A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Oração do Terço. Quais são os principais mandamentos da Igreja? Os principais Mandamentos da Igreja são cinco: 1.º - Ouvir Missa inteira e abster-se de.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Oração do Terço. Quais são os principais mandamentos da Igreja? Os principais Mandamentos da Igreja são cinco: 1.º - Ouvir Missa inteira e abster-se de."— Transcrição da apresentação:

1 Oração do Terço

2 Quais são os principais mandamentos da Igreja? Os principais Mandamentos da Igreja são cinco: 1.º - Ouvir Missa inteira e abster-se de trabalhos servis aos Domingos e Festas de Guarda. 2.º - Confessar ao menos uma vez cada ano. 3.º - Comungar ao menos pela Páscoa da Ressurreição. 4.º - Guardar abstinência e jejuar, nos dias determinados pela Igreja. 5.º - Contribuir para as despesas do culto e para a sustentação do clero, segundo os legítimos usos e costumes e as determinações da Igreja. Doutrina Cristã

3 Ano C - X Domingo do tempo Comum

4

5 Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. R. Ámen! A graça de Nosso Senhor Jesus Cristo, o amor do pai e a comunhão do espírito santo estejam convosco. R:Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo. Irmãos, para celebrar dignamente os santos mistérios reconheçamos que somos pecadores (momento de silêncio)

6 Confessemos os nossos pecados: Confesso a Deus Todo-Poderoso e a vós, irmãos, que pequei muitas vezes por pensamentos e palavras, actos e omissões, (batendo no peito) por minha culpa, minha tão grande culpa. E peço à Virgem Maria, aos Anjos e Santos, e a vós, irmãos, que rogueis por mim a Deus, Nosso Senhor. Deus Todo-Poderoso tenha compaixão de nós perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna. Ámen!

7 Senhor, tende piedade de nós. Cristo, tende piedade de nós. Senhor, tende piedade de nós.

8 Glória a Deus nas alturas, e paz na terra aos homens por Ele amados. Senhor Deus, Rei dos céus, Deus Pai todo-poderoso: nós Vos louvamos, nós Vos bendizemos, nós Vos adoramos, nós Vos glorificamos, nós Vos damos graças por Vossa imensa glória.

9 Senhor Jesus Cristo, Filho Unigénito, Senhor Deus, Cordeiro de Deus, Filho de Deus Pai: Vós que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós; Vós que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica; Vós que estais à direita do Pai, tende piedade de nós. Só Vós sois o Santo; só Vós, o Senhor;

10 Só Vós o Altíssimo, Jesus Cristo; com o Espírito Santo, na glória de Deus Pai. Ámen

11 ORAÇÃO COLECTA Deus, fonte de todo o bem, ensinai-nos com a vossa inspiração a pensar o que é reto e ajudai-nos com a vossa providência a pô-lo em prática. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.

12 1 Reis 17, 17-24

13 LEITURA I 1 Reis 17, 17-24 Leitura do Primeiro Livro dos Reis Naqueles dias, caiu doente o filho da viúva de Sarepta e a enfermidade foi tão grave que ele morreu. Então a mãe disse a Elias: «Que tens tu a ver comigo, homem de Deus? Vieste a minha casa lembrar-me os meus pecados e causar a morte do meu filho?». Elias respondeu-lhe: «Dá-me o teu filho». Tomando-o dos braços da mãe, levou-o ao quarto de cima, onde dormia, e deitou-o no seu próprio leito. Depois invocou o Senhor, dizendo:

14 LEITURA I 1 Reis 17, 17-24 «Senhor, meu Deus, quereis ser também rigoroso para com esta viúva, que me hospeda em sua casa, a ponto de fazerdes morrer o seu filho?». Elias estendeu-se três vezes sobre o menino e clamou de novo ao Senhor: «Senhor, meu Deus, fazei que a alma deste menino volte a entrar nele». O Senhor escutou a voz de Elias: a alma do menino voltou a entrar nele e o menino recuperou a vida. Elias tomou o menino, desceu do quarto para dentro da casa e entregou-o à mãe, dizendo: «Aqui tens o teu filho vivo». Então a mulher exclamou:

15 LEITURA I 1 Reis 17, 17-24 «Agora vejo que és um homem de Deus e que se encontra verdadeiramente nos teus lábios a palavra do Senhor». Palavra do Senhor. Graças a Deus

16

17 Salmo SALMO RESPONSORIAL Salmo 29 (30), 2.4-6.11-12a.13b (R. 2a) Refrão: Eu Vos louvarei, Senhor, porque me salvastes. Repete-se Eu Vos glorifico, Senhor, porque me salvastes e não deixastes que de mim se regozijassem os inimigos. Tirastes a minha alma da mansão dos mortos, vivificastes-me para não descer ao túmulo. Refrão

18 Salmo SALMO RESPONSORIAL Salmo 29 (30), 2.4-6.11-12a.13b (R. 2a) Refrão: Eu Vos louvarei, Senhor, porque me salvastes. Repete-se Cantai salmos ao Senhor, vós os seus fiéis, e dai graças ao seu nome santo. A sua ira dura apenas um momento e a sua benevolência a vida inteira. Ao cair da noite vêm as lágrimas e ao amanhecer volta a alegria. Refrão

19 Salmo SALMO RESPONSORIAL Salmo 29 (30), 2.4-6.11-12a.13b (R. 2a) Refrão: Eu Vos louvarei, Senhor, porque me salvastes. Repete-se Ouvi, Senhor, e tende compaixão de mim, Senhor, sede vós o meu auxílio. Vós convertestes em júbilo o meu pranto: Senhor meu Deus, eu Vos louvarei eternamente. Refrão

20 Gal 1, 11-19

21 LEITURA II Gal 1, 11-19 Leitura da Epístola do apóstolo São Paulo aos Gálatas Quero que saibais, irmãos: O Evangelho anunciado por mim não é de inspiração humana, porque não o recebi ou aprendi de nenhum homem, mas por uma revelação de Jesus Cristo. Certamente ouvistes falar do meu proceder outrora no judaísmo e como perseguia terrivelmente a Igreja de Deus e procurava destrui-la. Fazia mais progressos no judaísmo do que muitos dos meus compatriotas

22 LEITURA II Gal 1, 11-19 Leitura da Epístola do apóstolo São Paulo aos Gálatas da mesma idade, por ser extremamente zeloso das tradições dos meus pais. Mas quando Aquele que me destinou desde o seio materno e me chamou pela sua graça, Se dignou revelar em mim o seu Filho para que eu O anunciasse aos gentios, decididamente não consultei a carne e o sangue, nem subi a Jerusalém para ir ter com os que foram Apóstolos antes de mim; mas retirei-me para a Arábia e depois voltei

23 LEITURA II Gal 1, 11-19 Leitura da Epístola do apóstolo São Paulo aos Gálatas novamente a Damasco. Três anos mais tarde, subi a Jerusalém para ir conhecer Pedro e fiquei junto dele quinze dias. Não vi mais nenhum dos Apóstolos, a não ser Tiago, irmão do Senhor. Palavra do Senhor. Graças a Deus

24 Aclamação ALELUIA Lc 7, 16 Refrão: Aleluia. Repete-se Apareceu no meio de nós um grande profeta: Deus visitou o seu povo. Refrão

25 Lc 7, 11-17

26 EVANGELHO Lc 7, 11-17 O Senhor esteja convosco, Ele está no meio de Nós. Evangelho se nosso Senhor Jesus Cristo Segundo S. Lucas Gloria a Vós, Senhor

27 EVANGELHO Lc 7, 11-17 Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas Naquele tempo, dirigia-Se Jesus para uma cidade chamada Naim; iam com Ele os seus discípulos e uma grande multidão. Quando chegou à porta da cidade, levavam um defunto a sepultar, filho único de sua mãe, que era viúva. Vinha com ela muita gente da cidade. Ao vê-la, o Senhor compadeceu-Se dela e disse- lhe: «Não chores». Jesus aproximou-Se e tocou no caixão; e os que o transportavam pararam.

28 EVANGELHO Lc 7, 11-17 Disse Jesus: «Jovem, Eu te ordeno: levanta-te». O morto sentou-se e começou a falar; e Jesus entregou-o à sua mãe. Todos se encheram de temor e davam glória a Deus, dizendo: «Apareceu no meio de nós um grande profeta; Deus visitou o seu povo». E a fama deste acontecimento espalhou-se por toda a Judeia e pelas regiões vizinhas. Palavra da salvação. Gloria a Vós, Senhor.

29

30

31

32 Creio em um só Deus, Pai todo-poderoso, Criador do céu e da terra De todas as coisas visíveis e invisíveis. Creio em um só Senhor, Jesus Cristo, Filho Unigénito de Deus, nascido do Pai antes de todos os séculos: Deus de Deus, Luz da Luz, Deus verdadeiro de Deus verdadeiro; Gerado, não criado, consubstancial ao Pai. Por Ele todas as coisas foram feitas. E por nós, homens, e para nossa salvação desceu dos céus (Faz-se inclinação)

33 E encarnou pelo Espírito Santo, no seio da Virgem Maria. e Se fez homem. Também por nós foi crucificado sob Pôncio Pilatos; padeceu e foi sepultado. Ressuscitou ao terceiro dia, conforme as Escrituras; e subiu aos céus, onde está sentado à direita do Pai. De novo há-de vir em sua glória, para julgar os vivos e os mortos; e o seu reino não terá fim.

34 Creio no Espírito Santo. Senhor que dá a vida, e procede do Pai e do Filho; e com o Pai e o Filho é adorado e glorificado: Ele que falou pelos Profetas. Creio na Igreja una, santa, católica e apostólica. Professo um só batismo Para remissão dos pecados. E espero a ressurreição dos mortos, e vida do mundo que há-de vir. Ámen.

35

36 Irmãos e irmãs em Cristo: Peçamos ao Senhor que nos levante do pecado e nos ensine a viver na sua graça, dizendo Lembrai-Vos, Senhor, do vosso povo. Para que os nossos Bispos, os presbíteros e diáconos, sejam servidores fiéis do Evangelho de Cristo, dos seus sacramentos e da sua caridade, oremos, irmãos Lembrai-Vos, Senhor, do vosso povo.

37 Para que os cristãos de todas as Igrejas e comunidades, testemunham a sua fé na vida eterna e peçam a salvação uns para os outros, oremos irmãos. Lembrai-Vos, Senhor, do vosso povo. Para que os órfãos, as viúvas e os abandonados sintam a presença de Jesus Cristo perto de si e a Ele se entreguem de todo o coração, oremos irmãos. Lembrai-Vos, Senhor, do vosso povo.

38 Para que todos os batizados da nossa paróquia reconheçam o Senhor que visita o seu povo e está no meio de nós reunidos em assembleia, oremos irmãos Lembrai-Vos, Senhor, do vosso povo. Para que Deus dê a bem-aventurança eterna aos nossos familiares e amigos que partiram deste mundo e enxugue as lágrimas de todos os que os choram oremos irmãos Lembrai-Vos, Senhor, do vosso povo. Senhor, Deus da vida e da alegria, escutai as nossas orações e dai-nos a graça de poder louvar-Vos, porque nos ressuscitais da morte. Por nosso Senhor, Jesus Cristo, Vosso Filho que é Deus convosco na unidade do Espirito Santo. Amem.

39 Senhor, Deus da vida e da alegria, escutai as nossas orações e dai-nos a graça de poder louvar-Vos, porque nos ressuscitais da morte. Por nosso Senhor, Jesus Cristo, Vosso Filho que é Deus convosco na unidade do Espirito Santo. Amem.

40

41

42 Orai, Irmãos para que o meu e vosso sacrifício seja aceite por Deus Pai todo-poderoso. Todos: receba o Senhor por tuas mãos este sacrifício, para glória do seu nome, para nosso bem e de toda a santa Igreja

43 (Todos a pé) ORAÇÃO SOBRE AS OBLATAS Olhai com bondade, Senhor, para os dons que apresentamos ao vosso altar e fazei que esta oblação Vos seja agradável e aumente em nós a caridade. Por Nosso Senhor.

44 V. O Senhor esteja convosco. R. Ele está no meio de nós. V. Corações ao alto. R. O nosso coração está em Deus. V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus. R. É nosso dever, é nossa salvação.

45 Senhor, Pai Santo, fonte da verdade e da vida, é verdadeiramente nosso dever, é nossa salvação bendizer-Vos e dar-Vos graças, porque neste dia de festa nos congregastes na vossa casa. Hoje a vossa família, reunida para escutar a palavra da salvação e participar no pão da vida, celebra o memorial do Senhor ressuscitado na esperança do domingo que não tem ocaso,

46 quando toda a humanidade entrar no vosso descanso. Então veremos o vosso rosto e louvaremos sem fim a vossa misericórdia. Nesta feliz esperança, com os Anjos e os Santos, proclamamos a vossa glória, cantando numa só voz.

47

48 Santo, Santo, Santo, Senhor Deus do universo. O céu e a terra proclamam a Vossa glória. Hossana nas alturas. Bendito o que vem em nome do Senhor. Hossana nas alturas.

49 Sac. Vós, Senhor, sois verdadeiramente santo, sois a fonte de toda a santidade. Reunidos na vossa presença, em comunhão com toda a igreja, ao celebrarmos o dia santíssimo em que o Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho Unigénito, colocou à direita da vossa glória a nossa frágil natureza humana unida á sua divindade, humildemente vos suplicamos: Santifiquei estes dons, derramando sobre eles o Vosso Espírito, de modo a que se convertam para nós, o Corpo e Sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo.

50 (Todos ajoelham) Na hora em que Ele se entregava, para voluntariamente sofrer a morte, tomou o pão e, dando graças, partiu-o e deu-o aos seus discípulo, dizendo: Tomai, todos, e comei: isto é o meu Corpo que será entregue por vós.

51 De igual modo, no fim da Ceia, tomou o cálice e, dando graças, deu-o aos seus discípulos, dizendo: Tomai, todos, e bebei: este é o cálice do meu Sangue o Sangue da nova e eterna aliança, que será derramado por vós e por todos, para remissão dos pecados. Fazei isto em memoria de mim.

52 Mistério da Fé! Todos: Anunciamos, Senhor, a vossa morte, proclamamos a vossa ressurreição. Vinde, Senhor Jesus!

53 Sac. Celebrando agora, Senhor, o memorial da morte e ressurreição de vosso Filho nós Vos oferecemos o pão da vida e o cálice da salvação e Vos damos graças porque nos admitistes à vossa presença para Vos servir nestes santos mistérios. Humildemente Vos suplicamos que, participando no Corpo e Sangue de Cristo, sejamos reunidos, pelo Espírito Santo, num só corpo. Lembrai-Vos, Senhor, da vossa Igreja, dispersa por toda a terra, e tornai-a perfeita na caridade em comunhão com o Papa Francisco,

54 e o nosso Administrador Apostólico José, os bispos auxiliares e todos aqueles que estão ao serviço do vosso povo. Lembrai-Vos também dos nossos irmãos que adormeceram na esperança da ressurreição, e de todos aqueles que na vossa misericórdia partiram deste mundo: admiti-os na luz da vossa presença. Tende misericórdia de nós, Senhor, e dai-nos a graça de participar na vida eterna, com a Virgem Maria, Mãe de Deus, os bem-aventurados Apóstolos e todos os Santos que desde o princípio do mundo viveram na vossa amizade, para cantarmos os vossos louvores, por Jesus Cristo, vosso Filho.

55 Por Cristo, com Cristo, em Cristo, a Vós, Deus Pai todo-poderoso, na unidade do Espírito Santo, toda a honra e toda a glória agora e para sempre… TodosÁmen.

56

57 Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o Vosso nome. Venha a nós o Vosso Reino. Seja feita a Vossa vontade, assim na Terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos daí hoje. Perdoai as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido. E não nos deixei cair em tentação, mas livrai-nos do mal.

58 Sac. Livrai-nos de todo o mal, Senhor, e dai ao mundo a paz em nossos dias, para que, ajudados pela vossa misericórdia, sejamos sempre livres do pecado e de toda a perturbação, enquanto esperamos a vinda gloriosa de Jesus Cristo nosso Salvador. Todos: Vosso é o reino e o poder e a glória para sempre.

59 Sac. Senhor Jesus Cristo, que dissestes aos vossos Apóstolos. Deixo-vos a paz, dou-vos a minha paz: não olheis aos nossos pecados mas à fé da vossa Igreja e dai-lhe a união e a paz, segundo a vossa vontade. Vós que sois Deus com o Pai na unidade do Espírito Santo. A paz do Senhor esteja sempre convosco. Todos: O amor de Cristo nos uniu. Sac. Saudai-vos na paz de Cristo.

60

61 PAZ, PAZ, PROCLAMA O TEU SENHOR, PAZ, PAZ, COM CRISTO REDENTOR CORDEIRO DE DEUS, QUE TIRAIS O PECADO DO MUNDO TENDE PIEDADE, PIEDADE DE NÓS, CORDEIRO DE DEUS, QUE TIRAIS O PECADO DO MUNDO, DAI-NOS A PAZ, DAI-NOS A TUA PAZ!

62 Sac. Felizes os convidados para a Ceia do Senhor. Eis o Cordeiro de Deus, que tira os pecados do mundo. Todos: Senhor, eu não sou digno de que entreis em minha morada, mas dizei uma palavra e serei salvo

63

64

65

66

67 ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO Nós Vos pedimos, Senhor, que a ação santificadora deste sacramento nos liberte das más inclinações e nos conduza a uma vida santa. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.

68

69 Sac. O Senhor esteja convosco. Todos:Ele está no meio de nós. Sac. Abençoe-vos Deus todo-poderoso, Pai, Filho e Espírito Santo. Todos:Ámen. Sac. Ide em paz e o Senhor vos acompanhe. Todos:Graças a Deus.

70

71

72 Ficha técnica : Eucaristia Celebrada por : Fr. Jacob Puthiyaparampil Grupo de Jovens Seguindo Teus Passos Realização da projeção por : A. Alberto Sousa


Carregar ppt "Oração do Terço. Quais são os principais mandamentos da Igreja? Os principais Mandamentos da Igreja são cinco: 1.º - Ouvir Missa inteira e abster-se de."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google