A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

FEEDBACK AMBIENTE ORGANIZACIONAL SAÚDE E ERGONOMIA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "FEEDBACK AMBIENTE ORGANIZACIONAL SAÚDE E ERGONOMIA."— Transcrição da apresentação:

1 FEEDBACK AMBIENTE ORGANIZACIONAL SAÚDE E ERGONOMIA

2 1)Baseado nas diversas definições sobre a Ergonomia é INCORRETO afirmar: a) A maior parte das definições enfatizam o melhoramento e a preservação da saúde e bem-estar dos trabalhadores, bem como a concepção e o funcionamento satisfatórios do sistema técnico do ponto de vista da produção e da segurança. b) A Ergonomia utiliza técnicas específicas e baseia-se em conhecimentos científicos provenientes exclusivamente das ciências biológicas, sem quaisquer contribuições das ciências exatas e humanas. c) As definições mostram que a ergonomia procura obter na prática a melhor adaptação das condições de trabalho aos trabalhadores. d) A ergonomia é uma disciplina onde a teoria e prática são construídas simultaneamente, procurando estudar as interações entre os seres humanos e os outros elementos do sistema. Letra B

3 2)Sobre a corrente ergonômica Human Factors é FALSA a seguinte afirmativa: a) Baseia-se principalmente em condições experimentais em laboratório, buscando medidas científicas, que conduzem, em particular, ao estabelecimento de padrões ergonômicos. b) Aplica os conhecimentos sobre a natureza do ser humano no projeto de máquinas, equipamentos, sistemas e tarefas. c) É centrada no componente humano dos sistemas homem- máquina. d) Foi criada em 1957, na França, com o objetivo de adaptar o trabalho ao homem. Letra D

4 3)As cargas de trabalho são categorias de análise desenvolvidas pela ergonomia e pela epidemiologia. Sobre elas é INCORRETO afirmar: a) As cargas físicas podem ser divididas em: Físicas, Químicas, Biológicas, Fisiológicas, Mecânicas. b) A intensidade das cargas não depende da forma de produzir, da organização do trabalho e divisão do trabalho, não estando relacionadas às relações de força entre capital e trabalho. c) As cargas psíquicas podem ser divididas em cargas que provocam tensão prolongada ou sobrecarga psíquica e cargas que provocam subcarga psíquica (baixa valorização). d) As cargas físicas constituem um conjunto de cargas que se manifestam objetivamente, independente do corpo do trabalhador e ao agirem sobre o corpo humano, acarretam danos à saúde do trabalhador. Letra B

5 4)A AET (Análise Ergonômica do Trabalho) é dividida em cinco fases não lineares conhecidas como: a) 1) Constituição e análise da demanda; 2) Análise do ambiente técnico, econômico e social da empresa; 3) Análise das atividades e da situação de trabalho; 4) Recomendações ergonômicas; 5) Validação da intervenção ergonômica e eficácia das recomendações propostas. b) 1) Constituição e análise da demanda; 2) Análise do ambiente técnico, econômico e social da empresa; 3) Análise da tarefa; 4) Prescrições ergonômicas; 5) Análise Final dos resultados. c) 1) Constituição e análise da intervenção; 2) Análise do ambiente técnico, econômico e social da empresa; 3) Análise da tarefa; 4) Recomendações ergonômicas; 5) Análise Final dos resultados. d) 1) Escolha do posto de trabalho; 2) Análise do ambiente técnico, econômico e social da empresa; 3) Análise da Tarefa; 4) Prescrições ergonômicas; 5) Validação da intervenção ergonômica e eficácia das recomendações propostas. Letra A

6 5)A ergonomia pode ser aplicada em diversos ramos produtivos. São contribuições da ergonomia, EXCETO: a) A Ergonomia de Concepção introduz os conhecimentos sobre o ser humano desde o projeto do posto, do instrumento, da máquina ou dos sistemas de produção. b) A Ergonomia de Participação pretende envolver o próprio usuário do sistema, na solução de problemas ergonômicos. c) A Ergonomia de Seleção pretende selecionar os melhores trabalhadores para cada posto de trabalho, procurando adequá-los a cada situação de trabalho. d) A Ergonomia de Correção busca aprimorar as condições de trabalho existentes e é, frequentemente, parcial e de eficácia limitada. Trata-se da correção de situações problemáticas. Letra C

7 6) Em situações de trabalho, a circulação pode estar comprometida quando: A) O trabalhador tem a possibilidade de mudar constantemente de posição. B) O trabalhador fica sentado. C) O trabalhador pratica regularmente exercícios físicos. D) O trabalhador utiliza sapatos com saltos baixos e confortáveis. B 7) Em situações de trabalho físico pesado, o nosso organismo: A) Diminui a ventilação respiratória. B) Realiza a expiração de forma passiva. C) Aumenta o consumo de O2 D) Diminui a frequência respiratória. C

8 8) Sobre os fatores que determinam maior produção de calor em situações de trabalho pesado é incorreto afirmar que: A) A intensidade da contração muscular influencia a taxa de produção de calor. B) A maior produção de calor não prejudica o trabalho mental. C) A frequência da contração muscular influencia a taxa de produção de calor. D) A febre aumenta o risco de elevar a temperatura interna. B 9) Quanto à postura adotada pelos trabalhadores, a ergonomia deve: A) Conscientizar os trabalhadores sobre as posturas mais corretas a adotar. B) Avaliar apenas as dimensões antropométricas. C) Considerar o conjunto das exigências da tarefa. D) Avaliar apenas o movimento realizado pelo trabalhador. C

9 10) Em situações ocupacionais, a antropometria permite, exceto: A) Definir espaços livres em torno do corpo. B) Analisar posturas e distâncias para o alcance de dispositivos de controle e informação. C) Selecionar o trabalhador ideal para cada posto de trabalho. D) Dimensionar postos de trabalho. C 11)É correto afirmar sobre as atividades de manuseio de carga (levantar, abaixar, empurrar e puxar): A) Movimentos assimétricos diminuem a pressão dos discos intervertebrais. B) Quanto maior for o momento de força articular maior serão as cargas sobre os tecidos. C) Durante a rotação do tronco, o sistema músculo-esquelético desenvolve forças simétricas. D) Quanto menor a frequência, menor o tempo de nutrição dos discos. B

10 12) São consequências do trabalho pesado e extenuante, exceto: A ) Redução do consumo de glicogênio. B) Lesões músculo-esqueléticas. C) Acúmulo de ácido lático e presença de câimbras. D) Dor dispersa. A 13) Diversos fatores diferenciam o trabalho na postura em pé do trabalho sentado. I- O trabalho em pé possui maior custo energético. II- Quando sentado, o trabalhador possui maior capacidade de manusear objetos pesados. III- Trabalhos de precisão devem ser realizados em bancadas com altura abaixo da linha dos cotovelos. IV- Varizes podem surgir tanto no trabalho em pé quanto sentado. V- Na postura sentada há aumento de 50% da pressão dos discos intervertebrais da coluna lombar. Das afirmações acima, quais são verdadeiras? I, IV e V

11 14) A Análise Ergonômica do Trabalho é um modelo metodológico de intervenção que possibilita a compreensão dos determinantes das situações de trabalho. Para tanto, tem como pressuposto básico: A) A distinção entre o trabalho prescrito e o trabalho real. B) A postura correta. C) A normalização da atividade de trabalho. D) O emprego de soluções ergonômicas. A

12 15) Sobre o terceiro ponto de verificação do ECP (Ergonomic Checkpoints), assegurar-se de que a superfície das vias de transporte seja uniforme, antiderrapante e desimpedida de obstáculos, é correto afirmar: A) Elimine das vias de transporte apenas às diferenças de altura quando forem muito bruscas. B) Use recipientes estanques ou recipientes para transporte abertos. C) Tenha como norma colocar apenas objetos pequenos nas passagens e nos corredores sem que a passagem seja obstruída. D) Se há pontos com desníveis que não possam ser eliminados imediatamente, utilize rampas, plataformas de carga ou preencha-os. D

13 16)Sobre o ponto de verificação 22 do ECP (Ergonomic Checkpoints), em tarefas repetitivas, empregar ferramentas específicas para seu uso, é incorreto afirmar: A) Utilize ferramentas universais a fim de realizar o trabalho corretamente, com a maior qualidade e o menor esforço. Escolha ferramentas que se adaptem corretamente aos mais diversos tipos de trabalho. B) Se a tarefa exige esforços intensos com frequência, use ferramentas mecânicas. Há vários tipos disponíveis. Tais ferramentas não apenas são mais eficientes como também podem executar tarefas impossíveis de serem feitas à mão. O cansaço dos trabalhadores é muito menor. C) Providencie um lugar para as ferramentas que não estejam sendo utilizadas, bem como sua manutenção periódica. D) Instrua os trabalhadores sobre o uso correto das ferramentas. Faça com que reclamem seu conserto ou substituição quando estiverem danificadas ou se não funcionarem. A

14 17) O ponto de verificação 96 do ECP tem como propósito: Providenciar áreas para comer, locais de descanso e bebedouros, a fim de assegurar o bem estar e uma boa realização do trabalho. Sobre as medidas necessárias é falsa a seguinte ação: A) Estabelece horários fixos para que os trabalhadores possam ir ao banheiro e beber água. Fora destes horários apenas permita a saída dos trabalhadores para beber água quando o ambiente for estritamente quente. B) Coloque potes de água junto a cada grupo de trabalhadores, ou providencie filtros ou bebedouros em lugares de fácil acesso (mas não próximo a máquinas perigosas, não em locais onde a água possa ser contaminada por poeira ou produtos químicos, e não em locais de banho e sanitários). C) Forneça uma área ou um recinto para alimentação onde os trabalhadores possam comer numa atmosfera confortável e relaxante (longe de seus locais de trabalho). D) Providencie áreas de descanso longe das oficinas e livre de perturbações como ruídos, poeira e produtos químicos. No mínimo, uma mesa e cadeiras ou sofás são necessários. Evite a luz brilhante do sol. A

15


Carregar ppt "FEEDBACK AMBIENTE ORGANIZACIONAL SAÚDE E ERGONOMIA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google