A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PERÍODOS COMPOSTOS ORAÇÕES COORDENADAS E ORAÇÕES SUBORDINADAS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PERÍODOS COMPOSTOS ORAÇÕES COORDENADAS E ORAÇÕES SUBORDINADAS."— Transcrição da apresentação:

1 PERÍODOS COMPOSTOS ORAÇÕES COORDENADAS E ORAÇÕES SUBORDINADAS

2 Períodos Compostos: Aquele homem estranho entrou na sala, / olhou-nos por alguns instantes, / abriu um livro grosso, / folheou algumas páginas, / fechou o livro com solenidade / e saiu pela porta dos fundos. Período composto por coordenação: - Sintaticamente, as orações são independentes; - Semanticamente, as orações são interligadas.

3 Quando o homem estranho entrou na sala, / disseram / que ele estava procurando um livro / que havia perdido. Período composto por subordinação: - Há uma relação de dependência sintática entre as orações.

4 ORAÇÕES COORDENADAS Orações coordenadas assindéticas: Entrou na floricultura, comprou umas rosas, saiu em silêncio.

5 Orações coordenadas sindéticas: Apita o árbitro, abrem-se as cortinas e o espetáculo começa. Ou você nos apoia, ou pediremos demissão de nossos cargos.

6 CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES COORDENADAS SINDÉTICAS 1- ADITIVAS - estabelece uma adição com a ideia da oração anterior. Conjunções: e, nem, mas também. Não viajei nem estudei para o exame. Caetano Veloso não só canta, mas também compõe muito bem.

7 2- ADVERSATIVAS- mas, porém, contudo, entretanto, no entanto. O Brasil tem potencial inesgotável; sua má administração, porém, tem produzido apenas a sociedade mais injusta do planeta. Ela se indignou com o fato, no entanto manteve a calma. Obs: Lutamos muito, mas, no entanto, não conseguimos o que queríamos.

8 3- ALTERNATIVAS - exprimem fatos que se alternam ou que se excluem mutuamente. Fale agora, ou cale-se para sempre. Obs: Na língua culta não se aceitam construções como estarei lá, quer chova ou faça sol ou Está alegre, seja dia de trabalho ou de festa. É necessário manter o paralelismo.

9 4- CONCLUSIVAS - expressam uma conclusão lógica que se obtém a partir dos fatos expressos na oração anterior Conjunções: logo, pois (após o verbo), por isso, portanto, de modo que. Ele pediu demissão, portanto estamos sem chefe. Ela estudou muito; conseguiu, pois, passar no vestibular.

10 5- EXPLICATIVAS - contém uma justificativa ao que está expresso na outra oração Conjunções: que, porque, pois (antes do verbo). Não fume, pois o cigarro é um veneno. Choveu durante a noite, porque as ruas estão molhadas.

11 O mundo é grande O mundo é grande e cabe Nesta janela sobre o mar. O mar é grande e cabe Na cama e no colchão de amar. O amor é grande e cabe num breve espaço de beijar. (Drummond)

12 POEMA DE FINADOS Amanhã que é dia dos mortos Vai ao cemitério. Vai. E procura entre as sepulturas A sepultura de meu pai. Leva três rosas bem bonitas. Ajoelha e reza uma oração.

13 Não pelo pai, mas pelo filho: O filho tem mais precisão. O que resta de mim na vida É a amargura do que sofri. Pois nada quero, nada espero. E em verdade estou morto ali. (Manuel Bandeira)

14 (Unesp) A partir da construção do poema de Bandeira: Do ponto de vista sintático, identifique e classifique as orações presentes no período composto compreendido pelos versos 1 e 2 da 2ª estrofe do poema.

15 De acordo com o poema, responda: a) Considerando as marcas linguísticas de pessoalidade, quem é o sujeito que enuncia no texto? A quem ele se dirige? b) No poema de Manuel Bandeira, o eu lírico sugere ao interlocutor que faça algo num determinado tempo. Indique a palavra que identifica esse tempo em que o interlocutor deve fazer o que pede o eu do poema e uma frase que mostre o que está sendo pedido.

16 Observe: Os jornais não anunciaram o aumento da gasolina. I- Os jornais não anunciaram que a gasolina vai aumentar. II- Os jornais não anunciaram se a gasolina iria aumentar.

17 Orações Subordinadas Substantivas Período simples Esta situação exige cautela. ( substantivo ) Objeto direto Período composto Esta situação exige que sejamos cautelosos. Objeto direto com função de oração

18 Subjetivas É necessário o estabelecimento de um projeto para o país. Isso é necessário. (sujeito) É necessário que se estabeleça um projeto para o país. ( Oração subordinada substantiva subjetiva)

19 I- Convém que se apurem os fatos. Convém a apuração dos fatos. II- Está provado que soluções mágicas não existem. A não existência de soluções mágicas está provada. III- Sabe-se que tudo pode ser feito de um momento para outro. A feitura de tudo, de um momento para outro, é sabida.

20 Objetivas Diretas Sinto a modificação de muitas coisas. Sinto isso. (objeto direto) Sinto que se podem modificar muitas coisas. (Oração subordinada substantiva objetiva direta)

21 Quero saber se ele virá à festa. Mandei que eles entrassem. Mandei-os entrar. (Oração reduzida)

22 Objetivas Indiretas Não se esqueça da resolução dos problemas sociais. Não se esqueça disso. (objeto indireto) Não se esqueça de que resolveremos os problemas sociais. (Oração subordinada substantiva objetiva indireta)

23 Nós precisamos de que você colabore. Lembre-se de que deve me auxiliar em algumas tarefas. Lembre-se de auxiliar-me em algumas tarefas.

24 Completivas Nominais Eles estão confiantes na vitória. Eles estão confiantes nisso. (C. nominal) Eles estão confiantes em que vencerão o campeonato. ( Oração subordinada substantiva completiva nominal )

25 Tenho certeza de que ainda há esperanças. Tenho a impressão de que estamos andando em círculos. Tenho a impressão de andarmos em círculos.

26 Predicativas Nosso medo era sua reação agressiva. Nosso medo era isso. (Predicativo) Nosso medo era que você reagisse agressivamente. (Oração subordinada substantiva predicativa)

27 Minha vontade é que superem as atuais dificuldades. Nosso desejo era que encontrássemos o caminho Nosso desejo era encontrar o caminho.

28 Apositivas Faço apenas um pedido: a revisão de sua opinião. Faço apenas um pedido: isso. (aposto) Faço apenas um pedido: que você reveja sua opinião. (Oração subordinada substantiva apositiva)

29 Há um fato ainda inexplicado: que eles sobreviveram a tantas adversidades. Há um fato ainda inexplicado: terem eles sobrevivido a tantas adversidades.

30 DISCURSO INDIRETO

31 (Fuvest) Passe para o discurso indireto a frase "Filho, um dia isso tudo será seu".

32 O pai disse ao filho que, um dia, seria o dono de tudo aquilo. O pai disse que o filho, um dia, seria o dono de tudo aquilo.

33

34

35

36 Reescreva o termo destacado em oração subordinada: a)Os guardas impediam a entrada de estranhos. b)As autoridades não permitiram a construção do prédio. c)Todos éramos contrários à realização da festa. d)Um bom técnico de futebol precisa da colaboração de seus jogadores.

37 Apesar da facilidade de acesso às mais diversas fontes de informação, ninguém foi capaz de prever que o Brasil controlaria a inflação mesmo após a liberação do câmbio, que a seleção de Zagallo seria derrotada tão vergonhosamente na Copa de 98 e que o Muro de Berlim acabaria em pó

38 Reescreva as duas orações substantivas destacadas, substituindo por substantivos cognatos as formas verbais controlaria e seria derrotada, fazendo as adaptações necessárias.

39 ...capaz de prever o controle da inflação pelo Brasil mesmo após a liberação do cambio, a derrota tão vergonhosa da seleção de Zagallo na Copa de 98.

40 A terceira oração substantiva (que o muro de Berlim acabaria em pó) admite o mesmo tipo de transformação feita com as outras orações?

41 Períodos Compostos Orações Subordinadas Adjetivas

42 Orações Adjetivas Procurávamos um exemplo esclarecedor. (Adjetivo) Procurávamos um exemplo que esclarecesse. (Oração subordinada adjetiva)

43 Deve-se investir em soluções definitivas. Deve-se investir em soluções que sejam definitivas. Deve-se investir em soluções que resolvam definitivamente os problemas. Funções idênticas = adjuntos adnominais

44 Explicativa ou Restritiva? Os cidadãos americanos, que apoiaram a guerra contra o Iraque, ficaram eufóricos com as primeiras notícias sobre o combate. Os cidadãos americanos que apoiaram a guerra contra o Iraque ficaram eufóricos com as primeiras notícias sobre o combate.

45 Pronomes relativos INVARIÁVEISVARIÁVEIS QUEO QUAL, OS QUAIS, A QUAL, AS QUAIS QUEMCUJO, CUJOS, CUJA, CUJAS QUANDOQUANTO, QUANTOS, QUANTAS COMO ONDE

46 QUE, O QUAL Aqui está o livro que lerei nas férias. Aqui estão os amigos de que lhe falei. A empresa a qual produz sofisticados equipamentos eletrônicos será fechada. Os amigos dos quais lhe falei são estes.

47 CUJO Deve-se votar em candidatos cujo passado seja garantia de comportamento honesto. (passado dos candidatos) É um homem de cujas opiniões só se pode discordar. (opiniões do homem)

48 QUEM Este poeta, a quem o povo deveria respeitar, é o que melhor traduz a alma brasileira. Meu amigo, a quem considero meu irmão, veio me visitar.

49 ONDE Você conhece uma cidade brasileira onde se possa viver em paz? (em que) Quero que você conheça a escola onde iniciei meus estudos. (em que)

50 QUANTO, COMO, QUANDO Trouxe tudo quanto me pediram. Não aceito a forma como ela tratou você na reunião. É o momento quando o céu se torna azul.

51 Comunhão O homem que pensa é uma dádiva É como o pão É como os rios. O homem que pensa é franco e generoso É pura chuva, Tem o coração voltado para os outros O homem que pensa é justo e solidário O pensamento é trigo O pensamento é comunhão: bebei do vinho

52 Que esse é o vinho do Homem que não morre; O pensamento é comunhão E se oferece para que o homem seja mais humano E viva mais humanamente... Segundo o texto, pensar é uma atividade inerente a todo ser humano?

53 Pronomes Relativos – uso e funções Um homem que zela por seus direitos merece tê-los. O livro que li é muito bom. Ele ainda acredita nas coisas em que acreditava quando jovem. As fortes razões a que você sempre fazia referência desapareceram?

54 O pessimista que eu era deu lugar a um sonhador. São esses os procedimentos sobre os quais pairam tantas dúvidas? Ali vai o veterano craque a quem me refiro sempre. Procuro conviver com pessoas cujas vidas sejam ricas em experiências. Esta é a escola onde estudo.

55 Conjunção Integrante ou Pronome Relativo Era impossível que todos permanecessem na festa. Conjunção integrante (ISSO) No Brasil, acontecem fatos que impressionam. Pronome relativo (OS QUAIS)

56 Às pessoas que eu detesto Diga sempre que eu não presto, Que meu lar é o botequim, Que eu arruinei a sua vida Que eu não mereço a comida Que você pagou pra mim. No poema, o que é pronome relativo em quais orações?

57 (Unicamp) O povo não só quer o impeachment desse aventureiro chamado Collor, como o confisco dos bens nada honestos do senhor Paulo César Farias e companhia. E que a esse PFL e ao Brizola (cuja ficha de filiação ao PDT já rasguei) reste a vingança do povo. a)O que LAN pretendeu dizer com a oração entre parênteses? b)O que ele disse literalmente?

58 Assinale a alternativa em que há uso inadequado dos termos grifados? a)Os congressistas sobre os quais recaem tantas acusações e dos quais tanto se suspeita não vieram se defender. b)As notícias de que me valho estão no jornal em que você confia. c)Logo transmitiremos as notícias das quais todos aguardavam e de que nos foram confiadas por um membro da oposição. d)A corrupção, com que ninguém se conforma mas que poucos denunciam, representa um risco para a democracia

59 A frase que mantém o padrão culto da linguagem é: a)Ele falta muito ao trabalho, é onde eu defendo que ele não deve ser promovido. b)Essas são as três crianças cujo o pai veio conversar conosco. c)Sua pesquisa,de cujo valor ninguém duvida, será agora amplamente divulgada. d)As notícias, onde eu discuto a sua veracidade, foram veiculadas em todos os jornais.

60 I- O autor destes versos é Manuel Bandeira. II- Estes versos fazem parte do soneto Renúncia Transformando estes dois períodos simples em um composto por subordinação, teremos: a)Estes versos cujos são de Manuel Bandeira, fazem parte do soneto Renúncia. b)Estes versos de Manuel Bandeira fazem parte do soneto Renúncia. c)Estes versos, cujo autor é Manuel Bandeira, fazem parte do soneto Renúncia. d)Estes versos, que o autor é Manuel Bandeira, fazem parte do soneto Renúncia.

61 Período Composto por Subordinação Orações Subordinadas Adverbiais

62 Orientação Argumentativa I- Embora seja mulher, Marta Suplicy poderá fazer um bom governo. II- Porque é mulher, Marta Suplicy poderá fazer um bom governo.

63 I- Se ele fechar a janela, a sala fica no escuro. II- Como ele fechou a janela, a sala ficou no escuro. Uma condição que se realiza, torna-se causa.

64 I- Ele deu uma bronca na classe, para que ficassem em silêncio. II- Ele deu tamanha bronca na classe, que ficaram em silêncio. Uma finalidade vira consequência quando se realiza de fato.

65 Forma reduzida e o contexto: Chegando notícias de casa, avise-nos imediatamente. I- Se chegarem notícias de casa, avise-nos imediatamente. II- Quando chegarem notícias de casa, avise-nos imediatamente.

66 I- Tenho certeza de que meus familiares não vão mandar nenhuma notícia. Em todo caso, chegando notícias de casa, avise-nos imediatamente. II- Meus pais ficaram de mandar notícias de casa pelo motorista que vem a São Paulo. Chegando notícias de casa, avise-nos imediatamente.

67 Orações Adverbiais I- Muita gente morre de fome. Adj. adverbial de causa II- Muita gente morre porque não tem comida. Oração subordinada adverbial de causa

68 Características Semânticas das Subordinadas Adverbiais 1- CAUSA ( a idéia de causa está ligada àquilo que provoca um determinado fato) As ruas foram alagadas porque o rio transbordou. Como não se planejaram adequadamente as etapas do projeto, os trabalhos tiveram que ser suspensos. Por teres dito a verdade, nada te acontecerá.

69 2- CONSEQUÊNCIA ( as orações consecutivas exprimem um fato que é efeito daquilo que se declara na oração principal ) A falta de planejamento foi tão flagrante que as obras tiveram de ser suspensas. Tamanha era sua vontade de viajar que chegou ao aeroporto três horas antes. Tal era sua indignação que imediatamente se uniu aos manifestantes. Os motoristas fizeram tanta greve, conseguindo o aumento.

70 3- CONDIÇÃO ( as orações condicionais exprimem condições para que se realize ou deixe de realizar o fato expresso na oração principal ) Se houver um planejamento apropriado, os bons resultados surgirão. Caso você não possa vir, faça-me saber. Uma vez que você aceite a proposta, assinaremos o contrato. Não dizendo a verdade, nada conseguirá.

71 4- CONCESSÃO ( denomina-se concessão ao fato que, embora possa afetar a realização de um outro fato, não o faz ) Embora tudo tenha sido cuidadosamente planejado, ocorreram vários imprevistos. Ainda que a economia nacional tenha crescido, a maior parte da população continua marginalizada. Levei agasalho, embora fizesse calor. Mesmo dizendo a verdade, ninguém lhe dá credito

72 (Mack) Explique as relações estabelecidas pela locução conjuntiva uma vez que em cada um dos casos: A comissão de moradores da periferia protestou em frente à prefeitura uma vez que o prefeito não a quis receber. A comissão de moradores da periferia não protestará em frente à prefeitura uma vez que o prefeito a receba.

73 (Unicamp) O autor do texto abaixo conhece um tipo de raciocínio cuja estrutura lembra propriedades de um círculo e tenta reproduzi-lo. No entanto, não é bem- sucedido. (...) Gera-se, assim, o círculo vicioso do pessimismo. As coisas não andam porque ninguém confia no governo. E porque ninguém confia no governo as coisas não andam. Reescreva o trecho de maneira que ele passe a ter a estrutura de um verdadeiro círculo vicioso. Comparando o que você fez e o que fez o autor, explique em que ele se equivocou.

74 (FEI –SP) Complete, segundo o modelo: Ex: Maria entrou na estufa, porque não topou com um desconhecido. Se Maria topasse com um desconhecido, não entraria na estufa. O velho Leite raciocinou assim, porque havia muita cinza de cigarro no chão.

75 5- COMPARAÇÃO ( a oração comparativa contém o fato a ser comparado na oração principal ) Ele tem trabalhado como um obstinado. (trabalha) Sua sensibilidade é tão afinada quanto sua inteligência. (é) Mente como ninguém.

76 6- CONFORMIDADE (a oração conformativa exprime fatos que estão de acordo com o que se declara na oração principal ) Tudo foi feito conforme combináramos na véspera. Como se faz nesses casos, o pai levou a filha à igreja. Segundo reza a Constituição, todos os cidadãos têm direitos iguais.

77 7- FIM, FINALIDADE ( é a oração final que exprime a intenção, o objetivo do que se declara na oração principal) V ários grupos atuaram conjuntamente a fim de exercer maior pressão. Fizeste tudo para que eu não obtivesse bons resultados. V eio aqui a fim de que o professor lhe explicasse a lição.

78 8- PROPORÇÃO ( a oração proporcional estabelece relações de gradação entre o processo verbal que exprime e aquele declarado na oração principal ) À proporção que os navios vão se afastando, mais melancólica se torna a tarde. Quanto mais nos dedicamos, mais aprendemos. À medida que se aproximam os vestibulares, aumenta o interesse do grupo.

79 9- TEMPO ( a oração temporal exprime fatos simultâneos ao fato expresso na oração principal, localizando-o no tempo ) Quando recebi seu recado, já nada mais podia ser feito. Ele me falava de sua vida enquanto caminhávamos lado a lado. Mal você saiu, ela chegou. Dizendo a verdade, saberemos o que houve.

80 Mulheres cardíacas têm mais chance de morrer Um redator do jornal Folha de S.Paulo reproduziu um trecho de uma notícia do Jornal do Brasil e fez uma crítica ao título da mesma notícia. A crítica dizia O JB de quarta-feira publicou título óbvio. Observe agora o começo da notícia publicada pelo JB: Washington - As mulheres que se submetem à angioplastia têm 10 vezes mais probabilidade de morrer no hospital do que os homens. A conclusão foi obtida..

81 a) Como o redator da Folha leu a manchete do JB, para achar que ela diz o óbvio? b) Qual a leitura da manchete que deve ser feita, com base no texto que a segue? c) Por que a manchete do JB permite essas duas leituras?

82 O esparadrapo X não gruda no machucado, portanto não dói na hora de trocar; ainda que seja um pouco mais caro que os outros, é muito, muito melhor... a) Na 1ª parte desse texto, há uma relação causa - consequência. Essa relação está evidenciada pelo nexo conclusivo portanto. Reescreva essa primeira parte, evidenciando a mesma relação causa - consequência através de um nexo de causa. b) Reescreva a 2ª parte do texto, substituindo o nexo de concessão ainda que por outro semelhante (também concessivo).

83 a) Mesmo que ele tivesse perdido o jogo, não haveria motivos para tristezas. b) Encontrei-a logo que entrei no salão. c) Caso ele queira vir aqui, diga-lhe que será bem recebido. d) Os jovens se comportaram mais dignamente que os velhos naquele momento. e) O nervosismo de todos aumentava à medida que chegava a hora do julgamento. f) Eles agiram exatamente como exigia a situação.

84 g) Fomos bem recebidos porque trazíamos boas notícias. h) O frio era tão intenso que, de madrugada, nevou. i) Traga seu irmão a fim de que possamos conhecê-lo. j) Como estava muito resfriado, não foi à recepção.

85 Compare as frases (coloque V ou F) I – Falam tanto, que ela não se concentra. II – Falam tanto que ela não se concentra. ( )Em I, a oração subordinada deve ser compreendida como uma consequência do que foi exposto na oração principal. ( ) Em II, o advérbio tanto intensifica a ação mencionada na oração subordinada. ( ) Em I, a vírgula está incorretamente empregada porque a oração principal nunca pode ser separada da oração subordinada. ( ) Em II, a oração Falam tanto pode ser equivalente, quanto ao sentido, a comenta-se muito.

86 Dois meninos falam de suas aspirações, e um deles diz: Eu sonho ganhar 20 mil por mês, como meu pai Teu pai ganha 20 mil por mês? Não, ele também sonha ganhar. a)Transcreva a passagem em que ocorre a possibilidade de dupla interpretação. b) Dê as duas interpretações possíveis. C) Reescreva a sentença, desfazendo a dupla interpretação.

87 (Puc- 2011) Dos trechos, assinale o que apresenta relação de causa e consequência: a) Existe uma parte na América do Sul onde não se fala espanhol b) Ele estava no meio da "The Brazil Series", sequência de telas pintadas com tinta acrílica que têm o país como tema. c) É curioso que a própria mostra tenha praticamente caído no colo de Monrad. d) Talvez ele tenha usado fotos de livros ou outras referências, mas não sei em que extensão. e) Escolhi o Brasil como tema porque estive lá muitas vezes e gosto da atmosfera.

88 (GV-2012) Se a oração sublinhada no trecho Os livros que me deram popularidade são romances medíocres for substituída por outra do mesmo tipo sintático, o uso de preposição antes do pronome que continuaria a ser desnecessário apenas em: a) que me tornei conhecido. b) que também me orgulho. c) que procuro valorizar. d) que tanto lutei. e) que me refiro

89 As demais alternativas devidamente completadas ficariam: a) por que me tornei conhecido; b) de que também me orgulho; d) por que tanto lutei; e) a que me refiro.

90 (GV-2012) Leia o seguinte parágrafo, extraído de uma matéria jornalística: Hoje, as famílias que vivem na cidade de São Paulo gastam uma fatia maior do orçamento com ração para o cãozinho ou o gato de estimação (0,55%) do que com o feijão (0,39%), um alimento básico. Em contrapartida, o desembolso com aluguel caiu pela metade nos últimos dez anos, porque um número crescente de famílias teve acesso à casa própria. Também o peso da prestação do carro zero nas despesas, triplicou no período. O Estado de S. Paulo, 12/07/2011. Adaptado.

91 A relação de sentido que se estabelece entre os dois primeiros períodos do texto seria mantida, se a expressão em contrapartida fosse substituída por: a) todavia. b) embora. c) uma vez que. d) tanto que. e) se bem que.

92 Ao se adaptar o texto, foi introduzida uma vírgula que contraria as normas da língua escrita padrão. Ela ocorre em: a) Hoje, as famílias. b) feijão (0,39%), um alimento básico. c) Em contrapartida, o desembolso com aluguel. d) nos últimos dez anos, porque um número. e) nas despesas, triplicou no período.


Carregar ppt "PERÍODOS COMPOSTOS ORAÇÕES COORDENADAS E ORAÇÕES SUBORDINADAS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google