A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

NEURÔNIOS E NEURÓGLIA As unidades básicas do sistema nervoso.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "NEURÔNIOS E NEURÓGLIA As unidades básicas do sistema nervoso."— Transcrição da apresentação:

1 NEURÔNIOS E NEURÓGLIA As unidades básicas do sistema nervoso

2 NEURÔNIOS: A célula chave do sistema nervoso; célula dinâmica, formada por dendritos, corpo celular e axônios; ela atua funcionalmente recebendo, integrando e transmitindo sinais, em um fluxo Unidirecional.

3

4 Os axônios não possuírem ribossomos, sendo incapazes de sintetizar proteínas e mitocôndrias; Necessita-se de um fluxo axoplasmático para suprir essa necessidade. Esse fluxo pode ocorrer: sentido anterógrado:do pericário para as terminações axônicas; sentido retrógrado: o sentido oposto, para a renovação dos componentes. Essa captação de substancias trófica no sentido retrógado se dá pela capacidade endocítica presente nas terminações axônicas.

5 Divisão neuronal: Sensitivo/Aferente: capacidade de receber e conduzir os impulsos ao centro; situado majoritariamente na superfície; Motor/Eferente: relacionados à condução de impulso do centro até o efetuador (músculo ou glândula); Os que inervam músculos lisos, cardíaco, ou glândulas, têm seus corpos fora do SNC nos gânglios viscerais (SNA); os que inervam músculos estriados têm seus corpos dentro do SNC. Neurônios de associação:fazem ligação entre os neurônios motores e os sensitivos, aumentando o numero de sinapses.

6 Células da glia: A relação de neurônios com células da glia ocorre tanto no SNC quanto no SNP: SNC : astrócitos, oligodendrócitos, microgliócitos e células ependimárias; SNP:células satélites e as células de Schwann.

7 ASTRÓCITO: compreendem a parte de: sustentação, isolamento e controle do nível de potássio extraneuronal; armazenamento de glicogênio e a liberação de glicose para os neurônios, internalizar botões sinápticos em degeneração. PÉS VASCULARES

8 OLIGODENDRÓCITOS: são os responsáveis pela formação da bainha de mielina em axônios do SNC.

9 MICROGLIÓCITOS: função fagocítica Há aumento dessas células em caso de injúria e inflamação, especialmente por novo aporte de monócitos vindos da corrente sanguínea. CÉL. EPENDIMÁRIAS: remanescentes do neuroepitélio embrionário ; constituem plexos corióides; CÉL. SCHWANN: formam as bainhas isolantes de mielina dos axônios periféricos. regeneração de fibras nervosas, fagocitose e secreção de fatores tróficos; Cél.satélite

10 SISTEMA NERVOSO PERIFÉRICO SNP

11 SNP: NERVO: feixe de fibras nervosa (axônios) situado na parte periférica do sistema nervoso, unido por uma bainha de tecido conectivo. GÂNGLIO: coleção de corpos de células nervosas do lado de fora da parte central do sistema nervoso.

12 NERVOS: ESPINHAIS: somam-se em 31, sendo divididos em: cervicais (8), torácicos (12), lombares (5), sacrais (5) e coccígeo (1). cada nervo é formado pela união das raízes dorsais e ventrais que se ligam aos sulcos da medula por radículas. CRANIANOS: somam-se 12, sendo onze pares de nervos cranianos originando-se no cérebro; o 12° par origina-se principalmente da parte superior da medula espinhal

13 Fisiologia: ESPINHAIS:CRANIANOS: exteroceptiva somática proprioceptiva AF visceral somática EF visceral gerais somática especiais AF viscerais gerais especiais somática EF visceral gerais especiais

14 NERVOTIPOFUNÇÃO I OLFATÓRIOsensitivoolfação II ÓPTICOsensitivovisão III OCULOMOTORmotormovimento do olho e pupila IV TROCLEARmotormovimento do olho V TRIGÊMEOmistosensibilidade da face e motor para mastigação VI ABDUCENTEmotormovimento do olho VII FACIALmistomotricidade da face e gustação VIII VESTÍBULO-COCLEAR sensitivoequilíbrio e audição IX GLOSSO-FARÍNGEOmistoSensibilidade da língua e faringe e motor para faringe X VAGOmistoParassimpático para vísceras toraco- abdominais XI ACESSÓRIOmotortrapézio e esternocleidomatóideo XII HIPOGLOSSOmotorMovimento língua

15 O território inervado por fibras de uma única raiz dorsal denomina-se DERMÁTOMOS, e ele recebe o nome da raiz que o inerva (C3, T5, L4). A compreensão da topografia dos dermátomos nos possibilita assim, a localização de lesões radiculares ou medulares. As fibras radiculares podem chegar aos dermátomos por nervos unissegmentares ou plurissegmentares.

16 SISTEMA NERVOSO AUTÔNOMO SNA

17 Revisando... O sistema nervoso em si, pode ser dividido em: aferente: SNC SOMÁTICO eferente: m. efetuador aferente: SNC VISCERAL eferente: traduzir impulsos dos c centros nervosos para as vísceras, o terminando em musc. e glândulas.

18 O SNA é um sistema exclusivamente motor,compostos pelas fibras eferentes do SNV As fibras especiais eferentes dos nervos cranianos não entram na classificação, pois inervam m. estriado esquelético. No SNS existe apenas um neurônio para estabelecer conexão entre o SNC e o órgão efetuador; No SNA, são necessários 2 neurônios:

19 1° neurônio: corpo localiza-se no tronco encefálico ou na medula; é o neurônio pré- ganglionar; 2° neurônio: corpo situado no SNP; formação de gânglios; pós-ganglionares;

20 Pré-ganglionar: No tronco encefálico se agrupam formando os núcleos de origem de alguns nervos (vago). Na medula ocorrem de T1-T12, de L1-L2, e S2,S3 e S4. coluna lateral axônio é mielinizado com neurilema.

21 Pós-ganglionar: Corpos estão situados nos gânglios do SNA, envoltos por anfícitos. Axônio possui apenas neurilema. O SNC influencia o funcionamento de vísceras pela conexão do hipotálamo e sistema límbico com os neurônios pré-ganglionares.

22 Diferenciando simpático e parassimpático: Posição do neurônio pré-ganglionar; toraco-lombar e crânio-sacral Posição do neurônio pós-ganglionar; Tamanho das fibras pré e pós ganglionares; Fibra pós-ganglionar; simpático: vesículas granulares peq., fibras adrenérgicas; parassimpático: vesículas agranulares grandes, fibras colinérgicas;

23 A ação do simpático tende a ser difusa, atingindo vários órgãos, enquanto a do parassimpático tem ação localizada ou em um setor do organismo. Em geral, o sistema simpático é um sistema catabólico, que permite o corpo lidar com estresse, como ao preparar para a resposta de luta à fuga, sendo o controle dos vasos sanguíneos sua função principal. Já o sistema parassimpático é basicamente um sistema homeostático ou anabólico, que promove os processos silenciosos e ordenados do corpo, como se alimentar e assimilar o alimento.

24


Carregar ppt "NEURÔNIOS E NEURÓGLIA As unidades básicas do sistema nervoso."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google