A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Modificações PTU GAT – Grupo de Apoio Técnico Núcleo de Tecnologia Unimed do Brasil 03/04/2007.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Modificações PTU GAT – Grupo de Apoio Técnico Núcleo de Tecnologia Unimed do Brasil 03/04/2007."— Transcrição da apresentação:

1 Modificações PTU GAT – Grupo de Apoio Técnico Núcleo de Tecnologia Unimed do Brasil 03/04/2007

2 Registro 501 – Header 1.Inclusão do campo VL_IR – Valor do Imposto de Renda, conforme decisão no Seminário Nacional Jurídico-Contábil do Sistema Unimed (Out/2006). Regra: Somente poderá existir retenção de IR quando a fatura for contra Federações, Confederação ou Central Nacional. A VL_IRValor do IRN12,2OConforme decisão do Comitê Jurídico e Contábil do Sistema Unimed, somente poderá existir retenção de IR quando a fatura for contra Federações/Confederação ou Central Nacional. Seq.Pos.IniPos.Fin.Elemento de DadoDescriçãoTipoTam.UsoConteúdo

3 Registro 502 – Nota de Cobrança 1.Alteração do campo TP_SAIDA_CONS_SADT – Tipo de Saída para atendimentos de Consulta e SADT – TISS. Alteração: Alterado o domínio 9 para 6 (Óbito). A500 Seq.Pos.Ini.Pos.Fin.Elemento de DadoDescriçãoTipoTam.UsoConteúdo TP_SAIDA_CONS_SADTTipo de Saída para atendimentos de Consulta e SADT – TISS. AN01M1 = Retorno 2 = Retorno com SADT 3 = Referência 4 = Internação 5 = Alta 6 = Óbito Regra: Para atendimentos referentes a uma internação, o campo torna-se OPCIONAL, devendo ser informado o tipo de saída no R503. Se tipo de saída igual a 6 (Óbito) preencher o CID de óbito em CD_CID (R502 – Seq.015)

4 Registro 503 – Hospitalar 1.Inclusão de 5 campos de número de declaração de nascidos vivos conforme previsto no TISS - XML. Regra: Deverão ser preenchidos de acordo com a quantidade de nascidos vivos em uma internação obstétrica. Sendo obrigatório o preenchimento de pelo menos um dos campos, quando QT_NASC_VIVOS e/ou QT_NASC_VIVOS_PRE forem maiores que 0. A500 Seq.Pos.Ini.Pos.FinElemento de DadoDescrição TipoTam.UsoConteúdo NR_DECLARA_VIVO_1Número da declaração de nascimento. AN15 O NR_DECLARA_VIVO_2Número da declaração de nascimento. AN15O NR_DECLARA_VIVO_3Número da declaração de nascimento. AN15O NR_DECLARA_VIVO_4Número da declaração de nascimento. AN15O NR_DECLARA_VIVO_5Número da declaração de nascimento. AN15O Regra: Os campos de 34 a 38 deverão ser preenchidos de acordo com a quantidade de nascidos vivos em uma internação obstétrica.

5 Registro 503 – Hospitalar 1.Inclusão do campo TP_OBITO_MULHER- Condição da mulher em caso de óbito em razão da obrigatoriedade do TISS. Regra: Obrigatório para internações obstétricas quando houver óbito da mulher, e o campo CD_CID_OBITO estiver preenchido. A500 Seq.Pos.Ini.Pos.FinElemento de DadoDescriçãoTipoTam.UsoConteúdo TP_OBITO_MULHERCondição da mulher em caso de óbito N1O1 – Grávida 2 – até 42 dias após termino da gestação 3 – de 43 dias a 12 meses após o termino da gestação Regra: Obrigatório nas internações obstétricas quando houver óbito da mulher.

6 Registro 504 – Serviço 1.Esclarecimento da regra do campo NR_AUTORIZ - Número da Autorização. Regra: Não poderá haver números de autorização diferentes nos serviços de mesmo lote/nota exceto para atendimentos referentes a internação. Procedimentos fora do Rol Unimed deverão obrigatoriamente ser autorizados pela Unimed Origem do Beneficiário obrigando o preenchimento desse campo. A500 Seq.Pos.Ini.Pos.Fin.Elemento de DadoDescriçãoTipoTam.UsoConteúdo NR_AUTORIZ Número da AutorizaçãoN09O Regra: Para procedimentos previamente autorizados pela Origem, o preenchimento é obrigatório pois a nota poderá ser recusada se não houver a informação do número de autorização. Neste caso, o campo CD_EXCECAO (R502 Código da Exceção) deve assumir um dos seguintes valores: L (autorizado dentro das regras do intercâmbio), C (autorizado em custo operacional) ou O (autorizado antes da inclusão do beneficiário). Vale dizer que para esses valores de CD_EXCECAO a especificação da autorização da origem é obrigatória. Não poderá haver números de autorização diferentes nos serviços de mesmo lote/nota exceto para atendimentos referentes a internação. Procedimentos fora do Rol Unimed deverão obrigatoriamente ser autorizados pela Unimed Origem do Beneficiário

7 Registro 504 – Serviço 1.Inclusão do campo NM_PROF_PREST - Nome do profissional executante, atendendo a uma regra da guia de Consulta do TISS. Regra: Obrigatório para consultas eletivas quando o prestador for pessoa jurídica. A500 Seq.Pos.Ini.Pos.Fin.Elemento de DadoDescriçãoTipoTam.UsoConteúdo NM_PROF_PRESTNome do profissional executante.AN40OObrigatório para Consultas Eletivas quando o prestador for pessoa jurídica.

8 Registro 505 – Complemento 1.Todos os registros 505 deverão ser agrupados e apresentados após todos os registros 504 da nota. 2.Inclusão do campo TP_REG_CPL - Indicador de tipo de registro. Regras: 1.Caso existam os dois tipos de Registros na Nota (Observação e Indicação Clínica) estes deverão ser informados na seguinte ordem 1 - Indicação Clínica e 2 - Observação da Nota; 2.Deverão existir no máximo 5 registros do tipo 1-Indicação Clínica e somente 1 registro do tipo 2-Observação da Nota, limitando em um máximo de 6 registros do tipo 505 para um mesmo lote/nota. A500 Seq.Pos.Ini.Pos.Fin.Elemento de DadoDescriçãoTipoTam.UsoConteúdo TP_REG_CPLIndicador de tipo de registroN1M1 – Indicação Clínica (máximo 5 linhas) 2 – Observação da nota (apenas 1 linha) Regra: Caso exista, deverá ser gerado primeiro a indicação clínica e depois a observação da nota.

9 Emissão da Fatura Eletrônica 1.Inclusão do Registro 510 – Dados do Cedente/Sacado 2.Inclusão do Registro 511 – Corpo da Fatura IMPORTANTE : A fatura eletrônica via Portal entrará em vigor em 31/05/2007 passando a ser obrigatório o envio desses dois registros a partir dessa data. A500

10 Emissão da Fatura Eletrônica 1.Inclusão do Registro 510 – Dados do Cedente/Sacado A500 Elemento de DadoDescriçãoConteúdo TP_CED_SACIdentificação do tipo de registroIdentifica o tipo de dado enviado: 1 = Cedente 2 = Sacado CD_OPE_ANSCódigo da Operadora junto a ANSCampo obrigatório quando registro referente aos dados do Cedente. NM_CED_SACNome completo do Cedente ou do SacadoNome do Cedente ou do Sacado de acordo com o Campo TP_CED_SAC DS_ENDERECODescrição do EndereçoDescrição do Endereço Principal do Cedente ou Sacado DS_END_CPLDescrição complementar do Endereço

11 Emissão da Fatura Eletrônica 1.Inclusão do Registro 510 – Dados do Cedente/Sacado A500 Elemento de DadoDescriçãoConteúdo DS_BAIRRODescrição do Bairro. NR_CEPNúmero do CEP. DS_CIDADEDescrição da Cidade. CD_UFCódigo da Unidade Federativa. CD_CNPJ_CPFCódigo do CNPJ ou CPF. CD_INSC_ESTCódigo da Inscrição Estadual. NR_DDDNúmero do DDD. NR_FONENúmero do Telefone. NR_FAXNúmero do fac-símile..

12 Emissão da Fatura Eletrônica 2.Inclusão do Registro 511 – Corpo da Fatura A500 Elemento de DadoDescriçãoConteúdo NR_LINHANúmero da linha do item a ser impresso DS_LINHAPrimeira linha da FaturaCampo que contém o conteúdo das linhas do corpo da Fatura. VL_ITEMValor da linha da faturaValor do item que compõe o valor bruto da fatura (sem o IR do R501). A somatória do campo VL_ITEM deverá ser igual ao valor da fatura informada no registro 501 (VL_TOT_FAT).

13 Emissão do Boleto 1.Inclusão do Registro 512 – Boleto 2.Inclusão do Registro 513 – Boleto – Instruções 3.Inclusão do Registro 514 – Boleto – Observações 4.Inclusão do Registro 515 – Boleto – Linha digitável e Código de Barras Regra : O envio dos registros do Boleto serão opcionais até nova definição. A500

14 Emissão do Boleto 1.Registro 512 – Boleto A500 Elemento de DadoDescriçãoConteúdo NR_BANCONúmero do Banco. AGENCIA_BANCARIACódigo da Agência Bancária do Cedente. CTA_CEDENTENúmero da Conta Corrente do Cedente. NOSSO_NUMERONosso Número utilizado pelo Banco. USO_BANCOCampo referente ao USO_BANCO. DS_CARTEIRACampo referente à Carteira. ESPECIECampo referente à EspécieEspécie VLR_DOCUMENTOCampo referente ao Valor do DocumentoValor do Documento que deverá ser igual ao Valor da Fatura. DT_DOCUMENTOCampo referente à Data do Documento. ESPECIE_DOCCampo referente à Espécie do Documento. ACEITECampo referente ao Aceite. DT_PROCESCampo referente à Data do Processamento. LOCAL_PAGTOCampo referente ao Local de PagamentoLocal de Pagamento impresso na Ficha de Compensação. OBS_LOCAL_PAGTOCampo referente à descrição após o local de Pagamento Descrição após local de Pagamento, impresso na Ficha de Compensação.

15 Emissão do Boleto 2.Registro 513 – Boleto – Instruções 3.Registro 514 – Boleto – Observações A500 Elemento de DadoDescriçãoConteúdo DS_INSTRUCAOCampo referente à Instrução do corpo do BoletoDescrição que deverá ser impressa no campo referente às instruções do Boleto. Permitido até 3 registros R513 Elemento de DadoDescriçãoConteúdo DS_OBSERVACAOCampo referente à Observação no Item do Recibo do Sacado Descrição da observação no boleto do Recibo do Sacado. Permitido até 5 registros R514.

16 Emissão do Boleto 4.Registro 515 – Boleto – Linha digitável e Código de Barras A500 Elemento de DadoDescriçãoConteúdo LINHA_DIGITAVELCampo referente à Linha DigitávelLinha Digitável que será impressa no Boleto. Deverá estar formatado de acordo com a impressão; CD_BARRASCampo referente ao Código de BarrasCódigo de Barras – enviar os caracteres que compõem o código de Barras para impressão.

17 Fatura de Uso Geral 1.Registro 581 – Header 2.Registro 582 – Dados do Cedente e Sacado 3.Registro 583 – Corpo da Fatura 4.Registro 584 – Boleto 5.Registro 585 – Boleto – Instruções 6.Registro 586 – Boleto – Observações 7.Registro 587 – Boleto – Linha digitável e Código de Barras Regra : O envio dos registros do Boleto serão opcionais até nova definição. A580

18 Fatura de Uso Geral 1.Registro 581 – Header A580 Seq.Elemento de DadoDescriçãoTam.UsoConteúdo 003CD_UNI_DESCódigo da Unimed destino para envio de arquivo.04M. 004CD_UNI_ORICódigo da Unimed origem do envio de arquivo.04M. 005DT_GERACAOData de geração do arquivo de envio.08M. 006NR_COMPNúmero da competência no formato AAMM.04O. 007NR_FATURANúmero da Fatura.11M. 008DT_VEM_FATData de vencimento da fatura.08M. 009DT_EMI_FATData de emissão da fatura.08M. 010VL_TOT_FATValor total da fatura.12,2M. 011NR_VER_TRANúmero da versão da transação02F 01.

19 Definições sobre a disponibilização das Faturas de Notas no Portal Unimed. –Os arquivos A500 ficarão disponíveis para download durante 90 dias após a postagem do arquivo; –Portal não terá a obrigação de guardar os arquivos em backup após este período. A obrigação ficará a cargo das Unimed´s envolvidas; –Os históricos de download/upload dos arquivos serão mantidos por 5 anos; Será disponibilizado o demonstrativo da Fatura, cujo layout será o espelho do arquivo A500; –IMPORTANTE : Será enviado comunicado, pela área de Intercâmbio da Unimed do Brasil, sobre a obrigatoriedade do envio e recebimento dos arquivos A500 pelo Portal Unimed a partir de 31/05/2007. Outras Definições

20 O layout A500 com as modificações citadas serão disponibilizadas em caráter de urgência via Boletim Mais Informações após aprovação do GAT e o manual do PTU 3.2 completo será disponibilizado posteriormente no Portal Unimed. Disponibilização

21 PTU – TISS GAT – Grupo de Apoio Técnico Núcleo de Tecnologia Unimed do Brasil 03/04/2007 Obrigado! Contato :


Carregar ppt "Modificações PTU GAT – Grupo de Apoio Técnico Núcleo de Tecnologia Unimed do Brasil 03/04/2007."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google