A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

M UDANÇA DE ÉPOCA Atinge os critérios de compreender a vida, inclusive a maneira de entender Deus. Exige que o anúncio de JC não seja mais pressuposto,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "M UDANÇA DE ÉPOCA Atinge os critérios de compreender a vida, inclusive a maneira de entender Deus. Exige que o anúncio de JC não seja mais pressuposto,"— Transcrição da apresentação:

1 M UDANÇA DE ÉPOCA Atinge os critérios de compreender a vida, inclusive a maneira de entender Deus. Exige que o anúncio de JC não seja mais pressuposto, porém explicitado continuamente.

2 URGÊNCIAS Missão Iniciação à vida cristã Animação bíblica Comunidade de comunidades Serviço à vida

3 URGÊNCIAS Devem estar presentes em todos os processos de planejamento Assumir uma delas exige que se assumam as outras.

4 URGÊNCIAS E INICIAÇÃO Encontro com JC Mergulho gradativo no mistério Que se dá com a Escritura Em comunidade Para se tornarem sinais do Reino na sociedade.

5 O QUE É INICIAÇÃO CRISTÃ Fenomenologia: transformação em três estágios: antes, durante e depois 3 sacramentos + evangelização

6 D ESAFIO : Os batizados não evangelizados Iniciação atualmente é pobre e fragmentada Finalidade da iniciação: Já não sou eu que vivo é Cristo que vive em mim!

7 R EGIME DE CRISTANDADE Iniciação por idades: educação da fé Presume o 1º contato Família transmite a fé

8 S OCIEDADE P LURALISTA Opção de fé Falta de referências cristãs Família perdeu a capacidade de educar a fé

9 INICIAÇÃO CRISTÃ DE ADULTOS É exemplar Unidade sacramental Itinerário de educação da fé Centrada na Páscoa Progressiva: 4 tempos Privilegia os adultos catecúmenos ou que não completaram a iniciação

10 RICA –RITUAL DE INICIAÇÃO CRISTÃ DE ADULTOS Querigma: primeiro anúncio – Encontro com Cristo, conversão e o testemunho de quem anuncia Discipulado: atitudes, valores e seguimento Mistagogia: ser introduzido no mistério pelos ritos

11 Q UERIGMA Anunciar JC, recomeçando a partir dele, sem dar nada como pressuposto ou descontado (40). Anúncio explícito e contínuo de JC (43). Pastoral da visitação, da acolhida, da escuta

12 DA P. N. 278 A O querigma não é somente o tempo de uma fase, mas o fio condutor de um processo e só a partir dele acontece a possibilidade de uma iniciação cristã verdadeira.

13 P ERSPECTIVA CATECUMENAL NA COMUNIDADE Acolhida, diálogo, partilha, familiaridade com a Palavra, vida comunitária.

14 C ATEQUESE COM ESTILO CATECUMENAL Catequese não limitada às crianças, Catequese não ocasional, como preparação sacramental, Formação integral – assumido pela Igreja Particular.

15 DA P 288 A IN, que inclui o querigma é a maneira prática de colocar alguém em contato com Jesus Cristo e iniciá- lo no discipulado. Tem como objetivo ser uma escola de discípulos cuja metodologia é a conversão progressiva.

16 C ATECUMENATO PÓS - BATISMAL O DNC e o DAp projetam os adultos, como os destinatários primeiros a crescer na fé. A atenção se volta das crianças para os adultos, e em particular a família, para aqueles que não participam da comunidade e nem receberam os sacramentos da confirmação e/ou eucaristia.

17 PEDAGOGIA DA INICIAÇÃO Persuasão do interlocutor pelo testemunho de vida, por argumentação que busca a verdade.

18 IGREJA, CASA INICIAÇÃO CRISTÃ Pe. Antonio Francisco Lelo


Carregar ppt "M UDANÇA DE ÉPOCA Atinge os critérios de compreender a vida, inclusive a maneira de entender Deus. Exige que o anúncio de JC não seja mais pressuposto,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google