A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Esta palestra tem como objetivo abordar a criatividade a partir de um olhar artístico, tomando como base o universo do clown e da improvisação. A partir.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Esta palestra tem como objetivo abordar a criatividade a partir de um olhar artístico, tomando como base o universo do clown e da improvisação. A partir."— Transcrição da apresentação:

1

2 Esta palestra tem como objetivo abordar a criatividade a partir de um olhar artístico, tomando como base o universo do clown e da improvisação. A partir dessas linguagens mostrar ao público de uma maneira lúdica e divertida alguns preceitos e pontos de partida para um olhar criativo. A palestra tem diversos momentos em que o público participa, fazendo com que vejam os conceitos sendo aplicados na hora. Durante a apresentação o Palestrante tem o desafio de improvisar algumas cenas ali,na hora,ao vivo, para demonstrar a criação acontecendo.Também convida uma pessoa do público para criarem uma cena coletivamente,sem preparação,sem ensaio, afinal...É Tudo Improviso!. 1. Palestra - espetáculo Improviso e Criatividade

3 S.E.I. São os princípios de um olhar criativo. S.im – aceitação de idéias, construção coletiva, sem julgamentos nem filtros. Trabalhar com pessoa diferentes e ser parte de uma equipe. E.rro – faz parte do processo criativo. Aceitá-lo e lidar com ele. Pode ser visto como resultado não esperado. I.mproviso – Lidar com o novo, com o momento. Fundamental no mundo de hoje, onde tudo muda: mercado, chefe, concorrência, negócio, etc. Pontos de partida S.E.I !!!

4 Marcio Ballas atua como Mestre de Cerimônias em convenções, entregas de prêmio e eventos em geral. Cria interações com a platéia a partir de dados e informações passadas pelo cliente sobre os participantes do evento. Torna o evento mais leve, descontraído e bem humorado. 2. Mestre de Cerimônias

5 O improviso feito em grupo só da certo se todos participantes caminha- rem na mesma direção e compreen- derem os princípios de como trabalhar em grupo e aceitar ideias alheias. Nesta integração, os participantes são estimulados a criar de maneira coletiva, de forma que a dependência do outro seja fundamental para a realização dos objetivos. A partir do improviso, os participan- tes serão envolvidos em uma série de dinâmicas e jogos nos quais, em con- junto, irão criar, contar e interpretar histórias coletivas, construir imagens utilizando a si e a seus colegas, realizar e imitar os movimentos uns dos outros. Dentro desse ambiente lúdico e de apa- rente descontração serão trabalhado os conceitos de interdependência, sinergia e como trabalhar e criar coletivamente. Além de conhecerem seus colegas e sua equipe de um outro ponto de vista. No final acontece o debriefing para comentar e explicar o conteúdo por trás dos jogos escolhidos. 3. Workshop de Improviso

6 Aceitação: das idéias, das propostas, do momento e do parceiro. Escuta refinada: ouvir o parceiro e o instante presente. Fluxo de idéias: não filtrar, não julgar, deixar as idéias saírem. Estar presente, trabalhar o aqui agora. Criar coletivamente. Princípios do Improviso

7 Formado em Paris onde viveu por 3 anos pesquisando a arte do palhaço com Jacques Lecoq e Philippe Gaulier. Formou-se no Institute Relationnel na Bélgica. Foi um dos Palhaços Sem Fronteiras franceses com quem fez expedições para Madagascar (África) e para campos de refugiados, durante a guerra do Kosovo. Foi integrante dos Doutores da Alegria. Um dos criadores do Jogando no Quintal espetáculo de improvisação que acontece há 7 anos em SP e foi visto por mais de 200 mil pessoas. Orientador artístico do espetáculo Improvável, visto por mais de 100 milhões de pessoas na Internet. Apresentador do programa É tudo Improviso na Band. Realizou workshops in company para empresas como: Embraer, Unibanco, Votorantim, CVRD, Andrade Gutierrez, Natura, Unilever, Siemens entre outras. Formado em Marketing pela ESPM e pós graduação em Psicodrama pela PUC. Marcio Ballas

8 - Palestra: Power Point e tocador de DVD. São mostradas cenas do Cirque du Soleil, Doutores da Alegria e Jogando no Quintal - 1 microfone sem fio - Público: até 600 pessoas - Duração média: 1h 30 min (adaptável) - Workshop: Toca Cd de música - Público: até 100 pessoas - Duração média: 1h 30 min (adaptável) - Necessidades: uma sala vazia, sem mesas nem cadeiras e sonorização Necessidades Técnicas

9 CONTATOS : O palestrante fala também : Espanhol, Inglês e Francês Joca (11)


Carregar ppt "Esta palestra tem como objetivo abordar a criatividade a partir de um olhar artístico, tomando como base o universo do clown e da improvisação. A partir."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google