A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

10-1Quality Control 3.1 Como coletar dados de um processo – Estratificação e Folha de Verificação. 3.2 Como priorizar problemas e projetos – Gráfico de.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "10-1Quality Control 3.1 Como coletar dados de um processo – Estratificação e Folha de Verificação. 3.2 Como priorizar problemas e projetos – Gráfico de."— Transcrição da apresentação:

1 10-1Quality Control 3.1 Como coletar dados de um processo – Estratificação e Folha de Verificação. 3.2 Como priorizar problemas e projetos – Gráfico de Pareto. 3.3 Como identificar as causas de um efeito quando estas não são óbvias – Diagrama de Causa-e-Efeito. UNIDADE 3 COLETA DE DADOS, GRÁFICO DE PARETO E DIAGRAMA DE CAUSA-E-EFEITO Professor: Márcio José Coutinho de Paiva

2 10-2Quality Control UNIDADE COMO COLETAR DADOS DE UM PROCESSO – ESTRATIFICAÇÃO E FOLHA DE VERIFICAÇÃO Pontos principais: 1 Objetivo da coleta de dados. 2 Dados discretos e contínuos. 3 Estratificação. 4 Folhas de Verificação mais utilizadas. 5 Como construir e utilizar Folhas de Verificação. Questões para discussão: 1 Antes de coletar dados, é importante que se defina o que se pretende fazer com eles. Por quê? 2 Qual é a importância da estratificação na coleta de dados?

3 10-3Quality Control UNIDADE COMO PRIORIZAR PROBLEMAS E PROJETOS – GRÁFICO DE PARETO Pontos principais: 1 Importância da priorização de problemas. 2 Como construir e interpretar Gráficos de Pareto. Questões para discussão: 1 Qual é a importância de se priorizar problemas? 2 Como decidir quais os problemas serão priorizados?

4 10-4Quality Control UNIDADE COMO IDENTIFICAR AS CAUSAS DE UM EFEITO QUANDO ESTAS NÃO SÃO ÓBVIAS – DIAGRAMA DE CAUSA-E-EFEITO Pontos principais: 1 Importância da identificação das causas de um efeito. 2 Como construir e interpretar Diagramas de Causa-e-Efeito. Questões para discussão: 1 Qual é a importância de se identificar as causas de um problema? 2 Como definir quais causas deverão ser tratadas?

5 10-5Quality Control Ferramentas básicas da qualidade A melhoria na qualidade nunca é um acidente, mas sempre o resultado de um esforço inteligente John Ruskin Para refletir...

6 10-6Quality Control Scattergram Ferramentas básicas da qualidade Fluxograma / mapa de processo Folha de verificação Diagrama de causa-efeito Gráfico de Pareto Histograma Gráficos de controle / gráficos de tendência Diagrama de dispersão São ferramentas muito simples São utilizadas simultaneamente

7 10-7Quality Control Fluxograma Não tem base estatística São excelentes ferramentas para visualização de etapas Mostram: - o progresso do trabalho - o fluxo do material ou informação em uma seqüência de operações São úteis para análise inicial de um processo

8 10-8Quality Control Fluxograma Processo de corte Selecionar matéria prima Ajustar a máquina dimensão desejada Posicionar material na máquina Corte automático Iniciar o corte Reiniciar o set up da máquina Cortou 20 peças Inspecionar 1 peça aprovada sim não sim não Continuar processo de corte Encerrar o corte

9 10-9Quality Control Ferramenta utilizada para organizar o processo de coleta e registro de dados, de forma a contribuir para otimizar a posterior análise dos dados obtidos. PARTE DO CORPO ATINGIDA MÃOS OLHOS PERNAS TRONCO TURMA TURNO MANHÃTARDENOITE A A A A B B B B C C C C Folha de verificação

10 10-10Quality Control Folha de verificação O que é ? É um formulário de papel no qual os itens a serem verificados estão impressos, de modo que os dados possam ser coletados de forma FÁCIL e CONCISA. Qual sua finalidade ? Facilitar a coleta de dados; Organizar os dados simultaneamente à coleta. Quais são os cuidados necessários ? Definir o período de tempo da coleta; Desenhar a Folha de Verificação de uma forma clara e fácil de usar; Obter os dados de uma maneira consistente e honesta; Certificar-se de que as pessoas que irão preencher, realmente sabem e concordam com a Folha de Verificação. Uma folha de verificação bem feita auxilia muito na solução de um problema

11 10-11Quality Control TEM COMO PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS TER FORMATO SIMPLIFICADO FAZER COLETA DE DADOS RÁPIDA DETECTAR TENDÊNCIAS Folha de Verificação MÃOS OLHOS PERNAS TRONCO TURMA TURNO MANHÃTARDENOITE A A A A B B B B C C C C Folha de verificação

12 10-12Quality Control Folha de verificação Desvio Quantidade de ocorrências Freqüên cia Diâmetro da Ghiera (mm) 39,91 LIE LSE Total Folha de verificação para a distribuição das medidas do diâmetro da Ghiera

13 10-13Quality Control Folha de verificação Defeito Contagem Subtotal Arranhão Trinca Revestimento inadequado Muito grossa ou muito fina Não acabada Outros total Produto: Lente Estágio de fabricação: Inspeção final Tipo de defeito: Arranhão, trinca, revestimento inadequado, não acabada Total inspecionado: 1200 lentes Data: 03/05/1995 Seção: INSPROD Inspetor: José Roberto Observações: FOLHA DE VERIFICAÇÃO PARA CLASSIFICAÇÃO DE PRODUTOS DEFEITUOSOS

14 10-14Quality Control Vilfredo Pareto (economista italiano 1848 ~ 1923) descobriu que: 80% da riqueza da Itália estava nas mãos de 20 % da população; 20 % dos clientes eram responsáveis por 80 % das vendas 20 % dos componentes representavam 80 % do custo etc. Estes resultados foram confirmados por Juran (1960) para uma grande maioria de eventos na natureza Daí nasceu o Princípio de Pareto Gráfico de Pareto Poucos Vitais e Muitos triviais

15 10-15Quality Control Exemplo: Estudo sobre o aumento do número de lentes defeituosas Tipo de defeitoQuantidade de defeitos Total acumulado Freqüência relativa Freqüência relativa acumulada Revestimento inadequado 55 43,3 Trincas419632,375,6 Arranhão121089,485,0 Fina ou grossa111198,793,7 Não acabada51243,997,6 outros31272,4100,0 total ,0- Gráfico de Pareto

16 10-16Quality Control Diagrama de barras verticais que dispõe a informação de forma a tornar evidente e visual a priorização de temas e projetos. Gráfico de Pareto Revestimento inadequado % Qte. defeitos Trinca Arranhão Fina ou grossa Não acabada Outros 43,3 % 75,6 % 85,0 % 93,7 % 97,6 % 100,0% 32,3 % 9,4 % 8,7 % 3,9 % 2,4%

17 10-17Quality Control Gráfico de Pareto Quando Aplicar o Diagrama de Pareto quando se precisa estreitar o escopo da análise de uma situação quando os recursos são escassos e exige-se uma identificação das áreas prioritárias para intervenção quando se deseja identificar as poucas causas dominantes que maior repercussão têm sobre a situação em análise quando se deseja orientar os esforços de todos para a atuação sobre os pontos que maior impacto terão sobre os resultados Benefício Identificar as poucas causas vitais dentre as muitas causas triviais O que é ? É a um gráfico de barras que exibe a contribuição, em termos absoluto e relativo, das várias causas determinantes de uma situação

18 10-18Quality Control Procedimento para construção: Elabore uma Folha de Verificação; Ordene os itens em ordem crescente de quantidade. O item "outros " deve ficar na última linha, qualquer que seja a sua grandeza; Trace os eixos verticais (duas escalas ) e horizontal ( divida este eixo num número de intervalos igual ao número de itens da classificação); Construa o diagrama de barras; Anote as informações necessárias (Diagrama: título, quantidades significativas, unidades, nome do elaborador - dados: período, assunto, local do levantamento, quantidade e total de dados). Gráfico de Pareto

19 10-19Quality Control Diagrama de causa e efeito O que é ? É um diagrama que representa de forma ordenada a VISUALIZAÇÃO entre um efeito e suas diversas causas. Efeito (problema) Causas

20 10-20Quality Control Diagrama de causa e efeito Qual sua finalidade ? Revelar relacionamentos importantes entre variáveis e as muitas causas possíveis Permitir a visualização organizada das possíveis causas de um efeito Fornecer uma visão adicional do comportamento do processo Causas... são todos os motivos que nos levam a ter um problema.

21 10-21Quality Control Como montar o Diagrama de Causa e Efeito Formação do grupo de trabalho Envolva todas as pessoas que possam contribuir na identificação das causas. As reuniões devem ser participativas. Diagrama de Causa e Efeito Anote o maior número possível de causas. Estabeleça a relação de causa e efeito entre as causas levantadas. Construa o diagrama de causa e efeito colocando as causas mais gerais nas espinhas maiores e causas secundárias, terciárias, etc., nas ramificações menores. Diagrama de causa e efeito

22 10-22Quality Control A B C D CAUSAS PROVÁVEIS assinale no diagrama as causas que pareçam ter forte relação com a característica ou o problema Diagrama de causa e efeito

23 10-23Quality Control Diagrama de causa e efeito

24 10-24Quality Control Procedimento para construção: Determine o problema que será analisado; Defina as causas primárias que afetam o problema; Determine as causas secundárias que afetam o problema; Determine as causas terciárias que afetam o problema; Escolha as causas mais prováveis - assinale; Registre outras informações. Diagrama de causa e efeito Como levantar as causas? Através de brainstorming Através de lista de verificação


Carregar ppt "10-1Quality Control 3.1 Como coletar dados de um processo – Estratificação e Folha de Verificação. 3.2 Como priorizar problemas e projetos – Gráfico de."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google