A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A mulher no Judaísmo. Faces da discrimanação da mulher no Antigo Testamento a projeção do gênero masculino em Deus a participação da mulher no ato gerador.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A mulher no Judaísmo. Faces da discrimanação da mulher no Antigo Testamento a projeção do gênero masculino em Deus a participação da mulher no ato gerador."— Transcrição da apresentação:

1 A mulher no Judaísmo

2 Faces da discrimanação da mulher no Antigo Testamento a projeção do gênero masculino em Deus a participação da mulher no ato gerador se considerava como secundária e acidental a circuncisão que desempenhou sem dúvida um importante papel, limitada ao sexo masculino entre os judeus uma leitura parcial do livro do Genesis :a mulher foi considerada ontologicamente inferior ao homem porque foi criada depois. pelo aspecto legal prescrições com relação à pureza a projeção do gênero masculino em Deus a participação da mulher no ato gerador se considerava como secundária e acidental a circuncisão que desempenhou sem dúvida um importante papel, limitada ao sexo masculino entre os judeus uma leitura parcial do livro do Genesis :a mulher foi considerada ontologicamente inferior ao homem porque foi criada depois. pelo aspecto legal prescrições com relação à pureza

3 "Uma filha é para o pai tesouro enganoso. A preocupação por ela rouba-lhe o sono. Se jovem, porque não se casa, se casada para que não seja repudiada, se donzela porque a seduzem, se casada para que não seja infiel, em casa para que não.fique grávida, na casa do marido para que não fique estéril". (Eclo 42,9-10) "Uma filha é para o pai tesouro enganoso. A preocupação por ela rouba-lhe o sono. Se jovem, porque não se casa, se casada para que não seja repudiada, se donzela porque a seduzem, se casada para que não seja infiel, em casa para que não.fique grávida, na casa do marido para que não fique estéril". (Eclo 42,9-10)

4 A mulher no Judaísmo tardio

5 A relação com as mulheres na época de Jesus À medida que o povo se foi sedentarizando e construindo cidades, o homem vai assumindo mais e mais instrumentos de poder social e a situação da mulher se torna ainda pior O culto, coisa essencial para os israelitas, estava inteiramente nas mãos dos homens. As mulheres não tinham o direito de penetrar na parte central do templo. A mulher casada era considerada um obstáculo à oração do marido O rabinismo mais recente proíbe até qualquer conversação não estritamente necessária com a própria esposa o judaísmo tardio proibia às mulheres até mesmo servir as comidas às refeições em que participavam convidados, por medo que pudessem exercer alguma influência graças ao fato de escutar conversas À medida que o povo se foi sedentarizando e construindo cidades, o homem vai assumindo mais e mais instrumentos de poder social e a situação da mulher se torna ainda pior O culto, coisa essencial para os israelitas, estava inteiramente nas mãos dos homens. As mulheres não tinham o direito de penetrar na parte central do templo. A mulher casada era considerada um obstáculo à oração do marido O rabinismo mais recente proíbe até qualquer conversação não estritamente necessária com a própria esposa o judaísmo tardio proibia às mulheres até mesmo servir as comidas às refeições em que participavam convidados, por medo que pudessem exercer alguma influência graças ao fato de escutar conversas

6 oração que os israelitas deviam fazer a Yahweh três vezes ao dia no século II : Louvado sejas por não me ter feito gentio! Louvado sejas por não me ter feito mulher! Louvado sejas por não me ter feito ignorante!

7 Jesus e as mulheres

8 A Samaritana (Jo 4,1-42)

9 A mulher adúltera (Jo 8,1-11)

10 Ressurreição de Lázaro (Jesus amava Marta, sua irmã e Lázaro) Jo 11,1-44

11 A unção de Betânia (Jo 12,1-11)

12 As mulheres aos pés da Cruz (Jo 19,25-26)

13 Maria Madalena vive a experiência da ressurreição de Jesus (Jo 20,1-18)

14 Jesus, trás para seu lugar, para o seu movimento o NOVO, acolhe, conversa, se compadece, cultiva a amizade e deixa sentar-se aos seus pés. Jesus Inclusão e Igualdade Mulheres

15 Fé Anuncio Inclusão Iniciativa Decidida Participativa Rearticuladora Fé Anuncio Inclusão Iniciativa Decidida Participativa Rearticuladora Discípula Geradora Liderança Compromisso JesusMulher

16 As mulheres na Igreja Primitiva Júnia chamada por Paulo "apóstola"; Rm 16,1-3: Febe chamada "diakonos" e "prostatis" (coordenador), títulos que Paulo atribui a si mesmo e a ApoIo - cf. lCor 3,5-9). Elas também exerceram funções missionárias dentro do preceito lucano de irem dois a dois anunciar como Prisca e Áquila (cf. lCor 16,19 e Rm 16,5). Prisca e Áquila se empenharam na missão entre os gentios junto com Paulo, Barnabé, Timóteo ou ApoIo. Prisca é mencionada quatro vezes antes do marido, o que atesta sua liderança. Paulo chama ao casal de cooperadores. Sua casa era um centro missionário em Corinto (lCor 16,19), Éfeso (At 18,18), Roma (Rm 16,5). Além dessas são mencionadas mulheres que eram chefes das igrejas domésticas, como Lídia de Tiatira (cf. At 16,4), Ninfa de Laodicéia (cf. CI 4,15), Cloé (cf. lCor 1,11). Júnia chamada por Paulo "apóstola"; Rm 16,1-3: Febe chamada "diakonos" e "prostatis" (coordenador), títulos que Paulo atribui a si mesmo e a ApoIo - cf. lCor 3,5-9). Elas também exerceram funções missionárias dentro do preceito lucano de irem dois a dois anunciar como Prisca e Áquila (cf. lCor 16,19 e Rm 16,5). Prisca e Áquila se empenharam na missão entre os gentios junto com Paulo, Barnabé, Timóteo ou ApoIo. Prisca é mencionada quatro vezes antes do marido, o que atesta sua liderança. Paulo chama ao casal de cooperadores. Sua casa era um centro missionário em Corinto (lCor 16,19), Éfeso (At 18,18), Roma (Rm 16,5). Além dessas são mencionadas mulheres que eram chefes das igrejas domésticas, como Lídia de Tiatira (cf. At 16,4), Ninfa de Laodicéia (cf. CI 4,15), Cloé (cf. lCor 1,11).

17 A mulher na Igreja Cristã hoje Evangelizadora Teóloga Articuladora Pastora ( em algumas denominações cristãs) Religiosas trabalhando nas pastorais de fronteira( Pastoral da terra, Dos Menores, Da Favela, Dos Migrantes...) Líder das comunidades Evangelizadora Teóloga Articuladora Pastora ( em algumas denominações cristãs) Religiosas trabalhando nas pastorais de fronteira( Pastoral da terra, Dos Menores, Da Favela, Dos Migrantes...) Líder das comunidades

18 Espaços a conquistar Maior participação na hierarquia da Igreja Maior poder de decisão Superação do preconceito ainda existente Maior participação na hierarquia da Igreja Maior poder de decisão Superação do preconceito ainda existente


Carregar ppt "A mulher no Judaísmo. Faces da discrimanação da mulher no Antigo Testamento a projeção do gênero masculino em Deus a participação da mulher no ato gerador."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google