos fizeram este teste específico no último ano, contra 38% da média da UE – e 71% mediram a tensão arterial, acima da média comunitária de 59%... Copyright Diario Digital, 20/09/2007

37 Revista da Ordem dos Médicos, Março 2009

38 …Não admira que Portugal esteja cada vez mais hipocondríaco: "Num país em que a ocupação geral é estar doente Eça de Queiroz. Os Maias (1888) Os portugueses são hipocondríacos – 29% consideram que o seu estado de saúde é "mau" ou "muito mau", em contraste com 9% dos espanhóis… A Península Ibérica em Números 2007 (INE). E que um quarto esteja em sofrimento psicológico (Inquérito Nacional de Saúde) Carmona da Mota - Revista da Ordem dos Médicos, Março 2009

39 O envelhecimento começa no final da adolescência, assim que o ser humano pára de crescer e quando os processos normais de reparação do organismo assumem um ritmo mais lento. O corpo vai mudando devagar, sem que a pessoa se dê conta. De repente, já não se consegue fazer algo que antes era tão fácil.

40

41 J.G. Jordão, 1995 18.805 utentes 46 anos média etária

42 Giuseppe Cocco – é grave, doutor?, 1982

43

44 Factores Associados à Intervenção Médica Excessiva: Dos cidadaõs: Falsas expectativas Promoção da Doença – Marketing do medo Ideia que se pode prevenir tudo Falta de conhecimentos sobre saúde Pressão consumista Queixas vagas: somatização, hipocondria, neurose, etc. Rev Port Clin Geral 2007;23:289-93

45 Factores Associados à Intervenção Médica Excessiva Dos médicos: Desactualização Influências da indústria Medicalização Incerteza, medicina defensiva Rev Port Clin Geral 2007;23:289-93

46 Giuseppe Cocco – é grave, doutor?, 1982

47 Fontes/Entidades: INE–DGS/MS, INE, PORDATA

48

49 COM

50 Quando a velhice chegar, aceita-a, ama-a. Ela é abundante em prazeres se souberes amá-la. Os anos que vão gradualmente declinando estão entre os mais doces da vida de um homem. Mesmo quando tenhas alcançado o limite extremo dos anos, estes ainda reservam prazeres. Sêneca

51 Não quero adultos, nem chatos. Quero-os metade infância e outra metade velhice! Crianças, para que não esqueçam o valor do vento no rosto e velhos, para que nunca tenham pressa. Oscar Wilde

52 Os que se amam profundamente, jamais envelhecem; podem morrer de velhice, Mas morrem jovens. Martinho Lutero

53 Retirado da Internet

54 Não nos podemos contentar com o acrescentar de anos à vida. Precisamos, sobretudo, de acrescentar mais vida aos anos!

55 A velhice não é sinônimo de doença, tristeza e inactividade. Pode ser plena em saúde, disposição e alegria. O primeiro e mais importante passo é compreender e aceitar o processo.

56 LEMBRE-SE: Ao sair da cama, sente-se, espreguice-se, respire fundo e, aí sim, inicie o seu dia; Tome o pequeno-almoço lembrando-se que essa é a refeição mais importante do dia; Actualize-se, leia o jornal ou ouça as notícias no rádio ou na televisão;

57 Faça uma atividade física em conjunto; Evite o sol entre as10 e as16 horas; Tome um bom banho de chuveiro; Faça uma rigorosa higiene da boca; O almoço deve ser leve, rico em fibras, prefira o peixe e as carnes magras. Se mora sozinho, não simplifique as refeições, vai acabar mal alimentado; No meio da manhã e da tarde, faça um lanche, coma uma fruta, um iogurte; O jantar deve ser leve, mas nutritivo;

58 Ocupe-se, trabalhe, estude, seja produtivo e torne-se útil para alguém; Encontre-se com os amigos e escreva aos que estão longe; Cultive, reforçe, estreite os seus afectos, faça novos amigos; Namore;

59 Encerre o dia com uma boa conversa, a leitura de um bom livro ou um bom filme; Não fique sentado por longos períodos de tempo, levante-se de vez em quando; Não vá para a cama se não estiver com sono e evite deitar-se muito cedo; Se tem dificuldade para adormecer, gaste o máximo de energia durante o dia em longas caminhadas;

60 Consulte o seu Médico de Família duas ou três vezes no ano; Crie com ele uma relação de confiança, mas desconfie quando ele lhe disser então por cá outra vez!? ou o que o traz hoje por cá!?, pode estar mais interessado nas suas queixas que em si; Peça esclarecimentos sobre os diagnósticos e as terapêuticas, da sua necessidade, qual o resultado esperado e ao fim de quanto tempo;

61 Não medicalize, nem deixe medicalizar, a sjua vida e tudo o que sente. Muitas vezes é como a prata do chocolate – vem com; Não abuse de análgésicos, ansioliticos ou inductores do sono, mas se tornarem a sua vida melhor não deixe de os tomar;

62 Nunca se esqueça que: …nem todas as intervenções dos cuidados médicos beneficiam todas as pessoas da mesma forma, e muitas delas, porque excessivas ou desnecessárias, podem originar prejuízo e morbilidade. Não nos podemos esquecer que a Medicina tem também o potencial de provocar prejuízo ao doente. Os cuidados médicos, preventivos e curativos, têm sido excessivos e agressivos, comportando-se também como um Factor de Risco de doença. A intervenção médica excessiva representa uma ameaça para o doente uma vez que o balanço dos benefícios e dos prejuízos pode ficar desequilibrado, violando assim o primado do primum non noccere. Rev Port Clin Geral 2007;23:289-93

63 O jogging é bom para a sua saúde, mas os abraços e beijos, também!

64 António Alves Martins - 1808/1882 Bispo de Viseu Na estátua em sua homenagem, figura uma citação sua: «A religião deve ser como o sal na comida: nem muito nem pouco, só o preciso». O mesmo se aplica à Medicina! pt.wikipedia.org

65 Downloads do RealPlayer\João Carlos Martins ao piano - YouTube.flv

66 OBRIGADO


Carregar ppt "FÓRUM COMO VIVER COM O SEU CORPO Eduardo Mendes 30 DE MAIO DE 2012 ( con )"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google