A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Intervenção Participativa dos Atores: uma abordagem pedagógica para fortalecer o poder local.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Intervenção Participativa dos Atores: uma abordagem pedagógica para fortalecer o poder local."— Transcrição da apresentação:

1

2 Intervenção Participativa dos Atores: uma abordagem pedagógica para fortalecer o poder local

3 Como tem sido vista a formação ? Furtado, E.D.P.

4 Nos anos 60 Theodor Schultz propõe a educação como investimento em habilidades e conhecimentos que propicia o aumento de futuras rendas e que contribui para a recuperação do atraso econômico N os anos 90 é reinventada como instrumento para a redução da pobreza e como fator essencial para a formação de capital humano adequado aos requisitos do novo padrão de acumulação Furtado, E.D.P.

5 Escola vista como uma combinação de insumos educacionais, à semelhança de uma empresa, onde os fatores do processo educativo são tidos como fatores de produção, os quais produzem taxas de retorno em formas de bens e serviços Furtado, E.D.P.

6 Programas de Profissionalização Marcados pela limitação do ajuste ao mercado baseados em competências compatíveis com a lógica que o domina Furtado, E.D.P.

7 No discurso: Construção de sujeitos coletivos em torno de identidades específicas e do reconhecimento das diferenças Furtado, E.D.P.

8 Na prática: Pode gerar fragmentação do tecido social se não for levado em conta princípios éticos comuns Furtado, E.D.P.

9 Então, o que significa formar numa concepção crítica? Furtado, E.D.P.

10 Formar através: da radicalidade democrática; do diálogo; da participação; da popularização do conhecimento científico; da revalorização do trabalho como humanizador das pessoas; da preparação do trabalho comunitário; do respeito `a cultura; do respeito `as diferenças; do companheirismo e fraternidade nas relações interpessoais; da confiança mútua; de uma ética solidária; de uma sensibilidade ecológica; enfim, de um processo pedagógico que prepare os sujeitos desse desenvolvimento desenvolvimento. Furtado, E.D.P.

11 Implica portanto, uma mudança das atitudes tradicionais dos técnicos: de fechada para aberta; de individual para coletiva; de verbal para visual; de preocupação única com o mensurável, para a preocupação em oferecer possibilidades de comparação também. de dominadora para construtivista; Nova Formação

12 Projeto Formativo Abordagens Tradicionais Técnico Autoridade Detentora do Saber Predomínio da Racionalidade Técnica Reduz a prática profissional a SOLUÇÃO DE PROBLEMAS Furtado, E.D.P.

13 Hoje: desejo de superar a relação linear e mecânica entre Conhecimento Científico e Técnico Prática Busca-se: uma integração inteligente do conhecimento e da técnica para resolver problemas práticos Reflexão na Ação

14 A Formação é a dimensão relacionada à produção do conhecimento teórico sobre a realidade. Isto é, prepara o sujeito para entender e analisar a realidade. Profissional reflexivo Capacitação é a dimensão relacionada à construção do conhecimento prático ou de habilidades que permitem ao sujeito agir sobre a realidade. Profissional interativo

15 REFLEXÃO NA AÇÃO pensamos sobre o que fazemos diálogo com a situação processo dialético de aprendizagem Construir conhecimentos novos a partir da realidade junto com os educandos REFLEXÃO SOBRE A AÇÃO análise posterior sobre as características e processos de sua própria ação Furtado, E.D.P.

16 Quais as bases para uma nova formação ?

17 SABER FAZER E NÃO APENAS FAZER Não apenas exercer uma atividade mas reinventá-la no cotidiano Furtado, E.D.P.

18 O conhecimento do técnico em interação com o do educando/comunidade, como alavanca para as mudanças Senso para a renovação que ultrapasse à prática mecânica Furtado, E.D.P.

19 SABER FAZER E NÃO APENAS FAZER Relação dialética PRÁTICA-TEORIA-PRÁTICA (Paulo Freire) Furtado, E.D.P.

20 Um profissional com essa postura é mais do que um técnico. É um educador para o desenvolvimento Um sujeito reflexivo e interativo Exige uma nova formação Furtado, E.D.P.

21 A Capacitação como fator de formação

22 Que concepção de capacitação ? * A que está em relação direta com o processo de construção coletiva do conhecimento; * permite o sujeito atuar sobre a realidade de forma reflexiva; * relacionada à consciência organizativa dos sujeitos. Furtado, E.D.P.

23 Assim, ela deve possibilitar aos sujeitos: - identificar os problemas que lhes afetam - levantar suas possíveis causas - analisar as situações e a correlação de forças no contexto em que estão inseridos - organizar as ações - criar mecanismos coletivos de solução Furtado, E.D.P.

24 Capacitação que tem como fundamento Saber fazer Saber refazer Furtado, E.D.P. Saber renovar o fazer

25 A Pedagogia da Capacitação O profissional como Furtado, E.D.P. Prático autônomo Artista, que reflete e toma decisões em ação

26 Em oposição ao profissional como técnico especialista que aplica com rigor as regras que derivam do conhecimento científico e despreza os fenômenos práticos da vida social Furtado, E.D.P.

27 Complexidade, incerteza, instabilidade, singularidade e conflito de valores (Schön, 1983) Furtado, E.D.P.

28 Saber fazer adaptado às capacidades dos que aprendem Inclui: os sujeitos, os conteúdos temáticos, os processos, os conhecimentos, os meios e os contextos Furtado, E.D.P. Competência científica x Competência pedagógica, pessoal

29 Daí ser importante que A formação profissional seja permanente A capacitação seja contínua Haja acompanhamento das ações na prática profissional O profissional seja capaz de entender e analisar a realidade de forma crítica Atue sobre ela de forma interativa e solidária Sistematize conhecimentos e experiências Considere a relação entre tecnologia, cultura e educação Seja um profissional comprometido com a sociedade Furtado, E.D.P.

30 A convergência dos esforços de capacitação: ganha novos espaços; fortalece o trabalho dos atores; contribui para o alcance de prováveis resultados evidentes… Propiciando a sustentabilidade das ações

31 Cada vez que a pessoa se aprofunda no conhecimento da realidade e se ampliam os níveis de interpretação... dar-se-á conta de que a volta à prática será necessária Furtado, E.D.P.

32 AÇÃO - REFLEXÃO - AÇÃO Furtado, E.D.P.


Carregar ppt "Intervenção Participativa dos Atores: uma abordagem pedagógica para fortalecer o poder local."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google