A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Como eu trato DQ Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira Professor Titular Psiquiatria UNIFESP INPAD- Instituto Nacional Políticas Álcool e Drogas - CNPq.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Como eu trato DQ Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira Professor Titular Psiquiatria UNIFESP INPAD- Instituto Nacional Políticas Álcool e Drogas - CNPq."— Transcrição da apresentação:

1 Como eu trato DQ Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira Professor Titular Psiquiatria UNIFESP INPAD- Instituto Nacional Políticas Álcool e Drogas - CNPq

2 Estrutura 1 – História 2 – Fatores de Risco e Proteção 3 – Comorbidade 4 – Capital de Recuperação 5 – Rede Familiar 6 – Posibilidades de Tratamento 7 – Planejamento do Tratamento 8 – Gerenciamento Psiquiátrico - álcool -cocaína/crack

3

4 infância Fatores de Risco Fatores de Proteção

5 Comorbidade A Psiquiatria da Dependência Química – Uso de Drogas e o desenvolvimento – Impacto do uso no cérebro – Impacto do uso nos sintomas – Impacto da abstinência nos sintomas – Impacto do dano cerebral nos sintomas – Impacto da desorganização social nos sintomas

6 Principais Comorbidades Depressão TAB TDAH Psicose mais complexa Ansiedade Uso de outras substâncias Dano Cerebral

7 Capital de Recuperação Tratamento diferente de Recuperação Recuperação é um processo de longo prazo – Capital Social - Rede – Capital Familiar – Capital Atitudes – Capital de Resiliência – Capital de envolvimento grupos ajuda mutua

8 Rede Familiar Família funcional/disfuncional – Causa ou consequencia uso Fonte de apoio ou de complicação Orientação somente com psiquiatra ou necessário psicóloga Grupo de ajuda mútua ?

9 Possibilidades de Tratamento Realidade Financeira Realidade da rede de serviços Realidade do paciente em aceitar formas de tratamento

10 Planejamento Tratamento Levar em consideração – os fatores de risco e proteção Comorbidade Capital de Recuperação Rede Familia

11 Gerenciamento Psiquiátrico Bases de Gerenciamento de caso Orientação pró ativa – Não ter medo de dar opinião – Recomendar estratégias – Alertar para situações de risco Ter um horizonte claro de tempo, por exemplo: plano para o próximo mês

12 Álcool Dissulfiram Revia Topiramato Baclofen

13 Crack/Cocaína Dissulfiram Stavigile Concerta Topiramato Baclofen


Carregar ppt "Como eu trato DQ Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira Professor Titular Psiquiatria UNIFESP INPAD- Instituto Nacional Políticas Álcool e Drogas - CNPq."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google