A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Sumário Executivo PORTUGAL COMO DESTINO DE NEARSHORE OUTSOURCING 02.06.2010.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Sumário Executivo PORTUGAL COMO DESTINO DE NEARSHORE OUTSOURCING 02.06.2010."— Transcrição da apresentação:

1 Sumário Executivo PORTUGAL COMO DESTINO DE NEARSHORE OUTSOURCING

2 2 |Portugal como Destino de Nearshore Outsourcing Índice 1.O Estudo 2.Portugal como Destino de Nearshore Outsourcing 3.Conclusões Este estudo baseou-se em informação obtida de diversas fontes consideradas verdadeiras e credíveis pelas entidades que delas fizeram uso. A Associação Portugal Outsourcing não fez a validação da informação na produção deste estudo. Eventuais actualizações futuras deste estudo e da informação nele contida poderão ser realizadas pela Associação Portugal Outsourcing e quaisquer análises diferentes das expressas neste estudo poderão ser produzidas. A cópia, reprodução, distribuição e cedência deste estudo é proibida. No entanto, a informação constante neste documento poderá ser utilizada na elaboração de outros documentos, estudos, ou para divulgação pública, sem fins comerciais e sujeita à obtenção, caso careça, das autorizações respectivas das fontes utilizadas, sempre que garantida a referência a este estudo, à Associação Portugal Outsourcing e às fontes utilizadas.

3 PORTUGAL OUTSOURCING A Associação e os seus objectivos A Portugal Outsourcing é uma Associação, sem fins lucrativos, das empresas fornecedoras de serviços de Outsourcing Tem como objectivo central promover a adopção do Outsourcing de serviços envolvendo as TIC com os objectivos de: – Aumentar a sofisticação dos sectores com que trabalhamos; – Promover o crescimento da economia Portuguesa e do seu potencial exportador e, – Contribuir para o reequilíbrio regional do País. O Estudo agora apresentado visa identificar a posição concorrencial de Portugal como destino de nearshore outsourcing e identificar os factores críticos de sucesso para a sua promoção 3 |Portugal como Destino de Nearshore Outsourcing

4 O ESTUDO A necessidade e os objectivos Disponibilizar aos Decisores e Analistas de Mercado, informação sobre os factores diferenciadores de Portugal enquanto destino nearshore para a fixação de centros de competência em serviços de Outsourcing de Tecnologias de Informação (ITO) e de Processos de Negócio dependentes das TIC Facilitar a caracterização de diferenças competitivas que possam ser alvo de acções específicas pelo Governo, Reguladores ou players do mercado Os países analisados foram a República Checa, a Irlanda, a Hungria, a Holanda, a Polónia, a Roménia, a Espanha e a Inglaterra, enquanto destinos de referência do Sector do Outsourcing 4 |Portugal como Destino de Nearshore Outsourcing

5 Um olhar mais próximo Portugal já pode ser considerado como alternativa, pelos Países da UE, para a localização de serviços de Outsourcing de TIC e, de Processos de Negócio dependentes de TIC, em regime de Nearshore 5 |Portugal como Destino de Nearshore Outsourcing PORTUGAL COMO DESTINO DE NEARSHORE OUTSOURCING País Infra- estruturas CompetênciasCustos

6 A necessidade de um mercado interno desenvolvido 6 |Portugal como Destino de Nearshore Outsourcing PORTUGAL COMO DESTINO DE NEARSHORE OUTSOURCING País Infra- estruturas Massa Crítica (Dimensão e maturidade do mercado interno)

7 7 |Portugal como Destino de Nearshore Outsourcing PORTUGAL COMO DESTINO DE NEARSHORE OUTSOURCING Domínio: País Portugal está entre os 5 Países Europeus que mais subiu em 2009, nos índices de competitividade

8 8 |Portugal como Destino de Nearshore Outsourcing Domínio: País GDP growth rate (%) OECD Statistics 2008 R&D and innovation investments (% of GDP) OECD Statistics 2009 (1) IE NL UK HUES NLCZ RO 7,3PL 5,02,52,00,90,60,50,0-3,0 CZ PL ES ROPT HUNL UK 5ºIE 7º30º47º48º55º62º72º74º Ease of Doing Business Rank World Bank 2009 Países: 183 RO PL HU ESCZ ROUK IE 94NL Governance Matters Rank World Bank 2009 Ranking: [ 0 ; 100 ] Países: 212 Enabling Trade Index World Economic Forum 2009 Ranking: [ 3,81 ; 5,97 ] Países: 121 E-Readiness Score Economist Intelligence Unit 2009 Ranking: [ 0 ; 10 ] Países: 70 PL RO HU CZPL ESUK NL 5,27IE 5,024,934,724,634,394,053,98 RO PL HU CZPT ESIE NL 8,64UK 8,147,847,246,866,466,045,805,07 RO PL HU ESIE CZPT UK 1,88NL 1,711,511,471,431,350,970,610,54 (1)Dados de Roménia, Hungria e Holanda são de 2007.

9 9 |Portugal como Destino de Nearshore Outsourcing PORTUGAL COMO DESTINO DE NEARSHORE OUTSOURCING Domínio: Infra-estruturas Investimentos significativos em redes de nova geração, na modernização e simplificação da Administração Pública e na disponibilização de serviços on-line, promovendo um ambiente mais propício ao desenvolvimento de novos negócios

10 Domínio: Infra-estruturas 10 |Portugal como Destino de Nearshore Outsourcing Quality of overall infrastructure World Economic Forum 2009/10 Ranking: [ 1,0 ; 7,0 ] Países: 133 IT infrastructure The Economist Intelligence Unit 2009 Ranking: [ 0,6 ; 81,3 ] Países: 66 Intellectual property protection World Economic Forum 2009/10 Ranking: [ 0 ; 10 ] Países: 124RO PL HU CZ NL ES IE PT 1º UK 8º9º14º15º16º19º20º26º E- government EU commission E-government index 2009 RO HU PL ESPT CZIE NL 92,5UK 81,465,952,147,745,639,936,830,4 RO PL ESES CZIE UK 27NL Software piracy rate % (Unlicensed Software Units/Total Software Units Installed) Business Software Alliance 2008 PL HU CZES ESNL UK 195IE Internet & Communications penetration OCDE communications outlook 2009 (1) Ranking [ 88,39 ; 222,26] Países: 31 (1)Dados indisponíveis para a Roménia HU

11 11 |Portugal como Destino de Nearshore Outsourcing Domínio: Competências PORTUGAL COMO DESTINO DE NEARSHORE OUTSOURCING Investimentos em I&D, reformas estruturais na educação e parcerias estratégicas com instituições de ensino universitário internacionais de referência estão a melhorar o nível de competências dos novos profissionais

12 Domínio: Competências 12 |Portugal como Destino de Nearshore OutsourcingES UK HU RO IE CZ PL NL 8,46 PT 7,005,465,425,204,824,363,802,60 Language skills IMD World Competitiveness Yearbook 2009 Países: 58 IE UK NL HURO CZPL ES 3PT Foreign language learning (starting age) "Key Data on Teaching Languages at school in Europe" 2008 ES RO CZ CZNL PL HU 0IE Difficulty of hiring index Report Doing Business 2010 (2009) Ranking: [ 0 ; 100 ] Países: 183 PL ES RO PTCZ UKHU IE 7,9NL 5,965,705,605,585,164,584,364,30 Availability of skilled labour IMD World Competitiveness Yearbook 2009 Países: 58 HU PL NL 71PT Completion rate in tertiary education (%) Education at a Glance 2009 (1) OECD Indicators 2009 (1)CZ IE PL HU PT 7,6 UK 6,15,85,24,43,9 Public expenditure on education (% of GDP) IMD World Competitiveness Yearbook 2009 (2) Países: 58 (1)Dados indisponíveis para a Rep. Checa, Espanha, Irlanda e Roménia (2)Dados indisponíveis para a Roménia, Espanha e Holanda UK UK

13 13 |Portugal como Destino de Nearshore Outsourcing PORTUGAL COMO DESTINO DE NEARSHORE OUTSOURCING Domínio: Custos A desvantagem actual de Portugal, em termos de custos, será mitigada nos próximos anos. Devemos estar preparados para ser a melhor opção de localização sempre que a inovação, o conhecimento e o domínio das TIC sejam o factor de decisão

14 Domínio: Custos 14 |Portugal como Destino de Nearshore OutsourcingUK NL ES PT PL IE CZ 59 HU Cost of hotels Hotel Price Index 2008 (1) Cidades: 65UK ES PL PL RO 1 HU Cost of staff Cushman & Wakefield - European Cities Monitor 2009 (2) Cidades: 34IE NL CZ PL RO ES PT UK 55,76 HU 64,3582,0794,0798,78104,79110,79127,27151,49 Cost of telecommunications Mercer - Cost of living 2009 Países: 143 Cost of living Mercer - Cost of living 2009 (3) Países: 143CZ HU IE UK ES NL PL 1,80 PT 2,102,204,104,605,106,407,45 Labor Compensation per Unit Labour Input (annual growth %) OECD Statistics 2009 (4)UK IE NL ES PL 113º PT 64º37º29º25º16ºHU ES CZ PT UK NL RO IE Collected total tax revenues (% of GDP) IMD World Competitiveness Yearbook ,835,936,1036,536,737,039,3 (1)Dados indisponíveis para a Roménia (2)Dados indisponíveis para a Irep. Checa, rlanda e Holanda (3)Dados indisponíveis para a Rep. Checa, Hungria e Roménia (4)Dados indisponíveis para a Roménia PL

15 CONCLUSÕES Desafios Futuros 15 |Portugal como Destino de Nearshore Outsourcing Criar mais massa crítica Papel a desempenhar por todos os players de mercado, incluindo a Administração Pública Assegurar um Sistema de Justiça mais eficaz e eficiente Reconhecer a importância estratégica do Sector das TIC, criando iniciativas estruturadas de promoção do mercado

16 P&R 16 |Portugal como Destino de Nearshore Outsourcing


Carregar ppt "Sumário Executivo PORTUGAL COMO DESTINO DE NEARSHORE OUTSOURCING 02.06.2010."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google