A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Vinha de Luz 128- Liberdade - Chico/Emmanuel -. Liberdade "Não useis, porém, da liberdade para dar ocasião à carne, mas servi-vos uns aos outros pela.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Vinha de Luz 128- Liberdade - Chico/Emmanuel -. Liberdade "Não useis, porém, da liberdade para dar ocasião à carne, mas servi-vos uns aos outros pela."— Transcrição da apresentação:

1 Vinha de Luz 128- Liberdade - Chico/Emmanuel -

2 Liberdade "Não useis, porém, da liberdade para dar ocasião à carne, mas servi-vos uns aos outros pela caridade." - Paulo. (GÁLATAS, 5:13.) Em todos os tempos, a liberdade foi utilizada pelos dominadores da Terra. Em variados setores da evolução humana, os mordomos do mundo aproveitam-na para o exercício da tirania, usam-na os servos em explosões de revolta e descontentamento. Quase todos os habitantes do Planeta pretendem a exoneração de toda e qualquer responsabilidade, para se mergulharem na escravidão aos delitos de toda sorte. Ninguém, contudo, deveria recorrer ao Evangelho para aviltar o sublime princípio. A palavra do apóstolo aos gentios é bastante expressiva. O maior valor da independência relativa de que desfrutamos reside na possibilidade de nos servirmos uns aos outros, glorificando o bem.

3 O homem gozará sempre da liberdade condicional e, dentro dela, pode alterar o curso da própria existência, pelo bom ou mau uso de semelhante faculdade nas relações comuns. É forçoso reconhecer, porém, que são muito raros os que se decidem à aplicação dignificante dessa virtude superior. Em quase todas as ocasiões, o perseguido, com oportunidade de desculpar, mentaliza represálias violentas; o caluniado, com ensejo de perdão divino, recorre à vingança; o incompreendido, no instante azado de revelar fraternidade e benevolência, reclama reparações. Onde se acham aqueles que se valem do sofrimento, para intensificar o aprendizado com Jesus Cristo? Onde os que se sentem suficientemente livres para converter espinhos em bênçãos?

4 No entanto, o Pai concede relativa liberdade a todos os filhos, observando-lhes a conduta. Raríssimas são as criaturas que sabem elevar o sentido da independência a expressões de vôo espiritual para o Infinito. A maioria dos homens cai, desastradamente, na primeira e nova concessão do Céu, transformando, às vezes, elos de veludo em algemas de bronze.

5 TiraniaX Revolta e Desconten tamento VL – Liberdade

6 Delitos de toda sorte Usurpar;Caluniar;Iludir;Mentir;Roubar;Denegrir;Invejar; Sabotar e etc. VL – Liberdade

7 O estado de liberdade depende do livre-arbítrio, quer dizer, da capacidade de escolha entre o certo e o errado. LE – Allan Kardec – Livre arbítrio 1)estado de Espírito: com a escolha das provas; 2)estado corpóreo: com a faculdade de ceder ou resistir aos arrastamentos a que voluntariamente estamos submetidos. VL – Liberdade

8 Livre Arbítrio Livre Arbítrio – Faculdade dada ao ESPÍRITO; Estabelece em nós o senso de responsabilidade pelas ESCOLHAS feitas e daí passamos a ser os ARTÍFICES do nosso próprio destino! Liberdade VL – Liberdade Estado do ser que não sofre constrangimento, que age conforme a sua vontade, a sua natureza. Em termos políticos, é a faculdade de fazer o que se queira dentro dos limites do direito.

9 Um dia, no curso dos milênios, o nosso livre-arbítrio se harmonizará plenamente com a verdade total, com as deliberações superiores. Nesse dia saberemos executar, com fidelidade, o pensamento do Cristo, Mestre e Senhor Nosso. E aí repetiremos com Jesus, A minha comida é fazer a vontade daquele que me enviou, e realizar sua obra (João, 4: 34) VL – Liberdade Uma certeza... Interesses Pessoais X Interesses Espirituais

10 Mas, por agora, Emmanuel fala em Liberdade Condicional e que o Pai concede Relativa Liberdade a todos os filhos, observando- lhes a conduta. >> Exigindo de nós VIGILÂNCIA E ORAÇÃO VL – Liberdade

11 Poema: Liberdade Estudando a Liberdade, busquei a Natureza para sondar-lhe o brilho. O esplendor me cercava, mas o Sol afirmou : – Para libertar a luz devo permanecer em minha própria órbita. Disse o Mar : – Como nutrir as forças da Vida sem aceitar as minhas limitações? A Fonte declarou : – Não posso emancipar o beneficio de minhas águas, sem atender às linhas que me orientam o curso. Explicou-se a Flor : – Impossível abrir-me para o festival dos perfumes, sem deixar-me prender.dorforça

12 Não longe, a Eletricidade comentou, movimentando uma fábrica : – Fora da disciplina, em vão procuraria ser mais útil. Um Automóvel parado entrou na conversação : – Posso ganhar tempo e vencer o espaço, mas infeliz daquele que me use sem breques! Então, voltando-me para dentro do próprio coração, exclamei em prece: – Deus, meu Deus, fizeste-me livre no pensamento para criar o bem e estendê-lo aos meus irmãos ; no entanto, que será de mim, sem ajustar-me às tuas leis?disciplinaespaço preceeu pensamento bemeulei Cid Franco / Chico Xavier Chico Xavier pede licença VL – Liberdade A Ponte murmurou: – Nada seria eu se não guardasse a disposição de servir.eu

13 VL – Liberdade Paz do Cristo!


Carregar ppt "Vinha de Luz 128- Liberdade - Chico/Emmanuel -. Liberdade "Não useis, porém, da liberdade para dar ocasião à carne, mas servi-vos uns aos outros pela."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google