A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Pr. Edson Luiz Moreira IBNVJ - 2014 Pr. Edson Luiz Moreira IBNVJ - 2014 Projeto Igreja do Lar Uma Igreja Que Cuida! Projeto Igreja do Lar Uma Igreja Que.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Pr. Edson Luiz Moreira IBNVJ - 2014 Pr. Edson Luiz Moreira IBNVJ - 2014 Projeto Igreja do Lar Uma Igreja Que Cuida! Projeto Igreja do Lar Uma Igreja Que."— Transcrição da apresentação:

1 Pr. Edson Luiz Moreira IBNVJ Pr. Edson Luiz Moreira IBNVJ Projeto Igreja do Lar Uma Igreja Que Cuida! Projeto Igreja do Lar Uma Igreja Que Cuida!

2 Pr. Edson Luiz Moreira IBNVJ Pr. Edson Luiz Moreira IBNVJ Todo aquele que o Pai me dá, esse virá a mim; e o que vem a mim, de modo nenhum o lançarei fora. João 16:37 Cuidando dos Nossos Todo aquele que o Pai me dá, esse virá a mim; e o que vem a mim, de modo nenhum o lançarei fora. João 16:37 Cuidando dos Nossos

3 Projeto lar de Paz Salvando o Visitante Projeto lar de Paz Salvando o Visitante 1 1 Projeto Igreja do Lar Cuidando dos Nossos Membros Projeto Igreja do Lar Cuidando dos Nossos Membros 2 2 Igreja Batista N. do Vale Uma Igreja que Cuida! Igreja Batista N. do Vale Uma Igreja que Cuida! Pr. Edson Luiz Moreira IBNVJ Pr. Edson Luiz Moreira IBNVJ

4 Estrutura e Funções das Pessoas Envolvidas Igreja Batista N. do Vale Uma Igreja que Cuida! Igreja Batista N. do Vale Uma Igreja que Cuida! Pr. Edson Luiz Moreira IBNVJ Pr. Edson Luiz Moreira IBNVJ Pastor Supervisor: Pastor auxiliar designado pelo Pastor da Igreja. Evangelista Responsável: Responsável pelo funcionamento e aplicação do projeto. Evangelista em Treinamento: Auxiliar direto do Evangelista. Obreiro Cooperador: Líder responsável pelo culto Igreja do Lar nos lares. Equipe de Sindicância Domiciliar: Pessoas que atuam fazendo levantamentos iniciais a respeito da real situação do irmão em estado de carência de ajuda da Igreja. Cooperadores do Lar: Integrantes treinados para auxiliar o obreiro cooperador na realização/aplicação dos cultos nos lares.

5 INTRODUÇÃO JUSTIFICATIVA 2 – Projeto Igreja do Lar Igreja Batista N. do Vale Uma Igreja que Cuida! Igreja Batista N. do Vale Uma Igreja que Cuida! Pr. Edson Luiz Moreira IBNVJ Pr. Edson Luiz Moreira IBNVJ

6 VOCÊ CONHECE ALGUÉM NA IBNVJ QUE PRECISA DE CUIDADOS / ACOMPANHAMENTOS? VOCÊ CONHECE ALGUÉM NA IBNVJ QUE PRECISA DE CUIDADOS / ACOMPANHAMENTOS? VOCÊ JÁ VIU ALGUMA PESSOA SAIR DA IBNVJ POR FALTA DE CUIDADOS / ACOMPANHAMENTO? VOCÊ JÁ VIU ALGUMA PESSOA SAIR DA IBNVJ POR FALTA DE CUIDADOS / ACOMPANHAMENTO? VOCÊ ESTÁ DISPOSTO A CUIDAR DE PESSOAS VULNERÁVEIS E ANSIOSAS POR CUIDADOS? VOCÊ ESTÁ DISPOSTO A CUIDAR DE PESSOAS VULNERÁVEIS E ANSIOSAS POR CUIDADOS? Igreja Batista N. do Vale Uma Igreja que Cuida! Igreja Batista N. do Vale Uma Igreja que Cuida! Pr. Edson Luiz Moreira IBNVJ Pr. Edson Luiz Moreira IBNVJ

7 Precisamos fechar esta brecha,chamada cuidado e acompanhamento aos irmãos necessitados sabemos que esta brecha tem sido uma forte arma do inimigo das nossas almas para esfriar na fé o povo de Deus. Uma pessoa que não é efetiva na igreja, fica privada de receber a transformação advinda pela mensagem do evangelho. E, assim, a fé vem pela pregação, e a pregação, pela palavra de Cristo Romanos 10:17. Igreja Batista N. do Vale Uma Igreja que Cuida! Igreja Batista N. do Vale Uma Igreja que Cuida! Pr. Edson Luiz Moreira IBNVJ Pr. Edson Luiz Moreira IBNVJ

8 Igreja Batista N. do Vale Uma Igreja que Cuida! Igreja Batista N. do Vale Uma Igreja que Cuida! Pr. Edson Luiz Moreira IBNVJ Pr. Edson Luiz Moreira IBNVJ OBJETIVO DO PROJETO

9 Igreja Batista N. do Vale Uma Igreja que Cuida! Igreja Batista N. do Vale Uma Igreja que Cuida! Pr. Edson Luiz Moreira IBNVJ Pr. Edson Luiz Moreira IBNVJ OBJETIVO DO PROJETO O projeto Igreja do Lar tem como objetivo primário o cuidado inicial e o acompanhamento programado aos membros da IBNVJ, em estados de necessidades; Espirituais, Físicas e Psicossociais. O projeto objetiva manter firme o irmão carente a permanecer e/ou retornar a ser uma membro frequente aos cultos oficiais da Igreja.

10 Igreja Batista N. do Vale Uma Igreja que Cuida! Igreja Batista N. do Vale Uma Igreja que Cuida! METODOLOGIA DE TRABALHO 1º CUIDADO INICIAL: é o meio pelo qual a Igreja se mobilizará, através de procedimentos específicos para o levantamento de informações e da organização necessária para o início do acompanhamento; a) Conhecimento da necessidade; b) Constatação da carência; c) Composição da equipe cuidadora; d) Plano de Ação 2º ACOMPANHAMENTO PROGRAMADO: é o meio pelo qual a Equipe Cuidadora se mobilizará, através de procedimentos específicos, para sarar, curar ou amenizar a carência do irmão assistido. a) Implantação do projeto Igreja do Lar. b) Integração Igreja e Lar

11 Igreja Batista N. do Vale Uma Igreja que Cuida! Igreja Batista N. do Vale Uma Igreja que Cuida! Pr. Edson Luiz Moreira IBNVJ Pr. Edson Luiz Moreira IBNVJ º CUIDADO INICIAL a) Conhecimento da Necessidade: é quando tomamos conhecimento que algum irmão da IBNVJ está passando por alguma situação adversa, fora do cotidiano, que lhe causa um forte sofrimento de dor, quer seja de cunho; espiritual, físico ou psicossocial. Qualquer pessoa/membro da IBNVJ poderá denunciar as necessidades do irmão a ser cuidado / acompanhado.

12 Igreja Batista N. do Vale Uma Igreja que Cuida! Igreja Batista N. do Vale Uma Igreja que Cuida! Pr. Edson Luiz Moreira IBNVJ Pr. Edson Luiz Moreira IBNVJ º CUIDADO INICIAL b) Constatação da Carência: é o procedimento realizado pela Equipe de Sindicância Domiciliar - ESD (primeira visita). Esta equipe deverá ser composta pelo número mínimo de dois irmãos, preferencialmente obreiros treinados, que através do preenchimento do formulário único - FUSiD (formulário único de sindicância domiciliar), de entrevista ao irmão carente, dará um parecer favorável ou não para prosseguimento e aplicação do projeto Igreja do Lar, ou simplesmente uma intervenção única da IBNVJ para solução/amenização de sua carência.

13 Igreja Batista N. do Vale Uma Igreja que Cuida! Igreja Batista N. do Vale Uma Igreja que Cuida! Pr. Edson Luiz Moreira IBNVJ Pr. Edson Luiz Moreira IBNVJ º CUIDADO INICIAL c) Composição da Equipe Cuidadora: a equipe cuidadora será formada com um número mínimo de dois irmãos e de no máximo quatro. Esta equipe será designada pelo próprio líder do Ministério ao qual estará subordinado o irmão assistido. Exemplos: se o irmão em estado de carência for jovem, a equipe cuidadora deverá ser formada pelo Ministério de Jovens; se senhoras, por senhoras; se diácono, por diáconos, se do louvor, pelo louvor. (somente poderão compor as equipes, os irmãos que passarem pelo treinamento de Formação de Líderes do Igreja do Lar).

14 Igreja Batista N. do Vale Uma Igreja que Cuida! Igreja Batista N. do Vale Uma Igreja que Cuida! Pr. Edson Luiz Moreira IBNVJ Pr. Edson Luiz Moreira IBNVJ º CUIDADO INICIAL d) Plano de Ação: a equipe cuidadora, através do obreiro cooperador do Lar (líder da equipe de cuidado), deverá no próprio formulário único de sindicância domiciliar – FUSiD, descrever os nomes da equipe cuidadora. Nesta altura dos procedimentos, o lar que será assistido pela equipe cuidadora, já estará a espera do início dos trabalhos, uma vez que a equipe de sindicância já preparou o lar para o início da aplicação do acompanhamento.

15 Igreja Batista N. do Vale Uma Igreja que Cuida! Igreja Batista N. do Vale Uma Igreja que Cuida! Pr. Edson Luiz Moreira IBNVJ Pr. Edson Luiz Moreira IBNVJ º ACOMPANHAMENTO PROGRAMADO e) IMPLANTAÇÃO DO PROJETO: a equipe cuidadora deverá no próprio formulário único de sindicância domiciliar – FUSiD, descrever os nomes da equipe cuidadora e do obreiro cooperador (líder da equipe). Deverão serem observados as seguintes padronizações; I. Os cultos, Igreja do Lar, acontecerão nas residências às terças-feiras de 19h30min às 20h30min. II. O assunto (mensagem a ser ministrada nos lares) deverá ser retirado do site, secretaria ou página privada do Facebook, aos domingos.

16 Igreja Batista N. do Vale Uma Igreja que Cuida! Igreja Batista N. do Vale Uma Igreja que Cuida! Pr. Edson Luiz Moreira IBNVJ Pr. Edson Luiz Moreira IBNVJ º ACOMPANHAMENTO PROGRAMADO f) INTEGRAÇÃO IGREJA E O LAR: os problemas mais comuns dos nossos membros são resultantes do esfriamento espiritual e, consequentemente, da ausência dos irmãos nos cultos da igreja. Seja a carência espiritual, física/material ou psicológica, a solução está em Deus, através de ações efetivas da igreja. O objetivo final é cuidar do irmão efetivamente; ajuda espiritual (oração, jejum e leitura bíblica), ajuda financeira (cestas básicas, vestuário básico etc) e acompanhamento e encaminhamento a tratamentos psicoterápicos, quando necessário. PRECISAMOS INCENTIVÁ- LOS A ESTAREM NOS CULTOS OFICIAIS DA IGREJA.

17 Igreja Batista N. do Vale Uma Igreja que Cuida! Igreja Batista N. do Vale Uma Igreja que Cuida! Pr. Edson Luiz Moreira IBNVJ Pr. Edson Luiz Moreira IBNVJ INSTRUÇÕES GERAIS 1. Cada equipe deverá realizar, depois de aprovado e recomendado pela equipe de sindicância domiciliar, 7 (sete) cultos na residência que será cuidada. 2. Caso seja necessária mais cultos, outra equipe deverá ser designada, para realização da mesma quantidade de cultos. 3. Caso a equipe perceba que a residência oferece condições para abertura de um ponto de pregação fixo, devido ao número de visitantes presentes, a informação deverá ser acrescentada no campo próprio do formulário único de sindicância domiciliar – FUSiD.


Carregar ppt "Pr. Edson Luiz Moreira IBNVJ - 2014 Pr. Edson Luiz Moreira IBNVJ - 2014 Projeto Igreja do Lar Uma Igreja Que Cuida! Projeto Igreja do Lar Uma Igreja Que."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google