A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Oração do Terço. Doutrina Cristã Deus teve misericórdia dos homens? Deus teve misericórdia dos homens depois do pecado de nossos primeiros pais e, para.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Oração do Terço. Doutrina Cristã Deus teve misericórdia dos homens? Deus teve misericórdia dos homens depois do pecado de nossos primeiros pais e, para."— Transcrição da apresentação:

1 Oração do Terço

2 Doutrina Cristã Deus teve misericórdia dos homens? Deus teve misericórdia dos homens depois do pecado de nossos primeiros pais e, para os salvar, prometeu e enviou um Redentor que é Jesus Cristo. Quem é o Redentor que Deus prometeu e enviou aos homens? O Redentor que Deus prometeu e enviou aos homens é o próprio Filho de Deus feito homem, Nosso Senhor Jesus Cristo. Como nos redimiu Jesus Cristo? Jesus Cristo redimiu-nos cumprindo a vontade divina até ao sacrifício da Sua vida na Cruz.

3 Ano C- XXV Domingo do Tempo Comum

4 Venho com Amor à casa de Deus À casa de Deus Venho com Amor à casa de Deus Onde há paz, paz, paz Jesus é o caminho pra a casa de Deus Pra casa de Deus Jesus é o caminho pra casa de deus Onde há paz, paz, paz

5 Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Ámen! A graça de Nosso Senhor Jesus Cristo, o amor do Pai e a Comunhão do Espírito Santo estejam convosco. Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo. Irmãos, para celebrar dignamente os Santos Mistérios reconheçamos que somos pecadores (momento de silêncio)

6 Confessemos os nossos pecados: Confesso a Deus Todo-Poderoso e a vós, irmãos, que pequei muitas vezes por pensamentos e palavras, actos e omissões, (batendo no peito) por minha culpa, minha tão grande culpa. E peço à Virgem Maria, aos Anjos e Santos, e a vós, irmãos, que rogueis por mim a Deus, Nosso Senhor. Deus Todo-Poderoso tenha compaixão de nós perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna. Ámen!

7 Senhor, tende piedade de nós. Cristo, tende piedade de nós. Senhor, tende piedade de nós.

8 Glória a Deus nas alturas, e paz na terra aos homens por Ele amados. Senhor Deus, Rei dos céus, Deus Pai todo-poderoso: nós Vos louvamos, nós Vos bendizemos, nós Vos adoramos, nós Vos glorificamos, nós Vos damos graças por Vossa imensa glória.

9 Senhor Jesus Cristo, Filho Unigénito, Senhor Deus, Cordeiro de Deus, Filho de Deus Pai: Vós que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós; Vós que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica; Vós que estais à direita do Pai, tende piedade de nós. Só Vós sois o Santo;

10 só Vós, o Senhor; só Vós o Altíssimo, Jesus Cristo; com o Espírito Santo, na glória de Deus Pai. Ámen

11 ORAÇÃO COLECTA Senhor, que fizestes consistir a plenitude da lei no vosso amor e no amor do próximo, dai-nos a graça de cumprirmos este duplo mandamento, para alcançarmos a vida eterna. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo. Amem.

12 Am 8, 4-7 Contra aqueles que possuem dinheiro alheio

13 LEITURA I Am 8, 4-7 Leitura da Profecia de Amós Escutai bem, vós que espezinhais o pobre e quereis eliminar os humildes da terra. Vós dizeis: «Quando passará a lua nova, para podermos vender o nosso grão? Quando chegará o fim de sábado, para podermos abrir os celeiros de trigo? Faremos a medida mais pequena, aumentaremos o preço, arranjaremos balanças falsas.

14 LEITURA I Am 8, 4-7 Compraremos os necessitados por dinheiro e os indigentes por um par de sandálias. Venderemos até as cascas do nosso trigo». Mas o Senhor jurou pela glória de Jacob: «Nunca esquecerei nenhuma das suas obras». Palavra do Senhor. Graças a Deus

15

16 Salmo 112 (113), (R. cf. 1a.7b) Refrão: LOUVAI O SENHOR QUE LEVANTA OS FRACOS

17 1ª Tim 2, 1-8 «Façam-se preces por todos os homens a Deus, que quer salvar todos os homens»

18 LEITURA II 1Tim 2, 1-8 Leitura da Primeira Epístola do apóstolo São Paulo a Timóteo Caríssimo: Recomendo, antes de tudo, que se façam preces, orações, súplicas e acções de graças por todos os homens, pelos reis e por todas as autoridades, para que possamos levar uma vida tranquila e pacífica, com toda a piedade e dignidade.

19 LEITURA II 1 Tim 2, 1-8 Isto é bom e agradável aos olhos de Deus, nosso Salvador; Ele quer que todos os homens se salvem e cheguem ao conhecimento da verdade. Há um só Deus e um só mediador entre Deus e os homens, o homem Jesus Cristo, que Se entregou à morte pela redenção de todos. Tal é o testemunho que foi dado a seu tempo e do qual fui constituído arauto e apóstolo – digo a verdade, não minto –

20 LEITURA II 1 Tim 2, 1-8 mestre dos gentios na fé e na verdade. Quero, portanto, que os homens rezem em toda a parte, erguendo para o Céu as mãos santas, sem ira nem contenda. Palavra do Senhor. Graças a Deus

21 Aclamação A palavra de Deus é vida A palavra de Deus é pão Pão que mata a fome de amor Aleluia, glória ao Senhor Aleluia, aleluia (4x)

22 Lc 16, 1-13 «Não podeis servir a Deus e ao dinheiro»

23 EVANGELHO Lc 16, 1-13 O Senhor esteja convosco, Ele está no meio de Nós. Evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo segundo S. Lucas Gloria a Vós, Senhor!

24 EVANGELHO Lc 16, 1-13 Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: «Um homem rico tinha um administrador, que foi denunciado por andar a desperdiçar os seus bens. Mandou chamá-lo e disse-lhe: Que é isto que ouço dizer de ti? Presta contas da tua administração, porque já não podes continuar a administrar. O administrador disse consigo: Que hei-de fazer, agora que o meu senhor me vai tirar a

25 EVANGELHO Lc 16, 1-13 administração? Para cavar não tenho força, de mendigar tenho vergonha. Já sei o que hei-de fazer, para que, ao ser despedido da administração, alguém me receba em sua casa. Mandou chamar um por um os devedores do seu senhor e disse ao primeiro: Quanto deves ao meu senhor?. Ele respondeu: Cem talhas de azeite. O administrador disse-lhe: Toma a tua conta: senta-te depressa e escreve

26 EVANGELHO Lc 16, 1-13 cinquenta. A seguir disse a outro: E tu quanto deves?. Ele respondeu: Cem medidas de trigo. Disse-lhe o administrador: Toma a tua conta e escreve oitenta. E o senhor elogiou o administrador desonesto, por ter procedido com esperteza. De facto, os filhos deste mundo são mais espertos do que os filhos da luz, no trato com os seus semelhantes. Ora Eu digo-vos:

27 EVANGELHO Lc 16, 1-13 Arranjai amigos com o vil dinheiro, para que, quando este vier a faltar, eles vos recebam nas moradas eternas. Quem é fiel nas coisas pequenas também é fiel nas grandes; e quem é injusto nas coisas pequenas também é injusto nas grandes. Se não fostes fiéis no que se refere ao vil dinheiro, quem vos confiará o verdadeiro bem? E se não fostes fiéis no bem alheio, quem vos entregará o que é vosso?

28 EVANGELHO Lc 16, 1-13 Nenhum servo pode servir a dois senhores, porque, ou não gosta de um deles e estima o outro, ou se dedica a um e despreza o outro. Não podeis servir a Deus e ao dinheiro». Palavra da salvação. Graças a Deus

29

30 Provavelmente o proprietário da parábola de hoje era um Palestiniano rico que residia na cidade. Quando foi apanhado o administrador sabe o que há-de fazer e não pediu opinião a ninguém, como já conhece os truques do ofício. Convocou os devedores a fim de falsificar os recibos e assim conseguiu mantê-los calados. O primeiro tinha uma dívida de 4500 litros de azeite, a produção de 175 oliveiras, que foi

31 reduzida para 2250 litros. O segundo devia entregar 55 toneladas de trigo, a produção de 42 hectares de terreno, que foi reduzido a 44 toneladas. Jesus elogiou o ex-administrador porque ele não perdeu nada, mas com a propriedade do dono assegurou o seu futuro. Arranjai amigos com o vil dinheiro, para que, quando este vier a faltar, eles vos recebam nas moradas eternas disse Jesus. São Ambrósio disse:

32 Não devemos considerar riqueza, aquilo que não podemos levar connosco. Porque aquilo que devemos deixar neste mundo não nos pertence, é dos outros. Nós não somos donos mas só administradores, porque tudo pertence a Deus. Há dois governantes no mundo: Deus e Satanás. Há no mundo duas classes de indivíduos: os rectos e os ímpios. Há duas maneiras de começar o dia: com ou sem oração.

33 Há duas formas de empregar o domingo: ansiosamente ou devotamente. Há dois lugares para onde podemos dirigir-nos: o céu e o inferno. Podemos morrer de uma de duas maneiras: alguns morrem no Senhor; outros morrem em seus delitos e pecados. Qual é a nossa escolha? Os filhos deste mundo são mais espertos do que os filhos da luz, no trato com os seus semelhantes disse Jesus.

34 Os filhos deste mundo são filhos que veem e valorizam apenas as coisas deste mundo. Vivem para este mundo e encontram neles todos os objectivos da sua vida. Os filhos da luz vêem primeiro os valores espirituais e deixam para segundo plano os valores temporais. O reinado de Jeroboão II foi benzido com a riqueza e o progresso. Ninguém, excepto o profeta Amós, encontra ali um mal.

35 Ele reagiu porque os vendedores compram os produtos dos campos dos pobres lavradores e vendem-nos a outros, ainda mais pobres, a preços de usura. Durante a semana, a gente normal vive à espera de férias para elevar o pensamento a Deus, para descansar, encontrar familiares e amigos, festejar etc. Pelo contrário os comerciantes não suportam o sábado, porque nesse dia os negócios param.

36 Ficam impacientes até que ele passe, para poderem voltar a vender trigos e cevadas. Para ganhar mais, diminuem as medidas, aumentam os preços, usam balanças falsas...São Crisóstomo fala acerca deste modo de enriquecer numa frase: rico ou é ladrão, ou é filho de ladrões Nas mãos de cada pessoa o Senhor coloca um tesouro. O que nós temos é um empréstimo.

37 A verdadeira riqueza é o testemunho dos nossos devedores perante Deus; este homem amou-me, matou a minha fome, ajudou-me nas minhas dificuldades, tratou-me na minha doença, consolou-me na minha angústia, etc. São Paulo recomenda:

38 quero, portanto que os homens rezem em toda a parte, erguendo para o céu as mãos santas O cristão não pode rezar com as mãos impuras, isto é, com as mãos que fizeram mal aos irmãos. Assim Seja.

39

40

41 Creio em um só Deus, Pai todo-poderoso, Criador do céu e da terra De todas as coisas visíveis e invisíveis. Creio em um só Senhor, Jesus Cristo, Filho Unigénito de Deus, nascido do Pai antes de todos os séculos: Deus de Deus, Luz da Luz, Deus verdadeiro de Deus verdadeiro; Gerado, não criado, consubstancial ao Pai. Por Ele todas as coisas foram feitas. E por nós, homens, e para nossa salvação

42 desceu dos céus (Faz-se inclinação) E encarnou pelo Espírito Santo, no seio da Virgem Maria. e Se fez homem. Também por nós foi crucificado sob Pôncio Pilatos; padeceu e foi sepultado. Ressuscitou ao terceiro dia, conforme as Escrituras; e subiu aos céus, onde está sentado à direita do Pai.

43 De novo há-de vir em sua glória, para julgar os vivos e os mortos; e o seu reino não terá fim. Creio no Espírito Santo. Senhor que dá a vida, e procede do Pai e do Filho; e com o Pai e o Filho é adorado e glorificado: Ele que falou pelos Profetas.

44 Creio na Igreja una, santa, católica e apostólica. Professo um só batismo Para remissão dos pecados. E espero a ressurreição dos mortos, e vida do mundo que há-de vir. Ámen.

45

46 Irmãos e irmãs: Ergamos o nosso espirito para o Céu e façamos subir até Deus as nossas preces e suplicamos por todos os homens, pedindo fervorosamente: Escutai, Senhor, a oração do vosso povo. Para que o Papa Francisco e os bispos da Igreja ensinem aos homens todo o Evangelho e lhes mostrem o rosto de Jesus, oremos ao Senhor. Escutai, Senhor, a oração do vosso povo.

47 Para que os chefes de estado e de governo sejam bons administradores das coisas públicas e sirvam honestamente os cidadãos, oremos ao Senhor. Escutai, Senhor, a oração do vosso povo. Para que os homens da riqueza e do poder não comprem os necessitados por dinheiro nem os indigentes por um para das sandálias, oremos ao Senhor. Escutai, Senhor, a oração do vosso povo.

48 Para que, segundo a vontade de Deus, todos os homens e mulheres possam salvar-se e chegar ao conhecimento da verdade, oremos ao Senhor. Escutai, Senhor, a oração do vosso povo. Para que todos nós aqui reunidos na casa da Igreja, tenhamos presente no nosso coração que ninguém pode servir a Deus e ao dinheiro, oremos ao Senhor. Escutai, Senhor, a oração do vosso povo. (Outras intenções: factos relevantes da vida paroquial; defuntos das nossas famílias...).

49 Senhor, nosso Deus, livrai-nos do desejo imoderado das riquezas, e com a ajuda da vossa misericórdia, fazei que levantemos do pó o indigente e tiremos o pobre da miséria. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo. Ámen.

50

51 Vai vende tudo o que tens, Dá aos pobres teus bens Abre a porta do céu Segue-me então se quiseres Que onde estiveres, contigo estarei Um moço rico indagou, mas que devo fazer para entrar no teu céu Cristo Jesus o fitou, a verdade ensinou e falou-lhe de Deus 2.Não é pecado ser rico, pecado é ser rico escravo dos bens Não é vergonha ser pobre, vergonha é ser pobre e odiar quem tem bens

52 Vai vende tudo o que tens, Dá aos pobres teus bens Abre a porta do céu Segue-me então se quiseres Que onde estiveres, contigo estarei Não é pecado ser rico, pecado é ser rico escravo dos bens Não é vergonha ser pobre, vergonha é ser pobre e odiar quem tem bens

53 Orai, Irmãos para que o meu e vosso sacrifício seja aceite por Deus Pai todo-poderoso. Todos: receba o Senhor por tuas mãos este sacrifício, para honra e glória do seu nome, para nosso bem e de toda a santa Igreja

54 (Todos de pé) ORAÇÃO SOBRE AS OBLATAS Aceitai benignamente, Senhor, os dons da vossa Igreja, para que receba nestes santos mistérios os bens em que pela fé acredita. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo. Amen.

55 Prefácio V. O Senhor esteja convosco. R. Ele está no meio de nós. V. Corações ao alto. R. O nosso coração está em Deus. V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus. R. É nosso dever, é nossa salvação.

56 Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramente nosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças, sempre e em toda a parte. Vós criastes os elementos do mundo, estabelecendo o curso dos tempos e as estações do ano; formastes o homem à vossa imagem e semelhança e lhe confiastes as maravilhas do universo, para que, em vosso nome,

57 pela grandeza das vossas obras, por Cristo, nosso Senhor. domine sobre todas as criaturas e Vos glorifique sem cessar pela grandeza das vossas obras, por Cristo, nosso Senhor. Por Ele, com todos os coros dos Anjos proclamamos a vossa glória, Cantando numa só voz.

58

59 Sac. Vós, Senhor, sois verdadeiramente santo, sois a fonte de toda a santidade. Reunidos na vossa presença, em comunhão com toda a igreja, ao celebrarmos o dia santíssimo em que o Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho Unigénito, colocou à direita da vossa glória a nossa frágil natureza humana unida á sua divindade, humildemente vos suplicamos: Santificai estes dons, derramando sobre eles o Vosso Espírito, de modo a que se convertam para nós, no Corpo e Sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo.

60 (Todos ajoelham) Na hora em que Ele se entregava, para voluntariamente sofrer a morte, tomou o pão e, dando graças, partiu-o e deu-o aos seus discípulos, dizendo: Tomai, todos, e comei: isto é o meu Corpo que será entregue por vós.

61 De igual modo, no fim da Ceia, tomou o cálice e, dando graças, deu-o aos seus discípulos, dizendo: Tomai, todos, e bebei: este é o cálice do meu Sangue o Sangue da nova e eterna aliança, que será derramado por vós e por todos, para remissão dos pecados. Fazei isto em memória de mim.

62 Mistério da Fé! Anunciamos, Senhor, a vossa morte, proclamamos a vossa ressurreição. Vinde, Senhor Jesus!

63 Sac. Celebrando agora, Senhor, o memorial da morte e ressurreição de vosso Filho nós Vos oferecemos o pão da vida e o cálice da salvação e Vos damos graças porque nos admitistes à vossa presença para Vos servir nestes santos mistérios. Humildemente Vos suplicamos que, participando no Corpo e Sangue de Cristo, sejamos reunidos, pelo Espírito Santo, num só corpo.

64 Lembrai-Vos, Senhor, da vossa Igreja, dispersa por toda a terra, e tornai-a perfeita na caridade em comunhão com o Papa Francisco, e o nosso Patriarca D. Manuel Clemente, os bispos auxiliares e todos aqueles que estão ao serviço do vosso povo. Lembrai-Vos também dos nossos irmãos que adormeceram na esperança da ressurreição, e de todos aqueles que na vossa misericórdia partiram deste mundo:

65 admiti-os na luz da vossa presença. Tende misericórdia de nós, Senhor, e dai- nos a graça de participar na vida eterna, com a Virgem Maria, Mãe de Deus, São José seu esposo, os bem-aventurados Apóstolos e todos os Santos que desde o princípio do mundo viveram na vossa amizade, para cantarmos os vossos louvores, por Jesus Cristo, vosso Filho.

66 Por Cristo, com Cristo, em Cristo, a Vós, Deus Pai todo-poderoso, na unidade do Espírito Santo, toda a honra e toda a glória agora e para sempre… Ámen.

67

68 Pai Nosso, que estais nos céus, santificado seja o Vosso nome. Venha a nós o Vosso Reino. Seja feita a Vossa vontade, assim na Terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje. Perdoai-nos as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido. E não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal.

69 Sac. Livrai-nos de todo o mal, Senhor, e dai ao mundo a paz em nossos dias, para que, ajudados pela vossa misericórdia, sejamos sempre livres do pecado e de toda a perturbação, enquanto esperamos a vinda gloriosa de Jesus Cristo nosso Salvador. Vosso é o reino e o poder e a glória para sempre.

70 Sac. Senhor Jesus Cristo, que dissestes aos vossos Apóstolos. Deixo-vos a paz, dou-vos a minha paz: não olheis aos nossos pecados mas à Fé da vossa Igreja e dai-lhe a união e a paz, segundo a Vossa vontade. Vós que sois Deus com o Pai na unidade do Espírito Santo. Amem. A paz do Senhor esteja sempre convosco. O amor de Cristo nos uniu. Sac. Saudai-vos na paz de Cristo.

71

72 CORDEIRO DE DEUS, QUE TIRAIS O PECADO DO MUNDO. TENDE PIEDADE DE NÓS, CORDEIRO DE DEUS, QUE TIRAIS O PECADO DO MUNDO. TENDE PIEDADE DE NÓS, CORDEIRO DE DEUS, QUE TIRAIS O PECADO DO MUNDO. DAI-NOS A PAZ,

73 Sac. Felizes os convidados para a Ceia do Senhor. Eis o Cordeiro de Deus, que tira os pecados do mundo. Senhor, eu não sou digno de que entreis em minha morada, mas dizei uma palavra e serei salvo

74

75 Comei do Pão, bebei do Vinho Quem vem a mim não terá fome Comei do Pão, bebei do Vinho Quem vem a mim não terá sede Eu sou o Pão da vida O Pão que desceu do céu. Se alguém comer deste pão, viverá pra eternidade. O pão que desceu do céu, é para dar a vida ao mundo. Quem vem a Mim não terá fome; quem crê em Mim não mais terá sede.

76

77 Quero louvar-Te Sempre mais e mais. (2x) Buscar a Tua bondade, Tua graça conhecer, quero louvar-Te. (2x) Quero seguir-Te Só a Ti Senhor. (2x) Buscar a Tua bondade, Tua graça conhecer, quero seguir-Te. (2x) E Proclamar-Te nosso Salvador. (2x) Buscar a Tua bondade, Tua graça conhecer, e Proclamar-Te. (2x)

78 Oração depois da comunhão Sustentai, Senhor, com o auxílio da vossa graça aqueles que alimentais nos sagrados mistérios, para que os frutos de salvação que recebemos neste sacramento se manifestem em toda a nossa vida. Por Nosso Senhor vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo. Amem.

79

80 Sac. O Senhor esteja convosco. Ele está no meio de nós. Sac. Abençoe-vos Deus todo-poderoso, Pai, Filho e Espírito Santo. Ámen. Sac. Ide em paz e o Senhor vos acompanhe. Graças a Deus.

81 Ando à procura de Ti, Senhor, pelos caminhos vazios da vida. À noite escura dos sem amor vem, ò Senhor, dar luz e vida (BIS)

82

83 Ficha técnica : Eucaristia Celebrada por : Fr. Jacob Puthiyaparampil Animada por : Grupo de Jovens Seguindo teus Passos Realização : A. Alberto Sousa Imagens recolhidas : Via Google Projeção disponível : www. mcccastanheira. blogspot. pt www. mcccastanheira


Carregar ppt "Oração do Terço. Doutrina Cristã Deus teve misericórdia dos homens? Deus teve misericórdia dos homens depois do pecado de nossos primeiros pais e, para."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google