A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Um pouco de História... A catequese inspirada no processo catecumenal O catecumenato infanto-juvenil Algumas experiências Bibliografia.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Um pouco de História... A catequese inspirada no processo catecumenal O catecumenato infanto-juvenil Algumas experiências Bibliografia."— Transcrição da apresentação:

1

2 Um pouco de História... A catequese inspirada no processo catecumenal O catecumenato infanto-juvenil Algumas experiências Bibliografia

3

4 Do cristianismo primitivo à Idade Média A catequese pré-tridentina na América A catequese no Concílio de Trento ( ) O Vaticano II ( ) As Conferências Gerais do Episcopado Latino-Americano e Caribenho A Exortação Apostólica pós- sinodal Ecclesia in America (1999)

5 catecumenato para a iniciação cristã de adultos organização do catecumenato em Roma, com duração média de três anos, organizado no século II a partir do séc. IV o catecumenato declina

6 Frei Ramón Pané (Haiti, 1494), realiza em dois anos o catecumenato de uma família, da qual quatro morrem mártires; o capelão Francisco de Andrada (Paraguai, 1538), aguarda um ano antes de batizar os indígenas carios; o Beato Pedro de Gante (México, 1523), franciscano, introduz a confraria, sistema catecumenal urbano que reúne separadamente espanhóis, indígenas, mestiços, negros, mulatos ou zambos.

7 O Concílio de Trento considera a catequese como tarefa dos pastores, inserida na estrutura diocesana e paroquial, e conectada aos momentos sacramentais. O Catecismo Romano (1566)

8 O documento Ad Gentes revaloriza o catecumenato e dá orientações para os catequistas, assentando as bases para o ministério da catequese. O Ritual para a Iniciação Cristã de Adultos (RICA), publicado em 1972, atualiza o catecumenato de adultos.

9

10 Medellín (1968) - impulsiona a evangelização dos batizados e novas formas de catecumenato na catequese de adultos Puebla (1979) - entende a catequese como processo de conversão e crescimento permanente e progressivo da fé, que integra conhecimento, celebração e profissão de fé na vida Aparecida (2007) - propõe a Iniciação Cristã como a maneira prática de colocar alguém em contato com Jesus Cristo e introduzi-lo no discipulado

11 principal proposta catequética: - favorecer o encontro com Jesus Cristo vivo, dando coloração querigmática à catequese

12 II. A catequese inspirada no processo catecumenal

13 O catecumenato é um espaço de tempo em que os candidatos recebem formação e exercitam-se praticamente na vida cristã. (RICA 19)

14 Pré-catecumenato Catecumenato Purificação e Iluminação Mistagogia

15 O objetivo deste tempo é proporcionar a adesão a Jesus Cristo, a conversão de vida e a sensibilidade eclesial. A estratégia fundamental é a relação interpessoal. Faça-se (...) uma conveniente explanação do evangelho aos candidatos (RICA n. 11).

16 catequese integral e celebrações Os ministérios da comunidade... dos introdutores... das/dos catequistas... dos ministros ordenados O catecumenato é conhecimento e seguimento de Cristo.

17 É destinado a uma preparação espiritual mais intensa (n. 6), enfocando a vida interior (n. 25). ritos próprios: as entregas, os escrutínios (= ritos penitenciais) e os ritos de preparação imediata realizados no sábado santo.

18 O objetivo desse tempo é a plena integração no mistério de Cristo e da Igreja. O que caracteriza o tempo da mistagogia é a experiência, a fim de se ter um conhecimento mais completo e frutuoso (n. 38) do mistério celebrado.

19 Na transmissão da fé, a Igreja não possui um método próprio, nem um método único, mas sim, à luz da pedagogia de Deus, discerne os métodos do tempo, assume com liberdade de espírito (...) todos os métodos que não estão em contraste com o Evangelho, e os coloca a serviço deste (Diretório Geral para a Catequese, n. 148). A interação fé-vida é o princípio assumido pelo documento Catequese Renovada (1983) e reafirmado pelo Diretório Nacional de Catequese (2006).

20 As 7 pedras fundamentais 1. O Símbolo da fé 2. A Oração do Senhor 3. Os Mandamentos 4. Os Sacramentos 5. A História da Salvação 6. Jesus Cristo 7. A História da Igreja

21 Uma sugestão: O Evangelho de Mateus Exemplos: - Mt 1, genealogia de Jesus - Mt 3,13-17 – batismo de Jesus - Mt 26, eucaristia

22 Celebrações da Palavra de Deus Exorcismos e bênçãos Ritos de transição A celebração de entrada no catecumenato A celebração da eleição ou inscrição do nome Ritos de entrega Escrutínios A celebração dos sacramentos da iniciação cristã

23 O caráter iniciático; A intensidade e integridade da formação; A gradualidade; O emprego de ritos; A referência constante à comuni dade

24 Um processo......de iniciação cristã integral;... dinâmico, duradouro, progressivo, marcado por etapas graduais;...marcado por ritos, sinais e símbolos, que expresse os passos dados e os compromissos assumidos;... comunitário: parte da, leva à e implica toda a comunidade;...que comprometa as pessoas e conduza a uma conversão profunda

25 O catecumenato prima por uma catequese bíblica, centrada no Mistério Pascal. o processo catecumenal é de responsabilidade da comunidade cristã. O catecumenato proporciona a formação integral a partir da interação catequese-liturgia-conversão de vida.

26


Carregar ppt "Um pouco de História... A catequese inspirada no processo catecumenal O catecumenato infanto-juvenil Algumas experiências Bibliografia."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google