A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Por Viviane Werneck (Jornalista, redatora web e assessora de imprensa. Editora dos sites Girls of War e Nonuba Games. Freelancer da revista OLD Gamer)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Por Viviane Werneck (Jornalista, redatora web e assessora de imprensa. Editora dos sites Girls of War e Nonuba Games. Freelancer da revista OLD Gamer)"— Transcrição da apresentação:

1 Por Viviane Werneck (Jornalista, redatora web e assessora de imprensa. Editora dos sites Girls of War e Nonuba Games. Freelancer da revista OLD Gamer)

2 .: Blog de produção: por que preciso ter um? Desenvolver jogos eletrônicos no Brasil é uma tarefa árdua por si só. Mas depois do game pronto o que fazer? Por onde começar a divulgar seu projeto?

3 .: Blog de produção: por que preciso ter um? Dentre os vários possíveis meios de divulgação, um dos mais baratos e práticos são os blogs. Eles já têm templates prontos, de modo que o usuário não precisa entender de linguagem de programação (mas é interessante dar uma "lapidada" no visual); Criar um blog, durante o processo de produção de um game, promove uma aproximação amigável entre os desenvolvedores, classe acadêmica, publishers em potencial, imprensa e o consumidor final: o jogador; É importante saber a diferença entre um blog (que permite comentários dos leitores) de um site de newsletters ou simplesmente de notícias gerais; Algumas das grandes desenvolvedoras de games já utilizam blogs de produção e/ou blogs corporativos, além dos próprios fóruns. Exemplos: Bethesda Blog (www.bethblog.com), BioWare Blog (blog.bioware.com), etc.

4 .: A importância do contato com a comunidade gamer Saia do armário (no bom sentido): suas dúvidas também podem ser as dúvidas de outras pessoas. Compartilhe suas experiências!

5 .: A importância do contato com a comunidade gamer Em um país em que a produção de games é desenvolvida em "ilhas", nem sempre próximas uma das outras, ter um blog sobre seu projeto pode lhe auxiliar a conseguir novos contatos na área e fazer com que as pessoas saibam quem você é e o que faz; Entenda como novos contatos: outros desenvolvedores de jogos, críticos especializados, os próprios jogadores (fontes inesgotáveis de sugestões, apoios, críticas e dores de cabeça), acadêmicos e imprensa; Não fique esperando que as visitações caiam do céu. Procure estar sempre em contato com outros blogs de produção, de tecnologias e games, e fóruns especializados. Comente de forma inteligente nesses lugares e indique seu blog (link building); Os blogs também podem funcionar como agregadores de vários outros canais de mídia que seu projeto esteja inserido (se não estiver, mãos à obra!): não esqueça de destacar na home e nos posts ícones com links para página no Facebook, Twitter, Tumblr, Feeds, YouTube...

6 .: Produzindo conteúdo dinâmico e com relevância Esteja sempre atento ao linguajar que irá utilizar, busque formas diferentes de comunicação e otimize o contato com o leitor.

7 .: Produzindo conteúdo dinâmico e com relevância Durante o processo de produção textual é imprescindível ter cuidado com o tipo de linguagem a ser adotada (mais informal ou mais séria) e ter atenção redobrada com a ortografia; Escrever usando palavras muito complicadas e filosofar demais podem afastar boa parte dos leitores. Há várias maneiras de se expressar sem complicar, mesmo com termos técnicos. O melhor comunicador é aquele que consegue ser inteligente com a simplicidade; Um blog de produção, ou o próprio blog oficial do game, não precisa conter unicamente textos do dia-a-dia do estúdio. Diversifique-o com notícias da sua área de atuação também. Isso agrega valor, deixa a página atualizada e mostra que você não está alienado ao que acontece na indústria; A imagem pode não ser tudo, mas ajuda bastante. Mantenha a apresentação visual da sua página leve e de navegação intuitiva. Se o leitor não conseguir achar o que ele quer rapidamente, ele simplesmente irá embora; Invista também em formas dinâmicas de comunicação como: podcasts, videocasts, galeria de imagens, etc.

8 .: Gerenciamento de crise: "don't feed the troll" Pessoas invejosas, doidas ou simplesmente desocupadas existem e sempre existirão para atazanar sua vida. No entanto, lembre-se sempre que "o mais forte é o mais educado".

9 .: Gerenciamento de crise: "don't feed the troll" Ao notar comentários maliciosos, xingamentos e/ou críticas destrutivas no seu blog, a pior forma de proceder é entrar na armadilha do "troll" e começar a discutir com o mesmo; Se notar que o comentário é spam ou uma tentativa descarada de promover algum outro site as suas custas, apague o comentário e - no segundo caso - peça para a pessoa entrar em contato com você para que este envie uma proposta de parceria; Por mais que você tenha vontade de matar alguns comentaristas, seja sempre educado. A melhor forma de quebrar um comentário desaforado é com argumentos racionais. Este é o chamado "tapa com luva de seda"; A eficácia da sua capacidade em gerenciamento de crise é diretamente proporcional à eficiência da mesma. Resumindo: neutralize rápido o "vírus" para que ele não vire uma "doença"; Caso perca o controle, não se desespere. Você ainda pode usar recursos do tipo: ativar a moderação de comentários ou banir o usuário do blog (em casos extremos).

10 .: Midia kit: dicas extras para promover seu game Amplie seu círculo de amizades com blogs e sites de games e se esforce para conquistar a confiança da imprensa. É hora de fazer contatos!

11 .: Midia kit: dicas extras para promover seu game Editores de revistas e sites vivem na correria. Então, em um primeiro contato, seja o mais objetivo possível para apresentar o seu jogo ou projeto; Sempre que for falar sobre o seu game, não esqueça de destacar o diferencial dele em relação aos demais; Montando o Midia kit (algumas informações necessárias): a) Apresentação do jogo: sinopse, jogabilidade, fontes de inspiração; b) Programas e ferramentas utilizadas no desenvolvimento; c) Público alvo e objetivo do game (que tipo de experiência pretende estimular no jogador); d) Dados técnicos: tempo de produção, projeto solo ou com algum incentivo financeiro; e) Equipe e função de cada um na produção do jogo.

12 .: Midia kit: dicas extras para promover seu game Todos os contatos possíveis: telefone, link para comunidade em alguma rede social, (o ideal é ter um personalizado para o projeto); Anexos: a) Link do site oficial ou blog de produção; b) Link para vídeos (se tiver); c) Imagens (pode ser o link de onde estejam hospedadas); d) Link para a demo ou jogo completo (se tiver). Observações importantes: a) Verifique se todos os links estão funcionando antes de enviá-los; b) É recomendável enviar apenas links, ou imagens em resolução mediana; c) Você pode enviar o midia kit em Word ou no corpo do . No entanto, o ideal é exportá-lo para PDF e anexá-lo a uma breve mensagem de apresentação.

13 .: Dicas de leitura: como usar a blogosfera a seu favor CIPRIANI, Fábio. Blog Corporativo. São Paulo: Novatec Editora, TERRA, Carolina Frazon. Blogs Corporativos: modismo ou tendência?: São Caetano do Sul, SP: Difusão Editora, CASTELLS, Manuel. Internet e sociedade em rede. In: MORAES, Dênis de (org). Por uma Outra Comunicação. Rio de Janeiro: Record, LÉVY, Pierre. Cibercultura. São Paulo: Editora 34, 1999.

14 .: Onde me encontrar: Girls of War: Nonuba Games: Revista: OLD Gamer /

15 VALEU GALERA! PERGUNTAS?


Carregar ppt "Por Viviane Werneck (Jornalista, redatora web e assessora de imprensa. Editora dos sites Girls of War e Nonuba Games. Freelancer da revista OLD Gamer)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google