A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Anuário Estatístico Aquaviário Componentes Anuário Estatístico Aquaviário Portos Navegação Marítima Navegação Interior.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Anuário Estatístico Aquaviário Componentes Anuário Estatístico Aquaviário Portos Navegação Marítima Navegação Interior."— Transcrição da apresentação:

1

2 Anuário Estatístico Aquaviário Componentes Anuário Estatístico Aquaviário Portos Navegação Marítima Navegação Interior

3 Transporte Versus Movimentação de Carga (1) PORTO 1 PORTO 2 PORTO 3 Transporte = 0 Carga =

4 Transporte Versus Movimentação de Carga (2) PORTO 1 PORTO 2 PORTO Transporte = 10 Carga = 28 Transporte = 0 Carga =

5 Transporte Versus Movimentação de Carga (3) PORTO 1 PORTO 2 PORTO Transporte = 0 Carga = Transporte = 10 Carga = Transporte = 15 Carga = 53

6 PORTOS

7 Movimentação portuária – histórico Valores em milhões de toneladas MOVIMENTAÇÃO DE CARGAS NAS INSTALAÇÕES PORTUÁRIAS BRASILEIRAS CRESCE 2,03 % em Total = 904 milhões de toneladas

8 Movimentação de cargas e Corrente de Comércio Valores em milhões de toneladas

9 Perfis de portos e TUPs – por natureza de carga Valores em milhões de toneladas 3, ,4 8 14, , ,7 10 5,9 6,2 10

10 Participação de PO e TUP na movimentação de cargas - PARTICIPAÇÃO DOS TUP S NA TONELAGEM DE CARGAS MOVIMENTADAS É DE 65%. - COMMODITIES DESTINADAS AO MERCADO EXTERNO OU RELACIONADAS AO SETOR PETROLÍFERO.

11 Movimentação portuária – histórico valores em milhões de toneladas Instalação % crescimento PO ,27 TUP ,91 Total ,03 Santos-SP: +5,51 % Paranaguá – PR: + 8,07 Itaqui – MA: +12,87 % PO MBR – RJ: +5,51 % Madre de Deus – BA: +4,64 Almirante Tamandaré – RJ: +16,67 % TUP

12 Mercadorias – participação em %

13 Carga Geral Conteinerizada - Histórico

14 Navegação Interior

15 METODOLOGIA Fontes de Dados na Navegação Interior Sistema de Desempenho Portuário – SDP Sistema Corporativo AHRANA DH / SP Porto de Petrolina (Região Hidrográfica do São Francisco) DADOS 2012 DADOS 2012 Considera o transporte realizado entre dois Pares O/D, eliminando a dupla contagem da mesma carga no embarque e desembarque nos terminais.

16 METODOLOGIA Fontes de Dados na Navegação Interior

17 Frota Mercante na Navegação Interior CRESCIMENTO DA FROTA DE 14,5 % EM RELAÇÃO A 2011 AUMENTO DE 22,41 % DA CAPACIDADE DE CARGA NA NAVEGAÇÃO INTERIOR EXISTEM EMBARCAÇÕES AUTORIZADAS PELA ANTAQ QUE PRESTAM SERVIÇO DE TRANSPORTE NA NAVEGAÇÃO INTERIOR

18 Frota Mercante na Navegação Interior 14,50 %15,29 %36,76 %13,18 %

19 Afretamentos na Navegação Interior Redução dos Afretamentos de Embarcações Estrangeiras Entretanto, houve aumento da frota e da capacidade de carga na Navegação Interior Embarcações Estrangeiras Afretadas

20 Transporte em Vias Interiores TOTAL GERAL DE CARGAS – milhões de t O TRANSPORTE DE CARGAS EM VIAS INTERIORES TOTALIZOU 80,93 milhões de toneladas (crescimento de 1,40% sobre 2011) O TRANSPORTE DE CARGAS EM VIAS INTERIORES TOTALIZOU 80,93 milhões de toneladas (crescimento de 1,40% sobre 2011) Natureza da Carga – Distribuição %

21 Transporte em Vias Interiores REGIÃO AMAZÔNICA Navegação Interior 10,4 Cabotagem em Vias Interiores 20,3 Longo Curso em Vias Interiores 20,9 REGIÃO DO SÃO FRANCISCO (t) Navegação Interior REGIÃO DO PARANÁ Navegação Interior6,0 REGIÃO DO PARAGUAI Navegação Interior4,3 REGIÃO DO TOCANTINS-ARAGUAIA Navegação Interior 3,1 Cabotagem em Vias Interiores 7,9 Longo Curso em Vias Interiores 11,3 REGIÃO ATLÂNTICO SUL Navegação Interior 3,5 Cabotagem em Vias Interiores 0,3 Longo Curso em Vias Interiores 0,5 milhões (t)

22 Transporte em Vias Interiores O total transportado na região foi de (t) O total de soja movimentado nas hidrovias da região foi de (t) Mercadorias como Combustíveis e óleos minerais totalizaram (t) REGIÃO HIDROGRÁFICA AMAZÔNICA

23 Transporte em Vias Interiores O total transportado na região foi de (t) Os graneis sólidos como milho, soja e farelo de soja representaram 42% do total movimentado na hidrovia REGIÃO HIDROGRÁFICA DO PARANÁ

24 O total transportado na região foi de (t) O único produto transportado foi Caroço de Algodão REGIÃO HIDROGRÁFICA DO SÃO FRANCISCO Transporte em Vias Interiores

25 Distribuição %Principais Grupos de Mercadorias Destaque MILHO + 41,92 % Região do Paraná Destaque MILHO + 41,92 % Região do Paraná

26 NAVEGAÇÃO MARÍTIMA E DE APOIO

27 Frota Mercante na Navegação Marítima e de Apoio

28 Transporte de Cabotagem Crescimento de 25% 139 milhões de toneladas: + 4%

29 Carga Conteinerizada na Cabotagem ORIGEM: 62% DA TONELAGEMDESTINO: 71% DA TONELAGEM Amazonas São Paulo 8,5% São Paulo Amazonas 6,7% R. G. Sul Pernambuco 5,1%

30 Transporte de Longo Curso 525 milhões de toneladas embarcadas:+ 2 % 145 milhões de toneladas desembarcadas: + 1 %

31 Transporte de Longo Curso Tonelagem importada por rotas oceânicas Tonelagem exportada por rotas oceânicas Granel sólido: 91%

32 Afretamentos na Navegação Marítima e de Apoio 60% 100% 2008 a 2012 Quantidade Gastos (US$ bilhões)

33 Afretamentos na Navegação Marítima e de Apoio – US$ bilhões GASTOS COM AFRETAMENTO (2012/2011): + US$ 1,0 bilhão (+20%) Participação no aumento: Apoio Marítimo (58%) / Tempo Longo Curso (38%) / Viagem

34 Acordos Bilaterais PAÍS QUANTIDADE EMBARCADA NO BRASIL QUANTIDADE DESEMBARCADA NO BRASIL TOTAL% CHINA ,0 ESTADOS UNIDOS ,9 ARGENTINA ,9 FRANÇA ,8 ALEMANHA ,3 RUSSIA ,9 ARGÉLIA ,3 CHILE ,8 PORTUGAL ,9 URUGUAI ,7 ROMÊNIA ,4 POLÔNIA ,1 BULGÁRIA ,1 T O T A L ,0 PARTICIPAÇÃO DA BANDEIRA NA TONELAGEM TRANSPORTADA 96% EMBARCAÇÕES ESTRANGEIRAS 4% EMBARCAÇÕES BRASILEIRAS ACORDOS BILATERAIS 48% DA TONELAGEM TRANSPORTADA NO LONGO CURSO


Carregar ppt "Anuário Estatístico Aquaviário Componentes Anuário Estatístico Aquaviário Portos Navegação Marítima Navegação Interior."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google