A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Fonte: CONAB. Ano III Fevereiro de 2010 Balanço Mundial - Exportação, consumo mundial, estoques finais, exportações e importações (Milhões de t). Custos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Fonte: CONAB. Ano III Fevereiro de 2010 Balanço Mundial - Exportação, consumo mundial, estoques finais, exportações e importações (Milhões de t). Custos."— Transcrição da apresentação:

1 Fonte: CONAB. Ano III Fevereiro de 2010 Balanço Mundial - Exportação, consumo mundial, estoques finais, exportações e importações (Milhões de t). Custos de Produção – Indicadores de análise de renda, custo variável, custo operacional e custo total – (R$/ha) e (R$/saca de 60 kg). Exportações brasileiras Evolução nas Regiões – Área (Mil ha), produção (Mil t) e participação dos estados produtores. Valor Bruto da Produção – (Milhões de R$). Relação Estoque/Uso mundial - %. Fonte: USDA. Período de calculo da taxa média de crescimento: 2005/06 a 2009/10 (Fev/2010). Fonte: USDA. Fonte: MDIC. Fonte: CMA. Indicador OCB - Preço no Mercado Físico (R$/saca). (*) – Preços: Média de jan/10 a 19/mar/2010. Fonte: Conab e CMA. Fonte: MAPA.

2 CBOT - Fechamento dos preços futuros (US$/saca 60 kg). Indicador CEPEA - Preço no Mercado Físico (R$/saca). Indicador CEPEA - Preço no mercado Físico (R$/saca). Responsáveis Técnicos: Evandro Scheid Ninaut: Economista, Especialista em Gestão de Cooperativas. Gerente de Mercados da OCB. Paulo César Dias Júnior: Eng. Agrônomo, Mestre em Economia Aplicada. Assessor Econômico da Gerência de Mercados da OCB, Brasil – Previsão 2009/10. Mundo Safra 2009/10 Produção: 47,27 milhão de sacas beneficiadas, alta de 19,8% em relação a safra 2008/09. Área: 2,11milhões ha, alta de 0,9%. Produtividade: 22,4 sacas/ha. Minas Gerais: plantio de 1,00 milhões ha ( 0,7% ) e produção de 23,96 milhões de sacas, representando 50,7% de toda produção brasileira. Espírito Santo: 472 mil ha (- 1,6% ). Espera-se uma produção de 11,76 milhões de sacas, ( 15,3% ). São Paulo: 180 mil ha (- 1,2% ). Espera-se uma produtividade de 22,1 sacas/há e uma produção de 3,98 milhões de sacas. Queda na Produção: crédito rural insuficiente devido à necessidade intensa de recurso na cafeicultura (custos elevados de produção com ênfase nos insumos); perda de renda do setor; preços mais atrativos de outras commodities. Exportação: houve uma alta de 10,675%. Exportou-se US$ 725,51 milhões de (Jan-Fev de 2010), contra US$ 655,55 milhões (Jan-Fev de 2009). Valor Bruto da Produção: representa toda a receita bruta gerada na agropecuária. Houve acréscimos de 20,6%, ou seja, o VBP atingiu R$ 13,09 bilhões em 2010, contra 10,85 bilhões em Participa com 8,13% do VBP em relação a outras culturas no cenário agrícola brasileiro. Produção: Produção: 75,94 milhões de sacas ( -6,39% em relação a safra anterior de 81,13 milhões de sacas). Brasil: 1º produtor mundial, com 31,90 milhões de sacas, representando 34,7% de toda produção mundial. Vietnã: 17,05 milhões de sacas, representando 14,0% da produção mundial. A taxa média de crescimento é de 0,6% a.a. Colômbia : É o 3º produtor mundial, com 9,0 milhões de sacas, representando 7,2% da produção mundial. Apresenta as menores taxas médias de crescimento mundiais, 9,1% a.a. Consumo: Consumo: 121,71 milhões sacas ( +3,88% em relação ao consumo da safra 2008/09 de 117,16 milhões de sacas). União Européia: 44,0 milhões de sacas, ou seja, 49,6% de todo consumo mundial. Acréscimos de 9,37% em relação a 2008/09. Estados Unidos: 22,18 milhões de sacas, ou seja, 25,0% de todo consumo mundial. Apresenta uma taxa média de crescimento mundial de 0,6% a.a. Estoques: Estoques: 34,69 milhões de sacas ( -11,15% frente a safra 2008/09). União Européia: Detêm o maior estoque mundial, 15,93 milhões de sacas, representando 45,9% dos estoques mundiais. Configura-se portanto como player mais importante do mercado mundial. Brasil Sazonalidade - Preço no mercado Físico (R$/saca) – Média 09 Preços: houve uma recuperação dos preços do algodão a partir de meados de junho de 2009 mensurados pelo Índice Esalq, chegando em 18/março/2010 em R$ 282,2/ saca (Bica dura Tipo 06). Alta de 12,32%.


Carregar ppt "Fonte: CONAB. Ano III Fevereiro de 2010 Balanço Mundial - Exportação, consumo mundial, estoques finais, exportações e importações (Milhões de t). Custos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google