A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Estrada de Ferro Campos do Jordão Clique para passar.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Estrada de Ferro Campos do Jordão Clique para passar."— Transcrição da apresentação:

1

2 Estrada de Ferro Campos do Jordão Clique para passar

3 HISTÓRIA Inaugurada em 15 de novembro 1914 com trens movidos a vapor, a Estrada de Ferro Campos do Jordão foi idealizada com o intuito de atender aos pacientes que procuravam tratamento e eram obrigados a percorrer cerca de 50 km a cavalo ou postos em bangüês e liteiras. Mas em 1915, com eclosão da Primeira Guerra Mundial, a S. A. Estrada de Ferro Campos do Jordão, empresa de Emílio Ribas e Vitor Godinho, entra em grave crise financeira, pondo em perigo a continuidade do tráfego. Neste momento a administração passa ao Governo do Estado, iniciando uma jornada de desenvolvimento em 1917, quando as locomotivas passam a ser movidas a gasolina. No ano de 1922 é inaugurado o espaço reservado ao embarque na Estação em Pindamonhangaba; em 24, inaugurado o Escritório Sede da Administração da Ferrovia, no centro de Pindamonhangaba, pelo Presidente do Estado Washington Luiz Pereira; neste mesmo ano a EFCJ é eletrificada pela The English Eletric Company e são trazidas quatro automotrizes, numeradas como A-1, A-2, A-3 e A-4 e uma automotriz de luxo numerada como AL-1. Em 1927 foram trazidos mais dois vagões, numerados como V-1 e V-2 e em 28, três gôndolas, numeradas como G-1, G-2 e G-3.

4 Além da sua missão principal, a EFCJ passou a ser utilizada para outros fins com o passar do tempo: além do transporte de enfermos, a EFCJ transportava frutas, legumes e verduras cultivadas pela colônia japonesa situada no vale de Renópolis, no alto da serra. Porém, a EFCJ viu-se obrigada a fechar o tráfego na serra por várias vezes. Mais pra frente, a ferrovia viu o seu fluxo de doentes diminuir em razão dos tratamentos à base de antibióticos. Contudo, a ferrovia viu no turismo da serra a sua principal fonte de sobrevivência e o único meio de resgatar a sua utilidade. Foi em 1970 que a ferrovia começou a servir aos turistas uma viagem pela Serra da Mantiqueira, sendo essa a sua tarefa até hoje. No ano de 1995 a Ferrovia passa a viver com recursos próprios, sendo hoje um dos principais atrativos turísticos da região. Além dos passeios Pindamonhangaba – Campos do Jordão, Campos do Jordão - Santo Antônio do Pinhal, os bondes da estrada de ferro fazem também o serviço de transporte da população local e de visitantes em Pindamonhangaba e em Campos do Jordão.

5 ESTAÇÃO PINDAMONHANGABA Construída em 1910, utilizada pela EFCJ a partir de 1924

6 PONTE RIO PARAÍBA Construída na França e trazida ao Brasil em 1924

7 CERÂMICA

8 PONTE RIO PIRACUAMA 1913

9 BALNEÁRIO

10 ESTAÇÃO PIRACUAMA 1916

11 SANTO ANTONIO DO PINHAL ESTAÇÃO EUGÊNIO LEFRÈVE 1914

12 PARADA TORIBA PARADA TORIBA Ponto ferroviário mais alto do Brasil. 1743m

13 PORTAL CAMPOS DO JORDÃO

14 ESTAÇÃO ABERNÉSSIA 1919

15 PARADA JAGUARIBE 1919

16 PARADA GRANDE HOTEL 1945

17 ESTAÇÃO EMÍLIO RIBAS – CAMPOS DO JORDÃO

18 A-1

19 AL-1

20 A-2A-3

21 A-4 A-6 A-7

22 V-2

23 G-1G-3

24

25

26

27

28 Passeios Pindamonhangaba - Campos do Jordão (Ida e volta) - Pindamonhangaba - Campos do Jordão (Ida e volta) Campos do Jordão - Santo Antonio do Pinhal (Ida e volta) - Campos do Jordão - Santo Antonio do Pinhal (Ida e volta) Pindamonhangaba - Balneário Reino das Águas Claras (Ida e volta) - Pindamonhangaba - Balneário Reino das Águas Claras (Ida e volta) - Horários e excursões: consultar Departamento de Turismo - EFCJ - Rua Martins Cabral, 87 - Pindamonhangaba /

29 Clima único, paisagens inesquecíveis, momentos especiais na Serra da Mantiqueira. Venha conhecer os caminhos da ferrovia e apaixone-se EFCJ Criação: Dpto Arquitetura – DTSMVO Ana Lescura Salgado Juliana Vieira Prudente Música: My Life – Lennon MacCartney.Versão Rita Lee (Minha Vida)


Carregar ppt "Estrada de Ferro Campos do Jordão Clique para passar."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google