A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A Cooperação para o Desenvolvimento Sul-Sul: Os Casos do Brasil, da Índia e da China André de Mello e Souza Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A Cooperação para o Desenvolvimento Sul-Sul: Os Casos do Brasil, da Índia e da China André de Mello e Souza Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada."— Transcrição da apresentação:

1 A Cooperação para o Desenvolvimento Sul-Sul: Os Casos do Brasil, da Índia e da China André de Mello e Souza Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada

2 A Cooperação para o Desenvolvimento Sul-Sul Crescimento significativo na última década –Segundo dados da ECOSOC, de 5% do total nos anos 1990 para entre 7,8% e 9,8% em 2006 (o que corresponde a um montante entre US$ 9,5 bilhões e US$ 12,1 bilhões) Não obstante, há relativamente poucos estudos empíricos disponíveis sobre o tema –Dados sobre origem e destino dos recursos são incompletos, pouco confiáveis e não comparáveis –Não há arcabouço conceitual minimamente aceito que nos permita estabelecer critérios para distinguir a cooperação para o desenvolvimento de outros tipos de cooperação

3 Objetivos do Estudo Realizar uma análise comparativa resumida entre a cooperação para o desenvolvimento de três dos BRICS: Brasil, Índia e China... e a partir dela buscar extrair algumas conclusões tentativas e preliminares sobre –i) a suposta diferenciação entre a cooperação (ou assistência) para o desenvolvimento Sul-Sul e Norte-Sul; e –ii) as diferenças entre a cooperação para o desenvolvimento oferecida por esses três países

4 Desembolsos de Cooperação Sul-Sul para o Desenvolvimento, 2008 (milhões de US$) PaísMontante% RNB% Assistência Desen. Sul-Sul Arábia Saudita55641,540 China ,06-0,08 14,4 Venezuela ,71-1,5218 Coréia do Sul8020,09 5,8 Turquia7800,11 5,6 Índia 568,60,05 4,1 Taiwan4350,11 3,1 Brasil3560,04 2,6 Kuwait África do Sul1940,07 1,4 Tailândia178- 1,3 Israel1380,07 1 Emirados Árabes 88- 0,6 Malásia 160,01 0,1 Fontes: ECOSOC, Indian Ministry of External Affairs, OECD/DAC

5 CID Sul-Sul vs. Norte-Sul Índia e China iniciam CID nos anos 1950; e o Brasil nos anos mas CID desses países aumenta significativamente em volume e alcance geográfico somente na última década Países da OCDE permanecem ainda a principal fonte da CID –Segundo a ECOSOC em 2008 a CID Norte-Sul (US$ 121,5 bilhões) é cerca de dez vezes superior à Sul-Sul (US$ 12,1 bilhões) –De acordo com o Banco Mundial em 2010, a CID Norte-Sul respondia por US$ 127,30 bilhões ou 92% e os países em desenvolvimento por US$ 11 bilhões ou 8% de um total de US$ 138,30 bilhões

6 CID Sul-Sul vs. Norte-Sul Como a maioria dos doadores da OCDE, a Índia e o Brasil priorizam os países vizinhos na alocação de sua CID... De acordo com Ipea, CID brasileira prioriza AL –35% dos recursos da cooperação técnica, científica e tecnológica e a maior parte da cooperação humanitária China prioriza regiões mais distantes (África e América Latina)

7 Distribuição Geográfica da Cooperação para o Desenvolvimento da Índia (em US$), 2010 Fonte: AidData

8 Cooperação Internacional Chinesa por Ano e Região, (em milhões de US$) ÁfricaAmérica LatinaSudeste da Ásia Fonte: Lum et al. (2009, p. 8).

9 CID Sul-Sul vs. Norte-Sul Ambas são usadas como instrumento político- diplomático e de promoção de interesses econômicos... e não visam exclusivamente ou prioritariamente ao desenvolvimento Brasil: financiamento do BNDES; promoção dos biocombustíveis; assento permanente no CSNU Índia: acesso a fontes de energia; proteção de diásporas indianas; contenção do extremismo islâmico; CSNU China: acesso a recursos naturais (sobretudo energia); investimentos e mercados de exportação; isolamento de Taiwan

10 CID Sul-Sul vs. Norte-Sul CID do Brasil, Índia e China não impõem condicionalidades macroeconômicas, ambientais, de governança ou de direitos humanos... e também apresentam menos exigências processuais –financiamento mais acessível, rápido e previsível –pode contribuir para perpetuar governos disfuncionais, dependentes, corruptos e autoritários, além de condições sociais e ambientais insustentáveis

11 CID Sul-Sul vs. Norte-Sul CID de Brasil, Índia e China apresenta menor transparência e eficiência institucional que a dos países da OCDE –fragmentação burocrática e a falta de agências coordenadoras centrais –dificuldade para planejar e monitorar a CID em nível nacional nos três países –dificuldade para mensurar e avaliar impacto da CID –maior facilidade para corrupção

12 CID Sul-Sul vs. Norte-Sul CID Sul-Sul menos vulnerável a acusações de neocolonialismo, imperialismo e clientelismo... e mais propensa a estabelecer relações de solidariedade, não interferência e benefícios mútuos Países do Sul têm problemas e desafios de desenvolvimento iguais ou similares... mas são ao mesmo tempo doadores e recipiendários

13 Diferenças entre a CID do Brasil e da Índia e China CID da Índia e da China quase que exclusivamente executada bilateralmente via governos... Segundo dados do Ipea, maior parte da CID brasileira é concedida em âmbito multilateral e trilateral e envolve instituições nacionais e internacionais CID da China e Índia privilegiam infraestrutura e energia... CID do Brasil privilegia cooperação humanitária e desenvolvimento social

14 Distribuição da Cooperação Técnica Brasileira por Áreas, 2009 (em %) Fonte: ABC

15 Distribuição da Cooperação Técnica Indiana por Áreas (em %),

16 Cooperação Chinesa por Área e Região 2009 (em milhões de US$) ÁfricaAmérica LatinaSudeste da Ásia Extração/Produção de Recursos Naturais Infra-estrutura/Obras Públicas Não especificada/Outros Humanitária Assistência Técnica

17 A CID Brasileira Transferência sistemática de práticas e concepções domésticas relativas à pobreza, ao desenvolvimento e ao bem- estar social para o âmbito internacional –Programa de Tratamento da AIDS (Fiocruz) –SENAI –Tecnologias agrícolas da Embrapa –Programa do Bolsa Família

18 Diferentes Motivações para CID? Índia e China buscam primordialmente benefícios econômicos – e em particular o acesso a fontes de energia e matérias- primas – e estratégicos –Cooperação amarrada Brasil visa também ao soft power e à projeção de prestígio internacionalmente

19 Obrigado!


Carregar ppt "A Cooperação para o Desenvolvimento Sul-Sul: Os Casos do Brasil, da Índia e da China André de Mello e Souza Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google