A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

IGREJA EM JUIZ DE FORA E MATIAS BARBOSA Março / 2012 SALVAÇÃO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "IGREJA EM JUIZ DE FORA E MATIAS BARBOSA Março / 2012 SALVAÇÃO."— Transcrição da apresentação:

1 IGREJA EM JUIZ DE FORA E MATIAS BARBOSA Março / 2012 SALVAÇÃO

2 SALVAÇÃO - INTRODUÇÃO Qual a primeira coisa que precisamos entender no que diz respeito a salvação? De acordo com os textos que se seguem você verá que é possível saber se podemos ou não ter certeza de nossa salvação. A salvação é obra de Deus e portanto, por causa daquilo que Deus fez por nós através de Cristo, nós podemos ter certeza de que somos 100% salvos.

3 SALVAÇÃO - INTRODUÇÃO João 3:36 Por isso, quem crê no Filho tem a vida eterna; o que, todavia, se mantém rebelde contra o Filho não verá a vida, mas sobre ele permanece a ira de Deus. João 5:24 Em verdade, em verdade vos digo: quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou tem a vida eterna, não entra em juízo, mas passou da morte para a vida. 1João 5:13 Estas coisas vos escrevi, a fim de saberdes que tendes a vida eterna, a vós outros que credes em o nome do Filho de Deus.

4 SALVAÇÃO - CONVERSÃO Ela acontece: A. Mediante uma operação especial do Espírito Santo. B. A conversão pode ser uma crise repentina e aguda na vida do indivíduo, porém, geralmente vem de maneira gradual. A salvação tem dois aspectos: 1. A JUSTIFICAÇÃO, onde Deus declara o pecador justo (sem culpa alguma). Rm 5:1Justificados, pois, mediante a fé, temos paz com Deus por meio de nosso Senhor Jesus Cristo; 2. O processo de crescimento espiritual ou santificação 1Pe 3:18 Pois também Cristo morreu, uma única vez, pelos pecados, o justo pelos injustos, para conduzir-vos a Deus; morto, sim, na carne, mas vivificado no espírito,

5 A IDEIA BÁSICA DA CONVERSÃO CONVERSÕES TEMPORAIS Pessoas que não apresentaram uma troca de coração. A parábola do semeador (Mt 13:15,19-21 Porque o coração deste povo está endurecido, de mau grado ouviram com os ouvidos e fecharam os olhos; para não suceder que vejam com os olhos, ouçam com os ouvidos, entendam com o coração, se convertam e sejam por mim curados O que foi semeado em solo rochoso, esse é o que ouve a palavra e a recebe logo, com alegria; mas não tem raiz em si mesmo, sendo, antes, de pouca duração; em lhe chegando a angústia ou a perseguição por causa da palavra, logo se escandaliza.),

6 A IDEIA BÁSICA DA CONVERSÃO CONVERSÕES TEMPORAIS Himineo e Alexandre (1Tm 1:19-20 mantendo fé e boa consciência, porquanto alguns, tendo rejeitado a boa consciência, vieram a naufragar na fé. E dentre esses se contam Himeneu e Alexandre, os quais entreguei a Satanás, para serem castigados, a fim de não mais blasfemarem.). 2Tm 2:17-18 Além disso, a linguagem deles corrói como câncer; entre os quais se incluem Himeneu e Fileto. Estes se desviaram da verdade, asseverando que a ressurreição já se realizou, e estão pervertendo a fé a alguns. 2Tm 4:10 Porque Demas, tendo amado o presente século, me abandonou e se foi para Tessalônica; Crescente foi para a Galácia, Tito, para a Dalmácia.

7 A IDEIA BÁSICA DA CONVERSÃO CONVERSÕES TEMPORAIS Hb 6:4-6 É impossível, pois, que aqueles que uma vez foram iluminados, e provaram o dom celestial, e se tornaram participantes do Espírito Santo, e provaram a boa palavra de Deus e os poderes do mundo vindouro, e caíram, sim, é impossível outra vez renová-los para arrependimento, visto que, de novo, estão crucificando para si mesmos o Filho de Deus e expondo-o à ignomínia. 1Jo 2:19 Eles saíram de nosso meio; entretanto, não eram dos nossos; porque, se tivessem sido dos nossos, teriam permanecido conosco; todavia, eles se foram para que ficasse manifesto que nenhum deles é dos nossos.

8 A IDEIA BÁSICA DA CONVERSÃO CONVERSÕES VERDADEIRAS A conversão verdadeira nasce de uma tristeza santa e desemboca em uma vida de devoção a Deus. 2Co 7:10 Porque a tristeza segundo Deus produz arrependimento para a salvação, que a ninguém traz pesar; mas a tristeza do mundo produz morte. A conversão é o nascimento em um novo reino, o de Deus, é o começar de uma nova vida cheia de alegria e vitória, não por causa das circunstâncias, mas sim pela atuação do próprio Deus em nossas vidas. É o fim da vida independente, de drogas, prostituição, idolatria, espiritismo, bebedice, etc. É a nova vida cheia de paz no poder do Espírito Santo. Cl 1:13-14 Ele nos libertou do império das trevas e nos transportou para o reino do Filho do seu amor, no qual temos a redenção, a remissão dos pecados. 2Co 5:17 E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; {criatura; ou criação} as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas.

9 A IDEIA BÁSICA DA CONVERSÃO EXISTEM DOIS LADOS DA CONVERSÃO 1. CONVERSÃO ATIVA: É o ato de Deus por meio do qual Ele faz com que o pecador seja regene- rado em sua vida consciente, para voltar-se a Deus em arrependimento e fé. 2. CONVERSÃO PASSIVA: O ato consciente do pecador regenerado por meio do qual ele, mediante a graça divina, volta-se para Deus em arrependimento e fé.

10 AS CARACTERÍSTICAS DA CONVERSÃO Na conversão a pessoa desperta para uma garantia de que todos os seus pecados estão perdoados na base dos méritos de Jesus Cristo. A conversão não se dá na vida subconsciente do pecador, mas no seu consciente. Esta conversão está intimamente ligada com a regeneração ou novo nascimento. A conversão marca o princípio consciente da morte da velha vida e o surgimento da nova vida. O pecador, conscientemente, abandona a vida de pecado e busca a santidade de Deus.

11 O AUTOR DA SALVAÇÃO Jesus é o originador da salvação. Somente Ele pode ser considerado o autor da salvação. Hb 5:8-9 embora sendo Filho, aprendeu a obediência pelas coisas que sofreu e, tendo sido aperfeiçoado, tornou-se o Autor da salvação eterna para todos os que lhe obedecem,

12 O AUTOR DA SALVAÇÃO O indivíduo tem a sua parte na salvação crendo e aceitando a graça de Deus. Devemos ressaltar que existe uma certa responsabilida- de humana na salvação em aceitar ou rejeitar a graça de Deus. Is 55:7 Deixe o perverso o seu caminho, o iníquo, os seus pensamentos; converta-se ao SENHOR, que se compadecerá dele, e volte-se para o nosso Deus, porque é rico em perdoar. Jr 18:11 Ora, pois, fala agora aos homens de Judá e aos moradores de Jerusalém, dizendo: Assim diz o SENHOR: Eis que estou forjando mal e formo um plano contra vós outros; convertei-vos, pois, agora, cada um do seu mau proceder e emendai os vossos caminhos e as vossas ações.

13 O AUTOR DA SALVAÇÃO Ez 18:23 Acaso, tenho eu prazer na morte do perverso? diz o SENHOR Deus; não desejo eu, antes, que ele se converta dos seus caminhos e viva? Ez 18:32 Porque não tenho prazer na morte de ninguém, diz o SENHOR Deus. Portanto, convertei-vos e vivei. Ez 33:11 Dize-lhes: Tão certo como eu vivo, diz o SENHOR Deus, não tenho prazer na morte do perverso, mas em que o perverso se converta do seu caminho e viva. Convertei-vos, convertei-vos dos vossos maus caminhos; pois por que haveis de morrer, ó casa de Israel?

14 O AUTOR DA SALVAÇÃO At 2:38 Respondeu-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para remissão dos vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo. At 17:30 Ora, não levou Deus em conta os tempos da ignorância; agora, porém, notifica aos homens que todos, em toda parte, se arrependam;

15 DUAS COISAS QUE DETERMINAM O PREPARO DO INDIVÍDUO PARA ACEITAR A SALVAÇÃO. 1. A CHAMADA DIVINA. A chamada divina ao arrependimento é universal. a pregação do evangelho é o meio pelo qual Deus chama todos os homens ao arrependimento. 1Co 1:21,24 Visto como, na sabedoria de Deus, o mundo não o conheceu por sua própria sabedoria, aprouve a Deus salvar os que crêem pela loucura da pregação. 24 mas para os que foram chamados, tanto judeus como gregos, pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus.

16 DUAS COISAS QUE DETERMINAM O PREPARO DO INDIVÍDUO PARA ACEITAR A SALVAÇÃO. A seguir alguns textos que mostram que Deus chama o homem para a salvação: Is 55:7 Deixe o perverso o seu caminho, o iníquo, os seus pensamentos; converta-se ao SENHOR, que se compadecerá dele, e volte-se para o nosso Deus, porque é rico em perdoar. Ez 33:11 Dize-lhes: Tão certo como eu vivo, diz o SENHOR Deus, não tenho prazer na morte do perverso, mas em que o perverso se converta do seu caminho e viva. Convertei-vos, convertei-vos dos vossos maus caminhos; pois por que haveis de morrer, ó casa de Israel? Rm 8:30 E aos que predestinou, a esses também chamou; e aos que chamou, a esses também justificou; e aos que justificou, a esses também glorificou. Ap 22:17 O Espírito e a noiva dizem: Vem! Aquele que ouve, diga: Vem! Aquele que tem sede venha, e quem quiser receba de graça a água da vida.

17 DUAS COISAS QUE DETERMINAM O PREPARO DO INDIVÍDUO PARA ACEITAR A SALVAÇÃO. Essa chamada divina é feita pela igreja e tem duas partes: A pregação e o apelo. PREGAÇÃO significa proclamar a verdade do Evangelho. Isso pode ser feito de diversas maneiras, por exemplo: através do evangelismo pessoal, nas reuniões, pela imprensa, etc. PREGAR então é proclamar, ensinar, é fazer com que Cristo seja conhecido. APELO, o segundo elemento da chamada divina. O cristão deve não somente explicar a mensagem aos perdidos, mas também, buscar do ouvinte uma decisão de seguir a Cristo. Rm 10:9 Se, com a tua boca, confessares Jesus como Senhor e, em teu coração, creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. Isso acontece pelo auxílio do Espírito Santo.

18 DUAS COISAS QUE DETERMINAM O PREPARO DO INDIVÍDUO PARA ACEITAR A SALVAÇÃO. 2. CONVICÇÃO DE PECADO. A convicção de pecado é o resultado da obra do Espírito Santo no coração humano. Em João 16:8-11 Quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo: do pecado, porque não crêem em mim; da justiça, porque vou para o Pai, e não me vereis mais; do juízo, porque o príncipe deste mundo já está julgado. Fala sobre a maravilhosa operação do Espírito Santo, pois o homem só é convencido do pecado quando o Espírito Santo age na sua vida. A incredulidade é a raiz de todo o pecado porque o homem sem Deus comete toda sorte de pecado porque ele não crê em Jesus. A salvação oferecida por Deus, através de seu filho Jesus Cristo, é a maior dádiva que o homem pode receber, pois é pela salvação que o homem inicia sua vida cristã.

19 SALVAÇÃO FIM


Carregar ppt "IGREJA EM JUIZ DE FORA E MATIAS BARBOSA Março / 2012 SALVAÇÃO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google